X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Supermoto

Pikes Peak 2018
Publicado em: 27/06/2018

Novo recorde e uma disputa apertadíssima pela vitória geral marcaram a edição 2018 do evento
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Larry Shen / Divulgação

No estado do Colorado aconteceu a 96ª edição da Pikes Peak International Hill Climb, também conhecida como corrida para as nuvens. A largada é feita a 2300 metros de altitude e após 156 curvas em cerca de 20km se alcança a chegada, a exatos 4300 metros.


Rafael Paschoalin

Não só a infinidade de curvas - muitas a beira de precipícios - desafia os pilotos. A própria alteração da pressão atmosférica durante as escalada é uma grande inimiga tanto dos motores das motocicletas, como dos pilotos.

O brasileiro Rafael Paschoalin participou pela segunda vez do evento e voltou com a terceira posição na categoria Middleweight, para motos como motores entre 501 e 850cc. Ano passado Rafael competiu com uma Yamaha MT-07, mas este ano houve uma alteração no regulamento ampliando o limite da categoria em 100cm3, o que fez escolher a MT-09 para competição. A mudança, entretanto, significou um desafio extra, já que foi preciso recomeçar a preparação da motocicleta praticamente do zero.


 

Com o tempo de 10:38.380 Pachoalin ficou a apenas dois segundos da segunda posição na categoria, ocupada por Davey Durelle, o maior vencedor da história da competição.

"Cabeça erguida pelo empenho de todas as pessoas que estiveram ligadas a esse projeto. Não fiquei feliz com o resultado mas entendi que depois de tantos problemas só o fato de participar da prova já foi válido! Depois que os problemas se foram pude curtir a pilotagem da minha Yamaha MT-09 na subida de montanha mais insana que existe e essa sensação já me faz pensar na prova do ano que vem. Voltaremos mais fortes em 2019! ”, declarou Paschoalin ao final da competição.

Os problemas que Rafael se refere aconteceram por conta de um selo do comando que escapou e desceu para o câmbio, impedindo sua participação na classificatória.


Rafael Paschoalin

O vencedor na categoria Middleweight foi Chris Filmore, com uma KTM 790 Duke. O piloto é o detentor do recorde absoluto entre as motos, realizado em 2017 com a impressionante marca de 9:49.794. Em 2018 Fillmore "desceu" de categoria para obter seu segundo recorde em Pikes Peak.

“Estabelecemos alguns objetivos antes de vir aqui para tentar ganhar a classe dos pesos médios, quebrar o recorde do percurso dos médios, e eu realmente queria subir ao pódio no geral. Eu fiquei mais perto de uma vitória geral do que esperava e estou feliz como tudo correu, foi um bom final de semana.”


Chris Fillmore

A vitória geral foi definida por apenas 6 décimos de segundo. Carlin Dunne, correndo com uma Ducati Multistrada 1260 levou a melhor sobre Rennie Scaysbrook, que subiu montado numa KTM 1290 Super Duke.


Carlin Dunne

"Conseguimos o topo do pódio”, disse Dunne, que alcançou sua quarta vitória no evento.“A motocicleta foi tão impressionante quanto todos esperávamos. Ele se apresentou perfeitamente, me dando tudo que eu precisava para subir a montanha. Pikes Peak nunca é uma corrida fácil, mas o tempo colaborou e conseguimos a vitória para a Ducati.”

Vídeo





Resultados Pikes Peak 2018
1. Carlin Dunne, Heavyweight, 2018 Ducati MTS1260 Pikes Peak: 9:59.102
2. Rennie Scaysbrook, Heavyweight, 2017 KTM 1290 Super Duke R: 9:59.794
3. Chris Fillmore, Middleweight, 2018 KTM 790 Duke: 10:04.038
4. Codie Vahsholtz, Heavyweight, 2018 Ducati MTS1260 Pikes Peak: 10:12.703
5. Thilo Gunther, Heavyweight, 2015 BMW S 1000 R: 10:16.637
6. Lucy Glöckner (Rookie), Heavyweight, 2015 BMW S 1000 R: 10:21.932
7. Davey Durelle, Middleweight, 2007 Aprilia SXV: 10:36.010
8. Rafael Paschoalin, Middleweight, 2017 Yamaha MT-09: 10:38.380
9. Tyler O’Hara (Rookie), Lightweight, 2016 Yamaha YZ450F: 11:04.342
10. Travis Newbold, Lightweight, 2005 Honda CRF: 11:13.945
11. Joseph Toner, Exhibition, 2007 Aprilia SXV Custom: 11:29.134
12. Akinori Inoue (Rookie), Heavyweight, 2018 Kawasaki Z900RS: 11:34.021
13. Darryl Lujan, Lightweight, 2013 Honda CRF450R: 11:39.620
14. Michael Woolaway (Rookie), Exhibition, 2014 Ducati Hypermotard: 11:40.742
15. Theo Bernhard, Quad, 2007 Yamaha YZ500: 12:03.676
16. Mark Bartle, Lightweight, 2018 Honda CRF450F: 12:13.716
17. Doug Chestnutt, Lightweight, 2012 Yamaha WR-450: 12:33.599
18. Jeremiah Johnson, Electric, 2018 University of Nottingham UoN-PP-02
19. Robert Barber, Electric, 2018 Buckeye Current RW-3x
20. Leandro Rad (Rookie), Lightweight, 2015 Yamaha YZ




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet