fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

14ª etapa - Houston - TX
Publicado em: 17/04/2015

Como Ryan Dungey conquistou seu segundo campeonato no Supercross 450
Redação MotoX.com.br: Lucídio Arruda - Fotos: Simon Cudby / Jeff Kardas


KTM conquista seu primeiro AMA Supercross na classe principal

Acabou antes da hora! Não me lembro de um título do AMA Supercross definido com tanta antecedência, mais de três etapas antes do final do calendário. Ryan Dungey fez um campeonato sem erros, sem sobressaltos e depois de um início (um pouco) discreto dominou a parada no momento mais importante. Neste sábado, em Houston, 14ª etapa, o piloto da KTM confirmou a conquista do título antecipado na categoria 450.


Eli Tomac
A primeira vitória de Dungey na temporada veio apenas na quinta etapa, mas antes disso ele tinha feito três pódios e um quase pódio, o quarto lugar na abertura em Anaheim. E foi só na abertura que o campeão ficou fora dos três primeiros, Dungey fez pódio em todas as outras 13 etapas. Quando o campeonato cruzou para a região leste, ele exerceu seu domínio efetivamente com mais cinco vitórias.

Enquanto Dungey subia de produção, seus principais adversários se envolviam em problemas. O arrojado Ken Roczen pecou pela agressividade. Após duas vitórias e um segundo lugar em três etapas, o piloto da Suzuki era apontado como favorito absoluto, mas seus problemas começaram logo em seguida. Em Oakland, Roczen errou um triplo após um pequeno contato com Chad Reed e machucou o tornozelo. Daí para frente não seria o mesmo e voltou a cometer erros graves tanto nos treinos, como na final em Atlanta, agravando a antiga contusão. Quando viu que suas chances de título evaporavam decidiu se recuperar e focar na preparação para o campeonato de motocross.


Largada da classificatória. Na final Dungey não partiu tão bem assim


Roger De Coster, Ryan Dungey e Pit Beirer
Trey Canard continua com a carreira marcada por contusões. Sua situação na disputa pelo título já se complicou no início, com duas provas fora dos cinco primeiros entre as três que abriram o campeonato, incluindo um polêmico incidente com Chad Reed. O piloto da Honda recuperou o ritmo com duas vitórias (Oakland e San Diego), mas voltou a ficar fora dos cinco primeiros em Daytona. Em Detroit Canard fraturou um braço no terrível acidente com Jake Weimer, em uma classificatória, e ficou mais um ano sem completar o campeonato.

Neste ponto restava Eli Tomac como efetivo adversário de Dungey. Sua primeira prova foi desastrosa, marcando apenas um pontinho em Anaheim. Tomac mostrou sua velocidade na etapa seguinte com uma vitória convincente em Houston, mas o excesso de erros e as frequentes largadas ruins complicaram sua vida. Pior que isso, ele só chegou na frente de Dungey em duas das 14 provas.

Claro, contribuíram para a decisão antecipada a ausência de duas das principais estrelas norte-americanas. Ryan Villopoto mudou de ares e foi encarar novos desafios na Europa além, é claro, de engordar voluptuosamente seu pé de meia. James Stewart, suspenso por cair no exame anti-dopping, também fez falta ao campeonato.

Corrida - Título de Dungey, primeira vitória de Cole Seely


Cole Seely

Justamente com o título a decidir, Dungey fez uma das piores largadas da temporada. Cruzou a primeira parcial na 10ª posição, atrás de Tomac que partiu em oitavo. Mas a preocupação no campo da KTM não durou muito. O piloto da Honda errou na segunda volta e perdeu três posições, enquanto Dungey subia para oitavo. Chegar na frente de Tomac já era mais que suficiente para levar a taça de campeão para casa.

Enquanto Cole Seely passeava absoluto na liderança, Dungey e Tomac abriam caminho no pelotão e a chegada foi exatamente nessa ordem. Seely, Dungey, Tomac, e a dupla da Two Two Motorsports Josh Grant e Chad Reed fechando os cinco primeiros.

Seely: “Foi louco me encontrar na liderança e ver os demais pilotos tão para trás. Apenas tentei relacionar a corrida com as lideranças que tive na 250cc no ano passado: manter a calma, acertar minhas linhas e fechar cada volta consistentemente. Ainda estou em choque e muito feliz.”


Dungey comemorando um título mais do que merecido

Dungey: “Eu e minha equipe trabalhamos muito duro para chegar a esse ponto. Tivemos altos e baixos pelo caminho, mas meu time deu total suporte e me entregou a melhor moto. Estou super animado com esse campeonato, mas não posso esperar pelo próximo objetivo. Ainda não terminamos nosso serviço.”

Milssaps fora da Kawasaki

Foi grande a surpresa com o anúncio da equipe Kawasaki que demitiu sumariamente David Millsaps nessa quinta-feira, antes mesmo do final do campeonato. Ok, os resultados de Millsaps não foram exatamente os esperados, mas isso nunca foi motivo para a dispensa de pilotos de fábrica.



Com Wil Hahn de molho por contusão, uma das principais equipes – e com o mesmo patrocinador do campeonato – simplesmente vai tirar férias durante as três etapas finais. Enquanto isso fãs e imprensa especializada procuram entender o real motivo do rompimento de contrato e se a equipe arruma um substituto para a temporada do motocross.

250 – Cooper Webb foi o nome da Região Oeste


Cooper Webb


Shane Mcelrath
O nome de Cooper Webb subiu ao topo dos placares ano passado durante a temporada outdoor, mas sua performance foi ofuscada pelo companheiro de equipe Jeremy Martin que dominou o campeonato.

Em 2015, Webb alcançou definitivamente o estrelato com o convincente domínio na 250 Região Oeste. Não se saiu muito bem na abertura em Anaheim, mas depois disso venceu cinco das seis etapas, geralmente recuperando-se de largadas medianas ou confusões de início de corrida.

Chegou em Houston com a mão na taça, já que seu principal perseguidor Jessy Nelson machucou-se treinando e nem apareceu na pista. Mesmo assim Webb não adotou uma estratégia conservadora, foi para cima de mais uma vitória. Após uma largada ao redor da quinta posição alcanço e ultrapassou Shane Mcelrath pela liderança na 10ª volta.

“Eu dediquei toda a minha vida (ao esporte) e aqui está a recompensa. Foi um caminho de quatro anos buscando um sonho que finalmente virou realidade. Sabia que esse era o meu lugar. Não deixei de lutar e aqui estamos nós”, declarou o campeão da 250 Oeste.


Família Webb comemora o primeiro título profissional

O campeonato continua nesse sábado em Santa Clara, Califórnia.

Resultados

P. # 450 BIKE Diff MV TEAM/SPONSORS
1 14 Cole Seely Hon CRF 450 20 Laps 46.430 Team Hon HRC
2 5 Ryan Dungey KTM 450 SX-F +07.455 47,809 KTM/RED BULL/MOTOREX/WP/AKRAPOVIC/DU
3 3 Eli Tomac Hon CRF 450 +08.009 47,677 GEICO Hon
4 33 Joshua Grant Kaw KX 450F +12.149 47,868 Discount Tire Racing/TwoTwoMotorsports
5 22 Chad Reed Kaw KX 450F +13.141 47,697 Discount Tire
6 29 Andrew Short KTM 450 SX-F +14.240 47,925 BTO Sports - KTM - WPS
7 18 David Millsaps Kaw KX 450F +16.793 47,561 Monster Energy Kaw
8 20 Broc Tickle Suz RM-Z450 +17.810 47,957 RCH Soaring Eagle Jimmy JohnsSuz Factory R
9 51 Justin Barcia Yam YZ450F +23.574 47,945 Autotrader/Toyota/Yam
10 10 Justin Brayton KTM 450 SX-F +24.578 48,756 BTO Sports - KTM - WPS
11 4 Blake Baggett Suz RM-Z450 +26.219 47,529 Yoshimura Suz FactoryRacing/Motorex/Dunlop/
12 11 Kyle Chisholm Kaw KX 450F +40.739 48,799 -- none listed --
13 27 Nicholas Wey Kaw KX 450F +43.588 48,926 Mafia MotoCrew/PasionMX
14 52 Mitchell Oldenburg Yam YZ250F +47.975 49,489 Arma Energy, Motorsport.com, Yam
15 42 Ben Lamay Hus FC450 +53.367 0.049 Munnracing/Hus/LBeardsleycpa.com/Fly ra
16 21 Jason Anderson Hus FC450 19 Laps 47,158 ROCKSTAR ENERGY/HUSQVARNA FACTORY R
17 199 Kyle Partridge Hon CRF 450 +27.103 49,091 rocky mountain tav/mc
18 211 Tevin Tapia Suz RM-Z450 18 Laps 0.050 3Tperformance DTMX BRT
19 181 Dustin Pipes Suz RM-Z450 +12.213 51,251  
20 58 Killian Rusk Yam YZ450F +29.056 50,076 Ruskracing, National Hail And Dent,Axo, Bell, Yam
21 70 Nicholas Schmidt Suz RM-Z450 17 Laps 50,104 Team3br dsc construction
22 23 Weston Peick Yam YZ450F 6 Laps 0.048 JGR

P. # 250 oeste BIKE Diff M.V. TEAM/SPONSORS
1 17 Cooper Webb Yam YZ250F 15 Laps 47,438 Yamalube/Star Racing/Yam
2 40 Shane Mcelrath KTM 250 SX-F +02.421 47,719 Troy Lee Designs/ Lucas Oil/ RedBull/ KTM
3 34 Malcolm Stewart Hon CRF 250 +05.278 47,597 GEICO Hon
4 157 Aaron Plessinger Yam YZ250F +06.085 48,209 Yamalube/Star Racing/Yam
5 31 Alex Martin Yam YZ250F +09.531 48,587 CycleTrader.com Rock River YAMAHA
6 32 Justin Hill KTM 250 SX-F +12.198 48,515 KTM/REDBULL/MOTOREX/WP/AKRAPOVIC/DUNWOP/FOX
7 16 Zach Osborne Hus FC250 +19.258 49,412 ROCKSTAR ENERGY/HUSQVARNA FACTORY RWCING
8 38 Matthew Bisceglia Hon CRF 250 +22.536 47,928 GEICO Hon
9 66 Chris Alldredge Kaw KX 250F +26.042 49,214 Monster Energy Pro Circuit Kaw
10 130 Thomas Hahn Hon CRF 250 +28.359 49,088 Motosport.com/GPI/Hon
11 100 Joshua Hansen Kaw KX 250F +29.969 49,677 Team 100/Motosport.com/MonsterEnergy KawasakW/Fox/Super
12 57 Jackson Richardson Hon CRF 250 +34.688 49,829 XPR Motorsports
13 71 Cole Martinez Yam YZ250F +41.316 50,423 Slaton Racing
14 65 Scott Champion Yam YZ250F +47.674 51,071 -- none listed --
15 148 Trevor Reis Yam YZ250F +49.317 50,817 Maxima Oils, Motoworldracing.com,Answer, 100%,WJust
16 217 Ryan Breece Yam YZ250F 14 Laps 50,186  
17 275 Johnny Jelderda Hon CRF 250 +02.466 51,269  
18 360 Aaron Siminoe Kaw KX 250F +04.742 51,695 -- none listed --
19 727 Rhett Urseth Kaw KX 250F +13.004 52,362 AEO Powersports/AXO/NovikGloves/Bell Helmets/Wdrenalin Ka
20 91 Chris Howell Yam YZ250F +19.746 52,403 Barn Pros Racing/Home Depot/Yam, Alliance SWeel
21 911 Tyler Bowers Kaw KX 250F 4 Laps 48,622 Monster Energy Pro Circuit Kaw
22 981 Austin Politelli Yam YZ250F +07.798 49,524 51FIFTY ENERGY DRINK

Classificação Geral

P. # 450 Pts
1 5 Ryan Dungey 318
2 3 Eli Tomac 236
3 14 Cole Seely 223
4 41 Trey Canard 204
5 22 Chad Reed 199
6 4 Blake Baggett 175
7 21 Jason Anderson 170
8 20 Broc Tickle 159
9 94 Ken Roczen 156
10 29 Andrew Short 152
11 18 David Millsaps 147
12 33 Joshua Grant 128
13 23 Weston Peick 109
14 51 Justin Barcia 83
15 11 Kyle Chisholm 82
16 12 Jacob Weimer 74
17 46 Phillip Nicoletti 66
18 27 Nicholas Wey 65
19 800 Mike Alessi 48
20 75 Joshua Hill 40
21 24 Brett Metcalfe 40
22 10 Justin Brayton 39
23 42 Ben Lamay 33
24 199 Kyle Partridge 32
25 53 Jimmy Albertson 26
26 15 Dean Wilson 23
27 70 Nicholas Schmidt 15
28 58 Killian Rusk 15
29 45 Vince Friese 13
30 285 Tony Archer 9
31 52 Mitchell Oldenburg 7
32 69 Ronnie Stewart 7
33 722 Adam Enticknap 6
34 39 Fredrik Noren 4
35 92 Cade Clason 4
36 211 Tevin Tapia 4
37 181 Dustin Pipes 3
38 314 Alex Ray 2
39 86 Zackery Freeberg 2
40 224 Heath Harrison 1
41 47 Martin Davalos 1
42 64 Aj Catanzaro 1
POS. # 250 Oeste Pts
1 17 Cooper Webb 161
2 16 Zach Osborne 116
3 40 Shane Mcelrath 108
4 28 Jessy Nelson 106
5 911 Tyler Bowers 105
6 157 Aaron Plessinger 99
7 32 Justin Hill 94
8 31 Alex Martin 91
9 34 Malcolm Stewart 89
10 100 Joshua Hansen 89
11 130 Thomas Hahn 67
12 44 Zachary Bell 55
13 38 Matthew Bisceglia 53
14 57 Jackson Richardson 48
15 71 Cole Martinez 47
16 86 Zackery Freeberg 40
17 66 Chris Alldredge 38
18 65 Scott Champion 32
19 61 Michael Leib 25
20 981 Austin Politelli 24
21 148 Trevor Reis 24
22 217 Ryan Breece 13
23 85 Landen Powell 8
24 341 Nico Izzi 7
25 275 Johnny Jelderda 6
26 397 Brandon Scharer 5
27 360 Aaron Siminoe 4
28 727 Rhett Urseth 2
29 143 Michael Horban 2
30 138 Blake Lilly 1
31 91 Chris Howell 1
32 97 Darryn Durham 1









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet