X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Circuito das Águas Paulista de Veloterra - 6ª etapa - Águas de Lindóia
Publicado em: 01/09

Veloterra e Areia em Águas de Lindóia
Texto e fotos Lucídio Arruda


Largada Nacional Estreantes
 


Valdinei
E o Circuito das Águas de Veloterra não poderia deixar de passar pela cidade de Águas de Lindóia, talvez o município que melhor caracterize essa bela região do interior paulista com ótimo potencial turístico. A viagem pela região é muito agradável atravessando uma região montanhosa com a estrada repleta de curvas. 

As paisagens locais são fantásticas e a vista é preservada inclusive com a proibição de propaganda nas estradas. A pista da 6ª etapa foi construida num terreno ao lado do Estádio Municipal de Futebol e tinha uma característica diferente das outras por onde já passou o campeonato: O solo de areia, que tornou as disputas bastante divertidas. 

Veja também as Imagens da Prova

A pista de Águas de Lindóia, como de costume nas outras etapas do campeonat, não era muito grande. A reta de largada era bem extensa e e restante do circuito era composto de quatr curvas para a esquerda e duas para a direita. Os mais rápidos completavam as voltas com tempo ao redor dos 33/34 segundos. O grande diferencial mesmo foi a areia e a manutenção constante na pista que deixou o terreno muito gostoso de acelerar.


Magrão
Motos na pista!


As competições começaram com a largada da categoria veteranos VX3 que lotou o gate. Quem pulou na ponta foi o piloto da moto nº 98 José Maurício que no início foi perseguido pela KTM do "importado" Andrea Ciaco. Na metade da prova Andrea cai e deixa o caminho de José Maurício livre que parece ter a vitória assegurada. Porém nas voltas finais Valdinei "Nei" encostou no líder e roubou-lhe a vitória a duas voltas do final.

Em terceiro lugar chegou Juninho Delalana seguido de Marcelo Barbosa e José Luis Leite.

A categoria Nacional A foi dominada pelo piloto da moto nº 114 Magrão que assumiu a ponta no início e permaneceu na liderança até a bandeirada. Renan Alves tentou perseguir o líder no início, mas com o passar da voltas foi perdendo contato e ao final da bateria precisou defender a vice-liderança dos ataques de Jorginho Ferriani. Gustavo Fedel chegou uma volta atrás na quarta posição seguido de Murilo Azevedo. 


Renato Hanser



Andrea Ciaco
Mesmo não largando muito bem o Renato Hanser foi o vencedor da categoria VX2. Aos poucos consueguiu as ultrapassagens necessárias para alcançar a liderança e vencer com 2 segundos de vantagem sobre Valdinei Nei. O público acompanhou um disputa apertada pela terceira posição entre Jean Dickson BOtelho e Diego Mortari que receberam a bandeirada nesta ordem. Em 5º chegou o piloto da moto nº 82 Dididil (?) que largou na primeira posição, mas não conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes.

Davi Vasconcelos foi o mais rápido na largada da categoria Nacional B, mas sua alegria na ponta não durou muito tempo. Rapidamente Eliandro Tonelada assumiu a dianteira e abriu vantagem para uma vitória tranquila onde colocou volta até o terceiro colocado. Alex Baratella, na segunda posição foi o único a completar o mesmo número de voltas do líder. Luis Antônio, Henrique Tomas e Eduardo Morais completaram o pódio da categoria.

Na VX1 apenas quatro pilotos largaram. Andrea Ciaco foi o vencedor seguido de Leandro Sbrissa, Josmar Ramalho e Marcos Ganzarli. 


Eliandro Tonelada



Rodrigo Riciere
A Nacional Estreantes foi dominada de ponta à ponta por Rodrigo Riciere que venceu com dois segundos e meio de vantagem sobre seu xará Rodrigo Cesari. Fábio Silva, Jorge Argentini e Ricardo Plazza completaram os cinco primeiros.

A categoria Importada Estreantes teve o maior número de inscritos: 23, um a mais que a VX3. E quando caiu o gate acompanhamos um interessante duelo entre Paulo Henrique, com um CR 2 tempos e Leandro Scarpa, equipado com uma Kawasaki KXF 4 tempos. A disputa entre os dois foi intensa, mas Paulo Henrique treve tranquilidade suficiente para defender a posição até a bandeira recebida com menos de um segundo de vantagem. Alessandro Camargo foi o terceiro seguido de Sagui e Magal.


Luan Ítalo
Minimotos


As categorias infantis tiveram provas interessantes apesar do pequeno número de inscrito. O pequeno Luan Ítalo venceu a categoria 50cc com boa vantagem sobre o segundop colocado Luca Rosa e o terceiro "Che" Ganzarolli que fazia sua estréia em competições.

Na 65 Luan largou com sua cinquentinha e aproveitou a queda do favorito Wilgner Francisco para assumir a liderança. Tentando recuperar terreno Wilgner sofreu outra queda e chegou a tomar volta do líder. Na metade final da prova Wilgner consegue descontar a volta, não sem antes perder um bom tempo atrás de Luan, e acelera tudo para recuperar a primeira posição.

A duas voltas do final Wilgner encosta em Luan novamente, mas não consegue a ultrapassagem até a bandeirada decidida pela eficiente cronometragem com transpoder por 0.205 segundos a favor de Luan. Juzinho Queiroz foi o quarto, Vinicius Marcon o quinto, Gustavo Marcolin sexto e Renan Pires o sétimo.

Na categoria 85 Wilgner alinhou "mordido" por deixar escapar a vitória na 65 e assumiu a liderança no início com sua sessentinha para vencer com 11 segundos de vantagem sobre Diego Marcolin. Wendel Vinícius foi o terceiro a frente de Lenon Pires e Guilherme Baggi. 


Wilgner Guigão


Força Livre


Paulo Henrique
No veloterra paulista as principais categorias são as Força Livre (Nacional e Importadas) ondem alinham os melhores de todas as demais categorias. Entre as motos Nacionais o show foi novamente de Eliandro Tonelada que mais uma vez venceu de ponta a ponta e por pouco não colocou volta até no segundo colocado Alex Bagatella. Luis Antônio Alexandre Costa e Renan Mative completaram o pódio.

Entre as Importadas Renato Hanser foi o mais rápido no início da prova, mas foi obrigado a abandonar com problemas mecânicos. Isso deixou livre o caminho da vitória para Jean Dickson Botelho que em 14 minutos completou 23 voltas no circuita já bastante esburacado e ondulado. A segunda posição ficou com Andrea Ciaco que abriu 7 segundos de Diego Mortari. A quarta posição ficou com Magal a bordo de sua potente Husqvarna. O quinto foi Leandro Sbrissa. 


Jean Dickson Botelho


A próxima prova de Veloterra da equipe Asfalto Zero, liderada por Sandro Cardoso, será extr-campeonato e esta programada para a cidade de Estiva Gerbi (região de Mogi-Guaçu) nos dias 9 e 10 de Setembro. Mais informações podem ser obtidas no site www.asfaltozero.com.br  


Resultados by www.chiptiming.com.br

Pos Nr. Força Livre Imp. Tm Total Dif Melhor Tm
1 713 Jean Dickson 14:11.202 - 33.679
2 106 Andrea Ciaco 14:25.800 +14.598 34.686
3 458 Diego Mortari 14:33.437 +22.235 34.844
4 570 Magal 14:22.262 1 Volta 35.285
5 936 Leandro Sbrissa 14:13.865 2 Voltas 36.222
6 22 Cristiano Florezi 14:22.510 +8.645 36.021
7 103 Fernando Serafim 14:50.468 +36.603 38.362
8 186 Rui Gaspareto 14:39.114 3 Voltas 38.601
9 176 Jackson 14:46.044 7 Voltas 38.562
10 450 Renato Hanser 10:14.996 12 Voltas 33.131
Pos Nr. Força Livre Nacional Tm Total Dif Melhor Tm
1 119 Eleandro Tonelada 13:19.271 - 32.972
2 934 Alex Bagatella 13:55.267 +35.996 34.236
3 Xx Luis Antonio 13:47.891 1 Volta 36.065
4 748 Alexandre Costa 13:48.798 +0.907 36.741
5 804 Renan Alves Mative 13:20.882 2 Voltas 36.758
6 944 Deivi Sati Domene 13:46.950 +26.068 38.233
7 312 Joaõ Paulo Messias 13:51.483 +30.601 38.403
8 375 Bruno Dulopo 14:00.112 +39.230 38.804
9 330 Daniel Santa Clara 13:59.782 3 Voltas 37.787
10 93 Dú Leite 13:19.908 4 Voltas 39.478
Pos Nr. Vx1 Tm Total Dif Melhor Tm
1 106 Andrea Ciaco 13:29.240 - 35.086
2 936 Leandro Sbrissa 13:42.187 +12.947 36.506
3 19 Josmar Ramalho 13:43.398 +14.158 36.789
4 52 Marcos Ganzarli 14:09.029 3 Voltas 41.084
Pos Nr. Vx2 Tm Total Dif Melhor Tm
1 450 Renato Hanser 13:39.265 - 33.936
2 14 Valdinei 13:42.072 +2.807 34.581
3 713 Jean Dickson 13:44.576 +5.311 34.327
4 458 Diego Mortari 13:46.139 +6.874 34.837
5 82 Dididil 13:54.574 +15.309 35.097
6 118 Jose Luis Marcon 14:05.728 +26.463 35.036
7 741 Leandro Scarpa 13:44.418 1 Volta 35.343
8 01 Sagui 13:49.917 +5.499 36.419
9 256 Bastoni 13:58.221 +13.803 36.405
10 65 Dú Passote 14:04.332 +19.914 36.723
Pos Nr. Vx3 Tm Total Dif Melhor Tm
1 14 Valdinei 13:36.396 - 35.201
2 98 Jose Mauricio 13:38.923 +2.527 35.990
3 333 Juninho Delalana 13:50.336 +13.940 35.724
4 221 Marcelo Barbosa 13:55.780 +19.384 36.460
5 259 Jose Luis Leite 14:08.258 +31.862 37.189
6 118 Jose Luis Marcom 236 14:09.674 +33.278 35.894
7 808 Eduardo Morais 13:38.504 1 Volta 37.823
8 458 Gilberto Mortari 13:41.908 +3.404 37.388
9 570 Magal 13:43.571 +5.067 37.383
10 80 Henrique Tomas 13:49.962 +11.458 38.131
Pos Nr. Nacional B Tm Total Dif Melhor Tm
1 119 Eliandro Tonelada 13:17.935 - 34.577
2 934 Alex Baratella 13:41.858 +23.923 34.687
3 Xx Luis Antonio 13:32.112 1 Volta 37.083
4 80 Henrique Tomas 13:39.830 +7.718 38.318
5 808 Eduardo Morais 13:40.674 +8.562 37.656
6 349 Davi Vasconcelos 13:43.836 +11.724 36.678
7 748 Alexandre Costa 13:46.159 +14.047 37.183
8 5 Fabricio Falanari 13:47.502 +15.390 38.311
9 375 Bruno Dupolo 13:47.872 +15.760 36.949
10 87 Baninho 13:21.951 2 Voltas 38.426
Pos Nr. Nacional A Tm Total Dif Melhor Tm
1 114 Magrao 13:39.046 - 36.051
2 804 Renan Alves Mative 13:44.810 +5.764 36.499
3 757 Jorginho Ferriani 13:45.161 +6.115 35.956
4 711 Gustavo Fedel 14:03.585 1 Volta 39.053
5 14 Murilo Azevedo 14:05.369 +1.784 38.949
6 79 Dú Leite 14:08.548 +4.963 38.040
7 90 Ricardo Belli 14:12.556 +8.971 38.993
8 912 Hebert Mracos 13:39.917 2 Voltas 39.037
9 11 Fabricio Jose 14:15.008 +35.091 41.453
10 114 Fabricio Bartolomeu 13:46.209 3 Voltas 41.692
Pos Nr. Nacional Estreantes Tm Total Dif Melhor Tm
1 93 Rodrigo Riciere 13:28.054 - 37.435
2 6 Roddrigo Cesari 13:30.577 +2.523 37.833
3 32 Fabio Silva 13:33.930 +5.876 37.691
4 666 Jorge Argentini 13:37.416 +9.362 36.839
5 787 Ricardo Plazza 13:45.197 +17.143 37.493
6 808 Eduardo Morais 13:49.100 +21.046 38.380
7 312 Joao Paulo Messias 13:57.031 +28.977 38.557
8 330 Daniel Santa Clara 14:01.855 +33.801 38.855
9 194 Paulo Roberto 14:02.368 +34.314 38.410
10 87 Baninho 14:06.199 +38.145 38.797
Pos Nr. Importada Estreantes Tm Total Dif Melhor Tm
1 350 Paulo Henrique 13:16.081 - 34.371
2 741 Leandro Scaepa 13:16.858 +0.777 35.122
3 5 Alessandro Camargo 13:42.384 +26.303 35.758
4 01 Sagui 13:46.331 +30.250 35.672
5 570 Magal 13:48.405 +32.324 36.262
6 57 Julio Cesar 13:52.220 +36.139 36.488
7 256 Bastoni 13:19.157 1 Volta 36.340
8 275 Andre Vuolo 13:24.392 +5.235 36.846
9 65 Dú Parotte 13:25.793 +6.636 36.584
10 600 Josmar Carvalho 13:26.466 +7.309 36.558
Pos Nr. 85 Tm Total Dif Melhor Tm
1 94 Wilgner Francisco 12:01.198 - 37.379
2 641 Diego Marcolin 12:13.018 +11.820 37.780
3 12 Wendel Vinicios 12:28.273 +27.075 38.152
4 7 Lenon Pires 12:32.696 +31.498 38.060
5 4 Guilherme Baggi 12:32.083 2 Voltas 41.766
6 841 Danilo Amabis 12:19.882 3 Voltas 40.821
7 14 Giovane Florezi 12:51.569 4 Voltas 49.494
8 236 Luzinho Queiroz -.--- -.--- -.---
Pos Nr. 65 Tm Total Dif Melhor Tm
1 34 Luan Italo 13:31.126 - 38.495
2 94 Wulgner Francisco 13:31.331 +0.205 36.025
3 236 Juzinho Queiroz 14:00.196 +29.070 38.669
4 44 Vinicios Marcon 14:02.001 +30.875 40.710
5 10 Gustavo Marcolin 14:12.249 1 Volta 41.074
6 7 Renan Pires 14:18.696 3 Voltas 48.849
Pos Nr. 55 Tm Total Dif Melhor Tm
1 34 Luan Italo 10:49.170 - 40.097
2 39 Luca Rosa 11:14.496 2 Voltas 47.483
3 12 Che Ganzarilli 10:58.238 3 Voltas 49.628
                        






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet