fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

Monster Energy Cup 2016 - Las Vegas - NV
Publicado em: 18/10/2016

Eli Tomac vence Monster Energy Cup 2016 em disputa apertadíssima
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Simon Cudby / Krystyn Slack


Eli Tomac

Ken Roczen brilhou em sua estreia pela Honda, vencendo duas das três baterias principais da Monster Energy Cup 2016. O alemão protagonizou também a cena mais comentada da noite com sua espetacular queda enquanto liderava a segunda bateria. Seu erro numa seção de encaixes precisos lhe custou a vitória - e um pomposo cheque de um milhão de dólares - mas podemos dizer que ele ainda saiu no lucro, já que o saldo foi de apenas um dedinho do pé roxo. Roczen voltou para vencer a terceira corrida e pode continuar normalmente os testes rumo a Anaheim 1.

Como vencedor em 2015, Roczen ostentou o número 1 em sua CRF450R e foi na posição 1 que fez toda a primeira final. Liderou de ponta a ponta sem permitir a aproximação de Eli Tomac, que chegou cerca de 10 segundos atrás. Dungey foi o terceiro seguido de seu companheiro de equipe Marvin Musquin. Blake Baggett ficou com a quinta posição.


Ryan Dungey


Marvin Musquin
Roczen fez o holeshot na segunda bateria, mas não conseguiu abrir vantagem significativa nessa corrida. Tomac permaneceu por perto, a uma distância que variava entre um e dois segundos. Na sexta volta o alemão perdeu a linha ideal na seção de encaixes, pulou a mais num triplo e perdeu velocidade para o encaixe seguinte onde encavalou na recepção. No obstáculo seguinte ele simplesmente utilizou a opção ejetar e teve sorte em não ser atingido pela própria moto.

Tomac liderou o restante da bateria e assumiu a liderança da noite enquanto Roczen foi obrigado a abandonar pois ficou sem o botão de partida para religar a moto. Atrás de Tomac, cruzaram Dungey, Musquin, Chad Reed e Cole Seely.

O australiano Reed largou animado para a última corrida da noite, mas na terceira reta saltou um pouco fora de prumo e foi ao chão ao acertar um bloco de espuma. Mike Alessi, com a faca entre os dentes, segurou a liderança durante três voltas até que Roczen, finalmente, encontrou espaço para a ultrapassagem. Logo depois Alessi perdeu ritmo caindo rapidamente para a quinta posição.


Cole Seely

Tomac não conseguiu uma boa largada, saiu apenas em décimo, mas avançou pelo pelotão até superar Dungey pela terceira posição. Com Roczen na frente, mas sem chances de faturar a geral, as atenções se voltaram para o trio Musquin, Tomac e Dungey, que disputavam palmo a palmo as posições que definiriam o pódio.

A passagem pela Joker Lane adicionou ainda mais drama na decisão. Roczen entrou no trecho extra na oitava volta e foi seguido por Musquin, passando temporariamente a liderança para as mãos de Tomac. Na última volta Tomac e Dungey fizeram a passagem obrigatória pelo trecho e voltaram à pista principal praticamente juntos com o francês. Dungey aproveitou o momento para retomar a terceira posição na parte externa do estádio. A ordem na chegada foi Roczen, Musquin, Dungey, Tomac e Alessi.


Ken Roczen

A vitória geral por apenas 1 ponto não rendeu o milhão para Tomac, reservado apenas para quem vence a três baterias, mas lhe rendeu um bom cheque de 100 mil dólares. "Eu larguei bem para trás e tive que acelerar fundo. às vezes não sabia quem estava à minha frente e no final tive abaixar a cabeça e entrar na briga. Consegui a posição necessária para fazer meu trabalho e levar a vitória!"

Mais categorias e participação brasileira


Cameron Mcadoo levou uma caminhonete Toyota para casa

Na classe Amateur All-Stars a disputa pela vitória também foi equilibrada. Cameron Mcadoo levou a melhor sobre Challen Tennant no desempate. 7-1 x 2-6. Ramyller Alves foi o melhor brasileiro com a décima posição geral via 10º e 9º nas corridas. O gaúcho Enzo Lopes foi oitavo na primeira bateria, mas sofreu uma queda na segunda corrida onde fraturou a clavícula. Enzo espera competir novamente a partir do dia 21 de novembro no Mini O's Winter Olimpics, na Flórida.

Na classe Supermini, Stilez Robertson foi o vencedor com 2-1 nas baterias.


Stilex Robertson, vencedor da Supermini

Vídeos





Resultados


P. # Monster Energy Cup Pontos Totais M1 M2 M3
1 3 Eli Tomac 7 2 1 4
2 5 Ryan Dungey 8 3 2 3
3 25 Marvin Musquin 9 4 3 2
4 14 Cole Seely 17 6 5 6
5 800 Mike Alessi 19 8 6 5
6 4 Blake Baggett 21 5 7 9
7 1 Ken Roczen 23 1 21 1
8 22 Chad Reed 23 7 4 12
9 34 Benny Bloss 24 9 8 7
10 61 Vince Friese 31 11 12 8
11 38 Shane Mcelrath 32 12 10 10
12 44 Jordon Smith 33 13 9 11
13 75 Nicholas Schmidt 36 10 11 15
14 67 Jimmy Albertson 40 14 13 13
15 11 Kyle Chisholm 44 16 14 14
16 726 Gared Steinke 47 15 15 17
17 374 Cody Gilmore 53 20 17 16
18 154 Brandon Scharer 55 21 16 18
19 447 Deven Raper 55 17 19 19
20 211 Tevin Tapia 57 19 18 20
21 181 Dustin Pipes 59 18 20 21
22 801 Jeff Alessi 66 22 22 22

P. # Amateur All-Stars Total M1 M2
1 812 Cameron Mcadoo 8 7 1
2 71 Challen Tennant 8 2 6
3 82 Garrett Marchbanks 10 6 4
4 53 Dylan Walsh 12 9 3
5 131 Jayce Pennington 13 11 2
6 83 Lorenzo Locurcio 13 5 8
7 37 Sean Cantrell 13 3 10
8 91 Justin Cooper 17 4 13
9 402 Brandon Hartranft 18 13 5
10 222 Ramyller Alves 19 10 9
11 612 Mitchell Falk 20 1 19
12 16 Enzo Lopes 24 8 16
13 108 Robbie Wageman 25 18 7
14 17 Cameron Cannon 26 14 12
15 382 Tanner Stack 27 16 11
16 434 Dustin Winter 27 12 15
17 259 Tallon Lafountaine 33 15 18
18 94 Luke Purther 34 20 14
19 188 Gage Schehr 34 17 17
20 663 Rookie White 39 19 20
21 133 Jordan Bailey 42 21 21

P. # Supermini Total M1 M2
1 325 Stilez Robertson 3 2 1
2 122 Carson Mumford 5 3 2
3 587 Aiden Tijero 9 4 5
4 24 Joshua Varize 12 9 3
5 51 Jace Kessler 12 6 6
6 604 Max Miller 14 10 4
7 77 Devin Xindaris 17 5 12
8 60 Juan Valderrama 19 11 8
9 5 Seth Hammaker 19 1 18
10 31 Tyson Johnson 22 12 10
11 80 Preston Kilroy 23 14 9
12 34 Jarrett Frye 26 7 19
13 85 Timothy Kniffing 27 20 7
14 147 Levi Kitchen 27 13 14
15 351 Jack Rogers 28 17 11
16 43 Carter Biese 28 8 20
17 74 Dilan Schwartz 29 16 13
18 428 Nate Thrasher 30 15 15
19 71 Talon Hawkins 34 18 16
20 30 Jordan Jarvis 36 19 17
21 16 Cristopher Torres 42 21 21
22 10 Jeremy Ryan 44 22 22

Para os resultados individuais da baterias clique aqui.








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet