fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

Sudoeste Paulista de Motocross - 3ª etapa - Águas de Santa Bárbara - SP
Publicado em: 15/07/2016

Venezuelano Humberto "Machito" Martin domina principais categorias da rodada
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada da categoria MX Open

Pela terceira vez neste ano, o Campeonato Sudoeste Paulista esteve no Centro de Treinamento MTM, em Águas de Santa Bárbara (SP). Muito bem organizado pela equipe SMS Cross, o evento teve o venezuelano Humberto "Machito" Martin como destaque da rodada. Machito, que na noite anterior competiu no Arena Cross em Campinas, conquistou as duas principais baterias do domingo em sua primeira participação nesta temporada da competição.

Veja mais fotos na galeria de imagens da prova

Na corrida da MX Pró, quem saiu na frente foi o líder da categoria Alessandro "Didão" Marfin que defendia a invencibilidade na categoria. Mas, com as investidas de Machito, não demorou muito para a liderança mudar. Após assumir a ponta, o venezuelano imprimiu um novo ritmo e venceu com facilidade. Didão tentou dar o troco ainda no início, mas sem sucesso foi ficando para trás e terminou a prova em segundo mantendo a primeira posição no campeonato. Victor Mantovani sustentou por muito tempo o terceiro lugar da prova, só que na parte final acabou perdendo posições. Matheus Prado, subiu na classificação e manter o terceiro lugar por apenas por três voltas, então Rodrigo Guedes conseguiu a posição e permaneceu no posto até o final. Claudinei de Paula desde a metade da prova permaneceu na quinta colocação e fechou o pódio da bateria.


Humberto Machito Martin

Humberto "Machito" Martin também foi cara na MX Open. Novamente quem largou na frente foi Alessandro Marfin, mostrando estar com o reflexo e a técnica afiados. Claudinei de Paula em segundo e Humberto Machito em terceiro começaram a disputa como principais oponentes. Já no comecinho da prova, Machito assumiu a ponta e abriu uma bela vantagem em relação ao pelotão. Restou para Didão novamente pensar no campeonato e garantir outra segunda colocação. Até a metade da bateria Claudinei de Paula segurou o terceiro posto, mas parece que o ritmo naão foi o mesmo na hora decisiva e ele terminou com o quinto lugar. Matheus Prado desta vez ficou em terceiro com Rodrigo Guedes em sua cola na quarta colocação.


Rodrigo Guedes

Fábio Aleixo e Rodrigo Guedes protagonizaram um belo duelo pela liderança da primeira categoria do dia, a MX35. Guedes aproveitou o único espaço que Aleixo deixou para assumir a ponta e vencer a prova. Logo atrás, próximo da briga pela liderança, Denner Alves fez uma corrida de recuperação e terminou em terceiro. Após muita disputa e várias ultrapassagens a quarta colocação ficou para Adriano "Cacoal" Geli, que assumiu a posição faltando seis voltas para o final. João Batista da Silva fechou o pódio.


Marcelo Buri Moraes

A MXN1, principal categoria para motos nacionais, foi dominada em boa parte por Marcelo "Buri" Moraes. Na metade final no entanto, Buri perdeu a liderança para Gabriel Sanciani que não havia largado bem, mas fazia uma ótima corrida de recuperação. Porém, faltando duas voltas para o final, Gabriel foi penalizado porque, após um erro, cortou um pedaço da pista e assim o vencedor foi Marcelo "Buri". Mesmo com a penalização Gabriel ficou em segundo. Leonardo dos Santos chegou em terceiro lugar. Completaram o pódio Iago Carraro, em quarto, e Evandro Araújo, em quinto.


Denner Alves

Denner Alves venceu a categoria MX45 de ponta a ponta, mas o piloto da capital paulista não teve vida fácil porque Fábio Aleixo pressionou o tempo todo.  Mesmo assim, Denner conseguiu manter a concentração e confirmou a conquista. Luciano Panhozzi aproveitou a briga pelos ponteiros e entrou na disputa, mas sem ter espaço ficou com o terceiro posto. Luiz Meda apontou no início da prova na quarta colocação, mas a partir da quarta volta o mineiro José Luiz Prado assumiu a posição e manteve ate o final. Aristeu "Chaveirinho" Junior fechou a corrida na quinta colocação.


José Alan Oliveira

Em uma prova com muitas ultrapassagens, José Alan Oliveira assumiu a ponta da MXN2 logo na segunda volta e mantendo um ótimo ritmo conseguiu vencer a bateria sem muitas dificuldades. Na metade da bateria, Guilherme Gaffo alcançou o segundo posto e tentou se aproximar do líder, mas as posições permaneceram as mesmas. Saindo do meio do pelotão, José Alan Oliveira terminou a prova em terceiro. Odair de Paulo ficou com o quarto lugar e Frederico Oliveira, oscilando no começo da corrida, se firmou no final terminando na quinta colocação.


Leonardo de Souza

A categoria Júnior foi marcada por uma bela disputa pela liderança no começo da prova entre Leonardo de Souza e João Marcos Pavam. Os dois chegaram a trocar algumas vezes de posição até que, quando reassumiu a ponta, João sofreu uma queda e deixou o caminho livre para Leonardo assumir a ponta e vencer a bateria. Aproveitando, Felipe Araújo que vinha fazendo uma corrida tranquila pulou para o segundo posto. João Pavam terminou em terceiro.  Renam Mendes teve problema durante a prova e mesmo assim acabou a corrida em quarto deixando Gabriel Pillegi em quinto.


Renan Ferreira

A garotada também competiu com motos menores. O paranaense Renan Ferreira foi o vencedor da 65cc com Diogo Damazio em segundo e Lucas Santos em terceiro. Na 50cc a vitória ficou com Felipe Moraes, tendo Victor Andrade em segundo e César Santos em terceiro.

Giuliano Barbosa venceu praticamente de ponta a ponta a categoria 2 Tempos e com certa folga do segundo colocado Leonardo Souza, que assumiu o posto só no finalzinho da corrida. Luiz Moura terminou em terceiro, enquanto Renan Ferreira saiu da última posição para ficar com o quarto lugar. Com uma corrida consistente e também conservadora, Richard Rodrigues fez o suficiente para levar o quinto posto.


Felipe Moraes

Felipe Santos assumiu a ponta e abriu uma boa vantagem no começo da prova da categoria Intermediária. Provavelmente ele pensou em administrar a diferença até o final, mas não contava com o ritmo alucinante de Gabriel Sanciani na metade final da bateria que o colocou na briga pela liderança. Após algumas investidas, Gabriel pulou na frente e deixou Felipe em segundo. Giuliano Barbosa ficou com o terceiro posto sem ser incomodado pelo quarto, Luciano Panhozzi. Com uma corrida sólida, Vinícius Chaves acabou em quinto.

Mauro César, diretor da SMS Cross, já planeja os próximos eventos na Arena MTM. "Agradeço a  presença de todos, pilotos, equipes e público, assim como o apoio dos patrocinadores e da prefeitura na realização do evento. Prometo que na próxima etapa acontecerão mudanças na pista", destacou.


Giuliano Barbosa

Porém, antes de retornar ao local, a SMS Cross terá outros compromisso. A próxima prova será realizada no último final de semana de julho, dias 30 e 31, como parte de um grande evento que está sendo programado na cidade de Agudos (SP), na região de Bauru. A corrida será válida pela segunda etapa da Copa Paulista de Motocross.

O Campeonato Sudoeste Paulista de Motocross é uma realização da SMS Cross com supervisão da FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo) e patrocínio de Valor Tecnologia de Ativos, Moura Motos, MRP Racing, Marcinho Motos, Sem Limites Vistorias Veicular, Derriçamaq, Vanzela Motos, MX Point e Pastel Brasil.


Gabriel Sanciani

Resultados


Pos MX Open
101 Humberto Machito Martin
23 Alessandro Marfin Didão
715 Matheus Prado
152 Rodrigo Guedes
965 Claudinei De Paula
51 Fabio Aleixo
91 Dener Daniel Alves
4 João Batista Da Silva
291 João Marcos Pavan
10º 21 Ederson Gabriel
Pos MX Pro
101 Humberto Machito Martin
23 Alessandro Marfin Didão
152 Rodrigo Guedes
715 Matheus Prado
965 Claudinei De Paula
51 Felipe Zambini Santos
911 Maikon Provezana
4 João Batista Da Silva
21 Ederson Gabriel
10º 100 Victor Mantovani
Pos MX35
152 Rodrigo Guedes
51 Fabio Aleixo
91 Denner Daniel Alves
37 Marcelo Moraes
4 João Batista Da Silva
251 Luciano Panhozi
716 Junior Cesar Das Silva
144 Agnaldo Oliveira
234 Aristeu G. Junior
10º 18 Thyago Rinald
Pos MX45
91 Denner Daniel Alves
51 Fabio Aleixo
251 Luciano Panhozi
716 Jose Luiz Prado
234 Aristeu G. Junior
15 Luiz Moura
280 Luiz H. Pillegi
501 Alexandre Suaid
443 Luiz H. Meda
10º 90 Evalzinei Mantovani
Pos Intermediária
595 Gabriel Sanciani
51 Felipe Zambini Santos
144 Giuliano Barbosa
251 Luciano Panhozi
309 Vinicius Chaves
911 Maikon Provezana
93 Richard A. Rodrigues
18 Thyago Rinald
501 Alexandre Suaid
10º 705 Anthony Cris
Pos Júnior
122 Leonardo De Souza
161 Felipe B. Araujo
291 Joao Marcos Pavam
104 Renan Mendes Ferreira
92 Gabriel Pillegi
705 Anthony Cris
133 Frederico Da Silva Oliveira
988 Luiz Augusto Damazio
179 Maria Eduarda De Araujo
10º 57 Celio Soares Neto
Pos MXN1
37 Marcelo Moraes
595 Gabriel Sanciani
223 Leonardo R Dos Santos
71 Iago Giglioti Carraro
179 Evandro Araujo
133 Frederico Da Silva Oliveira
1603 Jose Henrique De Oliveira
596 Odair De Paulo
77 Emerson Benites
10º 705 Anthony Cris
Pos MXN2
5 Jose Alan R. Oliveira
2 Guilherme Gaffo
1603 Jose Alan R. Oliveira
596 Odair De Paulo
133 Frederico Da Silva Oliveira
705 Paulo Damazio
16 Joao Pedro Fidencio
77 Emerson Benites
179 Maria Eduarda De Araujo
Pos 65cc
104 Renan Mendes Ferreira
25 Diogo Cavalheiro Damazio
25 Lucas Santos
Pos 50cc
337 Felipe Moraes Burizinho
1 Victor Hugo Andrade
5 Cesar Santos
Pos MX 2T
144 Giuliano Barbosa
122 Leonardo Souza
15 Luiz Moura
104 Renan Mendes Ferreira
93 Richard A. Rodrigues
99 Alcides Couto Jr
92 Gabriel Pillegi
501 Alexandre Suaid
988 Luiz Augusto Damazio






Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet