X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Cross Country

Catarinense de Cross Country - 1ª etapa - Brusque - SC
Publicado em: 13/04/2011

Marlon Olsen venceu a categoria principal. Prova teve mais de 200 inscritos
Redação MotoX.com.br - fotos: Elton Souza - Pro tork


Marlon Olsen

A cidade de Brusque sediou neste fim de semana, dias 9 e 10, a abertura do Pro Tork Catarinense de Cross-Country. Gates cheios, disputas acirradas e muita diversão marcaram o evento realizado na Fazenda Schwamberger, no bairro Rio Branco. Alexandro Carvalho, Leonardo Battisti Archer, Deivison Ramos Vargas, Marlon Olsen, João Carlos Ferretti, Tiago Hort e Alisson Cesar Dutra foram os grandes campeões da etapa.

“O campeonato iniciou com força total. Tivemos mais de 200 pilotos inscritos e cerca de 2 mil pessoas prestigiaram as provas. Foi um verdadeiro sucesso, todos aprovaram esta nova fase do Catarinense de Cross-Country. Estamos muito contentes, a temporada promete”, afirmou o diretor da Federação Catarinense de Motociclismo, Osmar Reinert.


Leonardo Battisti Archer

As disputas


João Carlos Ferretti
Rodrigo Linkon Montagna foi o melhor na largada da Intermediária Nacional, mas foi João Carlos Ferretti quem assumiu a ponta ainda nos primeiros minutos. O piloto imprimiu um ritmo forte até a última volta, quando caiu e perdeu a posição para Alexandro Carvalho, que recebeu a bandeira quadriculada e comemorou a vitória. “Larguei em quinto e fui buscando até conseguir. Estou muito feliz, espero brigar pelo título”, exaltou Carvalho.

Richard Henrique Sell saiu na frente na disputa da Intermediária Especial, porém, logo foi ultrapassado pelo piloto Eduardo Appel. Com uma tocada forte, Leonardo Battisti Archer surpreendeu os adversários e alcançou o primeiro lugar, mantendo a posição até cruzar o arco de chegada. “Fiquei surpreso com o resultado, o esporte é meu hobby, participo de corridas para me divertir”, disse o vencedor.

Caiu o gate da Street e quem levou a melhor foi o competidor Anderson Andre da Silva. Deivison Ramos Vargas alcançou a primeira posição na segunda volta, mas a perdeu na volta seguinte para Marcio Kuhnen. Inspirado, Deivison correu atrás do prejuízo e conquistou a vitória com boa vantagem sobre os concorrentes. “Sou apaixonado por velocidade, estou muito forte e espero alcançar a taça neste ano”, comentou Deivison.


Tiago Hort - foto: Nei Pontes


Alisson Dutra
Na XC3 e Especial, disputadas juntas, Adenir Giovani da Veiga largou em primeiro, porém, perdeu a posição para Marlon Olsen. O piloto disparou na liderança e não deu chance de ultrapassagem aos adversários. “Vim para ganhar ritmo e me divertir, já que meu foco em 2011 é o Campeonato Brasileiro de Motocross e a Superliga. Estou voltando após 10 anos parado, não é fácil, mas acredito que estou me saindo bem”, contou Olsen.

Já na Nacional B, João Carlos Ferretti dominou a corrida do início ao fim. “Fiz uma boa largada e abri vantagem, mas minha moto começou a apresentar problemas, então, tive que diminuir a velocidade. Quando vi o segundo colocado se aproximar decidi arriscar e acelerar novamente, e deu certo. Estou bastante contente, gostaria de agradecer aos meu patrocinadores”, explicou.

Tiago Hort fez a melhor largada na XC2, o piloto chegou a perder a liderança, contudo, conseguiu recuperar a ponta e comemorou a vitória. “A chuva atrapalhou um pouco a prova desta categoria. A pista ficou escorregadia e caí duas vezes, sendo ultrapassado. Minha sorte é que meu principal adversário também caiu e eu consegui garantir o primeiro lugar”, afirmou Hort.


Alexandro Carvalho


Deivison Ramos Vargas
Lionardo Silveira saiu na frente na Nacional A. Já na segunda volta, Alisson Cesar Dutra assumiu a primeira posição. Faltando cinco minutos para o fim, a prova foi interrompida após um acidente com dois retardatários. Felizmente, nada grave aconteceu e a disputa reiniciou. A cena se repetiu, Lionardo largou na ponta e logo foi ultrapassado por Alisson, que venceu. “Espero conquistar o bicampeonato”, exaltou.

Na mais aguardada prova do dia, a XC1, Marlon Olsen deu novo show de pilotagem e garantiu a vitória. Luciano de Oliveira foi o melhor na largada, mas Marlon pressionou o piloto e não demorou a ultrapassá-lo. “Não esperava conquistar duas vitórias neste fim de semana. Fiquei feliz por subir ao lugar mais alto do pódio e também por rever amigos e me divertir”, finalizou o campeão.

Mais fotos do evento podem ser conferidas no site: www.apuracaocross.com.br.

Confira os resultados:

Intermediária Nacional
1) Alexandro Carvalho (São João Batista)
2) Rodrigo Linkon Montagna (Itajaí)
3) Evandro Contesini (Brusque)
4) Marcos Roberto Lang (Brusque)
5) Ruan Carlos Ferrretti (Ilhota)

Intermediária Especial
1) Leonardo Battisti Archer (Ilhota)
2) Eduardo Appel (Brusque)
3) Gilmar Schwamberger (Brusque)
4) Richard Henrique Sell (Rancho Queimado)
5) Douglas de Souza (São João Batista)

Street
1) Deivison Ramos Vargas (São João Batista)
2) Adriano Heil (Ilhota)
3) Marcio G. Kuhnen (Brusque)
4) Anderson Andre da Silva (Ilhota)
5) Jonatan Zanca (Botuverá)

XC3 Nacional e Especial
1) Marlon Olsen (Balneário Camboriu)
2) Helcius Zimmermann (Brusque)
3) Adenir Giovani da Veiga (Indaial)
4) Luzenir Jose Cardoso Filho (Imbituba)
5) Gilmar Schwamberger (Brusque)

Nacional B
1) João Carlos Ferretti (Gaspar)
2) Alisson Cesar Dutra (Brusque)
3) Leandro Lima (Itajaí)
4) João Peixe Neto (Major Gercino)
5) Maicon da Silva (Brusque)

XC2
1) Tiago Hort (Brusque)
2) Felipe da Costa Wermuth (Rio Negrinho)
3) Loandro Roger Anton (Rio Negrinho)
4) Jeronimo Cesar Barbieri Filho (Gaspar)
5) Osni Martinho Clemente Filho (Itajaí)

Nacional A
1) Alisson Cesar Dutra (Brusque)
2) Alexandre Ferrette (Ilhota)
3) João Carlos Ferretti (Gaspar)
4) Alexandro Carvalho (São João Batista)
5) Carlos Alberto Schnaider Filho (Itajaí)

XC1
1) Marlon Olsen (Balneário Camboriu)
2) Luciano de Oliveira (Jaraguá do Sul)
3) Tiago Hort (Brusque)
4) Loandro Roger Anton (Rio Negrinho)
5) Felipe da Costa Wermuth (Rio Negrinho)






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet