X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

2ª Etapa Booster Motorsports de Veloterra - Lorena - SP
Publicado em: 03/06/2009

Lorena recebe etapa muito equilibrada
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Renato Fernandes 


Largada Nacional B

A cidade de Lorena, recebeu neste último domingo (31/5), a segunda etapa do Campeonato Booster Motorsports de Veloterra - Vale do Paraíba 2009. Numa ampla pista, com traçado muito bem elaborado mesclando trechos de alta velocidade com longas retas, e outros bem travados com várias sequências de curvas, os cerca de 160 pilotos inscritos para as 13 categorias proporcionaram um belo espetáculo ao público presente. 


Rafael Arruda
Além da chuva que chegou no começo da tarde, outro contratempo que não chegou a atrapalhar o bom andamento das provas, foi a falha no sistema de transponders alugado pela organização. A experiente equipe da Asfalto Zero, sob o comando de Sandro Cardoso, soube contornar o problema sem maiores dificuldades.

Ocorridos os treinos da manhã, era hora de iniciar as provas, e com a chuva ameaçando cair a qualquer momento, optou-se quando possível, juntar as categorias similares em uma única bateria. Caso da primeira a alinhar no gate, a prova reuniu os pilotos da Over 30 e Over 40, Ronaldo Mariano saiu na frente, seguido de perto por Rafael Arruda e Alfredo Flávio. Poucas voltas depois Arruda assume a ponta, e mesmo sem conseguir abrir muita vantagem sobre os demais, mantém a frente vencendo a Over 30. Largando apenas na sétima posição, Ricardo Silveira anda forte e garante a segunda colocação, depois de superar Ronaldo Mariano que finalizou em terceiro. Alfredo Flávio e Carlos Neto, se mantiveram perto dos lideres por toda a prova e completaram o pódio, na quarta e quinta posições respectivamente. 


Vander Ribeiro


Monique Camargo
Vander Ribeiro andou entre os ponteiros, garantindo a vitória da Over 40, seguido por Caranguejo, que saiu do pelotão intermediário para ser o segundo. José do Prado, Alexandre Paiva e Marcos Nahur, completaram os cinco primeiros da categoria.

Na 50cc, Monique Camargo mostrou mais uma vez que acelera forte e, largando em primeiro, logo abriu uma considerável vantagem vencendo de ponta a ponta. A briga ficou pela segunda posição, entre João Pedro e João Vitor, que acabou levando a melhor. Vindo de trás e se recuperando bem, João Henrique e Victor Cazini foram quarto e quinto, depois de brigarem bastante pela posição.

As meninas são destaque novamente, desta vez na Nacional Estreante. Numa prova muito equilibrada, Bruninha Cavalotti larga muito bem e puxa a fila formada por Eduardo Goiano, José Fonseca, Fábio Ricardo e Lucas Delmonte. Estes não esperavam a reação de Bárbara "Babi" Fernandes que, depois de largar no meio do bolo, na segunda volta já era a terceira passando a apertar os líderes. Algumas voltas depois ela estava em primeiro, mantendo a posição até a bandeirada final. Logo atrás veio Goiano, que reassumiu a segunda posição depois de ultrapassar Bruninha. Numa bateria difícil, as duas últimas vagas no pódio ficaram com Claudio do Carmo e Renato Pacheco. 


Barbara "Babi" Fernandes


Ralado
Denis "Alemão" sai na frente da Nacional B, mas logo é ultrapassado por Ralado, que a partir dai faz uma prova forte, não deixando os demais se aproximarem. Com isto garante a vitória, praticamente de ponta a ponta, nesta categoria que teve gate lotado e muita briga pelas demais posições. Prova disto, foi a bela disputa pelo segundo lugar entre Alexandre Ferreira e Allen Pereira, que saiu do grupo intermediário para logo encostar em Alexandre. Este por sua vez não entregou a posição, mesmo com o adversário chegando a emparelhar em algumas curvas. Destaque também para Isaac Beazin, que finalizou em quarto e Jean Nicolau, o quinto. Ambos saindo de posições intermediárias e terminando no pódio.

Na sequência, foi a vez da Nacional A, onde muitos pilotos nem tiveram tempo de comemorar suas conquistas na “B”, saindo do pódio direto para o gate. Exemplo disto foram Ralado e Jean Nicolau, este último fez ótima largada, na segunda colocação e, mesmo vencido pelo cansaço, ainda conseguiu repetir o quinto lugar da bateria anterior. Felipe Maia não deu chance a ninguém, assumindo a frente já na largada e mesmo numa chegada emocionante com Diego Bremer - que terminou a corrida praticamente junto -, conquistou a vitória. Ricardo Campos foi terceiro, depois de brigar por boa parte da prova com Rodolfo Carvalho, que perdeu a posição apenas nas voltas finais. 


Felipe Maia


Tiago Azevedo
Mesmo unificadas, 65cc85cc, foram duas provas a parte. Andando muito forte e próximos, os três pilotos da 85 logo dispararam na frente deixando as motos de menor cilindrada para trás. Matheus do Prado sai na frente e logo na primeira sequência de curvas, consegue uma pequena vantagem, o suficiente para lhe permitir administrar a liderança e vencer. Fábio Ribeiro foi o segundo, com Marcelo Lima logo atrás em terceiro.

Pela 65cc, logo no início as primeiras posições se definiram, com Tiago Azevedo e Gabriel Reis, assumindo primeira e segunda posições respectivamente. Monique Camargo foi ao pódio mais uma vez com a quarta posição, enquanto Gasparzinho foi o quinto, ambos ultrapassados por Marcio Henrique que, depois de uma má largada, fez ótima recuperação finalizando em terceiro. 


Matheus do Prado


Bruno Grossi
Thomas Elias largou disparado na frente da Importada Estreante, mas uma queda ainda na primeira volta o fez abandonar a prova deixando a disputa pela ponta entre Bruno Grossi e Wandinho. Esta bela briga durou por quase toda a prova e se intensificou nas voltas finais, com Bruno conseguindo resistir aos ataques de Wandinho. Chegando perto dos ponteiros, Rafael das Chagas finalizou em terceiro, com Stefano Melo em quarto e Clóvis Juninho em quinto. 

O que mais se viu nesta etapa em Lorena, foi o equilíbrio entre os pilotos em praticamente todas as categorias e, na Nacional 230, não foi diferente. Mesmo vencendo de ponta a ponta, Cokinho teve que acelerar muito para se manter na frente. Fernando Sibinel e Diego Bremer, vinham brigando pela segunda posição até a queda de Sibinel. Com isto, Bremer começa a tirar a diferença do líder e encosta, mas Cokinho responde andando mais forte ainda, volta a abrir, e assegura a vitória. Sibinel ainda consegue voltar em terceiro, se mantendo nesta posição até o final. Enquanto isto, os pilotos do time Pro Manos, protagonizam uma briga "caseira" pela quarta e quinta posições, com Ranieri terminando pouco a frente de Rebelde. 


Cokinho


Ramon Sacilotti
VX2 e VX1 também andaram juntas e numa largada disputada, Celso Godoy conseguiu uma pequena vantagem, enquanto Ricardo Silveira, Ramon Sacilotti e Rafael Arruda vinham embolados logo atrás. Sacilotti logo assume o segundo posto, passando a apertar o líder e algumas voltas depois, consegue a ultrapassagem. A partir dai disparou na frente, vencendo com grande vantagem sobre os demais. Completando o pódio da VX2, vieram Danilo Castro, Matheus do Prado, Fabio Ribeiro, ambos de 150cc, e Luis Fernando. Marcelo Lima, mesmo sofrendo uma forte queda durante esta prova voltou e terminou com o sexto lugar.

Na VX1, Rafael Arruda superou Ricardo Silveira na briga pela vitória, enquanto Ronaldo Mariano foi o terceiro, repetindo as três primeiras colocações da Over 30. Tiago Filippo foi quarto e Celso Godoy o quinto. 


Rafael Arruda subiu ao degrau mais alto do pódio novamente na VX1


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 738 Fotos!
Depois de uma pequena pausa para descanso, já que a Força Livre é formada pelos primeiros colocados das principais categorias, dando chance do pessoal das baterias mais recentes recuperarem o fôlego, foi dada a largada da última prova do dia. E foi quase uma repetição da bateria anterior! Desta vez Ramon Sacilotti pulou na frente e chegou a primeira curva já com boa vantagem. A partir dai foi abrindo ainda mais distancia, vencendo novamente, desta vez com ainda mais tranquilidade. Pela terceira vez no dia, Rafael Arruda e Ricardo Silveira disputaram posições, e mais uma vez Arruda se deu melhor finalizando em segundo. Diego Bremer e Tiago Filippo, também voltaram ao pódio, em quarto e quinto respectivamente.

Esta mesma pista em Lorena, receberá no próximo dia 14 de junho, a 6ª etapa do Campeonato Dirt Action de Veloterra, enquanto a 3ª etapa do Booster Motorsports está marcada para 28 de junho, em Cachoeira Paulista.

Esta etapa teve o apoio da Prefeitura Municipal de Lorena e o Campeonato conta com o patrocínio de Booster Motorsports e BBR Motorsports.


Logo após vencer a VX2, Sacilotti venceu também a Força Livre

Resultados

50cc
1º 136 Monique Camargo
2º 33 João Vitor Martins
3º 21 João Pedro Raimundo
4º 50 João Henrique Santesso
5º 97 Victor Gabriel Cazini
6º 4 Felipe Azevedo
7º 9 Gabriel Carvalho
8º 199 Leonardo Vieira Silva
9º 14 Guilherme Reis
65cc
1º 76 Tiago Azevedo
2º 74 Gabriel Reis
3º 34 Marcio Henrique
4º 136 Monique Camargo
5º 99 Gasparzinho
6º 7 Vitor Miguel
7º 95 Marina Del Poente
8º 22 Thalis Carriel
85cc
1º 12 Matheus Do Prado
2º 700 Fabio Garcez Ribeiro
3º 225 Marcelinho Felipe Lima
Over 30
1º 262 Rafael Arruda
2º 337 Ricardo Silveira
3º 900 Ronaldo Mariano
4º 869 Alfredo Flavio
5º 13 Carlos Marcondes Neto
6º 99 Alessandro Lins
7º 21 Edson Roberto Raimundo
8º 8 Claudio Lelis Aguiar
Over 40
1º 225 Vander Garcez Ribeiro
2º 242 Caranguejo
3º 7 José Luis Do Prado
4º 46 Alexandre Paiva Filho
5º 144 Marcus Tadeu Nahur
6º 55 Moacir Baez
7º 100 Varley Lins
8º - Spartalus Pires
9º 69 Carlos Henrique
10º 96 Sergio Moraes
Nacional Estreante
1º 949 Barbara Fernandes "Babi"
2º 14 Eduardo Goiano
3º 101 Bruninha Cavalotti
4º 211 Claudio Augusto Do Carmo
5º 7 Renato Pacheco
6º 35 Marco Augusto
7º 99 José Carlos Fonseca
8º 19 Fabio Ricardo
9º 007 Claudio Augusto Marcondes
10º 9 André Alfredo
Nacional A
1º 115 Felipe Maia
2º 986 Iego Bremer
3º 222 Ricardo Campos
4º 257 Rodolfo Carvalho
5º 8 Jean Nicolau
6º 207 Isaac Beazin
7º 275 Alessandro Alves
8º 96 Ralado
9º 17 Samuel Maduro
10º 16 Rogério Briza
Nacional B
1º 93 Ralado
2º 22 Alexandre Ferreira
3º 30 Allen Jonas Pereira
4º 206 Isaac Beazin
5º 46 Jean Nicolau
6º 72 Diogo Everton De Moura
7º 808 José Ivanilton Barroso
8º 23 Rogério De Souza Franco
9º 78 Evandro Martins Inácio
10º 21 Denis Da Silva "Alemão"
Nacional 230
1º 90 Cokinho
2º 101 Diego Bremer
3º 340 Fernando Sibinel
4º 97 Ranieri
5º 98 Rebelde
6º 49 Sebastião A. Dos Santos
7º 715 Lucas Prado
8º 949 Marcelo Silva
9º 13 Felipe Luis Gomes
10º 22 Hanaway Garcia
VX-1
1º 262 Rafael Arruda
2º 337 Ricardo Silveira
3º 900 Ronaldo Mariano
4º 55 Tiago Filippo
5º 162 Celso Godoy Neto
6º 225 Vander Garcez Ribeiro
VX-2
1º 512 Ramon Sacilotti
2º 644 Danilo Castro
3º 12 Matheus Prado
4º 700 Fabio Garcez Ribeiro
5º 89 Luis Fernando
6º 30 Marcelinho Felipe Lima
Importada Estreante
1º 3 Bruno Grossi
2º 151 Wandinho
3º 32 Rafael Das Chagas
4º 26 Stefano Mello
5º 42 Clóvis Juninho
6º 18 Degmar Fernandes
7º 87 Rodolfo José Ripamonti
8º 254 Bruno
9º 89 Adinan Angelini
10º 13 Paulo
Força Livre
1º 512 Ramon Sacilotti
2º 262 Rafael Arruda
3º 337 Ricardo Silveira
4º 986 Diego Bremer
5º 55 Tiago Filippo
6º 700 Fabio Garcez Ribeiro
7º 90 Cokinho
8º 340 Fernando Sibinel
9º 3 Bruno Grossi
10º 242 Caranguejo






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet