X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Superliga de Motocross

5ª etapa - Domingo - Indaiatuba - SP
Publicado em: 10/07/2011

Jorge Balbi (MX Pró), Adam Chatfield (MX2) e Thiago Formehl (MX Júnior) confirmaram favoritismo e terminaram com título da temporada
Redação MotoX.com.br - Texto: Malu Souza/ Maurício Arruda - Fotos: Maurício Arruda


Largada primeira bateria MX2

Com dia perfeito e a batalha por mais três títulos chegou ao fim no Centro de Lazer Off-road, anexo à Honda, em Indaiatuba (SP), a temporada 2011 da Superliga Brasil de Motocross. A decisão nas categorias em jogo neste domingo, 10, pegou fogo e mostrou a mesma qualidade apresentada na competição durante todo o campeonato. Apesar disso, nos resultados finais não houve nenhuma grande surpresa, já que os líderes das categorias se aproveitaram da vantagem conquistada ao longo do ano para fazer provas tranquilas e sem muito risco. Para começar, o mato-grossense Thiago Formehl confirmou o título na MX Júnior, após um quinto lugar. O inglês Adam Chatfield arrancou a taça dos brasileiros ao vencer a primeira bateria da MX2 e terminar em terceiro na seguinte. E, finalmente, Jorge Balbi Júnior com um primeiro e um segundo lugar nas baterias de hoje, terminou o campeonato na frente.

Veja também:
- 6 Vídeos com os melhores momentos da etapa final na MotoX TV
- Galeria de imagens do domingo
- Galeria de imagens do sábado

A Superliga Brasil é um dos campeonatos mais recentes criados no país e mesmo assim, já conta com grande prestígio entre pilotos, equipes e também entre o público. Esta é apenas a segunda temporada da competição, um grande sucesso que contou com a participação dos principais pilotos do país, além de sete estrangeiros.


Thiago Formehl - Campeão da Júnior

Com o título da temporada praticamente nas mãos, o mato-grossense Thiago Formehl não precisou de muito esforço na bateria da MX Júnior. Mesmo terminando com o quinto lugar, após sofrer duas quedas durante a bateria, manteve a liderança do campeonato e levantou a taça. Após muitas mudanças na liderança, a vitória na prova ficou com o paranaense Pedro Bueno que fez uma bela corrida deixando para trás adversários de peso. Gustavo Henn, que também vinha com bons resultados e com chance de título, foi o segundo colocado na bateria, seguido por Kaio Miranda e Gustavo Souza.


Pepê Bueno

No pódio do campeonato, Formehl teve a companhia de Gustavo Henn que faturou o segundo lugar. O jovem paulista Kaio Miranda terminou em terceiro na classificação final, seguido por Gustavo Souza e Fábio Santos. "Machuquei o ombro em Chapecó (SC) - terceira etapa da temporada - e hoje o bati em um dos tombos, ficou doendo bastante. Correr sem precisar da vitória também é difícil", analisou Formehl.


Adam Chatfield - Campeão da MX2

A primeira bateria da MX2 começou eletrizante. O líder da classe, o inglês Adam Chatfield disparou na frente e logo abriu uma boa vantagem para o venezuelano Humberto Martin, segundo colocado. Jean Ramos, que largou em terceiro passou a pressionar o adversário até assumir a vice-liderança. Quem não fez uma boa largada foi Hector Assunção, mas como já aconteceu em outras ocasiões, o paulista fez uma excelente prova de recuperação e começou a brigar pelo segundo posto com Jean. Mesmo assim, o paranaense conseguiu segurar bem a posição terminando com o segundo lugar. Hector foi o terceiro com Rafael Faria e Humberto Martin logo atrás.

Na segunda prova, Chatfield não se preocupou em vencer já que se completasse a prova até na oitava colocação já ficaria com o título independente do resultados de seus concorrentes. O inglês largou com uma posição bastante confortável, alcançou o terceiro lugar e se manteve nele até a bandeirada, deixando o caminho livre para Hector vencer. O paulista fez uma corrida muito forte e não permitiu a aproximação do segundo colocado Jean Ramos. No final o resultado foi: Hector, Jean, Chatfield, Rafael Faria e Humberto Martin.


Hector Assunção

"Na primeira bateria tive problemas com a embreagem, o regulador soltou. Já na segunda prova larguei entre os primeiros e consegui a liderança rápido, mantendo um bom ritmo, mas para ficar com o título dependia do resultado do Adam", esclareceu Hector.

A categoria foi uma das mais equilibradas durante a temporada. Mesmo com a participação de grandes talentos nacionais o inglês já começou a disputa dando trabalho. Totalmente adaptado às pistas brasileiras, e até mesmo à torcida, ele comemorou bastante o título ao final da bateria. Com um ótimo desempenho ao longo da temporada, Hector terminou com o vice-campeonato, com Jean, Rafael e Humberto na sequência.

"Corri pensando na matemática", explicou o campeão Adam Chatfield, que aproveitou a vantagem na pontuação para andar em um ritmo tranquilo na segunda bateria. "Estou bastante feliz, meu último título foi na categoria oitenta, na Inglaterra", contou o piloto que garantiu a terceira conquista da equipe IMS Racing, que também foi campeã da MX3 e Júnior.


Jorge Balbi - Campeão da MX Pró

A categoria MX Pró chegou para o evento decisivo com apenas dois pilotos brigando pelo título. Os protagonistas na principal categoria do campeonato foram Jorge Balbi Júnior e o costarriquenho Roberto Castro. A disputa final seria mais intensa se contasse com mais concorrentes, mas a ausência de importantes pilotos ao longo do ano desfalcou a decisão. Swian Zanoni este ano se dedica à temporada do Mundial de Motocross. Depois disso, Wellington Garcia e Leandro Silva tiveram que se afastar por conta de lesões e, na última semana, também machucado, quem deixou a briga pelo título foi o atual campeão João Paulino ‘Marronzinho’.

A primeira bateria de hoje confirmou o favoritismo de Balbi. Roosevelt Assunção que seguia Balbi na segunda posição cometeu um erro e acabou no chão deixando o posto para Anderson Cidade. Balbi, porém, não permitiu a aproximação do adversário e disparou na frente, sem grande problemas para vencer. "Nunca é tranquilo, sempre há bastante responsabilidade. Quando andamos na frente não queremos cometer erros. Fiz uma boa largada e isso foi importante", disse Balbi ao final da bateria. Roberto Castro não começou bem, mas fez uma excelente prova de recuperação e conseguiu terminar com o segundo posto. Cidade também se manteve bem e cruzou a linha de chegada em terceiro, Luis Correa e Dudu Lima completaram o pódio.

Gabriel Gentil e Roberto Castro dividiram a ponta na largada da segunda bateria. Balbi largou na sexta colocação, mas pouco a pouco, o mineiro foi assumindo outras posições e chegou à vice-liderança. Dudu Lima que também fazia uma bela prova ocupava o terceiro lugar. Depois disso, Castro conseguiu se manter à frente com uma grande vantagem para os demais. Porém, como não tinha nenhuma pressão para vencer, Balbi assumiu o segundo posto e administrou a posição até o final, pois ela já lhe garantia com folga a vitória no campeonato. Bem mais atrás, Dudu Lima completou em terceiro lugar, com o argentino Luis Correa em quarto e João Feltz em quinto.


Roberto Castro

"Apesar de não ter largado muito bem, consegui fazer uma boa prova. Saiu um peso do tamanho do mundo das minhas costas, por pressão minha mesmo, pelo erro que cometi na última etapa. Ainda bem que deu tudo certo", declarou Balbi.

Vencedor da prova, Roberto Castro também comemorou o segundo lugar na classificação geral. "Larguei na ponta e aí foi só administrar a prova. Estava com um ritmo bom. Nos últimos minutos fiquei sem freio traseiro, mas consegui segurar", comentou. Depois dele, terminaram na classificação final Marronzinho, Dudu Lima e João Feltz.

Na tarde de ontem, mais duas categorias foram decididas. Enzo Lopes faturou o título da 65cc e Cristiano Lopes terminou com a liderança da MX3. Antecipadamente, já na quarta etapa, Milton ‘Chumbinho’ Becker conquistou o troféu da MX4. Este é o 15º título nacional do piloto.

Resultados


P. No. PRÓ (GERAL) Pt 1 2. Sponsor
1 191 Roberto Castro 47 22 25 Dunas, Brasil Racing, Honda
2 3 Jorge Balbi 47 25 22 Pro Tork, 2b Racing, Kawasaki, Mobil, Mart Plus, Race Tech
3 338 Eduardo Lima 36 16 20 Vaz, Kawasaki, Rinaldi, Ims, Motul
4 523 Luis Correa 36 18 18 Kawasaki, Fbr
5 555 Marcelo Disetti 30 15 15 Circuit
6 224 João Feltz 28 12 16 Yamaha, Grupo Geração, Mormai, Didapel, Rg3, Destak Transportes
7 84 Gustavo Amaral 28 14 14 Mirax, Honda, Red Dragon, Motul, Stocovich, Neyfa, Impacto Mkt, Style Grafx, Irrigaçã
8 57 Massoud Nassar 23 10 13 Flying Racing, Pirelli
9 9 Kaian Teixeira 22 11 11 Circuit
10 20 Anderson Cidade 20 20 0 Yamaha, Grupo Geração, Usa Imports, Tbt, Dipapel, Racer, Mormaii
11 903 Juan Aguilar 19 7 12 Pro Tork, Kawasaki, 2b Racing
12 46 Richard Bermudez 16 6 10 Yamaha, Grupo Geração, Granola Whey, Fundesporte, Academia Racer, Dipapel
13 268 Rafael Arruda 13 4 9 Dutrafer
14 4 Roosevelt Assunção 13 13 0 Honda, Fox, Mobil, Pirelli
15 2 Milton Becker 9 9 -- Tbt, Kawasaki
16 31 Gabriel Gentil 8 8 0 Honda, Mx Partz, Tbt, Mr Pró, Destak, Shift
17 252 Gabriel De Oliveira 5 5 0 Circuit
18 911 Rene Rodrigues 3 3 -- Água Poá, Kbça Racing
19 223 Ademir Todeschini 0 0 -- Expreso Sul, Cetric, Primavera Imóveis, Wa Transportes, Shark
P No. MX2 (GERAL) Pt 1 2 Sponsor
1 30 Hector Assunção 45 20 25 Honda, Fox, Pirelli, Mobil, Dici, Ville Sport, Mx Personal, Ss Preparações
2 407 Adam Chatfield 45 25 20 Ims, Honda, Ipiranga, Pirelli
3 18 Jean Ramos 44 22 22 Honda, Mobil, Pirelli, Jmr Escola De Motocross, Asw, Oakley, Pro Taper, Riffel, Poliesp
4 116 Rafael Faria 36 18 18 Brasil Racing, Honda, Pirelli, Motul, Vaz, Serginho Suspensão, Mobidick, Orbital, Thor
5 101 Humberto Martin 32 16 16 Mr Pró, Neyfa, Shift, 5inco, Pirelli, Mobil
6 317 Carlos Franco 28 15 13 Pro Tork, Veterinária Pontelli, Grupo Serrano
7 38 Marcelo Lima 27 12 15 Vaz, Kawasaki, Rinaldi, Ims, Motul
8 83 Anderson Amaral 24 10 14 Mirax, Honda, Motul, Red Dragon, Motul, Stocovich, Neyfa, Impacto Mkt, Style Grafx, I
9 22 Rodrigo Rodrigues 23 11 12 Circuit, Honda
10 172 César Zamboni 20 9 11 Mastter Moto Honda, Prefeitura De Juina
11 112 Endrews Armstrong 18 8 10 Dunas, Honda, Brasil Racing, Pirelli, Motul, Vaz, Thor, Dragon, Flly, Orbital, Serginho
12 913 Marcos Moraes 16 7 9 Ipiranga, Honda, Ims
13 36 Thales Vilardi 14 14 0 Motul, Pireli, Stam, Vitaminade, Oxtar, Orbital, Mx Tech, Motogp Race Care
14 931 Rafael Zenni 13 13 0 Honda, Ims, Zenni Preparações, Polispor, Pirelli, Evs
15 221 Everaldo Lima 11 3 8 Sixsixone, One, Fmf, Delleste, Osner
16 916 Gabriel Zenni 8 2 6  
17 111 Marcus Ribeiro 7 0 7 Mastter Racing, Lider Fm
18 934 Caio Fernandes 6 6 0 Skf Do Brasil, Stocovich, Crossracing, Pista Do Alemão, Neyfa
19 188 Denner Alves 5 0 5 Pho, Filé Preparações, Ims, Pharma Atual, Roda Center, General Motos, Colégio Tobias
20 194 Marcelo De Souza 4 0 4 Dablio, Brag Moto, Papalegua, Godói Racing
21 993 Deni Marques 5 5 0 Brasil Racing, Rapozao Racing
22 16 Gustavo Takahashi 4 1 3 No Bangs!
23 51 Hugo Amaral 4 4 0 Mastter Moto, Honda, Asw, Saga Veículos, Win Academia, Color Press
24 321 Sandro Bueno 0 0 0  
25 958 Fábio Lobo 0 0 0 Lobo Som
26 771 José Roberto 0 0 -- Fabricando Pilotos, Circuit
Pl Júnior Equipe Moto V Diff M V
1 7 Pedro Bueno Dunas, Brasil Racing, Honda Hon 11 23:46.114 02:17.08
2 19 Gustavo Henn Móveis Henn, Tbt, Halley Gra Hon 11 00:12.583 02:18.56
3 4 Kaio Miranda Motul, Red Dragon, Oakley, M Hon 11 00:22.820 02:20.91
4 17 Gustavo De Souz Honda, Fox, Pirelli, Mobil, Sco Hon 11 00:37.431 02:18.43
5 95 Thiago Formhel Honda, Pref. De Sorriso, Mr P Hon 11 00:40.775 02:19.13
6 191 Diego Henning Mastter Moto, Honda Do Bra Hon 11 00:43.618 02:21.04
7 14 Gabriel Carbone Honda, Mx Parts, Mr Pro, Ims, Hon 11 00:59.664 02:23.08
8 170 Patrick Abreu Circuit, Fabricando Pilotos Hon 11 01:02.802 02:25.04
9 87 Fábio Dos Santos Mrp, Box 18 Ktm 11 01:03.452 02:22.49
10 199 Kioman Munoz Rinaldi, Sysdata, Vulcano En   11 01:08.005 02:23.97
11 13 Julio Chehouvan Neyfa, Fk Racing, Portal Do S Hon 11 01:26.440 02:24.53
12 2 Stefany Serrão Motul, Neyfa, Valflex, Stoco Hon 11 01:43.316 02:28.29
13 102 Djalma De Brito Kawasaki, Red Nose, Pirelli, M Kaw 11 02:11.696 02:30.02
14 45 Leonardo De Sou Ct Leandro Silva, Pref. De Ca Hon 10 10 Laps 02:31.00
15 68 Guilherme De Ca Ct Leandro Silva, Mx Parts Hon 10 00:00.939 02:33.97
16 298 Yan Machado Real Moto Peças, Panif. Real Hon 10 00:40.507 02:35.94
17 341 Carlos Lisboa General Motos, Rk5, Mx Park, Hon 10 00:43.036 02:39.52
18 113 Arthur Todeschi Expresso Sul Transp., Shark Ktm 10 01:07.160 02:37.06
19 9 Marcelo Jr Ct Leandro Silva, Mx Parts Hon 10 01:08.609 02:42.69
20 818 Yuri Campello Familia Ktm 10 01:30.289 02:44.45
21 11 Felipe De Souza Sec. De Esportes São José R Hon 9 9 Laps 02:44.32
22 222 Marcio Junior Kut Ko Kaw 9 00:22.528 02:52.33
23 219 João Machado Jrc Machado Hon 9 00:47.235 02:47.25
24 96 André Silva Lealro Construções, Lem Mo Yam 9 02:12.015 02:48.51
25 299 Thiago Germino Fabricando Pilotos, Circuit Hon 9 02:18.422 02:55.05
26 211 Guto   Hon 9 03:24.914 03:11.33
27 74 Guilherme Luque L.a. Imports Hon 8 8 Laps 03:09.09






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet