X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

2ª etapa Copa Regional de Veloterra - Jaguariúna - SP
Publicado em: 09/03/2007

Joel Colega vence 3 categorias em Jaguariúna
Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada Nacional B

Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 358 Fotos!


Beto Lawant
O veloterra é uma modalidade relativamente nova no país, especialmente em São Paulo onde está ganhando cada vez mais adeptos. Interessante, a modalidade costuma por na mesma pista pilotos já conhecidos do público como "novatos" nesta competição sobre duas rodas. Além disso junta as diversas vertentes do off road, como pilotos de motocross, enduro e trilheiros. Resumindo: é diversão garantida para quem participa e para quem assiste. 

No último final de semana (dias 03 e 04 de março) foi realizada em Jaguariúna, próximo a Campinas, a segunda etapa do Circuito Regional de Veloterra, umas das primeiras do ano no estado. Participaram dessa etapa organizada pela Panini Sport 130 pilotos, um número excelente, já que Jaguariúna fica a mais ou menos 70 quilômetros de Indaiatuba, local onde houve na mesma data a abertura do Brasileiro de Motocross. 

A garotada da 50 cilindradas deu início ao evento, e os meninos da categoria foram os primeiros a entrarem na pista. Beto Lawant largou na ponta e não deu chances para os demais pilotos. A briga ficou pela segunda colação entre Victos Soares e Monique Camargo. Victos chegou a abrir uma boa diferença de Monique, mas duas quedas seguidas fizeram com que Monique se aproximasse, e o ultrapassasse. Em quarto ficou Danilo Caruso. 


Lenan de Oliveira
As classes 60 e 80 cilindradas largaram juntas, e Luizinho Queiroz parte na frente, mas erra numa curva, Lenan de Oliveira aproveita a oportunidade, assume a ponta e não da chances de aproximação para ninguém. Luizinho Queiroz ficou na segunda posição. Vinicios Marcos foi o terceiro. Eduardo Filho veio em quarto e Beto Lawant em quinto. 

Na VX-3, Joel Colega pula na ponta seguido de José Marcon, Evan de Moura, Nana e Paulo Alves. Joel Colega aproveita a briga pela segunda posição e abre uma diferença considerável durante a prova dos demais colocados, chegando a dar uma volta no terceiro colocado. 

José Marcon assumiu a segunda colocação e foi levando a posição, mas faltando ainda sete voltas para o final ele não agüentou a pressão exercita por Eduardo Paschoin, que veio fazendo uma prova de recuperação após uma queda no começo da prova. José Pulcinelli não fez uma boa largada (11ª posição), mas já na quarta volta assumiria a quarta colocação posto que manteria até o final. Nana brigou muito com Valdir Mingotti para ficar na quinta colocação. 


Alan Ferro
Alan Ferro não deu chance para ninguém na Nacional B e venceu a prova de ponta a ponta. Cokinho assumiria a segunda colocação no começo da bateria e tentou seguir o ritmo de Alan, mas não conseguiu. A terceira posição foi decidida nas últimas voltas com Juvenino Souza chegando em terceiro e Renan Mative em quarto, grudado nele chegou Magrão, na quinta colocação. 

Na VX-2, Joel Colega novamente largou na ponta e foi nessa posição até o final, vencendo pela segunda vez com tranquilidade. A prova ficou emocionante pela briga na segunda colocação envolvendo Beto Vilalva e Sagüi. No começo Eduardo Santos também brigou pela posição, mas foi perdendo ritmo de corrida e se contentou com a quarta colocação. Sagüi após muita luta assume a segunda colocação e vence a batalha com Beto. Em quinto ficou Bruno Petrini. 


Juliano Tavella


Eduardo Paschoin
A briga pela primeira posição na Nacional A foi intensa. Alan Ferro Largou na ponta, mas com problemas iria abandonar a prova na 11ª volta. Fábio Silva assume a ponta, mas dura somente duas voltas na frente, ele também abandonaria com problemas na corrente. Parecia maldição, mas Jorge Ferrioni, o terceiro a assumir a primeira colocação, teve um pneu furado deixando escapar a vitória. Ao menos teve final diferente de seus adversários e manteve-se na pista ficando na segunda colocação. Aproveitando tudo isso Juliano Tavella assume a ponta e garante a vitória. Rodrigo Leite foi o terceiro colocado, Rodrigo Sallen ficou em quarto e Machado em quinto.
 
A largada da VX-1 foi emocionante com Boca pulando na frente, mas ele acaba caindo, deixando a ponta para Eduardo Paschoin, que não perde a oportunidade e vence a bateria. Boca ainda volta para prova e conquista o segundo lugar. Rique Mattos ficou em terceiro, Ivan Moura foi o quarto e Bruno Vivalva o quinto.


Magrão


Renato Bergamin
A Nacional C contou com 28 pilotos e Jonas Tavella pulou na ponta seguido de Dú Leite, mas quem assumiria a ponta na metade da prova era Magrão, que largara em terceiro e ficou com a vitória da prova. Juninho Dalalana partiu na sétima posição, veio recuperando e terminou em terceiro, logo atrás de Tavella. Dú Leite foi o quarto e Baninho Legorari o quinto.
 
Na Intermediaria Importada, Ivan Moura pula na frente seguido de Renato Bergamin, Bruno Petreiri, Mauricio Falerim e Essio Camargo. Logo no começo da prova Renato Bergamin assumiria a ponta abrindo uma vantagem que asseguraria a sua vitória. Na disputa pela segunda colocação Ivan Moura, Bruno Petreiri e Mauricio Falerim acabam caindo, melhor para Falerim que se recuperou rápido, assumiu o terceiro lugar e foi na busca de Essio Camargo, então dono do segundo lugar. Após uma boa disputa Mauricio Falerim assumiria o segundo lugar de forma definitiva deixando Essio Camargo em terceiro. Bruno Petreiri ficou na quarta colocação e Márcio Antonio na quinta.
 

Machado (sem número)
Machado não deu chance para ninguém na Nacional Força Livre. Pelo segundo lugar a briga em compensação foi o ponto emocionante da prova. Cinco pilotos disputaram volta a volta até que Juninho Delalana destacou-se, foi abrindo vantagem do terceiro colocado, Rodrigo Sally, e partiu para acompanhar o ritmo do líder, mas sem sucesso. Filo ficou em quarto lugar e Fábio Silva em quinto.

Joel Colega demonstrou que o dia seria dele ao vencer e convencer na Importada Força Livre, sua terceira conquista no evento. Boca tentou acompanhar mais viu que seria muito difícil vencer Colega, acabou se contentando com a segunda colocação. Sagüi ficou em terceiro após uma corrida recuperando posições. Rique Mattos foi o quarto e Eduardo fechou o pódio em quinto.


Joel Colega

Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 358 Fotos!

Resultados

P. N. Importada Força Livre
1 991 Joel Colega
2 95 Boca
3 11 Sagui
4 19 Rique Mattos
5 17 Eduardo
6 41 Naná
7 26 Renato Bergamin
8 107 Bruno Petrini
9 118 Jose Luis
P. N. VX1
1 18 Eduardo Paschoin
2 95 Boca
3 19 Rique Mattos
4 252 Ivan de Moura
5 5 Bruno Vivalva
P. N. VX2
1 991 Joel Colega
2 11 Sagui
3 445 Beto Vilalva
4 17 Eduardo Santos
5 107 Bruno Petrini
6 841 Gustavo Pegorani
7 134 Essio Camargo
8 362 Paulo Tamasaki
9 292 Del Poente
P. N. VX3
1 991 Joel Colega
2 18 Eduardo Paschoin
3 118 Jose Luiz Marcon
4 98 Jose Mauricio Pulcinelli
5 41 Naná
6 442 Valdecir Mingotti
7 134 Essio Camargo
8 333 Juninho Delalana
9 7 Paulo Alves
10 252 Evan de Moura
P. N. Intermediária Importada
1 26 Renato Bergamin
2 22 Mauricio Falerim
3 134 Essio Camargo
4 107 Bruno Petreiri
5 X Marcio Antonio
6 99 Lenon de Oliveira
7 5 Rodrigo Picolomini
8 120 Matheus
9 252 Ivan Moura
P. N. Nacional Força Livre
1 X Machado
2 333 Juninho Delalana
3 23 Rodrigo Sally
4 83 Filo
5 32 Fabio Silva
6 7 Sandro Wolff
7 6 Rodrigo Leite
8 442 Wesley Leal
9 511 Pyco
10 X Antonio Matos
P. N. Nacional A
1 74 Juliano Tavella
2 21 Jorge Ferrioni
3 6 Rodrigo Leite
4 23 Rodrigo Sallen
5 X Machado
6 X Jorge Argentini
7 87 Baninho Pegorari
8 7 Sandro Wolff
9 195 Rodrigo Scarelle
10 70 Marelinho
P. N. Nacional B
1 9 Alan Ferro
2 90 Cokinho
3 8 Juvenino Souza
4 804 Renan Mative
5 114 Magrao
6 7 Helton Mose
7 711 Gustavo Fedel
8 6 Claudemir Poupeo
9 X Juliano Osuza
10 14 Murilo Azevedo
P. N. Nacional C
1 114 Magrao
2 74 Jonas Tavella
3 333 Juninho Delalana
4 17 Du Leite
5 87 Baninho Legorari
6 711 Braga
7 6 Jose Luiz Leite
8 7 Sandro Wolff
9 511 Marcos Prico
10 X Geraldo Moreira
P. N. 80/60cc
1 99 Lenan de Olivieira
2 236 Luizinho Queiroz
3 44 Vinicius Marcos
4 93 Eduardo Filho
5 9 Beto Lawant
6 65 Otavio
7 7 Renan de Oliveira
P. N. 50cc
1 9 Beto Lawant
2 136 Monique Camargo
3 138 Victor Soares
4 90 Danilo Caruso
   






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet