fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de Enduro - 7ª e 8ª etapas - Heinola - Finlândia
Publicado em: 15/06/2016

Eero Remes começa disputa em casa na frente, mas Matt Phillips dá o troco no segundo dia da EnduroGP
Redação MotoX.com.br – Fotos: Future7Media


Eero Remes

“A verdade é que foi um fim de semana difícil para todos. É uma prova com terreno complicado, muita areia e muitas raízes. Leva tempo até encontrarmos um ritmo”. Essa declaração de Jonathan Barragan - oitavo colocado da E3 - descreve bem as sétima e oitava etapas do Mundial de Enduro, disputadas nos dias 11 e 12 em Heinola, na Finlândia. Para a maioria dos pilotos a rodada no norte europeu foi a mais exigente do campeonato até o momento.


Jonathan Barragan

Porém, para um piloto em especial, as condições severas não são novidade. Durante o sábado, o finlandês Eero Remes, prata da casa, foi rápido e consistente, vencendo a classe EnduroGP com 24 segundos de vantagem sobre Steve Holcombe. Nathan Watson foi o terceiro colocado, a apenas oito segundos do vice. Matt Phillips chegou líder da categoria principal, mas - após uma série de trapalhadas - encerrou a primeira parte da disputa na quarta posição, entregando a ponta para o rival.


Pascal Rauchenker

“Foi um dia ótimo para mim. Vencer e ainda assumir a liderança da categoria... é difícil pensar em um dia melhor”, declarou Remes que faturou também a E1, tendo Nathan Watson como principal oponente na categoria. A surpresa ficou por conta de Pascal Rauchenker na terceira posição da classe, conquistando seu primeiro pódio na competição.

Apesar de perder temporariamente o reinado na EnduroGP, Matt Phillips se fortaleceu na E2. Com a vitória na categoria, o piloto ampliou a vantagem na liderança para 19 pontos. “Não fui rápido o suficiente para brigar pela geral, mas pela E2 as coisas correram bem. Ganhei pontos importantes para o campeonato. Então, no fim das contas, foi um dia decente”, analisou Phillips. Mathias Bellino fez o segundo tempo, enquanto Loic Larrieu terminou na terceira posição com méritos, após uma forte queda.
 

Steve Holcombe

Também intensificando seu domínio na E3, Steve Holcombe completou os nove trechos cronometrados com o melhor tempo da classe. Porém o piloto levou tempo para encontrar ritmo: “Depois do primeiro Enduro Teste fiquei preocupado, não senti que estava pilotando bem. Mas segui puxando o máximo que podia. As especiais estavam muito técnicas e sempre diferentes”, comentou Holcombe. Acompanhando o colega de equipe para a alegria da Beta, Johnny Aubert foi o segundo colocado. Antoine Basset completou em terceiro.

Na Feminina, Jane Daniels faturou o topo do pódio com apenas dois segundos de vantagem sobre Laia Sanz. “Sabia que Laia largaria para vencer, então fazer o melhor tempo no primeiro cronometrado deu ânimo para o resto do dia”, explicou Daniels. Maria Franke foi a terceira colocada em sua estreia na competição.


Matt Phillips

No domingo, Matt Phillips não se segurou e a revanche aconteceu. O australiano encontrou consistência e venceu a EnduroGP com nove segundos sobre Eero Remes e voltou à liderança da classe. Nathan Watson completou o pódio.

“Remes e Watson forçaram tanto que me empurraram para a vitória geral e também na E2. Foi um dia difícil, mas só segui acelerando e acelerando”, declarou Phillips. Mathias Bellino ficou com a segunda colocação da E2, à frente de Alex Salvini – que retornou ao pódio depois de um hiato de quatro etapas. Loic Larrieu ficou com o quarto lugar.


Nathan Watson

Já na E1, Eero Remes e Nathan Watson acirraram ainda mais a rivalidade: venceu o piloto que errou menos durante o percurso, nesse caso, Remes que seguiu imbatível com a oitava vitória na classe. Danny McCanney fez o terceiro tempo e subiu ao pódio pela primeira vez no ano.

Watson tentou de todas as formas quebrar a hegemonia do finlandês. “No primeiro cronometrado de sábado, meu tempo foi horrível e pensei que este seria um longo fim de semana. Mas depois as coisas alinharam, comecei a prestar mais atenção nas minhas linhas e me sai melhor. Hoje (domingo) estava brigando pela vitória da E1. Porém errei nos dois últimos testes... estava forçando demais porque queria ganhar”, comentou.


Johnny Aubert

Johnny Aubert não só superou um péssimo começo, como venceu a E3. O piloto da Beta terminou oito segundos à frente de Jaume Betriu. Antoine Basset terminou em terceiro.

“Meu dia começou com um erro grande no primeiro Motocross Teste. Então achei que seria um dia péssimo, mas administrei o ritmo para brigar pela vitória e deu certo. Foi um dia difícil, mas terminou bem”, declarou Aubert. O francês ainda capitalizou em cima de uma penalização de seu companheiro de equipe Steve Holcombe, que estava na briga pela vitória, mas com cinco minutos de acréscimo no tempo caiu para a oitava posição.


Jane Daniels

A britânica Jane Daniels conquistou outra vitória na categoria Feminina. A alemã Maria Franke foi a segunda colocada, à frente de Laia Sanz. A espanhola, que tem se dedicado ao rali, subiu ao terceiro degrau do pódio bastante decepcionada com seu desempenho. “Não lembro da última vez que tive um final de semana assim. Estava muito devagar e tive que brigar o dia inteiro para pegar um ritmo bom. Errei umas duas vezes no Enduro Teste e cai no Cross Teste. Foi difícil me sentir confortável numa moto de enduro. Este ano comecei a treinar mais tarde por conta da lesão no Rally do Qatar. Mas não é uma desculpa, corri mal. Espero me sair melhor na Suíça”, disse Sanz.

A próxima rodada do Mundial de Enduro será neste fim de semana, dias 18 e 19, em Enkoping, Suíça.

Vídeos







Resultados

Sábado
 
EnduroGP

1. Eero Remes (TM) 58:14.90
2. Steve Holcombe (Beta) 58:38.90
3. Nathan Watson (KTM) 58:46.70
4. Matthew Phillips (Sherco) 58:51.18
5. Mathias Bellino (Husqvarna) 59:17.12
 
Enduro 1
1. Eero Remes (TM) 58:14.90
2. Nathan Watson (KTM) 58:46.70
3. Pascal Rauchenecker (Husqvarna) 1:00:40.84.
4. Daniel McCanney (Husqvarna) 1:00:46.62
5. Ivan Cervantes (KTM) 1:01:03.33
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 58:51.18
2. Mathias Bellino (Husqvarna) 59:17.12
3. Loic Larrieu (Yamaha) 59:21.04
4. Alex Salvini (Beta) 59:21.80
5. Taylor Robert (KTM) 59:36.47

Enduro 3
1. Steve Holcombe (Beta) 0:58:38.090
2. Johnny Aubert (Beta) 1:00:08.005
3. Antoine Basset (KTM) 1:00:41.025
4. Luis Correia (Beta) 1:00:56.053
5. Jaume Betriu Armengol (KTM) 1:01:33.022

Domingo
 
EnduroGP
1. Matthew Phillips (Sherco) 59:10.67
2. Eero Remes (TM) 59:19.43
3. Nathan Watson (KTM) 59:34.45
4. Mathias Bellino (Husqvarna) 1:00:06.21
5. Alex Salvini (Beta) 1:00:15.17
 
Enduro 1
1. Eero Remes (TM) 59:19.43
2. Nathan Watson (KTM) 59:34.45
3. Daniel McCanney (Husqvarna) 1:01:48.29
4. Pascal Rauchenecker (Husqvarna) 1:02:23.39
5. Ivan Cervantes (KTM) 1:02:24.19
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 59:10.67
2. Mathias Bellino (Husqvarna) 1:00:06.21
3. Alex Salvini (Beta) 1:00:15.17
4. Loic Larrieu (Yamaha) 1:00:25.69
5. Taylor Robert (KTM) 1:00:28.33
 
Enduro 3
1. Johnny Aubert (Beta) 1:01:16.096   
2. Jaume Betriu Armengol (KTM) 1:01:24.086
3. Antoine Basset (KTM) 1:01:32.032
4. Manuel Monni (TM) 1:03:02.012
5. Jonathan Barragan (Gas Gas) 1:03:19.085
 
Campeonato
 
EnduroGP

1. Matthew Phillips (Sherco) 125pts
2. Eero Remes (TM) 125pts
3. Steve Holcombe (Beta) 98pts
4. Mathias Bellino (Husqvarna) 92pts
5. Nathan Watson (KTM) 88pts
 
Enduro 1
1. Eero Remes (TM) 160pts
2. Nathan Watson (KTM) 130pts
3. Daniel McCanney (Husqvarna) 89pts
4. Gianluca Martini (Kawasaki) 86pts
5. Ivan Cervantes (KTM) 32pts
 
Enduro 2
1. Matthew Phillips (Sherco) 149pts
2. Mathias Bellino (Husqvarna) 118pts
3. Loic Larrieu (Yamaha) 112pts
4. Taylor Robert (KTM) 112pts
5. Alex Salvini (Beta) 112 pts

Enduro 3

1. Steve Holcombe (Beta) 138pts
2. Johnny Aubert (Beta) 131pts
3. Antoine Basset (KTM) 124pts
4. Manuel Monni (TM) 105pts
5. Jaume Betriu Armengol (KTM) 92pts







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet