X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

8ª etapa - Atlanta - GA
Publicado em: 28/02

Carmichael vence, mas fica ainda mais longe do campeonato
Texto: Lucídio Arruda / fotos: Suzuki / www.amamotocross.com 


Mais de 70 mil pessoas acompanharam as provas


Todos sabemos que o mundo dá voltas e mais voltas. Mas parece que o mundo do supercross dá mais voltas ainda, ou pelo menos gira mais rápido.


Ricky Carmichael
Há duas semanas quem poderia imaginar que Ricky Carmichael estaria longe da briga ao título? Mesmo vencendo mais uma etapa!

Após um final de semana terrível em St. Louis, onde Carmichael abandonou na primeira volta o Team Suzuki recebeu na sexta-feira (24 de Fevereiro) o comunicado da AMA notificando a penalização de 25 pontos por competir com combustível irregular em San Diego.

Das oito amostras coletadas após a prova, os cinco primeiros mais 3 escolhas aleatórias, a gasolina de Carmichael apresentou nível de chumbo superior ao permitido. Mesmo a quantidade do metal sendo insignificante em matéria de performance e muito longe da "verdadeira" gasolina com chumbo, foi aplicada a severa penalização.

O episódio fez todos lembrarem de fatos identicos ocorridos com a Yamaha em 2004 (penalizando Chad Reed, David Vuillemin e um piloto privado) e em 2005 com a Kawasaki (descontando 25 pontos de Bubba Stewart e Michael Byrne).

Em 2004 a AMA precipitadamente se apressou em penalizar severamente os infratores alegando que a quantidade de chumbo era três vezes maior que a permitida. Mais tarde descobriu-se que o teor de chumbo ainda assim era desprezível e incapaz de fornecer qualquer ganho em performance, além disso estaria 17 vezes menor que a real gasolina com chumbo.

Para não admitir o erro e voltar atrás a AMA continuou penalizando em 25 pontos todos os infratores, mas desta vez colocou em risco a integridade do campeonato.


Pódio Lites Leste
Suzuki tenta apelar

A primeira reação da Suzuki foi convocar uma coletiva de imprensa e reafirmar os princípios da empresa. Roger DeCoster disse que a Suzuki testou o combústível conforme os requisitos da própria AMA. Além de comprar galões novos de alumínio para armazenar a gasolina. (Em 2004 a Yamaha supôs que a contaminação veio de galões antigos que já haviam armazenado gasolina com chumbo). Afirmou também que não é Carmichael quem abastece a moto e que o piloto não tem controle sobre a situação. 

Mesmo com seu pedido de apelação negado em primeira instância a Suzuki deve tentar reverter a situação nos tribunais.

Carmichael

O piloto não deixou de demonstrar sua irritação e descontentamento com a situação. Chegou a sugerir que deveria à partir de agora se preparar para a abertura do Motocross e deixar de correr riscos desnecessários.

A prova

Chad Reed largou em primeiro, Carmichael em quarto e James Stewart pulou cruzado no primeiro salto derrubando mais três pilotos, além de sí próprio.

Após tomar mais de 2 segundos de Reed nos treinos Carmichael encontrou seu ritmo na corrida até diminuir a distância e ultrapassar Reed na 10ª volta.

O australiano acompanhou o piloto da Suzuki quase até o final, mas não foi capaz de tentar a ultrapassagem. Final: Carmichael, Reed, Stewart em terceiro, depois de uma longa prova de recuperação, Ivan Tedesco e Ernesto Fonseca.

Campeonato

Situação estranha para Carmichael. Mesmo vencendo na pista viu sua desvantagem em relação a Reed aumentar de 9 para 34 pontos. Não é à toa que o baixinho ficou furioso.

Outro fato estranho é que a penalização vale apenas para o AMA Supercross e não para o FIM Supercross onde Carmichael assumiu a liderança. O FIM Supercross é formado pelas provas do AMA, menos Daytona, mais as duas etapas iniciais no Canadá.

Lites Leste

David Millsaps aparece como favorito na região. Após vencer a primeira etapa tinha tudo para vencer a segunda até sofrer uma queda onde perdeu várias posições.

Josh Grant aproveitou a chance e faturou a vitória. Millsaps recuperou-se até o segundo posto e lidera a pontuação. o terceiro na prova foi Martin Davalos seguido de Branden Jesseman que mantém a vice-liderança na pontuação.


Resultados


Pos. Supercross Moto Voltas Interv.
1 Ricky Carmichael Suz RM-Z450 20 ---
2 Chad Reed Yam YZ450F 20 2.953
3 James M Stewart Kaw KX450F 20 35.361
4 Ivan Tedesco Suz RM-Z450 20 36.855
5 Ernesto Fonseca Hon CRF450R 20 49.36
6 Michael Byrne Kaw KX450F 20 53.861
7 Nicholas A Wey Hon CRF450R 20 54.481
8 Mike Larocco Hon CRF450R 19 ---
9 Ryan D Clark Hon CRF450R 19 ---
10 Travis A Preston Hon CRF450R 19 ---
11 Tyler Evans Suz RM-Z450 19 ---
12 Michael L Brown Suz RM250 19 ---
13 Jeff Gibson Hon CRF450R 19 ---
14 Clark Stiles Yam YZ450F 19 ---
15 Timmy M Ferry Hon CRF450R 19 ---
16 Kyle Lewis Hon CRF450R 19 ---
17 Keith R Johnson Hon CRF450R 19 ---
18 Jeff Dement Suz RM-Z450 19 ---
19 Brock Sellards Hon CRF450R 17 ---
20 David Vuillemin Hon CRF450R 0-DNF ---


Pos. Lites Leste Moto Voltas Interv.
1 Joshua M Grant Hon CRF250R 15 ---
2 David D Millsaps Hon CRF250R 15 12.691
3 Martin Davalos Yam YZ250F 15 14.598
4 Branden L Jesseman Yam YZ250F 15 18.281
5 Matthew C Goerke Yam YZ250F 15 24.886
6 Michael R Blose Hon CRF250R 15 29.437
7 Teddy J Maier Kaw KX250F 15 31.393
8 Robert S Kiniry Hon CRF250R 15 34.666
9 Christopher Gosselaar Kaw KX250F 15 40.043
10 Sean D Hamblin Suz RM-Z250 15 41.076
11 Joshua Summey Hon CRF250R 15 44.174
12 Donnie Mcgourty Kaw KX250F 15 47.019
13 Kyle P Chisholm Kaw KX250F 15 50.329
14 Bryan K Johnson Yam YZ250F 15 64.967
15 Joshua P Woods Suz RM-Z250 14 ---
16 Joshua Hansen KTM SXF250 14 ---
17 Tucker J Hibbert Yam YZ250F 14 ---
18 Jay Marmont KTM SXF250 11 ---
19 Steve Boniface Hon CRF250R 2 ---
20 Thomas K Hahn Hon CRF250R 0-DNF ---
21 Kevin W Johnson Yam YZ250F 0-DNS ---
22 Chad E Ward Hon CRF250R 0-DNS ---

Classificação Geral

Pos. Supercross Points
1 Chad Reed 171
2 James Stewart 152
3 Ricky Carmichael 140
4 Ivan Tedesco 126
5 Michael Byrne 118
6 Nick Wey 117
7 Ernesto Fonseca 110
8 Mike Larocco 108
9 Travis Preston 90
10 Jeremey McGrath 67
Pos. Lites Oeste Points
1 Davey Millsaps 47
2 Brandon Jessemen 38
3 Crhis Gosselaar 34
4 Martin Davalos 30
5 Tessy Maier 27
6 Josh Grant 25
7 Sean Hamblin 25
8 Bobby Kiniry 25
9 Josh Hansen 23
10 Michael Blose 20






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet