X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > AMA Supercross

9ª etapa - Indianapolis - IN
Publicado em: 06/03
Clique e saiba mais

Carmichael vence, tem penalização revertida e encosta em Reed
Texto: Lucídio Arruda - Fotos: www.supercross.com 

Após revisão da penalidade piloto da Suzuki vence a segunda seguida e fica a um ponto da liderança.


Ricky Carmichael
Mais uma vez os fatos extra-pista ofuscaram o desempenho dos pilotos nas provas. O assunto do final de semana foi a reversão da penalidade de 25 pontos aplicada a Ricky Carmichael por combustível fora dos estreitos padrões da AMA na etapa de San Diego. A Suzuki recebeu os pontos de volta em troca de uma multa de U$20.000 que será revertida à equipe médica responsável pelo AMA Supercross e a organização humanitária Riders for Health.

A AMA divulgou na sexta-feira a decisão tomada após uma reunião com oficiais da FIM. Chegou-se a conclusão de que não houve intenção em fraudar o regulamento e a quantidade de chumbo encontrada na gasolina usada em San Diego não foi suficiente para alterar a performance.

Os oficiais de ambas as organizações informaram que uma penalização de 25 pontos seria inapropriada para o caso e voltaram atrás. Porém acharam que a falha merecia alguma pena e aplicaram a multa financeira à fábrica.

A decisão alíviou os fãs da modalidade que vinham apreciando o campeonato mais disputado em muitos anos, mas gerou polêmica nos bastidores porque tanto pilotos da Yamaha, em 2004, e Kawasaki,em 2005, foram penalizados em 25 pontos por violações similares, senão idênticas a esta. Será que não se aplica à situação a velha expressão de "dois pesos e duas medidas".

Houve gente comentando que a multa foi aplicada para evitar a tentativa dos pilotos penalizados no passado tentarem recuperar os pontos, pois ninguém ia querer gastar U$20.000 em campeonatos passados já decididos onde os pontos não fariam diferença.

Porém o que ficou mais claro no episódio foi que a decidão da AMA, embora louvável no âmbito esportivo, foi muito mais pautada pela política do que pela técnica.


Davi Millsaps
Provas:


Ernesto Fonseca faturou o "Holeshot" e liderou até a segunda volta quando foi ultrapassado por Carmichael. Chad Reed começou a prova no meio do pelotão, mas desta vez não conseguiu impor um bom ritmo. O australiano afirmou após a prova que não se acertou com o tipo de solo em Atlanta.

James Stewart caiu na largada de novo e pilotou como um alucinado nas primeiras voltas. Na sétima passagem já ocupava a segunda posição e diminuia aos poucos a diferença para Carmichael. Porém o piloto da Suzuki administrou a liderança e comemorou sua quinta vitória na temporada.

Lites:

Davi Millsaps venceu uma batalha particular com Josh Grant e conquistou sua segunda vitória na temporada. Com o resultado o piloto da Honda dispara na pontuação com 18 pontos de vantagem sobre Chris Gosselaar.

LaRocco anuncia aposentadoria.

O veterano Mike LaRocco anunciou em coletiva de imprensa que se aposentará (como piloto) ao final da temporada de Supercross.

LaRocco é um dos pilotos com carreira mais longa no Motocross e aos 35 anos de idade completa nada menos que 19 anos como profissional.

LaRocco conquistou o título americano do último campeonato de Motocross 500cc em 1993. Em 94 foi o campeão do AMA Motocross 250. Ele é o recordista em participações no AMA Supercross com nada menos que 229 apresentações. O piloto chegou 145 vezes entre os cinco primeiros e subiu ao pódio 81 vezes.

Na etapa de Indianapolis infelizmente LaRocco caiu nos treinos e não participou da prova.


Resultados


Pos. Supercross Moto Voltas Interv.
1 Ricky Carmichael Suz RM-Z450 20 ---
2 James M Stewart Kaw KX450F 20 2.936
3 Chad Reed Yam YZ450F 20 13.863
4 Ivan Tedesco Suz RM-Z450 20 16.762
5 Nicholas A Wey Hon CRF450R 20 17.367
6 Ernesto Fonseca Hon CRF450R 20 18.15
7 Michael Byrne Kaw KX450F 20 23.412
8 Travis A Preston Hon CRF450R 20 44.275
9 Timmy M Ferry Hon CRF450R 20 61.369
10 Jeff Gibson Hon CRF450R 19 ---
11 Jason W Thomas Hon CRF450R 19 ---
12 Jeff Dement Suz RM-Z450 19 ---
13 Brock Sellards Hon CRF450R 19 ---
14 Heath D Voss Yam YZ450F 19 ---
15 Tyler Evans Suz RM-Z450 19 ---
16 David Vuillemin Hon CRF450R 19 ---
17 Jacob Saylor Hon CRF450R 19 ---
18 Ryan D Clark Hon CRF450R 19 ---
19 Michael L Brown Suz RM250 10 ---
20 Justin F Keeney Hon CR250R 2 ---


Pos. Lites Leste Moto Voltas Interv.
1 David D Millsaps Hon CRF250R 15 ---
2 Joshua M Grant Hon CRF250R 15 2.322
3 Christopher Gosselaar Kaw KX250F 15 12.094
4 Kelly D Smith Hon CRF250R 15 23.09
5 Robert S Kiniry Hon CRF250R 15 25.778
6 Joshua Hansen KTM SXF250 15 33.381
7 Branden L Jesseman Yam YZ250F 15 35.022
8 Tucker J Hibbert Yam YZ250F 15 39.332
9 Thomas K Hahn Hon CRF250R 15 41.889
10 Sean D Hamblin Suz RM-Z250 15 49.334
11 Greg S Schnell Suz RM-Z250 15 53.508
12 Matt Walker Yam YZ250F 15 54.161
13 Chad T Johnson Yam YZ250F 14 ---
14 Donnie Mcgourty Kaw KX250F 14 ---
15 Teddy J Maier Kaw KX250F 14 ---
16 Stephane Roncada Yam YZ250F 14 ---
17 Geddy L Karrle Yam YZ250F 14 ---
18 Bradley J Ripple Kaw KX250F 13 ---
19 Bryan K Johnson Yam YZ250F 13 ---
20 Martin Davalos Yam YZ250F 12 ---
21 Chris Blose Yam YZ250F 10 ---
22 Matthew C Goerke Yam YZ250F 0-DNS ---

Classificação Geral

Pos. Supercross Pts
1 Chad Reed 191
2 Ricky Carmichael 190
3 James Stewart 174
4 Ivan Tedesco 144
5 Nick Wey 133
6 Michael Byrne 132
7 Ernesto Fonseca 125
8 Mike Larocco 108
9 Travis Preston 103
10 Jeff Gibson 70
Pos. Lites Oeste Pts
1 Davey Millsaps 72
2 Chris Gosselaar 54
3 Brandon Jesseman 52
4 Josh Grant 47
5 Bobby Kiniry 41
6 Josh Hansen 38
7 Sean Hamblin 36
8 T Maier 33
9 Martin Davalos 31
10 Tommy Hahn 29






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet