X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

Pró - 4ª etapa - Domingo - Morrinhos - GO
Publicado em: 12/09/2016

Prova goiana revelou campeões da MX4, MXF, 65cc e 50cc e novo líder na MX1
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda


Largada da categoria MX1

Morrinhos (GO) recebeu no primeiro fim de semana de setembro, dias 3 e 4, uma etapa especial do Brasileiro de Motocross que reuniu em um único evento as oito categorias que integram os atuais dois circuitos nacionais da modalidade. Além disso, foram disputadas em paralelo provas do campeonato estadual, fato que contribuiu para gates mais cheios em todas baterias do evento.

+ Veja mais fotos na galeria de imagens de domingo
+ Veja mais fotos na galeria de imagens de sábado

As disputas do Brasileiro começaram no sábado com a corrida da categoria MX3 (clique aqui e veja como foi). No domingo, foi a vez de MX4, MXF, 65cc e 50cc definirem os primeiros campeões da temporada com a disputa da terceira e última etapa destas classes, enquanto MX1, MX2 e Júnior promoveram a quarta de seis rodadas previstas para 2016.

Se no primeiro dia a poeira incomodou em alguns momentos, no segundo o intenso trabalho da organização na irrigação do circuito surtiu efeito e o problema foi controlado. A pista, com boa variedade de obstáculos, subidas, descidas e curvas descompensadas em terreno duro, característico da região, ainda com pedras em determinados pontos, exigiu técnica e atenção redobrada dos competidores.

A definição dos títulos MX4, MXF, 65cc e 50cc


Milton Chumbinho Becker

Na MX4, Milton Chumbinho Becker usou toda a sua experiência para chegar ao 24º título nacional. No início, o catarinense liderou a corrida com Erivelto Nicoladelli em segundo e Walter Tardin em terceiro. Com um ritmo excelente na primeiras voltas, Tardin pressionou Nicoladelli até assumir a vice-liderança.

Mas o fluminense não se deu por satisfeito, aproximou-se de Chumbinho e, próximo a metade da prova, passou ao comando da prova. Após três voltas atrás de Tardin, Chumbinho contra atacou e, depois de retomar a liderança com facilidade, conquistou ampla vantagem até a bandeirada.


Walter Tardin

Tardin fechou em segundo, repetindo as etapas anteriores, com Nicoladelli em terceiro. Tanto o quarto colocado, Geraldo Almeida, quanto o quinto, João Batista Barbosa, desde a primeira volta mantiveram as posições.

Feliz com mais um troféu na extensa coleção, Chumbinho brincou: "Agora são 23 títulos nacionais mais um", disse rindo. Não deixo de me emocionar com cada taça, apesar dos muitos anos de carreira. Amo o esporte e corro com prazer. Sou grato a Pro Tork por estar ao meu lado em mais essa", completou o campeão.


Maiara Basso e Marcely Cazadini

Maiara Basso chegou invicta à disputa pelo título da MXF. Então, além de conquistar o campeonato, manter a condição era um desejo da gaúcha, mas não foi nada fácil. 

Maiara largou na frente e já no início sentiu o título mais próximo, pois a rival Janaína Todeschini não conseguiu um ritmo próximo, mas vencer a prova ainda exigiria muito foco e determinação. Tudo isso por que as as irmãs Lays e Marcely Cazadini mostravam disposição para brigar até o fim pelo primeiro lugar.


Pódio da MXF

No começo, Lays, a mais nova das Cazadini, pilotando uma moto 100cc 2T contra adversárias de 250cc 4T, pressionou e deu trabalho à Maiara. Após algumas voltas, Marcely superou a irmã e a pressão sobre a líder continuou até o fim, mas Maiara manteve a calma, resistiu e conquistou o segundo título nacional da carreira da maneira que queria: com mais uma vitória.

"Andei pensando no campeonato, mas claro que busquei uma boa largada e imprimir um ritmo bom. O foco mesmo era o campeonato, mas também queria ganhar todas as baterias e deu tudo certo. A pista estava boa, tinha bastante trilhos, me diverti e graças a Deus consegui o título", disse a campeã. "Esse ano foram mais etapas (do que em 2012, quando Maiara foi campeã pela primeira vez). Um etapa apenas é bem difícil, você pode errar, pode cair. Você tem 15 minutos para dar tudo ou nada, por isso com três etapas fica bem melhor", avaliou a piloto.


Henrique Henicka

A disputa pelo título era mais equilibrada na 65cc, onde José Pedro Filho, o Pedrinho, largou com apenas dois pontos de vantagem sobre Henrique Henicka. E o gaúcho começou a corrida na frente, enquanto Pedrinho partia em quarto. Após liderar a primeira volta, Henicka errou e foi parar na quinta colocação, abrindo espaço para Athalo Brito e Alexandre Galdino assumirem as duas primeiras posições.

Em seguida, Galdino errou, com isso Pedrinho e Henicka voltaram a brigar diretamente, na segunda e terceira colocações. A briga esquentou na reta final e Henicka pulou da terceira para a primeira colocação, ainda com o rival em seu encalço. Logo a disputa ficou mais tranquila para Henicka, já que Pedrinho errou ficando na quarta posição. Com isso o gaúcho precisou apenas administrar os momentos finais para comemorar a vitória e o título, seguido por Athalo e Rodolfo Bicalho. Gabriel dos Santos acabou na quinta posição   


Pódio da 65cc

Sincero, o campeão disse que chegou a duvidar da vitória na competição. "Pensei que não teria chance, mas Deus me deu força, larguei em primeiro e ganhei a prova. Sempre disputei com o Pedrinho e foi bem difícil", revelou Henicka.

Na 50cc, a posição do líder Rafael Becker - dominante nas duas primeiras rodadas do campeonato - era de favorito, mesmo tendo somente seis pontos de vantagem sobre Vítor Borba. Mas, depois da largada, nenhum dos dois apareceu na liderança, ocupada por João Maurício Torres.


Rafael Becker

Em segundo, enquanto o rival era apenas o quinto, Vítor não conseguiu tirar proveito da vantagem inicial. Rafael, pelo contrário, não se intimidou e logo cresceu na prova até assumir a liderança na quarta volta, após uma rápida passagem de Felipe Marques pela ponta.

Depois disso o comando foi total do catarinense até a bandeirada confirmando o título brasileiro invicto. "Fechei o campeonato 2016 com mais uma bela prova e estou muito feliz. Quero agradecer a minha família, amigos, patrocinadores e todos que torcem por mim", disse o bicampeão brasileiro da 50cc, dono da taça também em 2015.


Pódio da 50cc

Felipe Marques, Bruno Rodrigues, Vítor Borba e João Mauricio Torres, nesta ordem, completaram os cinco primeiros da prova.   

As corridas da MX1, MX2 e Júnior

Nas categorias do circuito Pró, apesar da prova ainda não ser a última do ano, também havia um certo clima de decisão. Os competidores sabem do peso de cada ponto nesta segunda metade da temporada. Desta forma, a MX1 teve provas movimentadas, que acabaram promovendo o atual campeão Carlos Campano à liderança pela primeira vez na temporada, mesmo com o início do espanhol na etapa não sendo nada promissor.

+ Veja mais fotos na galeria de imagens de domingo
+ Veja mais fotos na galeria de imagens de sábado

A primeira bateria começou bem para Jean Ramos, companheiro de equipe do espanhol e um de seus principais rivais, que disparou na liderança. Ao mesmo tempo, Campano, Paulo Alberto e o então líder do campeonato Jetro Salazar, se encoscavam na primeira volta em uma queda coletiva que fez com que os três fossem para as últimas posições.


Carlos Campano

O paranaense liderou até a quinta volta, quando uma escorregada após o triplo provocou sua queda para a sexta colocação. A esta altura Campano já brigava pela posição com Jean, enquanto, na frente, Marcello Ratinho Lima passou ao comando da prova, com Hector Assunção, Wellington Garcia e seu irmão Dudu Lima nas posições seguintes.

Hector Assunção pressionou Ratinho e se tornou o terceiro piloto a ocupar a liderança. O paulista manteve a posição até pouco depois da metade da corrida, quando enfrentou problemas e a abandonou. Ratinho então retomou a frente, na mesma volta em que Campano ultrapassava Wellington, assumindo a segunda colocação e entrando de vez na briga pela vitória.


Paulo Alberto

Ratinho manteve a primeira posição por mais algumas voltas, mas acabou cedendo a pressão de Campano que, com uma grande recuperação, conquistou a vitória seguido do paulista. Na reta final da prova Jean superou Wellington acabando em terceiro. Paulo Alberto completou em quinto, Jetro em sexto e Dudu Lima em sétimo. Carlos Badiali, Thales Vilardi e Carlos Eduardo Franco completaram os dez primeiros.

Na segunda bateria, Hector pulou na liderança com Thales, Wellington, Paulo Alberto, Campano e Jean nas posições seguintes. Quem novamente teve um terrível começo de prova foi Jetro Salazar. O equatoriano, que defendia a liderança do campeonato em Morrinhos, demorou muito para conseguir que sua moto funcionasse e entrou na prova praticamente uma volta atrás do líder.     


Jean Ramos

Hector foi perfeito na primeira metade da corrida mantendo a liderança. Wellington assumiu o segundo lugar até que Paulo Alberto aumentou a pressão. O português superou o goiano e pouco depois também ultrapassou o paulista começando a abrir na frente. Com um tombaço na entrada de um salto, Wellington deixou a briga e a corrida abrindo espaço para Campano assumir a terceira posição.

Com um ritmo mais forte que os concorrentes, Paulo Alberto não teve dificuldades para confirmar a primeira posição na bateria. Hector ainda foi superado por Campano e Jean, terminando em quarto. O quinto foi Dudu Lima. Carlos Badiali, Ratinho e Thales, fecharam a disputa em sexto, sétimo e oitavo. 


Marcello Ratinho Lima

Na soma das baterias, Campano, além da liderança do campeonato, garantiu a vitória na etapa, com Paulo em segundo e Jean em terceiro. Os irmãos Lima marcaram presença no pódio com Ratinho em quarto e Dudu em quinto.
 
Carlos Campano: "O sábado foi difícil, minha moto parou várias vezes e não tinha certeza de terem achado o problema. Fiquei em sétimo, muito longe, três segundos atrás do primeiro, então não dormi muito bem a noite. Quando caí na primeira bateria achei que não ía chegar (na frente), pois pensei que a pista seria bem difícil de passar, mas em alguns pontos tinham várias linhas e não demorei muito a ultrapassar. Quando meu mecânico marcou primeiro eu achei que estava em segundo e que alguém havia aberto muito. Aqui mesmo me perguntaram: 'porque antes você caia na largada e ganhava, agora já não ganha largando entre os três, quatro primeiros'. Mostrei que o início (do ano) foi difícil para mim, me machuquei, mas estando mais ou menos, ando rápido. Faz 10 dias que voltei a andar de moto e estou gripado, mas aguentei bem as duas baterias, quase ganhei duas vezes, mas o Paulo não é um rival tão direto quanto o Jean, então fiquei contente com a segunda posição e assumi a liderança do campeonato".


Dudu Lima

Paulo Alberto: "Na primeira bateria o Campano caiu, eu bati e fiquei preso com o Jetro logo nas primeiras curvas. Consegui recuperar até quinto. Na segunda, arranquei melhor, sem cair e consegui vencer. Estou bastante feliz e gostaria de agradecer à minha equipe".

Jean Ramos: "Depois do meu tombo (na etapa anterior) minha parte mental está me atrapalhando muito, tenho um pouco de medo de cair e às vezes de dar meu melhor. Na primeira bateria eu estava me poupando no começo, eu sabia que o preparo físico iria contar muito, acabei cometendo um erro e caí. Então tive que forçar para buscar, não me senti à vontade na pista e demorei a chegar em terceiro. Quase passei o Rato e esses dois pontos vão contar muito no final. Na segunda bateria não fiz uma boa largada, então foquei em ficar um pouco mais calmo nos 15 primeiros minutos para atacar no final e foi o que eu consegui fazer, quase passando o Campano. Pro campeonato não foi o resultado que eu queria, mas estamos na briga ainda e espero nas próximas duas etapas não cometer os mesmos erros".


Jetro Salazar

Jetro Salazar: "Acho que foi o fim de semana mais difícil da minha vida. Estou pronto pra ganhar, pronto pra brigar com os caras... na primeira bateria larguei muito mal, é algo que eu tenho que melhorar, e cai com o Paulo. Demorei a ligar a moto, fiz uma prova de recuperação e consegui terminar em sexto. Na segunda a moto não pegou... não pegou e não pegou! Quando consegui sair os caras estavam chegando em mim (os líderes já passavam pela largada com uma volta de vantagem). Recebia bandeira azul (para abrir passagem aos líderes) e, brigando com eles pelo campeonato, não sabia bem o que fazer... é f*** deixar passar, mas também poderia ser penalizado ou desclassificado. Então tive que tirar a mão e deixar passarem, já estava muito longe para eu tentar fazer alguma coisa. No final, tentei me aproximar do Paulo para ver se eu tinha nível para ganhar e só vi aquilo que eu já tinha certeza: que posso ganhar. É muito difícil engolir, mas o campeonato está aberto ainda, estou 15 pontos atrás e tenho que ir para ganhar as quatro baterias que restam".    


Pódio da MX2

Com a pista lisa e exigindo cuidado, Fabinho Santos conquistou o holeshot na primeira bateria da MX2, seguido por Gustavo Pessoa e João Ribeiro. Impondo um ritmo forte na primeira volta, Frederico Spagnol pulou da sexta para a terceira posição rapidamente, ultrapassando João Ribeiro. Mas, duas voltas depois, com uma queda do paulista, o gaúcho retomou a posição.

E a briga pela vitória ficou mesmo entre Fabinho, Gustavo e João. Gustavo acabou ultrapassado pelo companheiro de equipe e depois cometeu um erro, ficando mais distante da briga pela liderança. João Ribeiro seguiu atacando e liderou a disputa por algumas voltas, mas depois sentiu a falta de ritmo e Fabinho recuperou a primeira posição garantindo a vitória.


Fabinho Santos

Na reta final da prova, Gustavo também ultrapassou João faturando o segundo lugar. Spagnol, em boa recuperação, ainda conquistou o quarto lugar superando Léo Souza nos últimos minutos da bateria. Pepê Bueno foi o sexto colocado e Caio Lopes o sétimo.

Na segunda bateria, outra vez, Fabinho Santos foi o mais rápido na largada, com João Ribeiro, Gustavo Pessoa e Léo Souza ocupando as posições seguintes nas primeiras voltas. O piloto da Yamaha novamente tentava escapar na frente enquanto a dupla da Honda brigava pela segunda posição.


Gustavo Pessoa

Demonstrando mais determinação desta vez, Gustavo superou o companheiro de equipe na perseguição, mas a mudança na liderança só veio com um erro de Fabinho. Depois, Gustavo consolidou a liderança e Fabinho se isolou na segunda posição com João Ribeiro longe em terceiro. Léo Souza inverteu a posição com Fredy Spagnol em relação à bateria anterior, completando em quarto.

Na soma das baterias Gustavo foi o primeiro, com Fábio em segundo mantendo a liderança do campeonato, João em terceiro, Léo em quarto e Fredy em quinto.      


João Pedro Ribeiro

Gustavo Pessoa: "A prova foi bastante difícil, a pista estava bem técnica, bem dura e na categoria MX2 jogaram muita água. Então, até 10, 15 minutos, a pista estava muito lisa. Na primeira bateria larguei bem, estava em segundo atrás do Fabinho Santos, mas eu estava um pouco travado e o João (Ribeiro), meu companheiro, acabou me passando. Cometi um erro e fui pro chão, ficando longe, mas consegui me recuperar e terminei em segundo. Na segunda bateria eu larguei bem também, estava em quarto, fui para terceiro rápido e consegui passar o João. O Fábio estava um pouco longe, consegui diminuir a distância e ele errou, consegui ultrapassar e ganhar a bateria e a geral. Vou tentar ser consistente nas próximas, em Extrema (terceira etapa) eu não fui, para brigar pelo título".

Fábio Santos: "Foi um fim de semana bom. Fiz os dois holeshots, consegui andar bem, me soltei bem na pista, mas na segunda bateria acabei caindo. Depois errei de novo e resolvi andar mais calmo, terminar na segunda posição, já que a vantagem ainda é boa no campeonato".


Léo Casarrotti

Na Júnior, Leonardo Casarrotti não deu chances aos concorrentes: largou na frente e, fazendo uma prova à parte, liderou de ponta a ponta. A briga ficou mesmo pela segunda posição com o local Keven Ikeda Ramos mantendo a posição no início, mas depois cedendo à pressão de Tallys Nathan.


Tallys Nathan

No final, Keven ainda teve que lidar com a pressão de Léo Nunes, mas resistiu mantendo o terceiro lugar. Logo atrás, Bruno Schmitz completou na quinta posição.

As duas últimas e decisivas etapas da competição estão previstas para o mês de novembro.


Pódio da Júnior

Clique aqui para ver os resultados completos da etapa

Classificação final do campeonato MX4, MXF, 65cc e 50cc após três etapas

Pos MX4 Moto Equipe Pts
1 2 Milton Becker Hon Pro Tork / Imm / Tbt / Honda Amauri /Grifft 75
2 25 Walter Sergio Tardin Hon Tardin Lingerie 62
3 932 Erivelto Donizete Rossi Nicoladelli Yam Chapam Moto Peças / Meneguel Motos Peças /Ims / Motoshop 50
4 556 Everson Luciano Silva Kaw Mais Engenharia 42
5 75 Fabiano Guimaraes Ribeiro Kaw Borilli Pneus / Loma Noivas / Gdez / Bikeraçessorios / Meia Oito Moto Peças / Manancial Eventos 38
6 9 Richard Gabriel Berois Bermudez Ktm Richard Berois Competição / Lucianolâminas / Novo Estilo De Vida / Mormaii Knee Brace / Durag 35
7 857 Claudinei Conzatti Hus Funcional Automação Ltda 26
8 27 Gustavo De Oliveira Visoto Ktm Visoto Equipamentos / Midia Veiculos 26
9 914 Luciano Luiz Farias Ktm Luciano Laminas / Rede Green .com / Sudatmdf 23
10 85 Geraldo Antonio Gonçalves De Almeida Filho Kaw Etam / Edgers 18
11 248 Rodolfo Jose Bastos Vasconcelos Hon Carlão Motos Racing / Rks Racing / Seikootica.com.br 17
12 321 Joao Batista Barbosa Filho   Lavanderia John Cler 16
13 369 Risaldo Caetano De Carmo Hon Supermercadocristorei2 / Dorisley Rally /Vulcano Energy Drink / Arroz Tio Jorge / Duparma Produtos Alimenticios/ Calçados Koc Pit 15
14 86 Leandro Schwindt Hus Cargovale Transportes / Dx Parts /Cargovale Transportes / Prorace Suspesões 14
15 973 Adriano Ribeiro Sgobin Kaw Sgobin Racing / A's Desing 14
Pos MXF Moto Equipe Pts
1 8 Maiara Basso Ktm Rinaldi / Protork - Biker Acessórios /Artcross Graphics / Adubos Coxilha / Cereais Basso - Líder Mx 75
2 139 Janaina Palmira Scheffer Todeschini Hon Farover Processamento De / Residuosindustriais / Sem Aterro Sanitário 62
3 237 Eduarda Guilardi Conzatti Hon Funcional Automação Ltda 52
4 222 Marcely Lobato Cazadini Kaw Zanga Motos / Mrpro / Ims / Pix Graphics /Jailton Motos / Otica Visual 22
5 2 Lays Lobato Cazadini Kaw Zanga Motos / Mrpro / Ims Equipamentos /Caramujo Black House / Jailton Motos / Claudinho Mtos 20
6 73 Ana Flavia Sgobin De Oliveira Kaw Sgobin Racing / Clip Academia 20
7 228 Ana Claudia Fietz Hon   18
8 171 Gleicilene Batista Da Silva Das Neves Bmw Tudodicasa Enxovais 15
9 121 Flavia Aparecida De Mattos Watras Hon   15
10 801 Sarah Raquel Guimaraes Silva Hon Hs Vidros / Blindex 14
Pos 65cc Moto Equipe Pts
1 202 Henrique Henicka Ktm Caelo Maquinas / Ims Equipamentos 70
2 89 Jose Antonio Pedro Filho Ktm Flay, Pod,100%,sportsco / Hospital Novoatibaia / Prefeitura De Atibaia / Motul,mt Luizinho Motos / Mtlocações,posto Bremem / ,gigante Água E Gás 65
3 102 Gabriel Vinicius Dos Santos Mielke Ktm Mcr Racing 49
4 4 Garmichel Rodrigues Giehl Ktm Mcr Racing / Stop Veícilos / Dilvo Motos ,tg Coach / Parts Peças Especiais / Tebaldi Graficos 43
5 205 Raul Nunes Bento Miranda Ktm Guaiúba Guindastes / Casa Das Baterias /Cb Motos / Padaria Aurora 41
6 7 Rafael Becker Ktm Fly / Pod / 100 % / Sportsco / Brmx /Pneus Rinaldi 37
7 55 Gustavo Rodrigues De Oliveira Ktm Quiosque Do Alemão / Restaurante Papagaio/ Fly, 100%, Pood, Sportsco / Prefeitura De Ilhabela/Sp / Rrbikes 36
8 77 Ivo Petras Kurahashi Konell Apr   35
9 38 Rodolfo Bicalho Ktm Ims Racing Produtos / Genuina Racing 34
10 109 Guilherme Bresolin Ktm Nogueira Calçados / Leandro Bresolin 32
11 28 Vitor Hugo Jarosczevski De Borba Ktm Ims Racing / Jb Motos / Race Parts / Kinharacing / Despachante Reese 26
12 8 Kauê Calza Benatto Apr   24
13 182 Athalo Araujo Brito   Rotulo Do Corpo / Arte Tendas / Kapricho /Mormaii / Ricc's / Motoaction 22
14 317 Bruno Leal Rodrigues Ktm Paulo Motores 17
15 44 Alexandre Galdino Da Silva Filho Ktm Alexandre Do Repolho / Auto Posto Km 15
Pos 50cc Moto Equipe Pts
1 7 Rafael Becker Ktm Fly / Pod / 100 % / Sportsco / Brmx /Pneus Rinaldi 75
2 28 Vitor Hugo Jarosczevski De Borba Ktm Ims Racing / Jb Motos / Race Parts / Kinharacing / Despachante Reese 62
3 317 Bruno Leal Rodrigues Ktm Paulo Motores 60
4 711 João Maurício Torres Ktm Viva Engenharia / Adaptiva / Água Mineralipê / Torres Racing 36
5 27 Edenny Ayllon De Abreu Moreira Ktm Eletroedi Projetos E Serviços / Faculdadesobjetivos / Chup Chup Sorvetes / Space Tyre 27
6 160 Felipe De Menezes Marques Ktm Eletro Bom Eletrodomésticos / A Magalhãesferramentas Eletri 22
7 711 João Mauricio M. Torres Ktm Torres Racing / Supimpa Atacadao /Cleidmar Racing / Trilhart 16
8 22 Matheu Sandriotti Kappel Ktm Kappel Racing Team / Kscross Esportesradicais 16
8 305 Derek Slater Rocha Da Silva Ktm Pinguin Refrigeração / Suldailha Motos /Buchner Contabilidade / Cia Do Box / Top Plast Estofados 16
10 800 José Arantes Braulio Ktm Tj Locação Caçamba / Faz.campo Alegre /Fazenda Boa Sorte St Helena Go / Le Bijoux St Helena De Goias / Mpind.comercio De Madeiras / Serra Da Messa Park 15
11 78 Gabrielcunha Rodrigues Apr   15
12 253 Cauêschwab Ktm   14
13 188 Enzo Martinenghi Severino Ktm   14
14 360 Athos Paulo Batista Das Neves Ktm Grupo Galileu / Prathus Enxovais / Akazaclass 13
15 712 Gustavo Mauricio M. Torres Ktm Torres Racing / Viva Engenharia 11
16 2 Victor Hugo Vale Da Rocha Ktm Cleidimar Racing / Ims Racing / Motul /Rfix Graphics / Vinao Lanternagem 10

Classificação geral do campeonato MX1, MX2, MX3 e Júnior após quatro etapas


Pos MX1 Moto Equipe Pts
1 1 Carlos Campano Jimenez Yam Yamaha / Grupo Geração / Asw / Lcm /Alpinestars / 100% 159
2 10 Jean Carlo Ramos Yam Yamaha / Geração / Bel Parts / Mx Gringa /Blade / Asw / Zeta / Drc / Jmr Escola De Motocross / Serginho Suspensoes 153
3 211 Paulo Alberto Hon Honda / Mobil / Pirelli / Ims / Vulcano 151
4 920 Jetro Salazar Hon Escuderia X / Honda / Xmotos Do Brasil /Belparts / Motul 144
5 2 Eduardo Ferreira Lima Kaw Emg Racing / Kawasaki / Pirelli 124
6 5 Marcello Ferreira De Lima Kaw Emg Racing / Kawasaki / Pirelli 121
7 30 Hector Freitas Assunçao Hon Honda / Mobil / Ims / Pirelli,yoshimura /Riffel / Vulcano. 110
8 27 Thales Vilardi Felix Da Silva Yam Subs27 / Husqvarna / Asw / Pirelli / Multreal / Wladas 100
9 22 Carlos Vicente Badiali Hernandez Yam Playstation / Borilli / Fly, 100%, Pod /Motul / Circuit 97
10 21 Wellington Garcia Matos Hon Honda / Ims / Açai Vitanat / Wg21 79
11 51 Venicio Voigt Hon Ims / Honda / Rinaldi / Ipiranga / Nenêmotos Pecas E Boutique 70
12 407 Adam Chatfield Hon Honda / Pirelli / Mobil / Asw / Circuit /Dunas Racing 61
13 3 Antonio Jorge Balbi Junior Kaw Pro Tork, Kawasaki / Tendas Ltda / Rfix /Samurais / Elementos Do Corpo 54
14 35 Daniel Da Silva Pessanha   Race Tech / Lkl Log / Federal Motos /Braseg Drogaria / Pix Graphics / Ims 45
15 101 Humberto Alejandro Martin Garaicoechea Yam Playstation / Borilli / Fly Racing, 100%,pod / Motul / Circuit 32
Pos MX2 Moto Equipe Pts
1 19 Fabio Aparecido Dos Santos Yam Yamaha, Grupo Geracao / Asw,rinaldi / Drc,zeta / Yamalube, Blade Energy / Negretti Preparacoes, Edgers 184
2 891 Gustavo Pessoa De Souza Hon Honda / Mobil / Pirelli / Ims / Yossimura/ Itamaracá 170
3 945 Leonardo De Souza Hon Honda / Levorin / Belparts / X Motos Dobrasil / Motul / Ims 133
4 97 Pedro Henrique Rosa Bueno Yam Yamaha-grupo Geração / Alpinestar-bell /5inco-serginho Suspension / Mrpro-mundial Prime / Rider 100%-r2 /Feiraomx-ppmxpark97 126
5 61 Frederico Molina Spagnol   Ims / New Quality / Allsign Graphics 117
6 282 João Pedro Pinho Ribeiro Kaw Recris Log / Rinaldi / Revendas Pinho /Brasil Racing / Fly / M3r 113
7 134 Caio Lopes Fernandes Hon Ims / Honda / Rinald / Ipiranga / Durag /-gaiamx-nicoboco-edgers 111
8 50 Renato Costa Mattos Paz Yam Playstation / Borilli Pneus / Fly Racing,100%, Pod Active / Blade Energy / Circuit / Motul, Águas Poa. 88
9 16 Enzo Lazaro Pedo Lopes Ktm Red Bull / Stocovich / Fox / Oakley / Fmf/ Renthal..stance 84
10 127 Ismael Da Costa Rojas   Conti Cola / Big Power / Thor / Rock Parts/ Borilli Racing / Brasil Racing / Gambitec Mx / Pro Bike Py / Aeromotos Assis / Mrp Racing/ Enzo Racing / Ask Motors 76
11 194 Leonardo Lizott Kaw Borilli Racing / Kawasaki / Ims/ Biker /Motostyle/ Mrpró / Pref. De Sertão/ M3r / Lider Mx/ Wm Suplementos 70
12 32 Carlos Tavares Evangelista Hon Honda / Pirelli 55
13 48 José Felipe Mombach   Mombach Supermercados / Ims Racing / Dxparts / Moranguinho Racing / Pneus Rinaldi 53
14 31 Jose Brayan Soares   Kaiani Malhas, / Ims, / Rinald, Jrdistribuidora / Bio Gas, C A2 Academia / Tbt Racing, Charles Motos, /Zequinha Racing, F05 Grapisc 48
15 58 Leandro Davids Araujo Hon Stocovich / Fazenda Rosinha / Jmr Escolade Motocross 33
Pos MX3 Moto Equipe Pts
1 912 Roman Jelen Hon   94
2 21 Willian Aparecido Alves Guimaraes Pro Pro Tork / Agua De Coco Obrigado / Cti /Mega Mix 79
3 227 André Stocovich Hon Stocovich Design 64
4 2 Milton Becker Hon Pro Tork / Imm / Tbt / Honda Amauri /Grifft 60
5 23 Vinicius Machado Borgarelli De Queiroz Kaw Preserv / Mundi Toys / Global Cycles /Colonial Racing / Slin Graphics / Super Power Energy Drink 57
6 3 Antonio Jorge Balbi Junior Kaw Pro Tork, Kawasaki / Tendas Ltda / Rfix /Samurais / Elementos Do Corpo 50
7 85 Geraldo Antonio Gonçalves De Almeida Filho Kaw Etam / Edgers 48
8 25 Walter Sergio Tardin Hon Tardin Lingerie 36
9 932 Erivelto Donizete Rossi Nicoladelli Yam Chapam Moto Peças / Meneguel Motos Peças /Ims / Motoshop 33
10 105 Renato Faria Dias Hon Clinica Dentária Sorria / Mx Suspension 26
11 94 Marcelo Henrique De Sousa Yam Ims / Arena Studio / Marcos Negrettipreparação / Marcelinho Pneus / Slin Gráfico 24
12 15 Dario De Oliveira Junior   Ouro Cal 21
13 262 Rafael Batista Arruda Hon Dutrafer Reciclagem / Rks 19
14 911 Rene De Albuquerque Rodrigues Hon Água Poá / File Preparaçoes / Betarellofitnes / Grupo Plancon 18
15 3 Fabio Festi Hon   18
15 81 Mariana Napoles Balbi Kaw Pro Tork / Kawasaki / Tendas Ltda / Rfix /Samurais / Elementos Do Corpo 18
Pos Júnior Moto Equipe Pts
1 25 Leonardo Zequinão Cassarotti Hon Dunas / Honda / Asw / Pirelli / Dirt /Cinco 88
2 183 Tallys Nathan Silva Brito Kaw Rótulo Do Corpo / Mx-tech / Mormaii / Artetendas / Mcr 82
3 989 Leonardo Augusto Nunes Hus Nitrogenius Prod Quimicos / Jmr Escola Demx / Stocovichi Design / Adrenalina Mx / Luciano Racing 77
4 40 Bruno Fensterseifer Schmitz Hon Tbt Suspensoes / Dunas Racing / Tbtsuspensoes 72
5 99 Rafael Ribeiro De Araujo Ktm Mf Racing Barueri / Ims 55
6 11 Joaquim Antonio Neto Ktm Pirelli / Mineração Itaminas / Atmstrasnportes / Suspenção Aftershocks / Pref. Mun. De Sarzedo 53
7 15 Pedro Magero Kaw Vertrauen Racing / Biker Assessorios /Martine Suspensoes / Motostyle Grafics / Lider Mx 51
8 92 Marcus Henrique Dias Lera Kaw Tribo Motos / Body Health / Stocovich 43
9 221 Joao Pedro De Freitas Raimundo Ktm Techno Metais / Santa Maria Coffee / Dudapreparações / All Sign Graficos / Rbs Moto Parts 40
10 2 Lays Lobato Cazadini Kaw Zanga Motos / Mrpro / Ims Equipamentos /Caramujo Black House / Jailton Motos / Claudinho Mtos 29
10 50 Mateus Forghieri De Oliveira Hon Dedel Motos / Tsuji Motos / Circuit / Beng/ Ims Rancing / Grupo Montanna 29
12 10 Gabriel Bohrer Andrigo Ktm Ims Equipamentos / Rinaldi / Mr Pro / M3suspensões / Art Cross / Talk Easy 28
13 44 Marcello Leodorico Fernandes Silva Ktm Rapozao Moto Peças 26
14 132 Arthur Vicente Azevedo Amorim Ktm Açai Vitanate / Açai Maximo Sabor / Balbischooll / M B 3 Preparações / Açai Radical 23
15 170 Keven Willian Ikeda Ramos Hon Ctmtracing 20





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet