X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Rondônia

5ª etapa - Rondoniense de Motocross - Machadinho do Oeste - RO
Publicado em: 13/09/2010

Hugo Amaral vence prova com o maior público da temporada em Rondônia
Redação MotoX.com.br - Com informações e fotos de Chico Limeira 


Hugo Amaral


Evandro Bucioli
A cidade de Machadinho do Oeste, RO, registrou no primeiro final de setembro o maior público desta temporada do Campeonato Rondoniense de Motocross. Segundo os organizadores cerca de 10 mil pessoas prestigiaram o evento válido pela quinta rodada da competição estadual, onde Hugo Amaral finalizou o dia como destaque conquistando a vitória na classe MX2, a principal entre as seis em disputa.

A pista do motódromo Jair Roberto Siconi foi reformulada, e os treinos marcaram o primeiro contato com o traçado, momento onde os competidores buscaram assimilar as novidades. A prefeitura municipal, em parceria com o grupo Rondomotos, deu o suporte necessário para que a Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR) realizasse uma prova de alto nível.

Na disputa da categoria MX2, a elite do motocross de Rondônia, nem um problema físico impediu o bom desempenho de Hugo Amaral. Na primeira bateria, disputada em uma pista preparada com muitos obstáculos, Hugo superou uma lesão na clavícula andando em ótimo ritmo. Ultrapassando Marco Túlio, o piloto de Porto Velho venceu a primeira batalha. Quando César Zamboni também aproximou-se de Túlio, teve problemas mecânicos que lhe tiraram da disputa. 


Cerca de 10 mil pessoas acompanharam as provas


Diego Ferrari
Na segunda bateria Zamboni recuperou-se em grande estilo, abrindo vantagem até a vitória. Marco Túlio e Hugo Amaral mantiveram o mesmo ritmo, repetindo a briga da prova inicial. Dessa vez a vantagem foi de Marco Túlio, após algumas trocas de posição ele conquistou o posto definitivamente. Hugo tentava recupera o posto quando caiu perdendo segundos preciosos. Apesar de ainda se aproximar do adversário, não conseguiu mais a posição. No entanto o terceiro lugar foi suficiente para a vitória de Hugo Amaral na geral da etapa.

O resultado mexeu na tabela de classificação do campeonato, com Marco Túlio reassumindo a liderança, apenas quatro pontos à frente de Hugo Amaral. Zamboni, que até esta etapa liderava o campeonato, ficou apenas com a oitava colocação no evento, caindo para terceiro na tabela.

Correndo junto com a MX2, 12 pilotos acima dos 35 anos, formaram a categoria MX3, onde foi travado um duelo bastante acirrado. Evandro Bucioli levou a melhor, sendo o mais rápido na soma das duas baterias. Jean Carlos garantiu a ponta na primeira bateria, mas não repetiu a performance na segunda, ainda assim terminou a etapa com o segundo lugar. Aparício Paixão, Elias Marinho e Douglas Amaral completaram os melhores da etapa. 


Diego Henning

Na disputa da categoria Força Livre Nacional, outro bom duelo: o líder Victor Carlos, Diego Ferrari e Jackson Bernardino protagonizaram as disputas. Na primeira bateria Diego Ferrari largou na ponta com Vitim forçando o ritmo e assumindo a liderança logo nas primeiras voltas. Contudo na metade da corrida, a moto de Vitim apagou, e Ferrari seguiu na frente até a bandeirada final. Na segunda bateria Diego Farrari largou na frente, mas Vitim fez a ultrapassagem garantindo a vitória. Jackson Bernardino, Eli Júnior e Robson Rocha foram terceiro, quarto e quinto colocados. João Chagas, um dos favoritos, caiu na primeira bateria e terminou a etapa em oitavo, se distanciando da liderança do campeonato.


Lucas Belém
Na disputa da categoria 85cc, a briga foi um pouco mais acirrada. Diego Henning conquistou a vitória, mesmo seguido de perto por Gabriel Caiam. Após ficar fora da última etapa, Eduardo Alecrim marcou sua volta com um ritmo bastante forte, garantindo a terceira posição. A prova marcou ainda a estreia de Lucas Belém, pilotando sua nova moto. Apesar dos 10 anos, Luquinhas mostrou que tem pulso firme para andar num ritmo bem próximos dos três primeiros colocados da categoria. Com esta vitória Diego Henning ficou muito próximo de garantir o título da temporada por antecipação.

Reunindo total de nove motos, a categoria 65cc, com pequenos pilotos na faixa dos 6 aos 10 anos, foi bastante prestigiada pelo público. O vilhenense Lucas Belém, líder absoluto da categoria, logo nas primeiras voltas passou para a primeira posição onde finalizou a prova. Com isto o bicampeonato ficou praticamente garantido com três provas de antecedência. Matheus Zilli, poderia completar em segundo, mas teve problemas com sua moto e abandonando a corrida. Mateus Euclides chegou em segundo, com Igor Vasconcelos em terceiro, Leandro Silva em quarto e Leandro Kunrath em quinto. 


Pódio MX2


Hérico Flores
Voltando as pistas após dois anos afastado, devido a um acidente, o piloto Douglas Amaral "Banana" 149 (Bizarelo), marcou duelo acirrado com o aguerrido Hérico Flores na categoria MX Estreante. Hérico largou bem com Arthur Gabriel ocupando o segundo lugar. Na metade da prova Banana encostou e assumiu a vice-liderança, passando a pressionar Hérico. Mas a falta de ritmo prejudicou Banana, que ainda assim finalizou a corrida comemorando bastante o retorno com a segunda colocação. Hérico venceu mais uma e isolou-se na liderança da categoria.

Reinaldo Selhorst, presidente da FMR, destacou que a cada prova a disputa pelos títulos fica mais emocionante. O dirigente também enalteceu o empenho de todos em promover uma grande festa, com ótima estrutura, e afirmou que esta etapa já está garantida no calendário 2011 da competição.

Na realização da 5ª etapa do Estadual de Motocross 2010, a FMR contou com a parceria da Prefeitura de Machadinho do Oeste, grupo Rondomotos, apoio Honda do Brasil, Ministérios dos Esportes, Petrobras, Eletrobras, Senador Acir Gurgacz, MegaBom Sorvetes, Ciclo Cairu, Lind’àgua, Castilho Estruturas Metálicas, Menzelub e Cairu Transportes.

Resultados

MX2

1º - 57 Hugo Amaral - Porto Velho
2º - 1 - Marco Túlio - Ariquemes
3º - 93 - Cândido Chagas - Rolim de Moura
4º - 103 - Alberto "Brizola" Maschio - Pimenta Bueno
5º - 191 - Diego Henning - Porto Velho

65cc
1º - 444 - Lucas Belém - Vilhena
2º - 17 - Mateus Euclides - Porto Velho
3º - 172 - Igor Vasconcelos - Buritis
4º - 171 - Leandro da Silva - Buritis
5º - 70 - Leandro Kunrrath- Ariquemes

85cc
1º - - 191 - Diego Henning - Porto Velho
2º - 99 - Gabriel Caiam - Jaru
3º - 7 - Eduardo Alecrim - Porto Velho
4º - 981 - Lucas Belém - Vilhena
5º - 17 - Mateus Zill- Vilhena

MX Estreante
1º - 706 - Hérico Flores - Alta Floresta
2º - 149 - Gouglas Amaral - Porto Velho
3º - 717 - Artur Gabriel - Ouro Peto do Oeste
4º - 10 - Nidval Amaral Ji-Paraná
5º - 77 - Itamar Tadeu - Cacoal

Força Livre Nacional
1º - 961 - Diego Ferrari - Es
2º - 22 - Jackson Bernardino - Vilhena
3º - 171 - Eli Júnior - Buritis
4º - 4 - Victor Carlos - Cacoal
5º - Talles Rodrigues - Ariquemes

MX3
1º - 27- Evandro Bucioli - Rolim de Moura
2º - 81 - Jean Carlos - Porto Velho
3º - 723 - Aparício Paixão - Porto Velho
4º - 959 - Elias Marinho - Porto Velho
5º - 149 - Douglas Amaral - Porto Velho



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet