X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Rally

Rally Dakar 2013 - Estágio 12 - Fiambalá, Argentina - Copiapó, Chile
Publicado em: 17/01/2013
Clique e saiba mais

Frans Verhoeven leva Yamaha novamente ao lugar mais alto do pódio em Copiapó no Chile
Redação MotoX.com.br - Carolina Arruda - Fotos: M.Maragni / Speedbrain / Yamaha

Trabalho em equipe entre Cyril Despres e Ruben Faria segura Chaleco Lopez e mantém classificação geral sem grandes mudanças
 

Frans Verhoeven
  

Helder Rodrigues

A largada final rumo a Santiago foi dada. O Dakar reencontrou seu cenário mais conhecido, o deserto, pelo caminho de Fiambala até Copiapo, Chile. O Estágio 12 contou com 715 km, sendo 319 de especial. O caminho foi marcado por trechos de alta velocidade e uma navegação bem complicada por dunas, pedras e rios secos, tornando esse um difícil estágio.

Quem estava se perguntando sobre a Yamaha voltar ao pódio, hoje tem sua resposta. Largando da 12ª posição, o holandês Frans Verhoeven levou a melhor do dia com sua quarta vitória em um Dakar, a última tinha sido em 2011.

“Hoje foi bem técnico, com muitas pedras, rios e dunas. Também tive muito trabalho com a navegação, tinha que ser preciso. Acelerei da largada à linha de chegada. Hoje foi um daqueles dias que você sabe exatamente o que fazer. Um dia perfeito. Sem erros”, declarou Verhoeven.

Trabalhando em conjunto com Cyril Despres ao longo do percurso para segurar os concorrentes, leia-se Chaleco Lopez, Ruben Faria terminou com o segundo lugar, apenas um minuto e 28 segundos atrás do primeiro colocado.

Ruben Faria se mantém na segunda colocação da classificação geral, mas ainda não comemora. “Estou bem feliz com o trabalho que eu e Cyril temos feito. Entretanto, ainda tem dois dias de corrida, não dá para ficar sorrindo num dia e ser azarado no outro. Isso aconteceu com o Casteu e Pain. Então estou guardando meu sorriso para o final. No momento, fomos bem”, explicou o piloto português.
  

Joan Barreda
  

Jean Azevedo

Mesmo com o ombro machucado, Joan Barreda assegurou o lugar da Husqvarna no pódio. O espanhol chegou a liderar parte da prova, mas um erro de navegação lhe custou a vitória. Com três minutos de diferença de Verhoeven, Barreda ficou com a terceira colocação.

“Hoje foi um dia perfeito. Tentei me esforçar na primeira parte. Quando alcancei os líderes, tentei me manter em primeiro, mas em um ponto cometi um erro. Fui em uma direção diferente de todo mundo. Tive que voltar e tentar ultrapassar todo mundo de novo”, contou Joan Barreda.

Quem apareceu em quarto lugar, foi um ex-assistente de Despres em 2009. O francês Alain Duclos, com sua Sherco, conquistou o quarto lugar. O desempenho do piloto chama atenção já que ele não treina durante todo o ano até o Dakar.

Helder Rodrigues, da Honda, terminou com a quinta posição, mas com mais de uma hora de desvantagem em relação ao líder do Dakar, o piloto já não tem muitas chances de terminar com um pódio em Santiago.

“Eu curti o estágio de hoje já que a navegação era tão importante quanto velocidade. Hoje tudo foi perfeito, a moto funcionou muito bem. Mas infelizmente não tenho possibilidade de brigar por um lugar no pódio. É uma pena, mas vou continuar correndo atrás do melhor resultado possível”, declarou Rodrigues.
O piloto brasileiro, Jean Azevedo, largou da 41ª posição e terminou como o 26º mais rápido, um excelente resultado. Agora o piloto segue com a 30ª colocação na classificação geral.

O brasileiro contou não ter problemas, “apenas o fato de ter largado mais atrás hoje me obrigou a ultrapassar muitas motos pelo caminho para chegar bem até o final”.

Sobre amanhã o piloto acrescentou: “Primeiro largaremos de Copiapó e faremos um trecho em laço, retornando próximo ao acampamento. Lá acontecerá a segunda largada que vai em direção de La Serena. A parte boa dessa história é que entre uma largada e outra conseguiremos parar e descansar um pouco”, concluiu Jean Azevedo.

O Estágio 13 será o penúltimo da edição 2013, a rota será pela costa do Oceano Pacífico rumo a cidade de La Serena. O percurso terá por volta de 700 km e promete sugar as últimas energias dos competidores.

Resultados 12º Estágio:
1. Frans Verhoeven (NLD, Yamaha)
2. Ruben Faria (PRT, KTM)
3. Joan Barreda (ESP, Husqvarna)
4. Alain Duclos (FRA, Sherco)
5. Helder Rodrigues (PRT, Honda)

Geral
 

Despres e Faria, trabalho em equipe
 

Alessandro Botturi

A estratégia em equipe da KTM assegurou o segundo lugar na classificação geral ao português Ruben Faria. O plano consistiu em Despres segurar Chaleco Lopez, também do time laranja, ao longo da prova, para que Faria ganhasse tempo e mantivesse a colocação.

“Ajudar Ruben era importante para mim. Ele tem dado suporte desde 2010, então hoje decidi ajuda-lo a continar em segundo. Acho que fomos bem e estou feliz”, contou Despres, ainda líder da prova e 14º no dia de hoje.

Pode ser que o trabalho em equipe entre Despres e Faria continue por amanhã, já que Chaleco Lopez está atrás do segundo colocado apenas três minutos. Com dois dias de Dakar a trilhar, não será difícil ao chileno alcançar o concorrente. Lopez terminou o dia na frente de Despres com a sétima colocação.

Hoje é um dia que Alessandro Botturi gostaria de esquecer. Tão importante quanto não cometer erros no começo do rally para se manter competitivo ao longo da competição, é não cometer erros na reta final e dar adeus a chance de um pódio em Santiago.

Botturi, piloto da Husqvarna, que vinha em quinto na classificação geral, perdeu um posto de controle hoje e será punido com uma hora. Agora o piloto diz adeus ao top 10 da competição.

“Estou bem desapontado. Tudo estava dando certo até metade da corrida. Mas ai eu perdi a paciência quando não conseguia encontrar a rota certa e pedir um posto de controle, o que vai me custar uma hora de punição. Praticamente joguei tudo pelos ares hoje... uma vergonha,” lamentou Botturi.

Tudo indica que amanhã será o dia das jogadas finais. Muitos pilotos querem assegurar lugar entre os dez primeiro enquanto Chaleco Lopez quer fazer bonito em seu país e Ruben Faria deseja estar logo atrás de Cyril ao final do Dakar. A disputa será forte.

Vídeo



Classificação Geral

Pos. Piloto Moto Time Variation Penalty
1 1 Despres (fra) Ktm 37:46:59 - 00:15:00
2 11 Faria (prt) Ktm 37:52:38 00:05:39 -
3 7 Lopez (chl) Ktm 38:00:39 00:13:40 -
4 32 Jakes (svk) Ktm 38:07:15 00:20:16 -
5 12 Pedrero (esp) Ktm 38:28:13 00:41:14 -
6 9 Pain (fra) Yamaha 38:50:28 01:03:29 -
7 15 Verhoeven (nld) Yamaha 38:52:21 01:05:22 -
8 3 Rodrigues (prt) Honda 38:57:43 01:10:44 00:15:00
9 30 Pizzolito (arg) Honda 39:06:19 01:19:20 -
10 18 Przygonski (pol) Ktm 39:15:36 01:28:37 00:05:00
11 20 Gonçalves (prt) Husqvarna 39:16:41 01:29:42 00:15:00
12 17 Botturi (ita) Husqvarna 39:21:51 01:34:52 01:15:00
13 26 Gouët (chl) Honda 39:22:57 01:35:58 -
14 40 Van Niekerk (zaf) Ktm 39:28:43 01:41:44 -
15 123 Faggotter (aus) Yamaha 39:52:35 02:05:36 -
16 57 Grabham (aus) Ktm 40:19:28 02:32:29 00:15:00
17 8 Ullevalseter (nor) Ktm 40:37:58 02:50:59 00:15:00
18 27 Knuiman (nld) Ktm 40:40:04 02:53:05 -
19 34 Metge (fra) Yamaha 40:52:21 03:05:22 00:20:00
20 5 Barreda Bort (esp) Husqvarna 40:52:32 03:05:33 00:17:00
21 14 Duclos (fra) Sherco 41:06:16 03:19:17 00:15:00
22 41 Prohens (chl) Honda 41:27:15 03:40:16 -
23 49 Rodríguez (arg) Honda 41:27:27 03:40:28 -
24 19 Czachor (pol) Ktm 41:35:28 03:48:29 -
25 29 Caselli (usa) Ktm 41:47:44 04:00:45 03:20:00
26 92 Israel Esquerre (chl) Honda 41:54:48 04:07:49 00:27:00
27 31 Guasch (esp) Gas - Gas 42:06:52 04:19:53 -
28 131 Strange (aus) Honda 42:17:05 04:30:06 00:15:00
29 37 Curtis (zaf) Ktm 42:21:52 04:34:53 -
30 28 De Azevedo (bra) Ktm 42:27:22 04:40:23 00:15:00
31 43 Watt (gbr) Ktm 42:32:35 04:45:36 -
32 162 Forman (gbr) Ktm 42:35:04 04:48:05 -
33 52 Rios (per) Ktm 42:38:08 04:51:09 00:15:00
34 156 Smith (aus) Honda 42:51:19 05:04:20 00:15:00
35 87 Souvignet (fra) Yamaha 43:12:15 05:25:16 00:15:00
36 103 Patrao (prt) Suzuki 43:17:14 05:30:15 01:00:00
37 50 Salvatierra (bol) Honda 43:19:39 05:32:40 00:15:00
38 77 Cardona Vagnoni (ven) Yamaha 43:45:23 05:58:24 -
39 148 Van Gerven (nld) Ktm 44:33:44 06:46:45 -
40 62 Arredondo (gtm) Ktm 44:49:37 07:02:38 -
41 65 Pabiska (cze) Yamaha 44:57:22 07:10:23 00:15:00
42 82 Guindani (fra) Yamaha 45:05:43 07:18:44 00:15:00
43 119 Despontin (bel) Ktm 45:19:39 07:32:40 -
44 33 Campbell (usa) Honda 45:24:20 07:37:21 00:15:00
45 101 Waldschmidt (nam) Ktm 45:33:33 07:46:34 -
46 70 Demelchori (arg) Kawasaki 45:34:05 07:47:06 -
47 147 Van Pelt (nld) Honda 45:39:02 07:52:03 00:30:00
48 42 Prohens (chl) Honda 45:42:06 07:55:07 -
49 48 Liefhebber (nld) Ktm 45:43:12 07:56:13 -
50 89 Cummings (zaf) Honda 45:44:21 07:57:22 00:15:00
51 59 Carillon (fra) Ktm 45:47:02 08:00:03 -
52 168 Poskitt (gbr) Ktm 45:56:58 08:09:59 -
53 69 Payen (fra) Yamaha 46:12:25 08:25:26 -
54 83 Van Ginkel (nld) Ktm 46:23:52 08:36:53 -
55 146 Martens (nld) Ktm 46:33:52 08:46:53 -
56 111 Valero (esp) Yamaha 46:47:50 09:00:51 -
57 86 Gadioux (fra) Honda 46:58:01 09:11:02 00:15:00
58 72 Pascual (arg) Jincheng 47:03:43 09:16:44 -
59 196 Villarrubia (esp) Yamaha 47:08:29 09:21:30 00:15:00
60 137 Busquets (esp) Husqvarna 47:15:26 09:28:27 00:05:00
61 51 Pavey (aus) Husqvarna 47:25:40 09:38:41 00:15:00
62 100 Croquelois (fra) Yamaha 47:40:57 09:53:58 00:03:00
63 44 Bianchi Prata (prt) Husqvarna 47:41:22 09:54:23 01:30:00
64 154 Beaulé (can) Ktm 47:48:12 10:01:13 00:50:00
65 109 Saghmeister (srb) Ktm 47:51:36 10:04:37 00:05:00
66 115 Bollero (arg) Ktm 48:07:28 10:20:29 -
67 116 Borrell Gonzalez (esp) Ktm 48:11:40 10:24:41 00:15:00
68 108 Gabari (mar) Yamaha 48:24:06 10:37:07 00:15:00
69 159 Aguilar (slv) Ktm 48:30:09 10:43:10 00:20:00
70 192 Van Geel (nld) Ktm 48:44:23 10:57:24 00:02:00
71 56 Menard (fra) Yamaha 48:49:50 11:02:51 -
72 54 Cavelius (fra) Yam 48:55:58 11:08:59 -
73 164 Hirigoyen (fra) Ktm 49:18:52 11:31:53 -
74 84 Illanes (chl) Yamaha 49:30:15 11:43:16 00:02:00
75 88 Reinike (chl) Ktm 49:34:41 11:47:42 -
76 96 Cottet (che) Ktm 49:43:01 11:56:02 -
77 78 Eraso Anglade (ven) Yamaha 49:51:19 12:04:20 -
78 67 Snijders (nld) Honda 49:52:48 12:05:49 -
79 38 Zanotti (ita) Tm 49:56:35 12:09:36 00:15:00
80 47 Dabrowski (pol) Ktm 49:57:55 12:10:56 01:00:00
81 13 Farres Guell (esp) Honda 50:13:29 12:26:30 01:15:00
82 121 Serra Ripoll (esp) Yamaha 50:14:36 12:27:37 00:20:00
83 143 Smith (chl) Ktm 50:23:47 12:36:48 00:15:00
84 167 Ortiz (arg) Yamaha 50:24:36 12:37:37 00:15:00
85 107 Bounds (gbr) Ktm 51:34:08 13:47:09 00:20:00
86 149 Zahn (deu) Ktm 51:52:26 14:05:27 -
87 127 Boyer (fra) Honda 51:59:40 14:12:41 -
88 125 Kreidl (aut) Ktm 52:13:51 14:26:52 -
89 160 Cabrera (chl) Kawasaki 52:23:49 14:36:50 00:25:00
90 184 Moreno Kristiansen (col) Ktm 52:46:19 14:59:20 00:30:00
91 195 Zumaran (chl) Yamaha 52:51:56 15:04:57 00:31:00
92 158 Vellutino (per) Ktm 52:55:02 15:08:03 00:15:00
93 99 Mutelet (fra) Yamaha 52:56:13 15:09:14 00:20:00
94 97 Pythoud (che) Ktm 53:53:29 16:06:30 -
95 153 Mauri (ita) Yamaha 54:13:47 16:26:48 00:07:00
96 151 Beláustegui (arg) Yamaha 54:36:26 16:49:27 00:15:00
97 132 De Groot (nld) Yamaha 54:44:46 16:57:47 -
98 114 Amengual (arg) Yamaha 54:45:59 16:59:00 -
99 36 Sanz (esp) Gas - Gas 55:26:43 17:39:44 03:15:00
100 63 Lazard (ury) Yamaha 55:39:28 17:52:29 01:15:00
101 190 Sarmiento (col) Honda 56:55:57 19:08:58 00:15:00
102 53 Verhoestraete (bel) Sherco 56:57:17 19:10:18 04:15:00
103 141 Massador (fra) Honda 57:00:14 19:13:15 00:35:00
104 189 Saldarriaga (col) Ktm 58:11:07 20:24:08 00:31:00
105 155 Echeverri Mejia (col) Yamaha 59:52:46 22:05:47 01:45:00
106 39 Fish (aus) Huqsvarna 62:54:01 25:07:02 09:15:00
107 58 Puertas Herrera (esp) Gas Gas 64:12:56 26:25:57 03:00:00






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet