X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Rondônia

7ª etapa - Rondoniense de Motocross - Jaru - RO
Publicado em: 29/09/2010

Hugo Amaral amplia liderança da MX2 que contou com vitória de Wellington Garcia
Redação MotoX.com.br - Com informações e fotos de Chico Limeira 


Pódio da MX2 vencida por Wellington Garcia

O Amazon Park, em Jaru (RO), foi o palco da sétima etapa do Rondoniense de Motocross 2010, com uma das corridas mais fortes da temporada, onde o campeão Brasileiro de 2009 na classe MX2, Wellington Garcia, ditou o ritmo da principal categoria. Quem também se deu bem, foi o piloto Hugo Amaral, líder da pontuação da MX2, que ampliou para dez pontos a sua vantagem sobre Marco Túlio, seu concorrente direto ao título, que agora tem apenas mais uma rodada para reverter a situação.


Hugo Amaral
Como era esperado, o evento teve como ponto alto, a disputa da categoria MX2, onde cinco pilotos andaram num ritmo intenso, tornando a corrida ainda mais empolgante. A presença de Wellington Garcia, aliada à briga acirrada pelo título de 2010, foram ingredientes para uma prova repleta de emoções. Depois de estabelecer o melhor tempo nos treinos classificatórios, Wellington Garcia não largou bem na primeira bateria e ainda sofreu uma queda, ficando na última posição. César Zamboni largou na frente, com Marco Túlio em segundo, Hugo Amaral na terceira posição e Cândido Chagas em quarto. 

Na briga direta pelo título, Hugo forçou para cima de Marco Túlio, que já na segunda metade prova sentiu a pressão e caiu. Mesmo perdendo várias posições, se recuperou rapidamente, terminando na quinta colocação, enquanto Hugo Amaral também enfrentava problemas com sua máquina, lutando muito para sustentar a terceira posição. Já Wellington Garcia, num ritmo bem acima dos demais, tirava em média, três segundos por volta, atá superar Zamboni e finalizar a bateria na primeira colocação. 


Diego Ferrari


Artur Gabriel
Já na segunda bateria, Wellington Garcia largou bem e assumiu a dianteira logo no início, para vencer a prova de ponta a ponta e colocando uma volta sobre o terceiro colocado. Precisando de uma boa colocação para não perder contato com o líder, Marco Túlio errou na largada e caiu para as últimas posições, tendo de fazer uma corrida de recuperação, para terminar em quatro lugar. Hugo Amaral, mesmo correndo com sua moto reserva, largou em terceiro e manteve a posição até a bandeirada, continuando firme na liderança do campeonato. 

Na prova com o maior número de pilotos na pista, a disputa da Força Livre Nacional também foi uma das mais emocionantes do dia, com as constantes variações nas primeiras posições. A primeira bateria, realizada ainda pela manhã, foi marcada por muitos tombos e trocas de lideranças. Logo nas primeiras voltas, Victor "Vitim" Carlos assumiu a dianteira, com Diego Ferrari em sua cola, enquanto João Roberto, se recuperando de uma queda, encosta no segundo pelotão formado por Talles Rodrigues, Walcenir “Leitão” Montes e Jackson Bernardino.

Após algumas quedas, Vitim tem problemas com sua moto e perde algumas voltas, o mesmo acontecendo com Diego. Com isto, Jackson que já era o terceiro, assume a liderança e se mantém até a penúltima volta, quando por um azar tremendo, perde o traçado e acaba na lama, ficando fora da corrida. Diego Ferrari voltou à liderança e venceu, com João Chagas em segundo, Talles em terceiro, Leitão em quatro. 


Evandro Bucioli

Na segunda bateria, com a pista seca, Vitim largou na ponta e liderou até o final, com Diego Ferrari em segundo, João Chagas em terceiro, Talles em quarto e Leitão em quinto. Apesar de vencer a segunda bateria, Vitim ficou apenas na sexta colocação geral e perdeu a liderança do campeonato para Ferrari, que chegou aos 266 pontos, contra 258 de Vitim. 


Diego Henning
Correndo junto com a MX2, os veteranos da MX3 fizeram uma prova bastante acirrada, com Evandro Bucioli levando a melhor e assegurando mais uma vitória. Flávio Brito foi o segundo colocado, com Nidval Amaral na terceira colocação. Itamar Tadeu garantiu a quarta posição, com Valter Tim em quinto e o líder da categoria, Jean Carlos, que enfrentou problemas durante a prova, na sexta colocação. Com o resultado, Jean manteve a liderança, mas agora tem Nidval bem próximo e Evandro, que também entrou na disputa pelo título e promete dar mais um show na final, em Alvorada do Oeste.

Na disputa da categoria MX Estreantes, a ausência do até então líder na pontuação Hérico Flores, deixou a briga mais acirrada, onde o garoto Artur Gabriel andou na frente, com Vitor Ferreira na segunda posição e Nidval Amaral em terceiro. Com os resultados da etapa a pontuação ficou ainda mais embolada na corrida pelo título, com Nidval Amaral chegando aos 123 pontos e assumindo a ponta da tabela. Seguindo o líder de perto, Artur Gabriel conta com 118 pontos, enquanto Hérico Flores caiu para a terceira posição, mantendo os 117 pontos. Também na briga pelo titulo está Vitor Ferreira, quarto colocado com 115 pontos, levando a decisão para a última etapa, nos próximos dias 16 e 17 de outubro.

Líder absoluto da categoria 85cc, o piloto Diego Henning garantiu mais uma brilhante vitória, conquistando por antecipação o título de campeão 2010 da categoria. Com a ausência na prova do vice líder, Gabriel Caiam, que fraturou a perna durante os treinos ainda no início da semana, Dieguinho já entrou na pista com o título assegurado, mas mesmo assim manteve os 100% de aproveitamento na temporada, com mais esta vitória. Aos 14 anos de idade, Dieguinho é mais um representante de Rondônia na Superliga de Motocross, onde vem conquistando excelentes classificações. 


Lucas Belém

Garantindo a sétima vitória, em sete etapas disputadas na temporada, o pequeno Lucas Belém também sagrou-se campeão por antecipação do Estadual 2010, na categoria 65cc. O piloto chegou aos 175 pontos na classificação geral, contra 128 de Mateus Zilli e 122 de Mateus Euclides, o terceiro colocado. Na prova de Jaru, as demais posições foram ocupadas por Zilli em segundo, Mateus Euclides em terceiro, Leandro da Silva em quarto e Igor Vasconcelos completando o pódio na quinta colocação.


Público lotou as arquibancadas do circuito montado no Amazon Park, em Jaru
O presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR), Reinaldo Selhorst, elogiou bastante o espetáculo proporcionado pelos pilotos, assim como o empenho dos promotores locais do evento, Jhonson Paixão e grupo Rondomotos, que não mediram esforços para que a competição acontecesse com sucesso total. No entanto, Reinaldo lamentou a ausência do prefeito de Jaru, Jean das Muletas, que se negou a colaborar com a grande festa popular e esportiva. Devido a falta de apoio da atual administração municipal, Selhorst adiantou que infelizmente, Jaru estará fora do calendário 2011 do Estadual de Motocross.

A 7ª Etapa do Campeonato Estadual de Motocross 2010 é uma realização da Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR), com promoção local do piloto Jhonson Paixão e grupo Rondomotos, apoio Ministérios dos Esportes, Petrobras, Eletrobras, Honda do Brasil, senador Acir Gurgacz, Mega Bom Sorvetes, Ciclo Cairu, Lind’água, Cairu Transportes e Castilhos Estruturas Metálicas.

Resultados:

65cc
1º - 444 - Lucas Belém - Vilhena
2º - 17 - Mateus Zilli - Vilhena
3º - 71 - Mateus Euclides - Porto Velho
4º - 171 - Leandro da Silva - Buritis
5º - 172 - Igor Vasconcelos - Buritis

85cc
1º - 191 - Diego Henning - Porto Velho
2º - xx - Eduardo Alecrim - Porto Velho
3º - 444 - Lucas Belém - Vilhena
4º - 17 - Mateus Zilli - Vilhena
5º - 13 - Yhan Rocha - Porto Velho

MX Estreantes
1º - 717 - Artur Gabriel - Ouro Preto do Oeste
2º - 43 - Vitor Ferreira - São Miguel do Guaporé
3º - 10 - Nidval Amaral - Ji-Paraná
4º - 81 - Mailson Evandro - Porto Velho
5º - 77 - Itamar Tadeu - Cacoal

Força Livre Nacional
1º - 961 - Diego Ferrari - Espigão do Oeste
2º - 39 - João Roberto Chagas - Santa Luzia do Oeste
3º - 23 - Talles Rodrigues - Ariquemes
4º - 102 - Walcenir Montes - Rolim de Moura
5º - 171 - Eli Júnior - Buritis

MX3
1º - 27 - Evandro Bucioli - Rolim de Moura
2º - 723 - Flávio de Brito - MS
3º - 10 - Nidval Amaral - Ji-Paraná
4º - 77 - Itamar Tadeu - Cacoal
5º - 959 - Valter Tim - Porto Velho

MX2
1º - 21 - Wellington Garcia - Jaru
2º - 981 - César Zamboni - Juina - MT
3º - 57 - Hugo Amaral - Porto Velho
4º - 1 - Marco Túlio - Ariquemes
5º - 93 - Cândido Chagas - Rolim de Moura






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet