X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

2ª Etapa Paulista Dirt Action de Veloterra – Nova Odessa - SP
Publicado em: 25/03/2009

Gates cheios em mais uma etapa da competição
MotoX.com.br - Texto e fotos: Renato Fernandes 


Largada 50cc


Bruno Grossi
A cidade de Nova Odessa (SP), já acostumada a receber as provas organizadas pela Asfalto Zero, assistiu no último domingo dia 20 de março a 2ª etapa do Campeonato Dirt Action de Veloterra. Apenas o local da prova mudou, desta vez a pista foi construída no centro da cidade bem em frente a prefeitura onde o ótimo solo do local proporcionou a construção de um excelente traçado que mesmo com o Sol aparecendo por quase todo o dia não levantou poeira, facilitando a manutenção da pista. A área de box era toda asfaltada, proporcionando muito mais conforto aos participantes e ao público, que dali podia visualizar todo o percurso. Repetindo o sucesso da etapa inicial, centenas de pilotos se inscreveram e a organização teve até de limitar as inscrições a 30 pilotos por categoria, onde pouquíssimas categorias não tiveram o gate com sua capacidade máxima preenchida.

Mais uma vez o destaque foi Márcio Joanita que das três provas que disputou, venceu duas e ficou em segundo na VX-1 terminando muito perto de Pedro Beagim, vencedor da categoria de ponta a ponta. Na verdade o destaque vai para todos os pilotos que participaram desta etapa, que mostraram equilíbrio em baterias muito disputadas onde todos os vencedores trabalharam bastante para garantir a vitória, com vantagens sempre apertadas sobre os segundos colocados. 


Fabrício Calefi


Guilherme Costa
Depois de uma manhã intensa de treinos para todas as categorias, deu-se início as provas com a Importada Estreante que logo de cara mostrou como seria o dia. Com as 30 vagas preenchidas no gate, apesar de ser uma categoria estreante, mostrou um alto nível dos pilotos. Lenon Pires largou na frente liderando boa parte da prova, logo atrás vinham Bruno Spagnol e Marcelo Moraes, mas quem acelerou forte nesta etapa foi Bruno Grossi que, depois de largar em quarto, ultrapassou Marcelo na segunda volta passando a perseguir Spagnol até superá-lo a quatro voltas do fim para na volta seguinte assumir a liderança vencendo a prova. Lenon Pires terminou em segundo, Bruno Spagnol em terceiro, Paulo Furlaneto foi o quarto e Zezinho Caconde finalizou em quinto.

Novamente com o gate alcançando sua capacidade máxima a Nacional Estreante teve, a exemplo da 1ª etapa, Fabricio Calefi largando na frente para vencer de ponta a ponta deixando a briga pelas demais posições para os concorrentes. Marcelo Magdalena depois de ocupar o segundo posto por boa parte da prova terminou em terceiro, superado por Anderson Kuhl piloto que garantiu a segunda colocação perto do final da prova. Luiz Nunes andou bem perto das primeiras posições por todo tempo e foi quarto colocado. Lucas Sanavio ocupou a quinta posição desde o início fechando o podium. 


Guigão


Jaqueline Poltronieri
Na sequência foi a vez dos pequenos da 50cc alinharem, pequenos só no tamanho, já que aceleram como gente grande. Guilherme Costa também repetiu o feito da etapa anterior e venceu do início ao fim com grande vantagem. Vitor Gonçalves garantiu a segunda colocação desde a primeira volta, deixando a briga com Victor Soares e Alifer Rodrigues que levou a melhor e finalizou em terceiro. Camila Bueno que largou apenas na décima posição fez uma excelente prova mostrando que acelera muito terminando a prova com uma ótima quinta posição.

Felipe Ferreira saiu na frente na largada da 85cc, mas duas voltas depois foi superado por Guigão que garantiu a liderança até a bandeirada final. Marcelinho Lima após largar em terceiro superou Felipe no meio da prova para terminar em segundo a apenas três segundos do líder. Felipe Ferreira manteve a terceira posição com significativa vantagem sobre Fernando Longuin e Renan Oliveira, quarto e quinto colocados. 


Largada 65cc


Márcio Joanita
Chegou a vez das meninas da categoria Penélope alinharem para a largada e mostrarem que vieram para ficar, de doze participantes na primeira etapa o número pulou para dezoito, aumentando também a emoção e o nível da prova que teve o retorno em grande estilo de Jaqueline Poltronieri. Após ficar um tempo afastada das pistas em função de uma contusão, ela estreou no campeonato com uma brilhante vitória de ponta a ponta mostrando estar totalmente recuperada. Fernandinha Mendonça também assegurou a segunda posição desde o início, mas teve muito trabalho para segurar Bruninha Cavalotti que terminou em terceiro quase emparelhada com Bruninha. Mirian Poltronieri terminou na quinta posição após ser superada por Ana Lucia a apenas três voltas do fim.

Repetindo o feito da 85cc Guigão venceu novamente na 65cc só que desta vez ele pulou na frente logo na largada para não perder mais a liderança. Guilherme Torres largou na quarta posição e duas voltas depois já era o segundo conseguindo abrir uma vantagem confortável para se manter na posição enquanto Frederico Spagnol depois de ser superado por Guilherme passou a brigar com Raul Salmazo pela terceira posição. Raul fez a ultrapassagem, mas Spagnol recuperou-se na última volta garantindo o terceiro lugar com Salmazo em quarto a menos de um segundo e Pedro Tavernaro fechando o podium na quinta posição. 


Luiggi Colela


Diego Palmira
A Over 30, mais uma categoria com gate cheio, teve Renato Hanser largando na ponta seguido de muito perto por Márcio Joanita que exatamente no meio da prova consegue fazer a ultrapassagem assumindo a liderança mantendo-a até a bandeirada final. Enquanto isso Fernando Longuim, que havia largado em terceiro, chega a ocupar a quarta posição por algumas voltas, mas se recupera bem, e finaliza a prova em segundo deixando Hanser com a terceira posição, Jean Dickson mesmo perdendo algumas posições garantiu o quarto lugar com Alcy Moreira em quinto depois de largar apenas no pelotão intermediário e conquistar várias posições.

Quem se destacou na Over 40 foi Luiggi Colela que assumiu a liderança logo na largada abrindo uma pequena vantagem sobre os demais, suficiente para administrar a liderança até o fim da prova e garantir a vitória. Outro destaque desta prova muito equilibrada foi Valdir Poltronieri que depois de largar apenas na 11ª posição, oito voltas depois já era o segundo mantendo o posto até o final. Logo atrás veio Pedro Cirino que também largou mal e conquistou várias posições terminou em terceiro. Alejandro Gerlach finalizou com a quarta colocação e Alfredo Pestana, retornando as pistas, foi o quinto. 


Denis Schiavetti


Pedro Beagim
Eliandro Tonelada largou em primeiro na Nacional Pro, mas abandonou logo nas primeiras voltas. Diego Palmira se beneficiou assumindo a liderança e, apesar de ter vencido a prova, sua vida não foi nada fácil pois Denis Schiavetti pressionou por toda a prova terminando na segunda colocação a menos de um segundo do ganhador. Rodrigo Leite foi o terceiro enquanto Diego Bremer conquistou um ótimo quarto lugar após largar apenas na 18ª posição ele ganhou sete colocações em apenas uma volta, depois foi subindo até conseguir um lugar no podium, que ficou completo com Sérgio Gonçalves na quinta posição.

A segunda colocação não foi suficiente para Denis Schiavetti e ele alinhou na sequência para a Nacional 230 onde superou o cansaço e os adversários. Dênis precisou de apenas duas voltas para assumir o primeiro posto e mantê-lo até o fim depois de abrir uma vantagem de pouco mais de onze segundos sobre Fernando Sibinel que finalizou na segunda colocação. Alcides Beazin conseguiu boas ultrapassagens durante a prova garantindo a terceira posição seguido de Sérgio Gonçalves que sobiu ao podium novamente, desta vez na quarta posição, e Renato Procópio que saiu das posições intermediárias finalizando em quinto. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 550 Fotos!


Danilo Veltroni
Pedro Beagim largou muito bem na VX-1 e logo abriu boa vantagem sobre os demais enquanto Márcio Joanita saiu em terceiro para na volta seguinte ocupar a segunda posição partindo na perseguição. Graças a vantagem que conseguiu no início Pedro Beagim conquistou a vitória ainda com pouco mais de um segundo de vantagem sobre Joanita. Renato Hanser fez uma prova consistente em terceiro enquanto Pedro Cirino saiu do bloco intermediário para finalizar em quarto seguido de Ique Matos.

Na VX-2 Cleiton Grassi largou na frente, mas após a terceira volta a disputa pela liderança passa a ser entre Ramon Sacilotti, Tiago Tsuji e Danilo Veltroni que se dá melhor na disputa. Veltroni vence a prova com Tsuji em segundo e Sacilotti em terceiro. Carlo Mônaco e Grassi também travaram uma bela disputa pela quarta posição no inicio da prova até Mônaco conseguir a ultrapassagem, enquanto no último terço da prova Fred Oliveira assumiu a quinta posição completando o podium.

A Força Livre foi composta pelos cinco primeiros colocados das categorias Over 30, Over 40, Nacional Pro, Nacional 230, VX-1 e VX-2, reunindo os melhores pilotos do dia numa prova que levantou o público e viu mais uma vitória de Márcio Joanita, desta vez de ponta a ponta. Carlo Mônaco não fez boa largada, mas foi se recuperando ao longo da prova para conquistar a segunda posição seguido por Fernando Longuin em terceiro, fazendo uma prova com bastante regularidade mantendo sua posição desde o início. Danilo Veltroni também subiu das posições intermediárias para finalizar na quarta colocação enquanto outro grande destaque da prova foi Tiago Tsuji que caiu na largada partindo na última posição e, numa excelente recuperação, andando forte terminou a prova ainda no podium, com o quinto posto.

Com o sucesso das duas primeiras etapas o campeonato promete esquentar ainda mais em Conchal, SP, onde será realizada a 3ª etapa no dia 19 de abril com a expectativa de reunir um número de pilotos ainda maior. 


Márcio Joanita

O Campeonato Paulista Dirt Action de Veloterra é uma realização da Asfalto Zero e conta com o patrocínio de Miami Moto, Miami Náutica, Booster, BBR Motorsports, All Sign Graphics, Mundimetal, Usibike Peças e Equipamentos, Tec Turbo Compressores, Jr Tendas; Apoio de Damarte Criação e Arte, Advance Comunicação e Prefeitura Municipal de Nova Odessa; e Supervisão de prova da Livre Brasil.

Resultados 

Importada Estreante
1 3 Bruno Grossi
2 913 Lenon Pires Oliveira
3 177 Bruno Spagnol
4 741 paulo Henrique
5 48 Zezinho Caconde
6 918 Felipe Ozi
7 25 Leonardo Beneti
8 199 Lamartini Henrique
9 513 Donado Dinardi
10 88 André Paschoalin
Nacional Estreante
1 70 Fabricio Calefi
2 297 Anderson Kuhl
3 921 Marcelo Magdalena
4 135 Luiz Nunes
5 4 Marcelo Pigatto
6 168 Paulo Sgargi
7 4 Lucas Sanavio
8 39 Ney Corsi
9 xx Chico Santa Barbara
10 26 Marcio Tadeu
50cc
1 6 Guilherme Torres
2 28 Vitor Alexandre
3 27 Alifer Rodrigues
4 85 Victor Soares
5 89 Camila Bueno
6 134 Monique Camargo
7 99 Caio Machado
8 9 Gabriel Carvalho
9 14 Guilherme Reis
10 33 João Vitor Martins
85cc
1 33 Guigão
2 225 Marcelinho Lima
3 305 Felipe Ferreira
4 111 Fernando Longuin
5 919 Renan Pires
6 11 Ana Lucia
7 37 Pedro Tavernaro
8 397 Roberto Araujo
9 61 Frederico Spagnol
10 120 Raul Salmazo
Penelope
1 20 Jaqueline Poltronieri
2 17 Fernandinha Mendonça
3 101 Bruninha Cavalotti
4 11 Ana Lucia
5 41 Miriam Poltronieri
6 3 Maristela Zago
7 237 Raphaela Recanelli
8 199 Glaucia Boghosian
9 12 Camila Gomieiro
10 62 Bulu
65cc
1 35 Guigão
2 46 Guilherme Torres
3 61 Frederico Spagnol
4 120 Raul Salmazo
5 37 Pedro Tavernaro
6 97 Rodolfo Morais
7 93 Luca Rosa
8 800 Vinicius Marcon
9 74 Gabriel Reis
10 7 Matheus Furlan
Over 30
1 610 Marcio Joanita
2 11 Fernando Longuim
3 450 Renato Hanser
4 713 Jean Dickson
5 77 Alcy Moreira
6 275 Daniel Vergueiro
7 26 Mauri Gerlach
8 922 Marco Lopes
9 75 Cassio Lopes
10 522 Marcos Lacerda
Over 40
1 330 Luiggi Colela
2 20 Valdir Poltronieri
3 81 Pedro Cirino
4 109 Alejandro Gerlach
5 132 Alfredo Pestana
6 62 Roque Colman
7 333 Juninho Delalana
8 177 Cesar Lopes
9 139 Panini
10 118 José Marcon
Nacional Pro
1 399 Diego Palmira
2 70 Denis Schiavetti
3 6 Rodrigo Leite
4 986 Diego Bremer
5 28 Sergio Alexandre
6 4 Fabio da Silva
7 9 Alan Ferro
8 129 Mauricio Colman
9 1 Sagui
10 x Gilmar Barbosa
Nacional 230
1 70 Denis Schiavetti
2 340 Fernando Sibinel
3 817 Alcides Beazin
4 28 Sergio Alexandre
5 777 Renato Procopio
6 90 Cokinho
7 18 Juliano Tavella
8 2 Igor Siqueira
9 69 Ricardo Paçoca
10 748 Alexandre Lima
VX-1
1 738 Pedro Beagim
2 610 Marcio Joanita
3 450 Renato Hanser
4 81 Pedro Cirino
5 19 Ique Matos
6 26 Mauri Gerlach
7 118 José Marcon
8 x Ricardo Valecho
9 xx Luis Phelipe
10 27 Everton Campos
VX-2
1 933 Danilo Veltroni
2 74 Tiago Tsuji
3 512 Ramon Sacilotti
4 33 Carlo Monaco
5 91 Fred Oliveira
6 377 Cleiton Grassi
7 399 Diego Palmira
8 275 Daniel Vergueiro
9 16 Rafael Pedrazolli
10 77 Alcy Moreira
Força Livre
1 610 Marcio Joanita
2 33 Carlo Monaco
3 11 Fernando Longuin
4 933 Danilo Veltroni
5 74 Tiago Tsuji
6 450 Renato Hanser
7 713 Jean Dickson
8 20 Valdir Poltronieri
9 817 Alci Beazim
10 340 Fermnando Sibinel






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet