X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

2018 Houston - TX - 2ª etapa
Publicado em: 15/01/2018

Anderson vence e assume comando do campeonato em etapa com Musquin e Tomac ausentes da final
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Simon Cudby / Jeff Brown / Divulgação


Largada Final 450


Marvin Musquin
Foi um início de temporada difícil, não só para dois dos principais favoritos, mas também para os fãs que logo na segunda etapa não assistiram Eli Tomac e Marvin Musquin correr a final da segunda etapa do AMA Supercross 2018. O primeiro, sofrendo no ombro as consequências da queda em Anaheim. Lembremos que Tomac operou ambos os ombros em 2015, após uma forte queda quando liderava o AMA Motocross e, agora com mínimas chances de correr atrás do título, será pouco provável que retorne às competições antes de se recuperar plenamente.

A situação de Musquin ainda é uma incógnita. Caiu nas costelas e deslocou o ombro esquerdo durante sua bateria classificatória. "Vou passar por exames assim que chegar em casa e saberemos mais nos próximos dias. A temporada é longa e farei de tudo para alinha em Anaheim 2".

No traçado de Houston, um dos pontos chaves eram exatamente as seções de costelas cuja velocidade de entrada, dependendo da vontade do piloto, podia ser bem alta. Uma estratégia que podia cortar um bom tempo por volta, mas também muito arriscada. Musquin foi uma das vítimas, mesmo não usando a estratégia de "atropelar" o obstáculo, mas saltando em lotes. Um encaixe errado acabou com sua noite e colocou a temporada do francês em risco.


Situação das costelas antes da chegada, ainda durante a tarde

Corridas


Jason Anderson logo após ultrapassar Justin Barcia


Jason Anderson
Os destaques deste sábado são exatamente os pilotos que subiram no pódio. Justin Barcia provou que seu pódio na semana passada não foi um golpe de sorte. Fez uma excelente largada e liderou a primeira volta. Foi ultrapassado por Ken Roczen na segunda volta, mas manteve contato por algum tempo e deu um calor no alemão. Com o passar das voltas perdeu um pouco de ritmo e cometeu alguns erros, como quando abortou um triplo e foi ultrapassado por Jason Anderson. Depois errou mais algumas vezes e foi ultrapassado por Cole Seely, que vinha em noite inspirada.

Barcia respirou fundo e se reencontrou na pista para recuperar o terceiro posto. "Meu mecânico me disse que cometi uma centena de erros em Anaheim, então se errasse apenas 50 vezes esta noite me sairia bem melhor. Em certos momentos cometi erro seguido de erro, mas me acalmei e consegui me recuperar. 100 erros semana passada, 50 nesta, quem sabe apenas 25 semana que vem." 


Ken Roczen

Continuando com desempenho similar, Barcia realmente pode colocar a administração da equipe Yamaha em uma saia justa quando David Millsaps retornar. O contrato do terceiro colocado no campeonato (empatado em pontos com o segundo), por enquanto é de apenas seis etapas.

Ken Roczen teve uma boa noite vencendo sua classificatória e liderando a final da segunda até a ultima volta. Mas não teve muito como se defender de Jason Anderson quando este assumiu o segundo posto. A diferença entre os dois caiu de quase 3,5 segundos para nada em cerca de três voltas. O alemão foi consciente ao evitar um confronto sangrento pela vitória e garantir a segunda posição. É um campeonato longo que não seria de maneira alguma vencido em Houston, mas podia muito bem ser perdido lá, já que no final da noite a situação do terreno já estava bastante degradada.


A boa performance de Barcia pode lhe assegurar uma vaga permanente na Yamaha?

Por outro lado é apenas a segunda corrida de Roczen após quase um ano fora das competições. Só esse fato, independente da lesão no braço esquerdo, já seria suficiente para quebrar o ritmo de qualquer piloto. Sentir o gostinho do pódio após tudo que passou só fará crescer a determinação de lutar mais e mais por este título.

"Justin e eu tivemos algumas boas batalhas e foi limpo e divertido. Nas primeiras voltas, tive que proteger a linha interna e não consegui me distanciar. Então, da volta dois ou três, eu comecei a abrir minhas curvas um pouco e pude me afastar. Minha atitude continua a mesma. Você não pode enlouquecer e se tornar super agressivo. Mentalmente, vou manter o mesmo foco durante o ano e tentar não cometer grandes erros."


Pódio 450

Encerradas as duas primeiras etapas é fácil apontar que hoje Jason Anderson é melhor preparado na categoria 450. Em Anaheim impediu Musquin de relaxar até a bandeirada e fez uma corrida perfeita em Houston. Mostrou que amadureceu ao passar 10 voltas atrás de Barcia e mesmo assim não tentar uma de suas ultrapassagens a qualquer custo, tão comuns num passado não tão distante. Com pista livre, não teve dificuldade para encostar rapidamente em Roczen.

"Foi provavelmente o dia mais perfeito em toda a minha carreira. Venci toda vez que entrei na pista, tanto nos treinos, como a classificatória e a final. Foi uma batalha, mas foi incrível. Estou no ponto, mas ao mesmo tempo não quero dar um passo maior que a perna. Me sinto bem e estou numa situação favorável.

Outros destaques


Cole Seely

- Foi uma boa noite também para Cole Seely, que mostrou velocidade para acompanhar Roczen na classificatória e também andou muito bem na final, embora tenha perdido um pouco o ritmo após ultrapassar Barcia. Um bom quarto lugar que agradou a equipe Honda.

- Weston Peick conquistou o quinto lugar pelo segundo final de semana consecutivo, mesmo segurando o forte ataque do "australiano" Justin Brayton nas voltas finais.

- Malcolm Stewart foi 11º em sua estreia com a Suzuki oficial. O irmão de James, que tem uma grande popularidade junto aos fãs, disse que está preparado para continuar o campeonato com uma Kawasaki privada quando tiver que devolver a vaga para Justin Bogle.

- Cooper Webb caiu na primeira curva e levantou em último, longe dos demais. Completou a prova em 12º sem o manete de embreagem.

250 - Vitória maiúscula de Aaron Plessinger


Largada da 250. Repare Jean Ramos no cantinho esquerdo (apenas o ombro e o capacete), largando bem apesar da escolha de gate desfavorável

A 250 Oeste começou com muita briga pela liderança entre Joey Savatgy, Shane McElrath e Adam Cianciarulo. Savatgy pilotando de forma defensiva sob constante ataque de Mcelrath que corria com um olho na frente e outro atrás para não ser surpreendido por Cianciarulo.

Com todos os olhos voltados à disputa pelo primeiro posto, Aaron Plessinger fazia corrida marcante após uma péssima largada onde contornou a primeira curva próximo da ponta traseira do pelotão. Depois de completar a primeira volta em décimo, Plessinger era o piloto mais rápido da pista, mas isso só ficou claro a partir da oitava ou nona volta, quando ele se "enturmou" no pelotão da frente.


Aaron Plessinger ultrapassando Joey Savatgy pela vitória


Jean Ramos (992) teve uma noite dura, mas produtiva
Em pouco tempo Plessinger superou todo mundo e ainda abriu cinco segundos de vantagem a caminho da bandeirada. "As primeiras voltas foram uma loucura. Não tenho certeza como passei por elas, mas ao final da terceira percebi que estava em quinto ou sexto e estava alcançando os ponteiros bem rápido. A pista estava bem destruída, mas era do meu tipo. Pernas compridas."

Dentre os que brigaram pela ponta no início, apenas Savatgy não cometeu erros maiores, mantendo uma tocada constante até o final. McElrath errou alguns encaixes e chegou a passear fora da pista, enquanto Cianciarulo sofreu duas quedas. Isso abriu caminho para o pódio de Chase Sexton, que desde o início flutuou entre o quinto e o sexto posto, mas fez um final de prova mais consistente.

Plessinger colocou a Yamaha na liderança da categoria com quatro pontos de vantagem sobre Mcelrath. Savatgy, quarto em Anaheim, passou para a terceira posição na classificação geral, superando o companheiro de equipe Adam Cianciarulo.

Jean Ramos teve uma noite de boas largadas, mas também alguns problemas. Na classificatória largou entre os primeiros, mas não encaixou um obstáculo e perdeu ritmo e muitas posições na sequência da segunda reta. Na terceira curva tomou uma estampada de alguém que o derrubou e perdeu qualquer chance de classificar direto.

Na repescagem largou na frente e liderou quase toda a prova para garantir a classificação com o segundo lugar. Fez outra boa largada na final (sexto na linha do holeshot) mesmo com a escolha de gate desfavorável e completou a corrida na 17ª posição. O piloto brasileiro marcou 10 pontos em duas provas e é o 18º na classificação geral.


Aaron Plessinger comemora a liderança do campeonato

Vídeos





***Novo*** - Como foi a participação do brasileiro Jean Ramos:



Resultados

P. # 450 Moto Diff M.v. Equipe
1 21 Jason Anderson Hus FC450 23 Laps 53,975 Rockstar Energy Hus Factory Racing
2 94 Ken Roczen Hon CRF 450 +03,244 54,121 Team Hon HRC
3 51 Justin Barcia Yam YZ450F +16,530 54,561 Monster Energy/Knich/Factory Yam team
4 14 Cole Seely Hon CRF 450 +20,539 54,157 Team Hon HRC
5 34 Weston Peick Suz RM-Z450 +23,622 54,779 Autotrader/JGR/Yoshimura/Suz Factory Racing
6 10 Justin Brayton Hon CRF 450 +26,024 55,089 Smartop/MCR/Hon
7 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE +33,225 54,770 Rocky Mountain ATV/MC - KTM - WPS
8 20 Broc Tickle KTM 450 SX-F FE +36,438 55,720 KTM,RED BULL,MOTOREX,AKRAPOVIC,WP,DUNLOP
9 33 Joshua Grant Kaw KX 450F +41,362 55,520 MONSTER ENERGY KAWASAKI
10 6 Jeremy Martin Hon CRF 450 +43,200 55,747 GEICO Hon/AMSOIL/Factory Connection
11 27 Malcolm Stewart Suz RM-Z450 +1:00.922 55,940 JGR Autotrader/Yoshimura/Suz Factory Racing, KMC
12 2 Cooper Webb Yam YZ450F 22 Laps 54,828 Monster Enery/Knich/Factory Yam Team
13 55 Vince Friese Hon CRF 450 +03,942 55,782 Smartop Motoconcepts
14 39 Kyle Cunningham Suz RM-Z450 +09,703 56,516 H.E.P. Motorsports/FXR/Suz
15 907 Ben Lamay Hon CRF 450 +49,112 57,227 TPJ/Fly Racing, LbeardsleyCPA, RTS inc, UofMX, Eks B
16 22 Chad Reed Hus FC450 +53,439 57,335 CR22
17 91 Alex Ray Yam YZ450F 21 Laps 57,912 CycleTrader Rock River YAMAHA
18 80 Aj Catanzaro Kaw KX 450F +57,729 59,777 Team Rockwell Racing
19 48 Henry Miller Suz RM-Z450 20 Laps 1:01.082 H.E.P. Motorsports/FXR/Suz
20 722 Adam Enticknap Hon CRF 450 19 Laps 1:01.736 Rocky Mountain ATV MC, Hon, Cal coast plumbing, V
21 90 Dakota Tedder KTM 450 SX-F FE 17 Laps 58,778 Team Tedder/Monster Energy/KTM/Lucas Oil
22 981 Austin Politelli Hon CRF 450 2 Laps 1:07.641 U Of MX/TXS Productions/HRT Racing/California Coast

P. # 250 Moto Diff M.v. Equipe
1 23 Aaron Plessinger Yam YZ250F 18 Laps 55,184 Monster/Yamalube/Thor/Parts Unlimited/Yam
2 17 Joey Savatgy Kaw KX 250F +04,638 55,977 MONSTER ENERGY PRO CIRCUIT KAWASAKI
3 40 Chase Sexton Hon CRF 250 +05,940 55,852 GEICO Hon/AMSOIL/Factory Connection
4 28 Shane Mcelrath KTM 250 SX-F +07,665 56,173 Troy Lee Designs/ Red Bull/ KTM
5 32 Christian Craig Hon CRF 250 +11,033 56,336 GEICO Hon/AMSOIL/Factory Connection
6 52 Mitchell Oldenburg Yam YZ250F +14,625 55,496 Monster/Yamalube/Thor/Parts Unlimited/Yam
7 92 Adam Cianciarulo Kaw KX 250F +23,582 55,906 MONSTER ENERGY PRO CIRCUIT KAWASAKI
8 53 Bradley Taft Yam YZ250F +30,497 56,486 CycleTrader Rock River YAMAHA RoostMX Moo
9 11 Kyle Chisholm Yam YZ250F +34,454 56,499 51FIFTY Energy Drink Yam
10 1 Justin Hill Suz RM-Z250 +37,301 57,121 Autotrader/JGR/Yoshimura/Suz Factory Racin
11 42 Dakota Alix KTM 250SX-F FE +41,002 57,987 Rocky Mountain ATV/MC - KTM - WPS
12 54 Phillip Nicoletti Suz RM-Z250 +46,677 57,733 Autotrader/ JGR/Yoshimura/Suz Factory Racin
13 30 Mitchell Harrison Hus FC250 +49,578 57,407 Rockstar Energy Hus Factory Racing
14 67 Justin Hoeft Yam YZ250F 17 Laps 57,682  
15 63 Hayden Mellross Yam YZ250F +05,190 58,131 51FIFTY Energy Drink Yam
16 68 Justin Starling Hus FC250 +09,158 58,581 AJE MOTORSPORTS / SKASE' MX HUSQVARN
17 992 Jean Ramos Yam YZ250F +20,703 59,595 Wk Pool & Spa/Yam/Geração/Avtech/Two Str
18 902 Killian Auberson KTM 250 SX-F +35,596 59,529 DCR camshaft/pearson brothers winery/SHIFT/Fo
19 77 Ryan Surratt KTM 250 SX-F +41,329 59,871 Nut Up, Fly, Enzo, FMF, Gaerne, ODI, X Brand, S
20 805 Carlen Gardner Hon CRF 250 16 Laps 59,913 BWR|RaceTech|Mx Athletics|SSI Decal|L-TECH |
21 137 Martin Castelo Yam YZ250F +08,997 59,549  
22 117 Julio Zambrano Hus TC250 15 Laps 1:00.404 tenis guadalajara/ kang racing


Classificação Geral
P. # 450 Pts
1 21 Jason Anderson 49
2 94 Ken Roczen 42
3 51 Justin Barcia 42
4 14 Cole Seely 36
5 34 Weston Peick 36
6 10 Justin Brayton 33
7 20 Broc Tickle 30
8 33 Joshua Grant 28
9 4 Blake Baggett 27
10 25 Marvin Musquin 26
11 6 Jeremy Martin 25
12 2 Cooper Webb 24
13 55 Vince Friese 20
14 39 Kyle Cunningham 16
15 22 Chad Reed 15
16 907 Ben Lamay 14
17 27 Malcolm Stewart 12
18 91 Alex Ray 11
19 69 Tyler Bowers 9
20 80 Aj Catanzaro 5
21 722 Adam Enticknap 5
22 90 Dakota Tedder 5
23 58 Matthew Bisceglia 4
24 48 Henry Miller 4
25 981 Austin Politelli 1
26 3 Eli Tomac 1
P. # 250 Oeste Pts
1 23 Aaron Plessinger 49
2 28 Shane Mcelrath 45
3 17 Joey Savatgy 42
4 92 Adam Cianciarulo 37
5 40 Chase Sexton 36
6 32 Christian Craig 36
7 52 Mitchell Oldenburg 34
8 1 Justin Hill 29
9 53 Bradley Taft 27
10 11 Kyle Chisholm 27
11 42 Dakota Alix 23
12 30 Mitchell Harrison 19
13 63 Hayden Mellross 18
14 67 Justin Hoeft 17
15 62 Justin Cooper 14
16 68 Justin Starling 14
17 54 Phillip Nicoletti 12
18 992 Jean Ramos 10
19 902 Killian Auberson 10
20 217 Ryan Breece 6
21 77 Ryan Surratt 4
22 805 Carlen Gardner 3
23 388 Brandan Leith 3
24 26 Alex Martin 2
25 137 Martin Castelo 2
26 117 Julio Zambrano 1







Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet