X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Catarinense

Catarinense de Motocross - 6ª etapa - São José - SC
Publicado em: 19/09/2008

Riffel MX e Brasileiro de Minicross em São José 
Texto e fotos: Gerson Coas - www.fcm.org.br 



João Paulino Marronzinho
Pela segunda vez na temporada 2008 o motódromo Pedra Branca, em São José, na Grande Florianópolis, recebeu o motocross. Dessa vez foi a sexta etapa do Riffel MX – Campeonato Catarinense, que teve ainda junto a quinta etapa do Brasileiro de Minicross.  
- Veja Também: Confira o artigo sobre o Minicross neste Link

Por conta da chuva, na manhã do sábado, 13 de setembro, a pista de Potecas estava impraticável... assustadora. Trabalho extra para Richard Berois, responsável pelo traçado. A tarde somente as motos grandes foram liberadas para o treino, mas poucos pilotos se arriscaram.

Programação remanejada para o domingo, a expectativa ficou por um belo domingo de sol. E não deu outra. Céu azul, sem nuvens e com um pouco de vento, fatores que favoreceram para deixar a pista em boas condições para as provas. 


RIFFEL MX 


João Paulo Feltz e Pipo Castro


Anderson Cidade
João Marronzinho conhece os caminhos da pista de Potecas como poucos. Nem mesmo o mau tempo que imperou durante a semana o fez desistir de um treino na terça-feira, logo após chegar da abertura do Brasileiro de Supercross.

Na bateria da MX1 Pipo Castro e João Paulo Feltz largaram na frente, mas já metade da segunda volta Marrom aparecia como líder, posto em que encerrou a corrida. “Eu gosto de andar aqui. Na grande maioria das vezes que corri eu venci”, disse ele que abriu nove pontos de vantagem na liderança do campeonato.

Para Pipo Castro que terminou em segundo, o resultado foi satisfatório. “Eu não fiz a temporada toda do estadual, mas em casa eu não poderia deixar de correr. Estou me dedicando mais ao motocross. As largadas, graças a umas dicas do Chumbo (Milton Becker), já melhoraram bastante”, falou Pipo.

Anderson Cidade terminou em terceiro, seguido de Feltz e Gabriel Gentil.

Quando largou a MX2 o líder do campeonato, Jhonatan Batista, não teve muito o que fazer contra os locais Anderson, Gabriel e Feltz. 


Gabriel Gentil


Erivelto Nicoladelli
Puxando o pelotão, Anderson e Gabriel repetiram o duelo feito em São José nessa mesma categoria no início da temporada. Gabriel chegou a colocar de lado no final da sessão de costelas, mas Anderson não entregou a posição e dali em diante abriu. 

A explicação: o cabo de acelerador estava travando! “Logo no início o acelerador começou a travar. Ou melhor, ele não voltava. Eu tinha que matar o motor na embreagem e por isso quase caí. E ainda por cima o Gabriel estava vindo buscar. Mas felizmente, o cabo soltou um pouco e pude terminar a bateria e vencer”, revelou Anderson.

Embora tenha conseguido boa largada, Jhonatan perdeu posições e terminou em quarto, resultado que ainda lhe garantiu a primeira colocação da tabela com oito pontos de vantagem para Feltz, terceiro colocado na bateria. Em quinto terminou Alan Prim.

Na MX3, o ponteiro Nicoladelli passou sete das 12 voltas da bateria como campeão antecipado da categoria. O motivo foi a briga pela quarta colocação da prova entre Rogério Schmidt e Elizeu Glanert, justamente os dois que disputam a vice-liderança do certame. 


Eliseu Glanert e Rogério Schmitt


Paulo Krutzsch Jr
“Eu até havia feito as contas, mas nem contava com isso. Ainda estou machucado e fiz a minha corrida sem forçar. Espero vencer e quem sabe, comemorar o título lá em Tubarão, perto de casa”, disse Nicoladelli.

Elizeu, porém, já havia brincado com a calculadora e sabia que precisava ficar pelo menos na quarta colocação para manter o campeonato indefinido. “O Erivelto está andando forte, enquanto eu precisei forçar para passar o Rogério e terminei com a moto quase escapando”, disse.

Apesar de ter ficado em quinto, Rogério gostou da corrida. “Fiz o holeshot e o pega com o Elizeu. Foi divertido. E a pista, cheia de valas, canaletas, estava um motocrosão mesmo!”, relatou o piloto da casa. Outros dois pilotos locais, Anísio Clasen e Amilton Amorin, ficaram com a segunda e a terceira colocações respectivamente.

A Intermediária foi a mais disputada bateria da tarde. Porém, essas brigas por posições aconteceram da segunda colocação em diante, pois Paulo Krutzsch Jr. liderou a corrida desde a primeira passagem, confirmando ter a mão dessa pista. “No warm-up percebi que estava rápido.Na bateria larguei bem e fui embora. Realmente me acertei nessa pista”, disse Paulo Jr. 


Alan Ricardo Prim


Lucas Araujo
Porém, foi Alan Prim que comemorou. Ele largou em quinto e acelerando muito na quarta volta já brigava com Samuel Pacheco pela segunda colocação. A decisão só foi acontecer nas duas voltas finais, com vantagem para Prim, que com esse resultado, assumiu a dianteira da classificação. Ele tem agora 118 pontos, quatro a mais que Cássio Lima, quarto colocado na bateria e nove pontos a mais que Paulo Jr.

Na classe Nacional, Lucas Araújo levou a única Yamaha da bateria ao lugar mais alto do pódio. Ele largou na frente e se manteve em primeiro até a terceira volta, quando foi superado por Charles Baron. Porém a sorte estava ao lado de Lucas. Duas voltas depois, Baron se enroscou com Fabrício de Souza, que era retardatário, e perdeu muito tempo para retornar. Lucas reassumiu a liderança e venceu, enquanto Baron, revoltado com o ocorrido, fechou a prova na sexta colocação.

Ramon França terminou em segundo, mas por muito pouco. Outro Ramon, o Corrêa, depois de quatro anos afastado marcou o seu retorno às competições com uma bela prova de recuperação. Ele largou em sexto, na penúltima volta tomou o terceiro lugar de Paulo Jr. e na volta final tirou a diferença para França, recebendo a quadriculada logo atrás. 


Darlam Silva

Com essa combinação de resultados a classificação está embolada. Darlam Marcondes da Silva lidera com 113 pontos, seguido de Baron com 110 e Paulo Jr. com 105. Lucas soma 97 pontos, mas ainda tem chances no campeonato. 


Victor Feltz


Marcos Holtman
A 85cc
foi dominada por Victor Feltz, que liderou desde a primeira passagem. Nessa, ele era seguido por Gustavo Henn, Marcos Holtman, Venício Voigt e Tauan Brenner fechando o primeiro pelotão. Porém, Gustavo caiu logo em seguida, e mais outra vez na sexta volta. Ele até tentou tomar a quinta posição de Tauan na linha de chegada, mas não deu.

Aliás, Tauan também sofreu pequenas quedas e com a clavícula direita ainda sem condições de combate, não conseguiu ditar o seu ritmo habitual. Quem se aproveitou foi o novato na categoria, Northon Carvalho, que abandonou a briga pela vice-liderança do campeonato na 65cc para se dedicar somente a esse novo desafio.

 E valeu: quarto lugar para ele. Holtman, que tinha conseguido o melhor tempo do warm-up, terminou em segundo e Voigt em terceiro. No campeonato, agora 131 para Feltz e 128 para Tauan. 


Mauricio Treichel


Rodrigo Riffel
Na 65cc
, José Brayan foi disparado o mais rápido do treino da manhã e na bateria começou bem. Das nove voltas, Brayan liderou quatro, quando então foi superado por Rodrigo Riffel, que fez valer sua maior idade e experiência, sobretudo nas condições que o traçado apresentava.

Maurício Treichel, embora com problemas ainda na volta inicial quando fechou a segunda passagem em sétimo, conseguiu se recuperar e completou a bateria na terceira colocação, a frente de Matheus Oliveira e Enzo Lopes, os cinco que subiram ao pódio. No geral, Treichel mantém a liderança com 132 pontos, contra 122 do vice Rodrigo.

Categoria MX1
1º) João Marronzinho Jr
2º) Cristopher Castro
3º) Anderson Cidade
4º) Joao Paulo Feltz
5º) Gabriel Gentil

Categoria MX2
1º) Anderson Cidade
2º) Gabriel Gentil
3º) Joao Paulo Feltz
4º) Jhonatan Batista
5º) Alan Ricardo Prim


José Brayan
Categoria MX3
1º) Erivelto Nicoladelli
2º) Anisio Clasen
3º) Amilton Juca Bala
4º) Eliseu Glanert
5º) Rogerio Schmitt

Categoria Intermediária
1º) Paulo Krutzsch Jr
2º) Alan Ricardo Prim
3º) Samuel Pacheco
4º) Cassio Lima
5º) Victor Feltz

Categoria Nacional
1º) Lucas Araujo
2º) Ramon França
3º) Ramon Blumenberg Correa
4º) Paulo Krutzsch Jr
5º) Darlam Marcondes da Silva

Categoria 85cc
1º) Victor Feltz
2º) Marcos Paulo Holtman
3º) Venicio Voigt
4º) Northon Carvalho
5º) Tauan Brenner

Categoria 65cc
1º) Rodrigo Riffel
2º) José Brayan

Tauan Brenner
3º) Mauricio Treichel
4º) Matheus de Oliveira
5º) Enzo Lopes

Categoria 50cc
1º) Enzo Lopes
2º) Jivago Rigo Filho
3º) Pietro Grazik Pimentel
4º) Bruno Couto
5º) Wagner Oliveira 


Classificação Geral

Categoria MX1
1º) João Marronzinho Jr - 125 pts
2º) Joao Paulo Feltz - 116 pts
3º) Jhonatan Batista - 104 pts
4º) Gabriel Gentil - 83 pts
5º) Anderson Cidade - 62 pts

Categoria MX2
1º) Jhonatan Batista - 130 pts
2º) Joao Paulo Feltz - 122 pts
3º) Gabriel Gentil - 101 pts
4º) Anderson Cidade - 97 pts
5º) Marcos Machado Jr - 63 pts

Categoria MX3
1º) Erivelto Nicoladelli - 137 pts
2º) Eliseu Glanert - 88 pts
3º) Rogerio Schmitt - 84 pts
4º) Milton Becker - 75 pts
5º) Herielio Cardoso - 65 pts


Ramon Blumenberg Correa
Categoria Intermediária

1º) Alan Ricardo Prim - 118 pts
2º) Cassio Lima - 114 pts
3º) Paulo Krutzsch Jr - 109 pts
4º) Felipe Barbieri - 99 pts
5º) Samuel Pacheco - 79 pts

Categoria Nacional
1º) Darlam Marcondes da Silva - 113 pts
2º) Charles Baron - 110 pts
3º) Paulo Krutzsch Jr - 105 pts
4º) Lucas Araujo - 97 pts
5º) Evaldir Bender Junior - 79 pts

Categoria 85cc
1º) Victor Feltz - 131 pts
2º) Tauan Brenner - 128 pts
3º) Venicio Voigt - 113 pts
4º) Gustavo Henrique Henn - 96 pts
5º) Gabriel Schmitt - 80 pts

Categoria 65cc
1º) Mauricio Treichel - 132 pts
2º) Rodrigo Riffel - 122 pts
3º) Northon Carvalho - 98 pts
4º) José Brayan - 77 pts
5º) Leonardo de Souza - 72 pts

Categoria 50cc
1º) Jivago Rigo Filho - 145 pts
2º) Pietro Grazik Pimentel - 131 pts
3º) Bruno Couto - 114 pts
4º) Gustavo Moura - 111 pts
5º) Wagner Oliveira - 101 pts 


Pódio 50cc
 
Imagens Relacionadas:
Venício Voigt
Alan Prim
Largada Intermediária
João Paulo Feltz
João Paulino Marronzinho
Pipo e Marronzinho
Anderson Cidade
Jhonatan Batista
Samuel Pacheco





© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet