fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

Mundial de Rally Cross Country - 2ª etapa - Rally do Catar
Publicado em: 27/04/2015

Marc Coma conquista o Sealine Cross Country Rally pela terceira vez
Redação MotoX.com.br - Carolina Arruda - Fotos: RallyZone / Bauer / Barni


Disputa pelo pódio ficou restrita as marcas KTM e Honda

Na segunda-feira passada (20), a elite do Rali Cross Country largou para o Sealine Rally do Catar, válido pela segunda etapa do campeonato mundial. A prova é considerada uma das mais difíceis da temporada por conta da navegação nas dunas, ou seja, sem muitos pontos de referências. Na largada, tudo que os competidores tinham em mente eram os 1.759km de trechos cronometrados pelo deserto que definiriam os vencedores em quatro dias.

Obviamente, entre os bem sucedidos na chegada, na sexta-feira (24), estava o espanhol Marc Coma. O campeão do Dakar 2015 largou para vencer e dominou desde o primeiro dia, triunfando na competição pela terceira vez na carreira. Detalhe: esta foi a quarta edição do evento.


Marc Coma

"Finalmente terminamos o rali! Tentamos ser consistentes e não cometer nem mesmo o menor dos erros, porque aqui é tão intenso que é impossível se recuperar depois de cometer alguma falha. Foi uma vitória suada e o time trabalhou para isso!", comentou Coma. "Começamos bem o ano e estamos nos mantendo nessa linha", completou o líder do Mundial de Rally Cross Country, após ampliar a vantagem na pontuação.


Joan Barreda

Recuperando-se de um início de temporada azarado, a dupla da Honda Paulo Gonçalves e Joan Barreda parece ter encontrado seu ritmo, mas não sem alguns perrengues pelo caminho. No primeiro dia, por exemplo, Barreda perdeu a vitória por conta de problemas no GPS, sendo obrigado a esperar o português para poder seguir até o final.

"Foi uma boa semana, com um ritmo rápido. Me esforcei e estou satisfeito. Não foi, em momento algum, um trabalho fácil, especialmente no primeiro dia. Sabemos que seria complicado: ficamos a seis segundos da vitória na abertura. Duelamos contra Marc (Coma) durante toda a semana e no fim a diferença foi mínima. O consolo é saber que agora estamos pegando a direção certa", avaliou o espanhol, segundo colocado na classificação geral da etapa.


Paulo Gonçalves

"Os resultados em Abu Dhabi nos atrapalharam um pouco. O aspecto positivo disso tudo é que nunca paramos de brigar pela vitória. Tanto que nossa equipe venceu três estágios na competição e recuperou muitos pontos no campeonato. As motos funcionaram muito bem também. Agora é hora de alcançar nosso próximo objetivo e fazer o possível para vencer", avisou Gonçalves, terceiro colocado.

Quem enfrentou a má sorte de não poder completar o rali e participar somente através dos bastidores foi Jeremias Israel Esquerre. Segundo Wolfgang Fischer, chefe de equipe da Honda, o piloto não pôde terminar o rali por conta de uma lesão. "Ele não está em más condições e vai se recuperar rápido, esperamos que esteja de volta na próxima etapa", comentou Fischer.


Jordi Viladoms

Se por um lado a equipe vermelha está encontrando seu ritmo e ganhando força, a austríaca KTM não tem do que reclamar: das dez primeiras motos, oito eram da marca laranja. Jordi Viladoms, do time de fábrica, e Pablo Quintanilla completaram os cinco primeiros. Apesar de dominante, equipe também lidou com uma baixa. Ruben Faria ficou de fora, logo após o primeiro estágio, por conta de uma lesão no pulso.


Pablo Quintanilla

As próximas competições no calendário das equipes são o Desafio Ruta 40, dos dias 18 a 24 de maio, na Argentina, onde a Honda já declarou que estará presente para estudar possíveis futuros trajetos do Dakar 2016, e o Rally da Sardenha, na Itália, entre os dias 6 e 11 de junho.

Video HRC



Classificação Final Rally do Catar
P. Resultado Final Nation Equipe Marca Time/Gap
1 COMA Marc SPA KTM Red Bull Rally Factory KTM 19:56'48
2 BARREDA Joan SPA Team HRC Hon + 4'40
3 GONCALVES Paulo POR Team HRC Hon + 6'33
4 VILADOMS Jordi SPA KTM Red Bull Rally Factory KTM + 17'59
5 QUINTANILLA Pablo CHI KTM Warsaw Rally Team KTM + 18'00
6 SUNDERLAND Sam GBR KTM Red Bull Rally Factory KTM + 21'10
7 WALKNER Mathias AUT KTM Red Bull Rally Factory KTM + 1:40'18
8 MONLEóN Armand SPA KTM Warsaw Rally Team KTM + 2:42'33
9 PIATEK Jakub POL KTM Orlen Rally Team KTM + 3:55'00
10 ALBALOOSHI Mohammed UAE KTM UAC KTM + 4:00'21








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet