X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

9ª etapa Copa Bioleve de Veloterra - Tuiuti - SP
Publicado em: 27/08/2008

Tuiuti sediou a nona rodada do campeonato
Texto: Débora C. Garcia - Fotos: Sérgio Oliveira


Circuito de Tuiuti


Rubens Barbosa
A aconchegante cidade de Tuiuti, localizada no interior paulista num vale entre a Serra de Santa Cruz e a Serra do Arraial foi o palco da 9ª etapa da Copa Bioleve de Veloterra, sob a organização da Panini Sport. 

O apoio da prefeitura, através do prefeito Dr. Paulo Henrique Alvarenga, viabilizou o evento numa pista bastante técnica. Três tratores ficaram a disposição para molhar e gradear a pista a cada três ou quatro baterias. Importante e indispensável foi a presença da equipe médica, tendo por responsável o Sargento Cosoli. Todo esse conjunto incluindo quiosques de alimentação, área gramada, e um lindo lago ao lado da pista, contribuíram para uma grande prova, tanto para os pilotos como para o público que compareceu no local. 

No sábado, 23, a pista foi liberada para treinos dos pilotos inscritos, e no domingo, após um treino único, a pista foi liberada para as disputas, compostas por 10 minutos mais duas voltas. 


Kelli Cristine


Vinícius Marco
A primeira categoria a largar foi a CRF 230. Quem saiu na frente foi Jonas Tavella, seguido de Igor Siqueira, Egnaldo Rodrigues , Rubens Barbosa e Carlos Fernando. Jonas Tavella passou a liderar com certa tranqüilidade, com Igor e Egnaldo disputando a segunda posição, levando Egnaldo a melhor. Igor agora com Barbosa brigavam pela terceira posição, levando Barbosa a melhor. Pela quinta Carlos, Jose Leite e Mekita. Egnaldo chegou a encostar em Tavela, mas seguiu com Barbosa no seu encalço, enquanto Igor mantinha a quarta e Carlos, Jose Leite e Mekita duelavam. Barbosa passou e encostou em Tavella que não deu passagem, Egnaldo reagiu , mas não passou. Surpresa no final quando Tavella errou, Barbosa assumiu, seguido de Egnaldo, Igor, Mekita e Heitor Campos que não largou bem, mas fez boa corrida de recuperação e subiu em quinto no pódio. 

Na seqüência foi a vez das mulheres na categoria Batom onde três pilotos disputaram a bateria. Largou na frente Kelli Cristine, que correu de Tornado 250 cc, Monique Camargo de 50 cc e Raphaela Recanelli com uma 125 cc – uma disputa aparentemente nada equilibrada - aparentemente! Monique de 50 cc assumiu a segunda posição e correu firme e determinada assim, até o final. Ela que é líder da categoria se manteve resoluta, chegou a arriscar ultrapassagens em cima da 250cc, mas manteve a cabeça no lugar e fez uma corrida tranqüila. Em terceiro, Raphaela manteve o compasso, chegando a encostar em Monique, mas sem sucesso. Final: Kelli, Monique e Raphaela. 


Guilherme Recanelli


Gustavo Delcol
As categorias 65cc e 85cc largaram juntas, pulando na frente o piloto Vinícius Marco seguido por Otavio Carraori, Guilherme Recanelli (85 cc) e Pedro Lucas. Vinícius manteve a liderança, seguido por Otavio. Otavio correu com certa tranqüilidade pois é líder do campeonato, e só teria que fazer uma corrida tranqüila, sem ameaçar a sua liderança. Final da 65: Vinícius, Otavio, Willian Bongiorno, Eduardo Santos e Pedro Lucas. Na 85 cc Guiolherme Recanelli levou o caneco pra casa. 

Na 50cc , Vitor Gonçalves saiu de primeira, seguido por Gustavo Delcol, João Henrique da Silva, Monique Camargo e o estreante Bruno, de Valinhos. Gustavo logo colou em Vitor, que não abria espaço de jeito nenhum, enquanto Monique vinha em terceiro com certa tranqüilidade. A moto de Vitor apoagou, deixando para Gustavo, e seguido de Monique que também aproveitou a deixa. Vitor voltou em terceiro e apesar de correr com toda vontade atrás do prejuízo, se manteve em terceiro até o final da prova. João Henrique, fez a prova na quarta colocação, e logo atrás Bruno, que terminou sua primeira disputa aplaudido pelo público por sua atenção, disciplina e espírito de competição nota 10. 


Edison Libonatti


Eduardo Machado
A VX1 teve Breno Macedo que saiu na frente mas logo foi ultrapassado por Ique Mattos, que partiu pra cima com vontade. Logo atrás Tomé, Edison Libonatti e José Pulcinelli. Ique seguiu com tranqüilidade, apesar do esforço de Breno por recuperação.Tomé seguiu com Edison na sua cola. Brigaram por uma boa colocação Breno, Tome e José Pulcinelli, fazendo as curvas praticamente juntos, quando Libonatti achou forças e partiu pro ataque, passando um a um, e finalmente, quase no final , passando o até então líder do pelotão, Ique. Em terceiro ficou Breno, seguido de Pulcinelli e Lisboa, que fez uma corrida menos turbulenta, e garantiu sua quinta posição. Tomé perdeu tempo demais e não subiu ao pódio, ficando em sexto. 

Nacional B: Deu Eduardo Machado de ponta a ponta. Apesar de algumas motos terem se enroscado na primeira curva, Eduardo largou na frente, acelerou , chegou a ficar apertado com Heitor Campos colado, mas segurou as pontas e levou a melhor. Heitor se manteve a prova toda na segunda colocação. Houve estabilidade também por parte do terceiro colocado, Juninho Delalana, que ficou em terceiro.Pela quarta posição disputaram Marcelo Lahanzi e Solinha, mas foi Gabriel Tavella quem faturou, seguido de Solinha. 


Saqui


Rodrigo Leite
Após nova manutenção a VX2 deu o show. José Marco virou a primeira volta, seguido por Sagüi e Daniel Vergueiro. Sagui assumiu a liderança, e seguiram os três boa parte colados. Logo Sagüi se distanciou, pra ninguém mais chegar perto. Pela segunda, disputaram Jose Marco e Daniel, quando Sagu se aproximou , entrou firme e passou a disputar com Jose Marco, enquanto Lenon e Wolf (que não havia feito uma boa largada) tentavam o quarto lugar. Infelizmente Daniel não segurou, e terminou apenas na oitava colocação. Na seqüência, terminaram: Sagüi, Sagu, José Marco, Wolf e Lenon. 

Na Nacional A, ótima largada de Delalana, com Rodrigo Leite colcado, Fabio Silo, Mauricio Coman e Mario Pares, que achou seu espaço e pulou na frente de Coman, fazendo o mesmo Fabrício Bianchi. Se mantiveram assim, até Rodrigo Leite achar forças e passar Delalana, que teve diversos problemas com retardatários, e ainda perdeu mais uma posição. Leite se distanciou, Fabio conseguiu achar vantagem no atropelo dos retardatários e Delalana terminou em terceiro. Em quarto, com muita disputa Pares, deixando pra Bianchi a quinta colocação.


Daniel Vergueiro
 

Rubens Barbosa
VX3
: Daniel Vergueiro dessa vez foi o líder. Deixou para trás o prejuízo e olhou pra frente sem ninguém para atrapalhar a visão até o final. Em segundo lugar, Marcelo Delcol foi fazendo uma boa prova, mas Breno Macedo e Tome não largaram mão, todos se espremendo , até que Tomé conseguiu pular no segundo lugar, corerendo distante dos demais. Nisso, Rodrigo Oliveira se ergueu de uma largada não tão feliz, e brigou pelo quarto, com terceiro com Delcol, e, após a apagada da moto de Macedo, conseguiu passar pro terceiro lugar. Delcol veio atrás, mas Macedo conseguiu terminar em quarto, com Delcol em quinto. Bela disputa.
 
VX4: José Marco largou bem, mas após algumas voltas perdeu a posição para Rubens Barbosa que veio chegando aos poucos, mas assumiu seu espaço. Em terceiro, quarto e quinto lugares, vinham Beto Raimundo, Jose Pulcinelli e Mekita. Jose Marco bem que tentou, descia feroz em cima de Barbosa, mas não teve jeito, terminou em segundo. Mekita também avançou em Pulcinelli, mas apesar do belo duelo, terminou em quinto.


Juliano Tavella
 

Maurício Colman
Na categoria Nacional Amador destaque para Juliano Tavella, que largou bem, correu na frente e seguiu sem ameaças. Luciano Piva tambemcorreu bem, largando e terminando a prova em segundo lugar.Diferente de Tavella, Piva teve que ficar mais atento, porque não correu tão tranqüilo assim. Outros pilotos, entre eles Purga, Gabriel Cardoso e Henrique Recanelle andaram todos juntos. Aos poucos as posições foram se definindo: Piva se manteve em segundo, Purga quis partir para cima de Piva, mas não podeia descuidar de Gabriel Cardoso colado nele, e nisso ficou com o terceiro lugar.Henrique Recanelle ficou com a quinta posição.
 
A categoria Intermediária foi liderada grande parte por Alexandre Aranha, que acelerou com bastante técnica, enquanto Mauricio Colman estudava um jeito de colar e ultrapassar. Todos correram bastante próximos, sendo o resultado dessa categoria indeterminado por boa parte da disputa, o que trouxe emoção à bateria. Colman enfim conseguiu investir e faturar o primeiro lugar, e Alexandre teve que continuar imprimindo o ritmo forte por conta dos demais pilotos que correram num só pelotão na busca de uma boa colocação. Entre eles Felipe Frare, Felipe Bernal, Lucas Garcez e Edivaldo Oliveira. Aos poucos Bernal tomou conta da terceira posição e Frare e Oliveira ainda brigaram bem pela quarta, sendo que Frare levou a melhor.


Largada Nacional Força Livre
 

Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 629 Fotos!
A penúltipa bateria, disputada pela Nacional Força Livre teve Rodrigo Leite largando em primeiro, José Leite em segundo, Fabio Silva, Egnaldo Rodrigues e Delalana compondo a seqüência da fila. Logo Jose Leite perdeu posições, descendo para a quarta colocação.Enquanto Rodrigo, Fabio e Egnaldo se distanciavam, Jose Leite, Igor Siqueira, Eduardo Machado, Mekita,e Heitor Campos se espremiam na briga pela quarta posição. Aos poucos a quarta e quinta iam se definindo, e quando todos pensavam que tudo já estava certo, os pilotos novamente se embolavam , fazendo da prova uma surpresa. Um exemplo foi com Eduardo Machado, que estava em quinto, quando teve problemas com retardatários, e deixou para os demais. Após muito duelo, Heitor Campos fica com a quarta posição, e Jose Leite com a quinta.
 
Por fim, a categoria Importada Força Livre levou não só à pista, mas ao pódio também, mais uma vez Sagüi, que iniciou bem, e fez de ponta a ponta. Em segundo lugar Lenon Oliveira fez sua primeira volta e ficou com Colman, Vergueiro, Marcon, e Ique, coladinhos, ate que Colman assumiu o segundo lugar, brigando por ele com Marcon e Ique até o final, sendo que Vergueiro fechou a quinta posição. 


Próxima etapa acontece na cidade de Lindóia, SP, nos dias 30 e 31 de agosto

A próxima etapa da Copa Bioleve de Veloterra será na cidade de Lindóia nos dias 30 e 31 de agosto. Para esta etapa os pilotos inscritos receberão no ato da inscrição um kit Bioleve com vários produtos.
 
A Copa Bioleve de Veloterra tem como patrocínios: Bioleve Água Mineral Natural e Sucos, NS Graphics e Duda Preparações. Organização da Panini Sport. Cronometragem Tempo Max. Mais informações da Copa podem ser obtidas pelo site oficial do evento www.paninisport.com.br ou pelo telefone (19) 9752-0080.

Resultados

P. N. Importada Força Livre
1 211 Sagui
2 26 Mauricio Colman
3 118 Jose Luis Marcon
4 19 Ique Mattos
5 275 Daniel Vergueiro
6 3 Fabricio Bauch
7 74 Jonas Tavella
8 11 Rodrigo Oliveira
9 1 Joao Oliveira
10 29 César Del Poente
P. N. Vx1
1 46 Edison Libonatti
2 19 Ique Mattos
3 141 Breno Macedo
4 98 Jose Pucinelli
5 1 Joao Lisboa
6 22 Tome
P. N. Vx2
1 211 Sagui
2 3 Sagu
3 118 Jose Marco
4 4 Sandro Wolf
5 213 Lenon Oliveira
6 21 Beto Raimundo
7 999 Lucas G
8 275 Daniel Vergueiro
9 20 Felipe Bernal
P. N. Nacional Força Livre
1 6 Rodrigo Leite
2 4 Fabio Silva
3 4 Egnaldo Rodrigues
4 764 Heitor Campos
5 8 Jose Leite
6 333 Juninho Delalana
7 762 Mario Pares
8 2 Igos Siqueira
9 5 Eduardo Machado
10 45 Baiano
P. N. Intermediária
1 26 Mauricio Colman
2 99 Alexandre Aranha
3 20 Felipe Nbernal
4 39 Feliore Frare
5 504 Edivaldo Oliveira
6 999 Lucas Garcez
7 11 Silvio Antunes
8 203 Rubens De Oliveira
P. N. Nacional Amador
1 74 Juliano Tavella
2 34 Luciano Piva
3 238 Purga
4 92 Gabriel Cardoso
5 202 Henrique Recanelle
6 115 Juca Piva
7 105 Gustavo Moralles
8 122 Genival Camargo
9 34 Fausto
10 79 Thiago Tavella
P. N. Vx4
1 141 Rubens Barbosa
2 118 Jose Marco
3 21 Beto Raimundo
4 98 Jose Pulcinelli
5 49 Mekita
6 1 Joao Lisboa
7 504 Edivaldo
8 74 Juliano Tavella
9 211 Marco Ganzez
10 11 Silvio Antunes
P. N. Vx3
1 275 Daniel Vergueiro
2 22 Tome
3 11 Rodrigo Oliveira
4 141 Breno Macedo
5 79 Marcelo Delcol
6 99 Alexandre Aranha
7 504 Edivaldo Oliveira
P. N. Nacional A
1 6 Rodrigo Leite
2 4 Fabio Silo
3 333 Juninho Delalana
4 762 Mario Peres
5 13 Fabricio Bianchi
6 129 Mauricio Coman
7 45 Baiano
8 203 Carlos Recanelli
9 96 Michael Molena
10 95 Luis Oliveira
P. N. Nacional B
1 5 Eduardo Machado
2 764 Heitor Campos
3 333 Juninho Delalana
4 79 Gabriel Tavella
5 31 Solinha
6 47 Marcelo Lahanzi
7 56 Pedro Cordeiro
8 27 Tiago Luchi
9 99 Parda
10 119 Daniel Caetano
P. N. 230 F
1 1 Rubens Barbosa
2 4 Egnaldo Rodrigues
3 2 Igor Siqueira
4 49 Mekita
5 50 Heitor Campos
6 74 Jonas Tavella
7 32 Carlos Fernando
8 8 Jose Leite
9 64 Marco Ganzez
10 33 Magno Leite
11 46 Lucas De Paula
P. N. Batom
1 131 Kelli Cristina
2 136 Monique Camargo
3 78 Raphaela Recanelli
P. N. 85cc
1 6 Guilherme Recanelli
P. N. 65cc
1 800 Vinicius Marco
2 65 Otavio Carraori
3 16 Willian Bongiorno
4 139 Eduardo Gonçalves Dos Santos
5 31 Pedro Lucas
P. N. 50cc
1 29 Gustavo Delcol
2 138 Monique Camargo
3 28 Vitor Gonçalves
4 10 Joao Henrique Da Silva
5 33 Bruno
6 27 Thiago Martins De Lima






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet