X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

1ª etapa Circuito Paulista de Veloterra - Limeira - SP
Publicado em: 15/03/2007

Campeonato começa com pista de alta velocidade na cidade de Limeira
Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Ramon Sacilotti

Veja Também: Galeria de Imagens da Prova com 429 Fotos!


Wilgner Francisco
A cidade de Limeira foi palco da abertura da temporada 2007 do Circuito Paulista de Veloterra, promovido pela equipe Asfalto Zero. Mais de 150 pilotos participaram da competição o que exigiu da organização a realização de baterias de classificação para algumas categorias. A modalidade chegou a São Paulo em 2005 através desta equipe promotora e a cada ano, com mais sucesso e participação dos pilotos, o veloterra mostra ainda mais que veio ao Estado para ficar.

A pista foi um show a parte, muito bem montada e estruturada tinha um belo visual, também era de altíssima velocidade, com duas chicanes onde os pilotos aproximavam-se em quinta marcha no ponto em que eram obrigados a reduções, mas o resto era cabo enrolado! 

A 85cc e 65cc largaram juntas e deram a partida no campeonato. 
Wilgner Francisco, campeão da categoria 65cc no ano passado, aproveitou uma bobeada dos pilotos da 85cc e assumiu a ponta logo na largada. Ele resistiu aos ferozes ataques de Fabio Garcez e Guilherme Vendramini, ambos com 85cc, vindo a vencer a prova na classificação geral. Dividido por categorias, na 65cc o vencedor foi Wilgner Francisco, com Gabriel em segundo, Yuri em terceiro e Vinicius Marcon em quarto. Na 85cc o vencedor foi Fabio Garcez, com Guilherme Baggi em segundo, Guilherme Vendramini em terceiro e Lenon Oliveira em quarto. 


Guilherme Costa
Na 50cc Guilherme Costa pulou na ponta na largada e não deu chances a Matheus Freschi, segundo colocado. Luca Rosa foi o terceiro, em quarto ficou Monique Camargo e em quinto Aliter Rodrigues. 

Paolo Gregório, Rinaldo Spagnol, José Marcon, Delson Bruno e Marcelo Barbosa, formaram os cinco primeiros na primeira volta da categoria VX3. Paolo Gregório suportou a pressão de Rinaldo Spagnol até a metade da prova. Depois Spagnol assumiu a ponta e foi abrindo distância dos demais pilotos. Paolo Gregório se contentou
com segunda posição e foi fazendo uma corrida cabeça até o final da prova. Essio Camargo largou mal (nono lugar) e veio recuperando posições terminando em terceiro após ultrapassar José Marcon, que ainda perderia a quarta colocação para Marcelo Barbosa, terminando em quinto. 


Rinaldo Spagnol


Cokinho
A Nacional B e Nacional 230 F, largaram juntas. Eduardo Leite pulou na frente mas logo no começo da prova perderia posição para Cokinho e na quinta volta seria ultrapassado por Panini (230 F). Fabrício Moreti ocupava a quarta colocação quando abandonou a prova. Com isso Claudemir assumiu a quarta colocação e no final da prova partiu para cima de Eduardo Leite chegando a menos de 1 segundo do concorrente. Juninho Delalana também entrou na briga, mas terminou em quarto da Nacional B. Dividindo as categorias, na Nacional B o vencedor foi Cokinho, seguido de Eduardo Leite, Claudemir Assis, Juninho Delalana e Machiel. Na Nacional 230 F o vencedor foi Panini, seguido de Anderson Luiz. 

Rogério Zanetti largou na frente da VX2, mas logo na terceira volta perdeu a posição para Ramon Sacilloti e Eduardo Malavasi. A briga pela segunda posição entre Malavasi e Zanetti foi intensa até o final da prova, mas Zanetti não conseguiu recuperar mais a posição, terminando na terceira colocação. No começo da prova Renato Hanser acompanhou de perto a briga pela segunda colocação, mas desistiu da briga e ficou mesmo no quarto posto. Luiz Ramos subiu ao pódio em quinto.
 

Marcelo Barbosa
Tonelada levou de ponta a ponta na Nacional A, mas foi perseguido a prova inteira por Sérgio Alexandre. Na terceira colocação vinha Cartucheira até a última volta quando foi ultrapassado por Jorginho Ferriani. Juliano Tavela terminou na quinta colocação, após largar em oitavo. 

Na VX 1 Alex Antonio pulou na ponta, mas caiu durante a prova e terminou em décimo lugar. Com isso é Marcelo Barbosa quem assume a ponta com Luiz Zeola em segundo. Zeole terminaria em quarto lugar a bateria, devido um erro numa curva que fez com que sua moto apagasse o motor,  Mauricio Frank aproveitou a bobeada eterminou em segundo com Robson Dalberto bem perto dele, em terceiro lugar. Rosinha foi o quinto. 


Braga


Tonelada
Na Nacional Incentivo Braga foi o vencedor com Mauro Rodrigues, a menos de um segundo, na segunda posição. Eduardo Parizoto foi o terceiro, Quirino o quarto e Junior Alves o quinto. 

Tonelada assumiu a ponta da Nacional Força Livre após uma queda do então ponteiro Sérgio Alexandre. Alexandre cairia de novo e terminaria a prova na quarta colocação. Assim Jorge Ferriani assumiu o segundo lugar, mas não conseguiu perseguir Tonelada. João Guilherme ficou em terceiro e Rodrigo Arthur em quinto. 

Eduardo Malavasi pulou na frente na Importada Força Livre com Eduardo Bruno e Delso Bruno logo em seguida. Neste início de prova Ramon Sacilloti aparecia somente no quinto lugar. Mas já na quinta volta Ramon assumiria a liderança para não perder mais. A briga ficou pela segunda colocação entre Eduardo Malavasi e Rogério Zanetti, com Zanetti ultrapassando e garantindo a vice-liderança nos últimos metros de prova. Bruno Lopes foi o quarto com Clayton Grassi em quinto.


Veja Também: Galeria de Imagens da Prova com 429 Fotos!
O Circuito Paulista de Veloterra Asfalto Zero tem patrocínio de GR Cruzeiro, Usibike, Lelus Confecções, Ferrosul Produtos Siderúrgicos, Neutralizado Racing, All Sign Graphics e Maria Modas.

A segunda etapa esta programada para os dias 31 de março e 01 de abril, na cidade de Artur Nogueira. A 3ª etapa já tem local e datas confirmados: 13 de Maio em Piracicaba. 

O calendário completo tem mais 5 provas completando um total de oito provas. Cruzeiro, Mogi Mirim, Santo Antonio do Jardim, Pista do Juba e Itu são outros locais que devem sediar a competição. Mais informações em www.asfaltozero.com.br .

Resultados 


P. N. Importada Força Livre
1 512 Ramon Sacilotti
2 911 Rogerio Zanetti
3 938 Eduardo Malavasi
4 115 Bruno Lopes
5 377 Clayton Grassi
6 747 Delso Bruno
7 841 Luiz Fernando Ramos
P. N. VX1
1 221 Marcelo Barbosa
2 722 Mauricio Frank
3 299 Robson Dalberto
4 5 Luiz Zeola
5 13 Rosinha
6 841 Rick
7 31 Marcos Ganzarolli
8 74 Ivair
9 450 Tiago Biondi
10 451 Alex Antonio
P. N. VX2
1 512 Ramon Sacilotti
2 938 Eduardo Malavasi
3 911 Rogerio Zanetti
4 450 Reanto Hansen
5 841 Luiz Ramos
6 134 Armando Martesen
7 115 Bruno Lopes
8 17 Eduardo Santos
9 236 Reanto Assis
10 11 Sagui
P. N. VX3
1 61 Rinaldo Spagnol
2 31 Paolo Gregorio
3 134 Essio Camargo
4 221 Marcelo Barbosa
5 118 Jose Marcon
6 69 Lekão
7 7 Paulo Alves
8 225 Wander Garcez
9 451 Lourival
10 21 Beto
P. N. Nacional Força Livre
1 119 Tonelada
2 21 Jorge Ferriani
3 63 João Guilherme
4 28 Sérgio Alexandre
5 22 Rodrigo Arthur
6 32 Fabio Silva
7 66 Rodrigo Leite
8 115 Felipe Maia
9 6 Claudinei Assis
10 58 Mario Pares
P. N. Nacional A
1 119 Tonelada
2 288 Sergio Alexandre
3 210 Jorginho Ferriani
4 22 Cartucheira
5 74 Juliano Tavela
6 69 Juliano Aleone
7 63 João Guilherme
8 259 Jorginho Argentini
9 399 Fabiano Sanches
10 333 Juninho Delalana
P. N. Nacional B
1 90 Cokinho
2 93 Eduardo Leite
3 6 Claudemir Assis
4 333 Juninho Delalana
5 7 Machiel
6 17 Snoop
7 14 Rodrigo Gonçalez
8 55 Anderson Rezende
9 380 Paulo Milan
10 1 David Pericin
P. N. Nacional Incentivo
1 711 Braga
2 31 Mauro Rodrigues
3 277 Eduardo Parizotto
4 0 Quirino
5 257 Junior Alves
6 258 Julio Gagliardi
P. N. Nacional 230F
1 139 Panini
2 9 Andeson Luiz
P. N. 85cc
1 700 Fabio Garcez
2 27 Guilherme Baggi
3 17 Guilherme Vendramini
4 7 Lenon Oliveira
P. N. 65cc
1 94 Wilgner Francisco
2 7 Gabriel
3 170 Yuri
4 44 Vinicius Marcon
P. N. 50cc
1 33 Guilherme Costa
2 36 Matheus Freschi
3 93 Luca Rosa
4 136 Monique Camargo
5 27 Aliter Rodrigues
6 28 Victor Alexandre






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet