fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Estadual de Velocross LEMERJ - 5ª etapa - Rio de Janeiro - RJ
Publicado em: 06/07/2016

Centro Off Road construído pela LEMERJ se firma como palco de provas no Rio de Janeiro
Redação MotoX.com.br - Fotos: Aline Bino


Largada da categoria VX3

Pela terceira vez consecutiva nesta temporada, o tradicional Centro Off Road de Tubiacanga, que conta com pistas de motocross e mountain bike construídas e reformuladas pela LEMERJ (Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro) nos últimos 14 anos, sediou a quinta etapa do Campeonato Estadual de Velocross. A pista, com o terreno devidamente irrigado e arado, alternando trechos de alta e baixa velocidade, recebeu na capital fluminense os pilotos de 10 categorias no dia 3 de julho.

Na principal bateria, válida pela classe Força Livre Importada, o vencedor foi Leandro Marchon, piloto que foi também o grande destaque do dia. Inspirado, na prova que encerrou a competição, Marchon levou seu quarto troféu de primeiro lugar para casa. João Candia tentou pressionar, mas não conseguiu acompanhar o ritmo do vencedor. Aliás, ninguém conseguiu pois o piloto de Casemiro de Abreu faturou todas as corridas que disputou. Leonardo Pereira, outro frequentador assíduo do pódio, terminou em terceiro. Gilson Miranda foi o quarto e Dener dos Santos, o quinto.


Leandro Marchon

Em uma das principais categorias do dia, a VX1, briga do início ao fim entre Juan Pablo Amaral e Alexandre ZN. Em determinados momentos, ZN chegou a colocar lado a lado e pressionar Juan Pablo, que conseguiu suportar a pressão até a linha de chegada. Samuel Robaina andou toda a prova em terceiro, perto dos líderes, mas um tombou o deixou em quinto, sendo ultrapassado por Leonardo Pereira, terceiro, e Janderson Miranda, quarto.

Na VX2 Leandro Marchon mostrou estar à vontade em todos os tipos de motocicleta, vencendo também de ponta a ponta. Washington Jr acompanhou o líder de perto, mas estava mais preocupado com João Candia, que o pressionava em terceiro. Os três primeiros andaram muito próximos, mas não trocaram posições até o final. Marchon venceu seguido por Washington, Candia, Bruno Rios e Alexandre Augusto.

Na primeira bateria do evento, os veteranos da VX5 foram à pista para disputar a vitória. Quem se deu melhor foi José Carlos Guimarães, que suportou os ataques de Gerson Schied até o final da prova. Em terceiro, Roberto Kreischer, terminou seguido por Rogério Coelho e Leonardo Pereira.


José Carlos Guimarães

Na VX4, Renato Santório largou na frente para nunca mais perder a liderança. Alexandre ZN tentou acompanhar no início da prova, mas sofreu uma queda e jogou fora suas chances de brigar pela vitória. Samuel Robaina fez uma ótima prova de recuperação e recebeu a bandeirada em terceiro, seguido por Guilherme Lopes e Rogério Bello.

Em seguida foi a vez da categoria VX3, para pilotos a partir de 30 anos de idade. Mas havia espaço também para alguns ainda mais experientes como Renato Santório, que depois de vencer a "over 40", mostrou ótima forma na prova ao ultrapassar Bernardo Balthazar e vencer mais uma categoria. Bernardo terminaria a prova em terceiro, após ser ultrapassado também por Alexandre Augusto. Completaram o pódio Guilherme Lopes, novamente em quarto, e Gilson Miranda em quinto.

John Lennon Marchon foi o grande destaque da categoria Iniciantes Nacional, vencendo uma prova bastante disputada. Em segundo, perto do líder, chegou Vitor Hugo Farias. Mais atrás, subiram ao pódio respectivamente Thiago Periquito, Igor Areias e Juca Infante.


Renato Santório

Já pela Iniciantes Importada, quem levou a melhor foi o jovem Eduardo Mesquita, que largou em terceiro e assumiu a liderança na metade da corrida. Washington Jr foi o segundo, seguido por Bernardo Balthazar, Alexandre Augusto e Felipe Anabal.


Vitor Hugo Farias e John Lennon Marchon
As motos da categoria 230cc foram para o gate e o público assistiu um passeio de Leandro Marchon que liderou sem dar chances a nenhum outro adversário. A disputa da prova foi pela segunda colocação, com Paulinho Cangaia levando a melhor sobre Samuel Robaina. O quarto lugar ficou com Thiago Periquito. Igor Areias também subiu ao pódio em quinto.

A bateria da Força Livre Nacional foi mais uma confirmação do grande nome do dia. Leandro Marchon, vencedor de ponta a ponta, fez uma dobradinha com seu irmão John Lennon Marchon. Samuel Robaina também levou para casa uma bela coleção de troféus, ao subir mais uma vez no pódio, em terceiro. Igor Areias fez uma boa apresentação terminando em quarto, seguido por Alcimar dos Santos.

O Campeonato Estadual de Velocross LEMERJ segue em ritmo intenso pois a organização planeja mais quatro ou cinco provas até o fim do ano. A 6ª etapa ainda não possui data nem local, mas assim que definidos eles serão divulgados no calendário do MotoX. Fique ligado!

Resultados
 
Força Livre Importada

1º - 44 - Leandro Marchon
2º - 53 - João Candia
3º - 965 - Leonardo Pereira
4º - 72 - Gilson Miranda
5º - 259 - Dener dos Santos
6º - 29 - Janderson Miranda
7º - 5 - Alcimar dos Santos
8º - 200 - Pedro Lopes
9º - 550 - Samuel Robaina
 
VX1
1º - 357 - Juan Pablo
2º - 974 - Alexandre ZN
3º - 965 - Leonardo Pereira
4º - 29 - Janderson  Miranda
5º - 550 - Samuel Robaina
 
VX2
1º - 44 - Leandro Marchon
2º - 620 - Washington Jr
3º - 53 - João Candia
4º - 998 - Bruno Rios
5º - 113 - Alexandre Augusto
6º - 72 - Samuel Robaina
7º - 94 - José Carlos Jr
8º - 259 - Alcimar dos Santos
9º - 809 - Emanuel Ricardo
 
VX3
1º - 94 - Renato Santório
2º - 113 - Alexandre Augusto
3º - 1 - Bernardo Balthazar
4º - 620 - Guilherme Lopes
5º - 72 - Gilson Miranda
6º - 200 - Pedro Lopes
7º - 259 - Alcimar dos Santos
8º - 550 - Samuel Robaina
9º - 94 - José Carlos Jr
10º - 4 - Rick Magalhães
 
VX4
1º - 94 - Renato Santório
2º - 974 - Alexandre ZN
3º - 550 - Samuel Robaina
4º - 620 - Guilherme Lopes
5º - 98 - Rogério Bello
6º - 164 - Rogério Coelho
7º - 259 - Alcimar dos Santos
8º - 25 - Carlos Alberto Corujito
9º - 20 - Edmilson de Sá
10º - 965 - Leonardo Pereira
 
VX5
1º - 600 - José Carlos Guimarães
2º - 18 - Gerson Scheid
3º - 27 - Roberto Kreischer
4º - 164 - Rogério Coelho
5º - 965 - Leonardo Pereira
6º - 20 - Edmilson de Sá
7º - 1 - Zeca Infante
 
Iniciante Importada
1º - 194 - Eduardo Mesquita
2º - 620 - Washington Jr
3º - 1 - Bernardo Balthazar
4º - 113 - Alexandre Augusto
5º - 242 - Felipe Anabal
6º - 29 - Janderson Miranda
7º - 200 - Pedro Lopes
8º - 52 - Mario Conte Filho
9º - 72 - Gilson Miranda
10º - 94 - José Carlos Miranda
 
Força Livre Nacional
1º - 5 - Leandro Marchon
2º - 4 - John Lennon Marchon
3º - 620 - Samuel Robaina
4º - 87 - Igor Areias
5º - 54 - Alcimar dos Santos
6º - 3 - Nelson Flash
7º - 7 - José Vitor Silva
 
230cc
1º - 5 - Leandro Marchon
2º - 54 - Paulo Cangaia
3º - 620 - Samuel Robaina
4º - 54 - Thiago Periquito
5º - 87 - Igor Areias
6º - 4 - John Lennon Marchon
7º - 54 - Vitor Hugo
 
Iniciante Nacional
1º - 4 - John Lennon Marchon
2º - 54 - Vitor Hugo Farias
3º - 54 - Thiago Piriquito
4º - 87 - Igor Areias
5º - 28 - Juca Infante
6º - 7 - José Victor
7º - 620 - Samuel Robaina
8º - 4 - Matheus de Azevedo
9º - 169 - Leonardo Tavares
10º - 222 - Breno Balthazar







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet