fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

> Competição > Motocross Catarinense

Catarinense de Motocross - 5ª etapa - Jaraguá do Sul - SC
Publicado em: 20/10/2016

Lucas Dunka é campeão catarinense de motocross nas classes MX1 e MX2
Redação MotoX.com.br - Com informações de Gerson Coas e Tiago Wolff - Fotos: Tiago Wolff

Dupla da Escuderia X, Jetro Salazar e Leonardo de Souza venceram provas das categorias MX1 e MX2, respectivamente


Parque Marino Tecilla

A pista do Parque Marino Tecilla, em Jaraguá do Sul, foi sede neste domingo (16) da quinta e última etapa do Campeonato Catarinense de Motocross 2016. A competição coroou Lucas Dunka campeão da temporada nas duas principais categorias, MX1 e MX2, mas os vencedores das classes na grande final foram os pilotos da Escuderia X Jetro Salazar e Leonardo de Souza, respectivamente.

+ Assista ao vídeo com os melhores momentos das categorias MX1 e MX2


Jetro Salazar

"O foco estava no campeonato e não no resultado das corridas. Na MX2 fiz um terceiro e na MX1 um sexto. Agradeço muito a Deus ter me dado esta oportunidade de ser campeão da MX2 e MX1 . E também agradeço a todos que torceram por mim, aos amigos e patrocinadores que fizeram parte desta vitória", comentou Dunka em uma rede social.


Léo Souza

A corrida da MX1 teve domínio de Jetro Salazar. O equatoriano liderou a bateria desde o início, enquanto o segundo lugar foi disputado metro a metro. Carlos Badiali ocupou a prosição por bastante tempo, sempre tendo trabalho com Leandro Araújo, Léo Souza e Pepê Bueno. Aos poucos Pepê cresceu na classificação até tomar o segundo posto do venezuelano que ainda abandonou a disputa após perder mais posições. Leandro terminou em terceiro, Léo em quarto e Maicon Kraemer em quinto. A sexta posição deu o título a Dunka.


Lucas Dunka

Na MX2, Léo Souza repetiu o companheiro de equipe liderando desde a largada. Novamente a disputa pelo segundo lugar foi intensa (confira no vídeo). Leandro Araújo andou um tempo na posição, seguido de perto por Pepê Bueno que pressionou por algumas voltas até conquistar a ultrapassagem. No parte final da bateria, Leandro perdeu rendimento e posições enquanto Lucas Dunka fazia o inverso com sua 125cc 2 Tempos. Dunka garantiu o título estadual completando a corrida no terceiro lugar.


Erivelto Nicoladelli

Alex Cavalca chegou com vantagem na liderança da MX3 e optou por uma prova cuidadosa. Depois de ocupar a segunda colocação em parte da bateria, terminou em quarto e comemorou o título. Destaque da prova, Erivelto Nicoladelli foi o vencedor seguido por Milton Chumbinho Becker, em prova de recuperação após um início na última posição, e Everson Silva.


Alex Cavalca

Na Intermediária MX1, adotando a mesma postura, Cavalca terminou em oitavo e também faturou o título. "Muito obrigado a todos. Estou muito feliz com a conquista, representando nosso velho oeste", disse o piloto da cidade de Pinheiro Preto. Correndo em casa, Luciano de Oliveira venceu liderando a bateria desde a largada. Markolf Berthold fechou a prova em segundo.


Milton Chumbinho Becker

Chumbinho Becker se tornou campeão invicto na MX4. Depois de largar em segundo, ainda na primeira volta o piloto da Pro Tork assumiu a liderança da corrida até receber a bandeira quadriculada. "Primeiro veio o título nacional e agora o estadual. Foi uma excelente temporada, com moto nova, suporte da equipe, enfim, consegui render bastante na pista. Fico feliz, depois de tanto trabalho, consegui alcançar o meu objetivo", afirmou o atleta de 49 anos.


Gilmar Longen Jr.

Com a terceira vitória na temporada, Gilmar Longen Jr. conquistou o título da Intermediária MX2. Leonardo Nunes, Luiz Felipe Fietz, Rafael Dunka e Jean Carlos Lourenzetti Jr. completaram os cinco primeiros da prova.


Léo Nunes

Na classe Júnior o paranaense Leonardo Nunes dominou a etapa. O campeão da temporada foi Vanderlei de Souza Jr. que correu administrando a vantagem na pontuação e fechou a bateria na quarta posição. Olívio Gabriel dos Santos terminou dia com a segunda colocação e o vice-campeonato. Darlan Milverstet ficou em terceiro na bateria e repetiu o resultafo na classificação final.


Murilo França

O até então líder da categoria Nacional Maurício de Abreu não participou da etapa, deixando o caminho livre para os concorrentes Leandro Esmeraldino e Murilo França brigarem pelo título. Murilo venceu a bateria, porém Leandro, que largou em sexto e subiu até o terceiro lugar, garantiu o troféu da temporada.


Raul Miranda

Três pilotos brigaram pelo título na 65cc: Raul Miranda (88 pontos), Gabriel Mielke (87) e o piloto da casa Ivo Konell (86) chegaram para a decisão praticamente empatados. Ainda no início da prova, Ivo assumiu a liderança e Raul o segundo lugar. Se essa ordem fosse mantida, o título ficaria com Ivo, mas a definição veio somente na última volta: Raul superou o concorrente, confirmou a terceira vitória consecutiva e foi campeão de 2016.


Vitor Hugo de Borba

Na 55cc, Vitor Hugo de Borba conquistou o título de forma invicta. O vice-campeonato também foi bastante claro, pois ficou para Derek da Silva que obteve quatro segundos lugares na temporada.


Pepê Bueno


Carlos Badiali


Luciano de Oliveira

Vídeo



Classificação final do campeonato

MX1

1. Lucas Dunka - 107 pts
2. Leonardo de Souza - 72 pts
3. José Brayan - 72 pts
4. Thiago Brenner - 52 pts
5. Leonardo de Almeida da Silva - 40 pts
6. Venicio Voigt - 35 pts
7. Gilmar Longen Junior - 31 pts
8. Alex Cavalca - 28 pts
9. Maicon Júnior Kraemer - 22 pts
10. Vanderlei de Souza Junior - 18 pts

MX2
1. Lucas Dunka - 105 pts
2. José Brayan - 90 pts
3. Gilmar Longen Junior - 75 pts
4. Leonardo de Souza - 72 pts
5. Thiago Brenner - 60 pts
6. Thiago Winiarski - 34 pts
7. Charles Baron - 33 pts
8. Jean Carlos Lourenzetti Junior - 31 pts
9. Leonardo de Almeida da Silva - 30 pts
10. Joao Gabriel da Veiga - 30 pts

MX3
1. Alex Cavalca - 98 pts
2. Erivelto Nicoladelli - 94 pts
3. Amilton Juca Bala - 86 pts
4. Milton Becker - 72 pts
5. Luciano Luiz Farias - 58 pts
6. Everson Luciano Silva - 52 pts
7. Markolf Berchtold - 40 pts
8. Lawrence Tasca - 20 pts
9. Fabio Antunes de Campos - 18 pts
10. Anisio Clasen - 16 pts

MX4
1. Milton Becker - 125 pts
2. Erivelto Nicoladelli - 100 pts
3. Everson Luciano Silva - 96 pts
4. Amilton Juca Bala - 92 pts
5. Luciano Luiz Farias - 70 pts
6. Anisio Clasen - 67 pts
7. Rogerio Schmitt - 44 pts
8. Fabiano Grahl de Souza - 28 pts
9. Richard Berois - 22 pts
10. Sandro Botelho - 16 pts

Intermediária MX1
1. Alex Cavalca - 106 pts
2. Renan Coldebella - 95 pts
3. Everson Luciano Silva - 84 pts
4. Renato Lehmkuhl - 82 pts
5. Markolf Berchtold - 47 pts
6. Diego Heinig da Silva - 45 pts
7. Hugo Philippe - 38 pts
8. Osmair Cipriani - 33 pts
9. Fabricio Farina - 31 pts
10. Maicon Júnior Kraemer - 22 pts

Intermediária MX2
1. Gilmar Longen Junior - 119 pts
2. Joao Gabriel da Veiga - 87 pts
3. Thiago Winiarski - 77 pts
4. Jean Carlos Lourenzetti Junior - 75 pts
5. Rafael Dunka - 55 pts
6. Charles Baron - 47 pts
7. Igor Matte Farias - 40 pts
8. Mauricio Perozin - 35 pts
9. Bruno Felipe Hodecker - 34 pts
10. Romulo Nora Chiarani - 34 pts

Nacional
1. Leandro Nunes Esmeraldino - 104 pts
2. Murilo Lima França - 103 pts
3. Regis Zonta - 85 pts
4. Mauricio Ricardo Heindrickson de Abreu - 84 pts
5. Eder Rech - 65 pts
6. Ramon França - 56 pts
7. Sueder Alano Vieira - 40 pts
8. Admilton Farias - 25 pts
9. Estevão Fausto Sartor - 13 pts

Júnior
1. Vanderlei de Souza Junior - 117 pts
2. Olivio Gabriel Alves dos Santos - 111 pts
3. Darlan Milverstet - 107 pts
4. Erik Onofre Vitorassi Soares - 82 pts
5. Bernardo Zappellini - 52 pts
6. Herick Fernandes Reis - 30 pts
7. Olivio Gabriel dos Santos - 25 pts
8. Anthonny Jose Gervasio - 18 pts
9. Ivo Petras Kurahashi Konell - 16 pts
10. Joao Pedro Schmitt - 16 pts

65cc
1. Raul Miranda - 113 pts
2. Ivo Petras Kurahashi Konell - 108 pts
3. Gabriel Vinicius dos Santos Mielke - 105 pts
4. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 99 pts
5. Pablo Michelmann - 64 pts
6. Derek Slater Rocha da Silva - 61 pts

55cc
1. Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 100 pts
2. Derek Slater Rocha da Silva - 88 pts
3. Gabriel Cunha Rodrigues - 20 pts
4. Felipe Martini Tasca - 20 pts
5. Enzo Martinenghi Severino - 18 pts








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet