X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

4ª etapa - San Francisco - CA
Publicado em: 01/02/2010

Novidades no topo do pódio em San Francisco
Redação MotoX.com.br - Lucídio Arruda - fotos: www.supercross.com 


Pódio 450

A atmosfera nos bastidores da quarta prova de 2010 tinha algo diferente em San Francisco. Na sexta-feira um comunicado da equipe L&M Yamaha revelou a cirurgia no pulso de James Stewart, o que significa que o favorito absoluto está fora da briga pelo título.


Davi Millsaps fez sua melhor prova neste ano
De uma hora para outra o horizonte se abriu para muitos pilotos que não viram mais barreiras contra suas chances de se tornar campeão do mais prestigiado campeonato de Supercross do Mundo. Em apenas quatro etapas, campeão e vice, que dominaram completamente a temporada 2009 estão fora do jogo. Quais dos aspirantes vai aproveitar melhor a oportunidade única?

Até agora foi o novato na categoria 450 Ryan Dungey. O piloto da Suzuki mostrou uma velocidade surpreendente na abertura liderando 17 voltas e ainda "dando um calor" em Stewart nos momentos finais. Na segunda prova venceu aproveitando o enrosco entre Reed e Stewart. Na terceira corrida ganhou de novo superando um dolorido Stewart e um empolgado Josh Hill no final da prova.


A disputa entre Hill e Villopoto foi pela segunda posição, mas valeu a vitória na bandeirada.


Ryan Dungey
Na quarta etapa Dungey tornou-se o homem a ser batido. Quem poderia detê-lo em San Francisco? Bem, nessa prova seu maior inimigo foi ele mesmo. Dungey fez uma largada incrível disparando na liderança e deixando a briga atrás entre David Millsaps, Josh Hill e Ryan Villopoto que não fez uma boa largada, mas na segunda volta já era o quarto colocado.

Na metade da bateria Dungey tinha uma boa vantagem enquanto Villopoto superava Hill pela segunda posição. Foi aí que o líder experimentou o que acontece quando se acelera um pouquinho, só um pouquinho, a mais do que se deve numa 450cc (assista ao vídeo ao final da página e veja a queda).

Dungey ainda retornou na liderança, mas com problemas em um dos freios não conseguiu segurar Villopoto, Hill e Milsaps que subiram ao pódio. Foi a primeira vitória de Villopoto na temporada que encostou em Hill na classificação geral, mas o líder ainda é Ryan Dungey com 90 pontos, 11 de vantagem sobre o segundo colocado.

James Stewart - A fratura no escafóide, um pequeno osso no punho, antigamente era uma das mais complicadas na recuperação, geralmente lenta, principalmente quando a circulação de sangue no local é prejudicada. Hoje em dia com os novos materiais médicos (e pequenos parafusos) a cirurgia é a primeira opção pois acelera em demasia a recuperação, mas mesmo assim é difícil arriscar o retorno do piloto em menos de 2 meses. Principalmente porque, fora da disputa do título, Stewart não estará nem um pouco motivado em adiantar o retorno às pistas e prejudicar sua recuperação plena.

250 Oeste


Trey Canard


Antônio Balbi - foto: Carlos Aguirre
Nas 250 o mais rápido na largada foi Trey Canard e ninguém mais conseguiu pegá-lo. O líder da temporada Jake Weimer partiu em segundo, mas a distância foi aos poucos subindo para 2, 3 e finalmente os quatro segundos que se verificou na bandeirada.

Foi a primeira vitória de Canard na temporada, mas para Weimer o resultado também não foi nada mal.  Depois de vencer as três etapas iniciais agora pode se dar ao luxo de chegar em segundo nas próximas quatro etapas e ainda assim garantir o campeonato independente dos resultados de seus adversários.

Para o brasileiro Antônio Balbi a prova em San Fancisco trouxe seu melhor resultado em classificatórias com o terceiro lugar na "Heat 1" atrás apenas de Jake Weimer e Cole Seely. Na final Balbi teve uma largada complicada e com a 15ª posição marcou mais seis pontos, se mantendo entre os 20 primeiros da Região Oeste.

San Diego é a próxima parada do AMA Supercross 2010. Você já tem seus favoritos?

Vídeo


Resultados

450 Supercross
1. Ryan Villopoto KAW
2. Josh Hill YAM
3. Davi Millsaps HON
4. Ryan Dungey SUZ
5. Andrew Short HON
6. Justin Brayton YAM
7. Ivan Tedesco YAM
8. Nick Wey KAW
9. Thomas Hahn SUZ
10. Michael Byrne YAM
11. Kevin Windham HON
12. Kyle Chisholm YAM
13. Jason Thomas SUZ
14. C Coulon KAW
15. F Izoird KAW
16. Chris Blose HON
17. M Rivas KAW
18. J Casillas KAW
19. J Browne KAW
20. Kyle Patridge KAW
250 Oeste
1. Trey Canard HON
2. Jake Weimer KAW
3. Broc Tickle YAM
4. Wil Hahn HON
5. Cole Seely HON
6. T Baker YAM
7. Josh Hansen KAW
8. Max Anstie YAM
9. Jess Alessi YAM
10. P Nicoletti KTM
11. McCrummen HON
12. J Canada KAW
13. Blake Wharton HON
14. Ryan Clark HON
15. Antônio Balbi KAW
16. D Hendrix KAW
17. H Hewitt SUZ
18. C Gosselaar HON
19. J Clark KAW
20. J Potter HON
Classificação Geral

450 Supercross
1. Ryan Dungey 90
2. Josh Hill 79
3. Ryan Villopoto 77
4. Andrew Short 68
5. Kevin Windham 61
6. Ivan Tedesco 57
7. Davi Millsaps 57
8. Justin Brayton 56
9. James Stewart 51
10. Thomas Hahn 42
11. Nick Wey 38
12. Michael Byrne 29
13. Kyle Chisholm 28
14. Jason Thomas 22
15. Grant Langston 19
16. Austin Stroupe 18
17. Manuel Rivas 17
18. Fabien Izoird 17
19. Chris Blose 16
20. Cyrille Coulon 11
250 Oeste
1. Jake Weimer 97
2. Trey Canard 81
3. Wil Hahn 74
4. Broc Tickle 62
5. Blake Wharton 59
6. Cole Seely 54
7. Josh Hansen 46
8. Max Anstie 45
9. Ryan Morais 42
10. Jeff Alessi 40
11. Travis Baker 38
12. Gautier Paulin 30
13. R Kiniry 30
14. Tommy Searle 27
15. P Nicoletti 27
16. Ryan Clark 22
17. Borkenhagen 21
18. Hunter Hewitt 18
19. C Gosselaar 15
20. Antônio Balbi 14






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet