X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Catarinense

Catarinense de Motocross 2018 Jaraguá do Sul - 5ª etapa
Publicado em: 19/10/2018

Forte chuva marcou prova no Parque Marino Tecilla
Redação MotoX.com.br - Fotos: Anderson Wolff / Racecross


Público acompanhou disputas mesmo debaixo de chuva

Um fim de semana chuvoso em Jaraguá do Sul deu continuidade ao Campeonato Catarinense de Motocross com a quinta etapa da temporada 2018. A competição na pista do Parque Marino Tecilla reuniu pilotos de quatro estados e vários dos principais nomes do cenário nacional.


Fabio Santos

Devido a forte chuva, a organização optou pelo cancelamento dos treinos no primeiro dia do evento, visando preservar o circuito para as corridas no domingo quando o paulista Fabinho Santos e o paranaense Pepê Bueno se destacaram nas principais baterias. Um dos principais pilotos do campeonato, o paranaense Jean Ramos sofreu uma queda, deslocou um ombro e abandonou a competição.


Pepê Bueno

Fabinho, apesar de pressionado por Rafael Faria em alguns momentos, ditou o ritmo e venceu a MX2. Pepê concluiu a disputa pouco atrás de Faria, na terceira colocação. Na corrida da MX1, o piloto da equipe Yamaha Geração venceu novamente, desta vez com uma volta de vantagem sobre o catarinense Paulo Krutzsch Júnior.


Richard Berois

A Elite MX largou com a pista bastante degradada pela chuva, mas Pepê Bueno ignorou as dificuldades liderando a disputa do início ao fim. O atleta da equipe IMS Racing teve a posição ameaçada por Fabinho Santos no início, até que o segundo colocado diminui o ritmo e perdeu a posição definitivamente para Rafael Faria. Com problemas na moto, Fabinho chegou a sair da pista, depois retornou, mas perdeu mais uma posição - para Renan Coldebela - e terminou em quarto lugar.

Faria ainda garantiu a vitória na categoria Nacional com ampla vantagem sobre Régis Zonta e Emerson Pereira.


Milton Chumbinho Becker

Jhonatan Batista liderou boa parte da MX3, no entanto Richard Berois cresceu durante a competição e superou o rival nas últimas voltas conquistando a vitória. Na MX4, apesar de uma queda, Milton Chumbinho Becker se recuperou e venceu, seguido por Berois e Erivelton Nicoladeli.


Rafael Becker

Na categoria 65cc, Rafinha Becker completou a prova sem cometer erros, alcançando a quarta vitória na temporada 2018 da competição. "Foi uma corrida muito boa, consegui largar na frente. Tinha muito barro, choveu muito e agora estou liderando o campeonato com nove pontos de vantagem", disse o garoto de 11 anos da equipe KTM Sacramento.


Joaquim Dias

O campeonato teve novos vencedores nas categorias 55cc e Júnior. Joaquim Dias venceu entre os menores, enquanto na categoria dos adolescentes Otávio Silva transformou um início discreto em vitória. 


Otávio Silva

Na Intermediária MX1 Paulo Krutzsch Júnior foi o vencedor, enquanto na Intermediária MX2 o comando foi de Gabriel Andrigo.


Gabriel Andrigo

A sexta e última etapa do Campeonato Catarinense de Motocross está prevista para os dias 10 e 11 de novembro, na cidade de Indaial.

Vídeos:






Resultados

MX Elite
1. Pedro Henrique Rosa Bueno - 19:16.366
2. Rafael da Silva Faria - 1.452
3. Renan Coldebella - 1 Volta
4. Fabio Aparecido dos Santos - 1 Volta
5. Paulo Krutzsch Jr - 1 Volta
6. Richard Berois - 2 Voltas
7. Alex Cavalca - 3 Voltas
 
MX1
1. Fabio Aparecido dos Santos - 19:39.659
2. Paulo Krutzsch Jr - 1 Volta
 
MX2
1. Fabio Aparecido dos Santos - 18:31.900
2. Rafael da Silva Faria - 1.984
3. Pedro Henrique Rosa Bueno - 7.545
4. Bruno Felipe Hodecker - 3 Voltas
 
MX3
1. Richard Berois - 14:09.128
2. Jhonatan Batista - 8.051
3. Lawrence Tasca - 16.840
4. Alex Cavalca - 40.614
5. Luciano Luiz Farias - 1:08.751
6. Emerson Natalino Maciel Pereira - 1 Volta
 
MX4
1. Milton Becker - 14:28.125
2. Richard Berois - 5.369
3. Erivelto Nicoladelli - 46.008
4. Fabio de Oliveira - 1 Volta
5. Luciano Luiz Farias - 1 Volta
 
MX5
1. Ricardo Kamencic Agut - 16:30.067
2. Claiton Luiz Detoni - 2 Voltas

55cc
1. Joaquim Atanasio Dias - 9:56.530
2. Felipe Martini Tasca - 1 Volta
3. Zion Berchtold - 1 Volta
 
65cc
1. Rafael Becker - 9:58.822
2. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 5.582
3. Garmichel Rodrigues Giehl - 12.464
4. Raul Miranda - 1 Volta
5. Joao Gabriel Martins Pereira - 5 Voltas
6. Joaquim Atanasio Dias - 7 Voltas
 
Intermediária MX1
1. Paulo Krutzsch Jr - 13:19.219
2. Renan Coldebella - 22.969
3. Luciano de Oliveira - 32.690
4. Charles Baron - 1:16.215
5. Alexandre Mores Magarinos - 2 Voltas
 
Intermediária MX2
1. Gabriel Bohrer Andrigo - 16:36.824
2. Murilo Lima França - 20.076
3. Hiago Zeferino Bon - 1:06.047
4. Fábio Troian - 1:08.362
5. Bruno Felipe Hodecker - 1:33.474
6. Joao Pedro Schmitt - 1 Volta
7. Edu Gustavo Isensee - 2 Voltas
 
Júnior
1. Otavio Pedro da Silva - 14:03.480
2. Gabriel Vinicius dos Santos Mielke - 0.559
3. Ivo Petras Kurahashi Konell - 17.351
4. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 1:07.404
5. Herick Fernandes Reis - 1:27.919
6. Gabriel Bohrer Andrigo - 3 Voltas
7. Joao Pedro Schmitt - 3 Voltas
 
Nacional
1. Rafael da Silva Faria - 13:48.129
2. Regis Zonta - 1 Volta
3. Emerson Natalino Maciel Pereira - 1 Volta
 
Classificação após cinco etapas:
 
MX Elite

1. Fabio Aparecido dos Santos - 108 pts
2. Rafael da Silva Faria - 89 pts
3. Renan Coldebella - 66 pts
4. Jean Carlo Ramos - 57 pts
5. Lucas Dunka - 52 pts
 
MX1
1. Fabio Aparecido dos Santos - 92 pts
2. Jean Carlo Ramos - 67 pts
3. Maicon Frena - 52 pts
4. Pietro Grazik Pimentel - 43 pts
5. Djohny Luiz de Aquino - 43 pts
 
MX2
1. Fabio Aparecido dos Santos - 119 pts
2. Rafael da Silva Faria - 82 pts
3. Lucas Dunka - 60 pts
4. Thiago Brenner - 60 pts
5. Vanderlei de Souza Junior - 52 pts
 
MX3
1. Jhonatan Batista - 119 pts
2. Richard Berois - 102 pts
3. Alex Cavalca - 83 pts
4. Lawrence Tasca - 79 pts
5. Leandro Matos Lemos - 61 pts
 
MX4
1. Richard Berois - 109 pts
2. Erivelto Nicoladelli - 106 pts
3. Milton Becker - 100 pts
4. Anisio Clasen - 74 pts
5. Luciano Luiz Farias - 69 pts
 
MX5
1. Ricardo Kamencic Agut - 119 pts
2. Claiton Luiz Detoni - 112 pts
3. Airton Maso - 82 pts
4. Paulo Roberto Buehring - 56 pts
 
Intermediária MX1

1. Renan Coldebella - 106 pts
2. Djohny Luiz de Aquino - 83 pts
3. Hugo Philippe - 69 pts
4. Osmair Cipriani - 59 pts
5. Charles Baron - 56 pts
 
Intermediária MX2

1. Gabriel Bohrer Andrigo - 115 pts
2. Bruno Felipe Hodecker - 96 pts
3. Hiago Zeferino Bon - 93 pts
4. Murilo Lima França - 90 pts
5. Olivio Gabriel dos Santos - 70 pts
 
Nacional
1. Emerson Natalino Maciel Pereira - 107 pts
2. Regis Zonta - 80 pts
3. Rafael da Silva Faria - 75 pts
4. Admilton Farias - 45 pts
5. Charles Baron - 22 pts
 
Júnior
1. Gabriel Bohrer Andrigo - 116 pts
2. Ivo Petras Kurahashi Konell - 104 pts
3. Gabriel Vinicius dos Santos Mielke - 89 pts
4. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 84 pts
5. Joao Pedro Schmitt - 78 pts
 
65cc
1. Rafael Becker - 118 pts
2. Garmichel Rodrigues Giehl - 109 pts
3. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 106 pts
4. Raul Miranda - 92 pts
5. Joao Gabriel Martins Pereira - 77 pts
 
55cc
1. Joaquim Atanasio Dias - 103 pts
2. Eduardo dos Santos Mielke - 97 pts
3. Felipe Martini Tasca - 95 pts
4. Angelo Gabriel Gonçalves - 87 pts
5. Zion Berchtold - 69 pts

O Catarinense de Motocross é patrocinado por Rinaldi, Yamaha, Geração Motos e Blade Energy Drink, com apoio da Foco Racing.




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet