X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Reportagens > Motos

Suzuki apresenta detalhes da RM-Z250 2019
Publicado em: 20/09/2018

Suzuki RM-Z250 completamente nova chega ao mercado internacional no início de 2019
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Suzuki


Suzuki RM-Z250 2019

Em julho a Suzuki apresentou fotos da nova RM-Z250 2019, mas ficou devendo os detalhes técnicos e principais novidades, que emergiram agora em setembro. No entanto, nem todos os detalhes foram revelados. A ficha técnica, por exemplo, ainda não tem os dados de dimensões e peso.

A previsão é que o modelo chegue às mãos dos consumidores europeus e norte-americanos a partir de fevereiro de 2019, com alguns meses de atraso em relação aos concorrentes.


Suzuki RM-Z250 2019

A histórica ligação da Suzuki com o motocross foi um pouco abalada nos últimos anos. A marca deixou o Campeonato Mundial ao final de 2017 e já há vários anos sua equipe nos Estados Unidos é terceirizada, com um envolvimento limitado no desenvolvimento e preparação das motocicletas.

O menor envolvimento nas competições, entretanto, não impediu o desenvolvimento da linha de motocross. Depois da RM-Z450 2018, chegou a vez da RM-Z250 completamente nova.

Principais novidades

Motor

O motor recebeu profundas mudanças com foco no aumento da potência e usabilidade.


 

- Novo formato da câmara de combustão que eleva os números de potência máxima em conjunto com os novos canais de admissão e escape, que elevam o fluxo da mistura ar/combustível e o aproveitamento da mesma.
- Comando de admissão com novo desenho e maior abertura de válvulas, proporcionando melhor respostas do motor em uma faixa de uso mais ampla.


Comparação Motor 2018 (E) / 2019 (D)

- Tensionador da corrente de comando completamente novo, com material, formato e ajuste aprimorados.
- Abertura do filtro de ar 30% maior.
- A alimentação passa a ser feita por um injetor de combustível duplo. O injetor principal continua no corpo do acelerador, enquanto o adicional foi posicionado próximo ao filtro de ar. A nova configuração aumenta o tempo para a atomização da mistura antes da combustão.
- A pressão dos injetores é 17% maior em relação ao modelo anterior.
- O corpo do acelerador também foi redesenhado.
- Novo conjunto escape/ponteira 99mm maior que o anterior proporciona maior potência em todos os giros, mas especialmente em baixos regimes.


Os dois bicos injetores. Um na saída da caixa de ar e outro próximo da borboleta

Assim como a irmã maior de 450, a 250 não recebeu partida elétrica, já presente em praticamente toda a concorrência.

Chassis

A diminuição do peso e melhora da maneabilidade foram os objetivos nesta área de desenvolvimento.


 

- Novo quadro mantém a mesma rigidez longitudinal, enquanto a rigidez torsional cresceu em 10%.
- O peso do quadro foi reduzido em 370g.
- O novo processo de hidroformação do braço oscilante traseiro reduziu o peso em 80g. Mais 30g foram reduzidos no guia de corrente.


 

- O subquadro ficou mais rígido e seu novo formato facilita a remoção do filtro de ar.
- O motor foi reposicionado no quadro e fica 8,5mm mais elevado.
- Os suportes fixadores do motor foram redesenhados e o alumínio substituiu o aço, reduzindo em mais 90g o peso da motocicleta.
- O guidão Renthal tem novo formato e facilita a movimentação a frente do piloto. A peça fica 7,4mm mais a frente e é 3,8mm mais baixo.
- As pedaleiras foram realocadas 3.3mm mais a frente e 5.2mm mais altas.
- Mais peso foi eliminado com os novos reservatórios de combustível (312g) e assento (274g).


 


Suspensões


Suzuki RM-Z250 2019

A Suzuki foi mais uma fabricante japonesa a substituir as molas "a ar" pelas convencionais. O conjunto é fornecido pela KYB que também fornece o amortecedor traseiro completamente novo. Nesta área a redução de peso ficou por conta da nova mola traseira com perfil de aço mais estreito, construído com tecnologia derivada da MotoGP.


Suzuki RM-Z250 2019

Freios

O disco dianteiro cresceu de 250mm para 270mm de diâmetro, que praticamente se tornou o padrão atual. Novas pastilhas prometem produzir uma melhor sensibilidade aos comandos do piloto.

Atrás um novo burrinho de freio melhora a vedação do sistema assim como fica posicionado de forma a evitar agarrar na bota do piloto.

Rodas

As rodas foram equipadas com novos aros mais leves: 40g a menos na frente e 60g atrás.

Eletrônica

A motocicleta vem equipada com S-HAC - Suzuki Holeshot Assist Control - com dois modos para otimizar as reações da motocicleta nas largadas.


Suzuki RM-Z250 2019

O modo A atrasa a ignição entregando a potência de maneira mais suave, maximizando a tração em terrenos de baixa aderência. O modo B é para uso em condições normais ou com boa aderência, adiantando a ignição e proporcionando uma aceleração mais vigorosa.

Ambos os modos são desligados quando uma das três situações seguintes acontece: após 6 segundos (presumivelmente contados a partir do momento que a moto entra em movimento), quando é engatada a quarta marcha ou o acelerador é fechado.

Vídeo



Ficha Técnica

Ficha Técnica
Motor 4 Tempos rRfrigerado a Água DOHC
Diâmetro x Curso 77mm x 53,6mm
Cilindrada 249cm3
Taxa de compressão 13.75:1
Alimentação Eletrônica com duplo injetor
Partida Pedal
Lubrificação Bomba semi-seca
Capacidade de óleo 1.1 L
Ignição Eletrônica CDI
Câmbio 5 marchas
Relação primária 3.315 (63/19)
Relação Final 3.846 (50/13)
Suspensão dianteira KYB Invertida com molas e hidráulico
Suspensão traseira Monoamortecedor KYB com links
Cáster / Trail N/A
Freio dianteiro Disco 270mm
Freio traseiro Disco
Pneu dianteiro 80/100-21 51M
Pneu traseiro 100/90-19 57M
Capacidade Combustível 6.3 litros
Comprimento N/A
Largura N/A
Altura N/A
Entre-eixos N/A
Distância livre do solo N/A
Altura do assento N/A
Peso N/A





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet