fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Enduro Alès Trem 2017 - França
Publicado em: 24/01/2017

Graham Jarvis vence Hard Enduro francês pela primeira vez
Redação MotoX.com.br – Fotos: Future7Media


Graham Jarvis

Descrito por vários competidores como um dos enduros mais difíceis dos últimos anos ou “as sete horas mais brutais em cima de uma moto”, o tradicional Alès Trem Hard Enduro desafiou a reputação de muitos pilotos consagrados e, por outro lado, fortaleceu a de outros neste início de temporada. 

+ Graham Jarvis supera David Knight e vence o Valleys Xtreme Enduro 2017
+ Enduro Extremo: inscrições abertas para o Red Bull Minas Riders
+ Entrevista com Alfredo Gomez

Disputada em Alès, no Sul da França, a competição teve a vitória de Graham Jarvis, mais uma do britânico neste começo de ano. O veterano faturou a prova francesa pela primeira vez e foi um dos que saiu do evento ainda mais conceituado. Em corridas como esta, com subidas quase intransponíveis, muitas pedras, troncos e terreno de difícil tração, Jarvis mostra uma competência ímpar.    


Billy Bolt

Como de costume, o piloto da Husqvarna não fez questão de buscar a liderança no início da prova. No fim da primeira volta, Billy Bolt, Jonny Walker, Alfredo Gomez, Mario Roman e Wade Young lutavam pelo comando da competição. Já na terceira volta, Bolt e Gomez foram surpreendidos pela falta de combustível; enquanto Walker errou o caminho e perdeu a chance de acompanhar o pelotão.


Graham Jarvis
A poucos quilômetros do final, já de noite, Jarvis aproveitou um pequeno erro de Roman em uma bruta seção de pedras para vencer (confira nos vídeos abaixo). “Foi uma prova dura. É incrível conquistar minha primeira vitória aqui, mas esse foi um dos dias mais difíceis que tive, com certeza. As duas primeiras voltas foram longas e exigentes, mas os trechos de extreme da última volta foram os divisores de águas”, explicou o britânico.

“Em alguns lugares, tive que descer da moto e empurrar. E em alguns momentos, pensei que não ia conseguir completar a prova. A decisão foi bem apertada no final. O Mario (Roman) pilotou muito bem e nas condições do percurso qualquer um poderia ter errado. Correr no escuro também foi complicado, mas com certeza deixou a disputa mais interessante”, completou Jarvis.


Jonny Walker

Mario Roman e Wade Young completaram o pódio com suas Shercos. Após uma sequência de erros, Jonny Walker ficou com o quarto posto. “Comecei a puxar, então eu e o Jarvis abrimos distância do pelotão, mas errei uma curva e perdi coisa de 10, 15 segundos. Comecei a puxar mais para recompensar e errei o caminho de novo, segui a trilha da segunda volta, enquanto estava na terceira. Foi difícil de recuperar, mas estou feliz chegar ao fim. É ótimo estar de volta às provas de extremo enduro, mas é um pouco frustrante não brigar pela vitória”, avaliou Walker.

Vídeos

*Novo - publicado em 26/01*







Resultado
1. Graham Jarvis (GBR), Husqvarna, 6h51min36seg
2. Mario Roman (ESP), Sherco, +55 seg
3. Wade Young (RSA), Sherco, +12:53 min
4. Jonny Walker (GBR), KTM, +29:01 min
5. Billy Bolt (GBR), Husqvarna, a 1 volta
6. Blake Gutzeit (RSA), Yamaha, a 1 volta
7. Pol Tarrès (FRA), Beta, a 1 volta
8. Phillip Bertl (FRA), Beta, a 1 volta
9. Yannick Marpinard (FRA), Beta, a 1 volta
10. Sergi Leon (FRA), Beta, a 1 volta
11. Aurélien Addesso (FRA), Beta, a 1 volta









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet