X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Paranaense

5ª etapa Paranaense de Motocross - Piên - PR
Publicado em: 30/07/2008

Adrian Cantero vence mais uma na MX1 e Rafael Zenni quebra hegemonia de Selhorst na MX2. 
Redação MotoX - Fotos: Valdinei Caetano / Thiago Wolf - www.racecross.com



Adrian Cantero
Cerca de cinco mil pessoas estiveram presentes na cidade de Piên nesse domingo (27) para acompanhar as eletrizantes disputas válidas pela 5ª etapa do Campeonato Paranaense de Motocross. O público, além das provas, também teve como atrativo, a 16ª Festa do Produtor Rural, onde todos podiam encontrar comida típica da região e “shows” com diversas bandas durante todo o final de semana, combinação perfeita para um grande evento. 

Sem muitas expectativas, vamos direto ao que interessa e passar um pouco de como foram as baterias que definiram os vencedores desta da 5ª etapa.
A pista foi considerada pelos pilotos como uma das mais técnicas do campeonato até agora, um traçado de 1550 metros com curvas de alta e baixa velocidade, sessão de costelas de “encaixe” e de “atropelar” foram, sem dúvida, o principal desafio dos pilotos. 

Após a cerimônia de abertura, onde a Federação Paranaense de Motociclismo homenageou o piloto paranaense Jean Carlo Ramos pela conquista do Campeonato Latino Americano de Motocross categoria MX2 no último final de semana. 


Nico Rocha


Rafael Zenni
As baterias foram realizadas sem maiores imprevistos pra delírio dos expectadores. A primeira a entrar na pista, como já é de costume, foi a categoria MX3. Nico Rocha estava disposto a descontar a derrota sofrida na última etapa para William Guimarães, que estava empolgado e queria vencer a segunda consecutiva. Dada a largada, os dois brigaram as primeiras voltas e chegaram a se revesar na ponta da prova, no final a vitória foi de Nico Rocha que abriu ainda mais na pontuação do campeonato. William Guimarães chegou em segundo com César Mocelin em terceiro. 

Na categoria 65cc Pedro Henrique Rosa Bueno venceu mais uma com certa tranqüilidade com José Bryan Padilha em segundo e Vinicius Rosa em terceiro. 

A prova da categoria MX4 foi repleta de emoções. Sandro Rosa largo na frente e liderou algumas voltas quando se perder na sessão de costelas e deixou Claudinei Ávila assumir a ponta. No final da bateria, César Mocelin ainda teve tempo pra atacar Sandro Rosa e ficar com a segunda posição com Sandro em terceiro. 

Matheus Galves largou bem na categoria 55cc seguido de perto por João Gabriel Michelin. A disputa dos pilotinhos estava emocionante até a moto do Matheus quebrar e facilitar as coisas para João Gabriel que vence deixando Gabriel Gomes dos Santos em segundo e Gabriel Fávero em terceiro. Pódio dos Gabrieus! 


Endrews Armstrong


Pedro Henrique Rosa Bueno
Na categoria categoria MX2 tivemos a presença de dois pilotos do estado de Sana Catarina, Gabriel Gentil e César Popinhak. Quando o “gate” baixou a alegria foi da equipe KTM Oásis que via seus três pilotos nas três primeiras posições da prova, mais atrás Adrian Cantero se aproximava e assumiria a segunda posição, mas um erro lhe custou a posição. Rodrigo Selhorst começa a se destacar, ataca Zenni e assumi a liderança, mas na ultima volta Selhorst erra e entrega a vitória para Rafael Zenni, quebrando a invencibilidade de Selhorst na categoria. Rafael Faria foi terceiro colocado. 

A prova da categoria 85cc tinha grande expectativa, pois o piloto da casa Eduardo Rudnik era o grande favorito. Assim que foi dada a largada Rudnick sai na frente e abre boa vantagem em relação ao segundo Endrews Armstrong. Mas como imprevistos acontecem, a moto de Eduardo Rudnick quebra fazendo o piloto abandonar a prova e deixando a vitória de mão beijada para Endrews Armstrong. Leonardo Loof ficou com a segunda posição e Paulo Henrique da Silva em terceiro. 


Darlan Marcondes da Silva
Na TR 50 para adultos a vitória foi de Eduardo Zimerman com Rafael Faria em segundo e César Gibran em terceiro. Na categoria Intermediária João Vinicius reencontrou a vitória após fazer uma grande prova de recuperação e assumindo a primeira posição na última volta. Lucas Carneiro em segundo e Matheus Paetrorios em terceiro.
Darlan Marcondes vence a categoria Nacional, Gabrbiel Ito em segunndo e Fabio de Lucena em terceiro. 

A categoria mais aguardada do dia era, sem sombra de dúvida a categoria MX1. A briga pelo campeonato está acirrada e as duas principais equipes viriam com força máxima para a última bateria. Na hora dos pilotos alinharem para a largada, a equipe KTM Oásis, por motivos desconhecidos, resolveu não colocar seus pilotos na prova. A equipe Pro Tork, que não tinha nada a perder aproveitou e mais uma vez recheou o pódio com seus pilotos nas cinco posições disponíveis. A vitória incontestável foi de Adrian Cantero, a segunda consecutiva com Rafael Faria em segundo e Anderson Cidade na terceira colocação. 

“Tive um ruim começo de temporada, mas acho que essa má fase já passou e estou contente com esse resultado. Agradeço a equipe Pro Tork e continuamos com o trabalho.” Resumiu Cantero 

O resultado completo, ranking do campeonato e fotos deste e outros eventos você pode conferir pelo site da www.fprm.com.br

A próxima etapa está marcada dias 16 e 17 de agosto na Colônia Entre Rios em Guarapuava. 


A 5ª etapa teve organização da Prefeitura Municipal de Piên e Moto clube de Piên, supervisão da Federação Paranaense de Motociclismo e patrocínio de Pro Tork a maior fabricante de peças da América Latina, Dunas Race, organizadora do Rally Internacional dos Sertões e co-patrocínio de Tendas Curitiba

Classificação do Campeonato

Mx-1
Pos. Piloto 1 2 3 4 5 Total
1 Kurtt Airton Rocha 20 13 25 16 16 90
2 Rodrigo Clemente Selhorst 25 20 20 11 0 76
3 Rafael Da Silva Farias 0 16 11 20 20 67
4 Cesar Adrian Cantero 0 11 0 25 25 61
5 Rafael Zenni 16 10 10 10 0 46
6 Rodrigo De Castro Rodrigues 6 3 13 13 10 45
7 Nicomedes Soares Da Rocha Filho 11 8 9 8 9 45
8 Carlos Emerson Anuncio Vasques Delgadilho 9 9 6 9 0 33
9 Willian Aparecido Alves Guimarães 8 7 0 7 11 33
10 Carlos Eduardo Mendes Franco 4 0 16 0 13 33
Mx-2
1 Rodrigo Clemente Selhorst 25 25 25 25 20 120
2 Rafael Zenni 20 20 20 16 25 101
3 Cesar Adrian Cantero 0 16 10 20 13 59
4 Rafael Da Silva Farias 10 13 13 0 16 52
5 Rodrigo De Castro Rodrigues 0 10 16 11 10 47
6 Carlos Eduardo Mendes Franco 7 0 11 13 11 42
7 Alexandre Cesar Mocelin 6 9 8 9 8 40
8 Carlos Emerson Anuncio Vasques Delgadilho 13 8 9 7 0 37
9 João Vinicius Gabriel Costa De Oliveira 0 7 5 8 7 27
10 Paulo Cesar Stedile 0 0 0 10 9 19
Mx- 3
1 Nicomedes Soares Da Rocha Filho 25 25 25 20 25 120
2 Willian Aparecido Alves Guimarães 0 20 20 25 20 85
3 Adilson Cesar Szlachta 13 13 16 13 8 63
4 Cesar Mocelin 5 8 13 16 16 58
5 Claudinei Antonio Pedroso De Ávila 10 11 11 11 13 56
6 Alencar Krefta 8 10 10 9 11 48
7 Marcelo Carlos Shimoguiri 20 16 0 0 0 36
8 Ronaldo Medeiros Mateus 0 7 9 5 10 31
9 Djuliana Luanna Braz De Lima 0 5 6 4 6 21
10 Bianca Ribeiro Souza 0 6 4 7 0 17
Over
1 Claudinei Antonio Pedroso De Ávila 20 25 20 20 25 110
2 Cesar Mocelin 13 13 25 25 20 96
3 Sandro Botelho Silveira Da Rosa 16 20 16 13 16 81
4 Rubens Doneda De Souza 9 11 10 16 13 59
5 Franco Fraccaroli 6 8 11 8 11 44
6 Walmo Gaspar 25 16 0 0 0 41
7 Josias Benasse Grijota 7 7 7 9 10 40
8 Cleimar Carlos Pancera 11 9 8 0 0 28
9 Marcos Cesar Liberatti 8 0 13 0 0 21
10 Ednaldo Nunes Pires 0 2 6 4 8 20
Nacional
1 Fabio De Lucena Brito 25 20 20 16 20 101
2 Paulo Henrique Orathes 20 25 25 20 0 90
3 Gabriel Ito De Souza 0 13 16 25 25 79
4 Rony Petterson Gouveia 13 16 13 13 0 55
5 Alann Cezar De Paula 0 11 9 9 16 45
6 Julio Augusto Monteiro De Barros 10 0 11 10 0 31
7 Everton Machado De Oliveira 0 8 10 0 0 18
8 Luis Carlos Cardoso 16 0 0 0 0 16
9 Gumercindo Simões Neto 0 0 0 0 13 13
10 Evandro Andre Ritler 11 0 0 0 0 11
Intermediária
1 João Vinicius Gabriel Costa De Oliveira 25 25 25 20 25 120
2 Lucas Carneiro Pires 11 20 11 11 20 73
3 Henrique Winkler 20 0 20 25 0 65
4 Jeverson Camiloti 9 10 13 10 13 55
5 João Paulo Segantin Monteiro 8 16 9 7 8 48
6 Matheus Machado Praetorius 0 0 10 16 16 42
7 Kleymar Jean Pancera 16 13 8 0 0 37
8 Patrick Thiago De Jongi 0 0 16 13 6 35
9 Carli Gesseler Bresolin 10 11 5 0 0 26
10 Ademir Guiziline Junior. 4 0 0 5 9 18
80cc
1 Endrews Armonstrong Nhemihes 0 10 25 25 25 85
2 Gabriel Ito De Souza 20 25 13 11 11 80
3 Jairo Henrique Bakes Schneider 25 20 20 0 13 78
4 Leonardo Cristian Simon Loof 0 0 16 20 20 56
5 Bianca Ribeiro Souza 13 11 10 10 8 52
6 Paulo Henrique Da Silva 0 13 9 13 16 51
7 Leonardo Grisotto 11 9 7 9 10 46
8 Lucas Martini 0 16 11 0 0 27
9 Bruna Humeniuk Bartz 0 8 3 8 7 26
10 Douglas Juliano Da Conceição 10 6 5 0 0 21
60cc
1 Matheus Galves De Souza 9 25 25 13 13 85
2 Cristian Scherer 16 13 13 16 25 83
3 Leonardo De Souza Silva 25 6 10 25 16 82
4 Deonir Moss Neto 0 16 20 20 20 76
5 Daniel Reichhardt 20 20 8 11 9 68
6 João Gabriel Michelin 11 11 5 10 11 48
7 Jorge Curi Torres 7 9 6 0 6 28
8 Matheus Ribas De Araujo 0 10 3 7 7 27
9 Gabriel Gomes Dos Santos 0 0 9 8 10 27
10 Ewerton Patrick De Oliveira Bueno 0 7 16 0 0 23
50cc
1 João Gabriel Michelin 25 20 16 25 25 111
2 Matheus Galves De Souza 20 25 20 16 0 81
3 Gabriel Gomes Dos Santos 0 16 25 20 20 81
4 Gabriel Fevero Silva 16 13 13 13 16 71
5 Matheus Favero Silva 9 10 7 6 10 42
6 João Vitor Ribeiro Antunes 11 11 10 10 0 42
7 Matheus Helleis 10 0 8 8 11 37
8 Jaffar Tarek Soueid 0 0 11 0 13 24
9 Rhuann Marcondes Avila 8 9 6 0 0 23
10 Leonardo Zequinão Cassarotti 13 0 0 9 0 22
50 Tr Adulto
1 Rafael Da Silva Farias 25 13 25 25 20 108
2 Rondineli Nogueira Gouveia 20 25 20 11 0 76
3 Eduardo Daniel Coronel Zimernann 0 0 11 16 25 52
4 Jose Roberto Ferlini 0 20 16 13 0 49
5 Jose Carlos De Souza 13 11 13 10 0 47
6 Vanio M. Dal Toé 0 10 8 9 13 40
7 Robson Santos De Almeida 16 0 0 20 0 36
8 Luiz Carlos De Almeida 11 0 9 7 0 27
9 Marcelo Rodrigues 0 0 10 8 0 18
10 Cezar Gibran Johnsson 0 0 0 0 16 16






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet