X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Asfalto Zero Extra - Estiva Gerbi - SP
Publicado em: 16/09

Nielsen Bueno é destaque na prova de Estiva Gerbi
Texto e fotos: Lucídio Arruda 




Flávio Claudiano
No último dia 10 de setembro a equipe do Asfalto Zero / MX Sport realizou na cidade de Estiva Gerbi, região de Mogi-Guaçu uma etapa extra de Veloterra, modalidade já tradicional no sul do país que vem crescendo também no Estado de São Paulo.

A pista em Estiva Gerbi foi montadada na entrada da cidade, ao lado da paróquia que abriga também o Santuário da Rosa Mística. O traçado desenhado foi um pouquinho maior que das últimas etapas com as melhores voltas ao redor de 40 segundos.

Em virtude do feriado (7 de setembro) e diversas outras provas na região o número de pilotos não foi grande o que levou a organização a juntar as largadas de várias categorias.


Gabriel Ranzani
Provas

A primeira bateria a largar foi da categoria VX-3 destinada aos pilotos com mais de 35 anos. Quando o gate baixou Flávio Claudiano, de Poços de Caldas, MG, assumiu a liderança e aos poucos abriu vantagem para vencer mais de 40 segundos a frente de Sérgio Alexandre (Campinas), o segundo colocado. Em terceiro chegou Henrique Tomazi de Serra Negra.

A disputa mais apertada da bateria foi pela 6ª posição entre Rogério Caron e José Luiz Leite. A briga durou até metade da bateria quando a moto de Leite morreu e ele abandonou a prova.

A seguir largou a categoria Infantil com apenas três pilotos. Gabriel Ranzani liderou de ponta a ponta vencendo pela categoria 65. Gustavo Tassi venceu a categoria 50 a frente do pequeno Victor Gonçalves. 



João Guilherme Noronha



Magrão
A terceira largada encheu o gate com as categorias Nacional A e Nacional B. Rodrigo Ricieri, de Espírito Santo do Pinhal, assumiu a ponta e lirerou as primeiras voltas se defendendo dos ataques de Sérgio Alexandre e seu conterâneo João Guilherme Noronha. 

Rodrigo manteve a liderança até quase a metade da bateria quando Noronha finalmente conseguiu a ultrapassagem e abriu uma pequena vantagem sobre Sérgio Alexandre até a bandeirada. 

A terceira posição na Nacional A ficou com Alex Baratella seguido de José Roberto Campestrini. 

Rodrigo Ricieri finalizou na quinta posição.A categoria Nacional B foi vencida por Magrão, de Serra Negra, com 10 segundos de vantagem sobre Alan Ferro. 


Nielsen Bueno



Dorival Gledson
A bateria da VX-1 que reuniu também a 250-F e 125-2T começou com um incrível "holeshot" deste que vos escreve. Infelizmente minha liderança não durou mais do que três curvas quando fui ultrapassado por Nielsen Bueno e Alan Ferro. Ferro tentou perseguir Nielsen por aproximadamente cinco voltas, mas aos poucos o piloto mineiro foi abrindo vantagem para vencer com 28 segundos à frente de Ferro.

Na 250-F a briga pela vitória ficou entre Dorival Gedson, de Jacutinga e Rogério Zanetti, de Migi-Mirim. Ao final foi Gledson que levou a melhor recebendo a bandeirada com 3 segundos de vantagem. A terceira posição na categoria ficou com Luis Gustavo Tassi, de Poços de Caldas. Na 125-2T o vencedor foi Bruno de Angelis.

Força Livre 


Alan Ferro


Alan Ferro voltou à pista para a bateria da Nacional Força Livre e desta vez competindo com uma Tornado, não deu chances aos adversários vencendo com 22 segundos de vantagem sobre Eliandro Tonelada, que no finalzinho roubou a segunda posição de Sérgio Alexandre. Logo atrás chegou Alex Borotella, quarto colocado. Magrão completou o pódio na 5ª posição.


Veja também as Imagens da Prova
A prova da Importada Força Livre viu mais um show de Nielsen Bueno que assumiu a liderança ainda na primeira volta e sumiu na liderança, chegando a inclusive colocar uma volta de vantagem no segundo colocado. A disputa pela segunda posição ficou entre Dorival Gledson e Luis Gustavo Tassi. Tassi chegou a assumir o segundo posto num erro do piloto de Jacutinga, mas Gledson recuperou a posição a poucas voltas do final. Giuliano Grecco e Raphael Arthur completaram o pódio.

A prova de Estiva Gerbi teve total apoio da Prefeitura Municipal, inclusive com a presença do Prefeito e secretários municipais que entregaram os troféus na premiação final. O patrocínio é de Filtros Frigieri que apóia todos os eventos do Veloterra Asfalto Zero.

O próximo evento do Veloterra Asfalto Zero acontece nos dias 23 e 24 de Setembro em Itupeva, SP. Mais informações podem ser obtidas no site www.asfaltozero.com.br .

Resultados by www.chiptiming.com.br  

P. ___Nome                       Equipe M. V.
50 CC
127 Gustavo Tassi Trans Tassi 1,04,747
28 Vitor Alexandre Asfaltozero Dracena Motos 1,08,647
65 CC
30 Gabriel Ranzani Dayco/GR Motos 48,907
NACIONAL "A"
63 João Guilherme Noronha 100 shoke 43,719
28 Sergio Alexandre SR Veículos 44,593
934 Alex Baratella KR Racing 42,438
171 José R. Campestrini DT/RM 45,628
93 Rodrigo Ricieri - 46,229
80 Henrique Tomazi JM Racing/Tomacar 46,189
666 Jorge Augusto Argentini JÁ Mat Elétricos/JM Racing 45,606
32 Fabio Pinto da Silva - 45,863
0 Luiz Antonio Zeola Trans Zeola 45,933
10º 5 Fabrizio Facanalli F-3 Multimarcas Palini Alues 45,695
NACIONAL "B"
114 Magrão JM Racing 44,613
9 Alan Ferro - 45,119
90 Ricardo Belli Transp Pinhalense/Selegato Auto Peças/Dom Staphano Café 46,498
9 Renato Herman Box 33 44,370
NACIONAL FORÇA LIVRE
80 Alan Ferro - 41,652
748 Tonelada Trans Consorti 42,621
28 Sergio Alexandre SR Veículos 42,595
934 Alex Baratella KR Racing 42,073
114 Magrão JM Racing 42,920
0 Luiz Antonio Zeola Trans Zeola 43,204
5 Fabrizio Facanalli F-3 Multimarcas/Paulini Alues 44,207
6 Rodrigo Leite Confecções Romila 44,278
32 Fábio Pinto da Silva 45,077
10º 93 Rodrigo Ricieri 45,570
VX-1
1 Nielsen Bueno Suz Petrobrás 39,289
9 Alan Ferro - 40,314
117 Lucídio Arruda Motox 42,955
58 Marquinho Andrade - 44,960
936 Leandro Sbrissa Pedrada No zóio/LojamSupermercados 44,743
0 Nilson Donizete Medeiros Cimentolit 49,041
125 2 TEMPOS
14 Bruno de Angelis Lekão Motos 43,380
841 Rogério Caron Banda Bang Bang 52,532
250 - F
24 Dorival Gledson Grassi 41,685
411 Rogério Zanetti Zanetti Motos 40,852
727 Luis Gustavo M. Tassi Trans Tassi 41,776
108 Raphael Arthur HGP Ass. E Consultoria 43,334
14 Giuliano Grecco HGP Ass Consultoria/Moto & Cia 43,311
176 Jackson de Souza Ferraz Pedrada no zóio 47,636
VX-3 (+ 35 ANOS)
91 Flavio Claudiano Kaxá 47,787
28 Sergio Alexandre SR Veículos 47,881
80 Henrique Tomazi JM Racing/Tomacar 50,660
711 Eduardo Braga BMA Paisagismo 50,077
21 Edson Roberto Raimundo Madeireira Triângulo 53,942
841 Rogério Caron Banda Bang Bang 57,245
259 José Luis Leite Confecções Romila 53,327
FORÇA LIVRE IMPORTADA
1 Nielsen Bueno Petrobrás/Suz 38,513
24 Dorival Gledson Grassi 40,440
727 Luis Gustavo M. Tassi Trans Tassi 40,140
14 Giuliano Grecco HGP Ass e Consultoria/Moto & Cia 43,099
108 Raphael Arthur HGP Ass e Consultoria 42,587
936 Leandro Sbrissa Lojam Supermercados/Pedrada no zóio 44,219
176 Jacson de Souza Ferraz 46,418
                            






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet