X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

RX Graphics

KTM Sacramento

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Loja Ibox28

Nacar Yamaha

JPS Racing

Coach Motocross

Clique e saiba mais

> Reportagens > Motos

Especial KTM e Husqvarna Oficiais do Mundial de Motocross
Publicado em: 28/02/2018

Mergulhamos nos detalhes das motos oficiais das marcas europeias no Mundial de Motocross
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Bavo Swijgers


A KTM SX450F do atual campeão mundial Antônio Cairoli. O italiano usa o assento com um leve ressalto e tem as pedaleiras em posição ligeiramente mais alta que as motos de produção.

As especialíssimas motocicletas oficiais do Mundial de Motocross contam com muitos segredos guardados a sete chaves. Lembro de um episódio no Mundial de Motocross em Goiás, 2014, que praticamente tive que fugir correndo de um mecânico da HRC porque fotografei a CRF450RW de Max Nagl sem a tampa de embreagem - e no final das contas não havia nada de revelador nas imagens.

As equipes normalmente são bem reservadas ao comentar detalhes técnicos de seus protótipos que competem no Mundial, que geralmente ainda são atualizados e modificados mesmo após o início da temporada. Analisamos as fotos oficiais de KTM e Husqvarna e descobrimos, além das peças de patrocinadores mais explicitamente divulgadas, um pouquinho da preferências personalizadas dos pilotos.


Mais alto, Jeffrey Herlings usa o banco com mais espuma, praticamente plano.


A KTM SX-F250 de Pauls Jonass, aparentemente utiliza o assento com as dimensões padrão.


O flexivel de embreagem faz um caminho diferente na moto de Herlings (esq.). O burrinho acionador é feito artesanalmente. A disposição de mangueiras e eletrônicos também difere da moto de Cairoli (dir.)


A KTM compactou o motor 450 até deixá-lo com dimensões bem próximas da 250, à esquerda. O cabeçote com comando único é um dos principais responsáveis por isso.


Glenn Coldenhoff prefere o assento padrão com estrias, bastante similar ao original. (Da Factory Edition)


O espanhol Jorge Prado utiliza o assento com menos espuma, favorecendo a postura do baixinho.


Mais uma olhada na moto de Cairoli


Outra comparação entre a 450 e 250. Reparem o caminho do cano de escape bem maior na 450.


Glenn Coldenhoff e Jeffrey Herlings preferem o guidão com barra superior.


A moto de Herlings é a única (pelo menos por enquanto) com suportes do motor em fibra de carbono. Todas as outras são em metal. As KTM oficiais utilizam embreagens Hinson.


Pedaleiras afiadas, corrente Regina, pinhão e coroa Renthal.


Ponteira Akrapovic. Alguns patrocinadores são diferentes entre os times de De Carli e Dirk Gruebel como Filtros Twin Air e DT1. A Athena é patrocinadora exclusiva da ala Italiana.


Aros Takasago Excel. Reparem nos belos protetores Akrapovic em fibra de carbono.


Comparação da balança traseira. Reparem os espaçadores do eixo com peso aliviado e a proteção em fibra de carbono no guia de corrente. O amortecedor traseiro, obviamente, é especial, mas a relação dos links também é modificada.


Proteção em fibra de carbono no disco dianteiro.


Bônus: KTM 125 de Jorge Prado


A Husqvarna FC450 de Max Anstie


A Husqvarna utiliza escapes FMF e embreagem Rekluse


Ponteira FMF


Coroa Supersprox em duas ligas.


Cubo polido e disco de freio Moto Master. Reparem nos raios de roda com fixação extra com tie up


Gautier Paulin também gosta de seu assento praticamente plano.


Burrinho de freio traseiro Brembo.


Pedaleiras especiais super afiadas.


Guidão e manoplas Pro Taper


Mais uma do freio traseiro. Aros e corrente são DID.


Os radiadores recebem uma proteção extra com telas Twin Air.


Disco dianteiro Moto Master.


Equipe Oficial KTM Factory Racing chefiada por Dirk Gruebel. Pilotos Jeffrey Herlings, Pauls Jonass e Glenn Coldenhoff.


Equipe Oficial KTM Factory Racing De Carli com Jorge Prado e Antonio Cairoli.


Equipe Husqvarna Factory Ice One com Mikkel Harup (Europeu MX2), Gautier Paulin e Max Anstie.




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet