X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Motocross

Copa Brasil de Motocross - Final - Brasileiro Pró - 4ª etapa - São José - SC
Publicado em: 19/10/2015

Carlos Campano e Hector Assunção conquistam os títulos da Copa Brasil
Redação MotoX.com.br - Fotos Maurício Arruda
 
Etapa final teve a participação ilustre do oito vezes campeão mundial Antonio Cairoli
 

Largada da categoria MX1

Sem previsão de chuva o Motódromo Marronzinho recebeu 'de braços abertos', em São José (SC), a segunda e última etapa da Copa Brasil de Motocross, válida também como quarta etapa do Brasileiro de Motocross, no último fim de semana. Além da decisão do campeonato na principais categorias, a grande atração das corridas no domingo foi a presença do oito vezes campeão mundial Antonio Cairoli.
 
Veja também:
- Galeria de imagens das corridas de domingo

Em breve no MotoX:

- Entrevista com Antonio Cairoli

Um privilégio raro. Os pilotos do Mundial de Motocross dificilmente participam de provas locais longe de suas bases, mas tivemos uma feliz coincidência de interesses: a KTM Brasil ampliando a divulgação da marca e Cairoli disposto a recuperar o ritmo antes da preparação pré-temporada.
 
Com uma SX350F original à disposição, o italiano desembarcou com nada menos que quatro malas de peças especiais. Praticamente sobraram apenas motor e quadro originais na moto. Também a ponteira de escape, já que a peça de 450 que trouxeram não serviu na 350.
 
Nos treinos de sábado ficou claro que as corridas não seriam exatamente um passeio no parque. Cairoli reconheceu o terreno com tranquilidade e os melhores tempos ficaram com Jean Ramos e Carlos Campano, nessa ordem. Cairoli foi o terceiro mais rápido. Já no warm-up de domingo, as posições se inverteram. Cairoli soltou a mão e foi 1,2s mais rápido que Campano, que colocou 0,4s em Jean. Para esses dois, mais importante que medir forças com o campeão mundial, era o título da Copa, que ao que tudo indicava - e acabou se confirmando - seria decidido entre os pilotos da Yamaha Geração.

Vídeo:

 
Corridas
 

Antonio Cairoli

Na primeira largada da MX1, Campano assumiu a ponta seguido de Jean e Carlos Badiali, formando um trio da Yamaha na liderança. Cairoli saiu em quarto, mas Paulo Alberto aproveitou a confusão na fase inicial para roubar a posição do italiano.
 
Na segunda ou terceira volta, Badiali errou o triplo em subida e caiu bem na frente de Cairoli e Alberto, que saltaram emparelhados. O português não teve por onde escapar e acabou atropelando o venezuelano, que abandonou a corrida, mas voltaria a largar na segunda bateria. Essa primeira prova foi marcada por várias quedas.
 

Carlos Campano

Na terceira posição, Cairoli estudou o terreno por cerca de dez minutos antes de partir para o ataque, primeiro ultrapassando Jean Ramos e depois Carlos Campano. Ambos não venderam barato suas posições. Interessante foi notar a torcida do público pelo italiano, mesmo na disputa contra um brasileiro.
 
Cairoli cruzou a bandeirada com 13 segundos de vantagem sobre Campano, que abriu dez segundos de Jean. Mesmo com uma queda, Jorge Balbi - que após a prova declarou não se sentir nem um pouco à vontade na pista - venceu o duelo pela quarta posição com o equatoriano Jetro Salazar.
 
Segunda bateria
 

Jean Ramos

Na segunda corrida, Campano e Jean repetiram a boa largada, mas dessa vez Cairoli veio quente, decidido a resolver a disputa já no início. Logo, o italiano passou a líder, mas uma queda, num king em curva algumas voltas depois, o mandou de volta novamente ao terceiro posto.
 
A velocidade com que atacava as canaletas foi o diferencial do italiano que mais uma vez teve trabalho para recuperar as posições de Jean e Campano até reassumir a liderança.
 

Jorge Balbi

Nos dez minutos finais, recomeçou a batalha decisiva pelo título entre os pilotos da Yamaha. Jean era mais rápido na parte baixa da pista e Campano descontava no miolo. O curitibano chegou a emparelhar por duas ou três vezes, mas o espanhol defendeu com garra a posição. Foi uma bela batalha entre os companheiros de equipe, digna de final do campeonato.


Adam Chatfield
Campano conseguiu garantir a posição na última volta e comemorou o título por apenas dois pontos de vantagem. Cairoli, como convidado, não teve influência na pontuação do campeonato. Na sequência chegaram Paulo Alberto, Adam Chatfield e Jorge Balbi. O mineiro ficou com a terceira posição geral da Copa Brasil de Motocross.
 
Carlos Campano
"O Jean estava na frente no campeonato. Precisava ganhar dele em uma bateria. Na primeira foi fácil, pois larguei em primeiro. O Cairoli demorou para me ultrapassar. Então, consegui abrir um pouco mais em relação ao Jean e andei mais tranquilo. A segunda foi bem mais difícil, a pista estava mais seca. Era mais fácil cair, cometer erros. Foi mais difícil achar um ritmo bom na pista. Mas consegui ganhar o campeonato e no Brasileiro estou um pouco mais na frente."
 
Jean Ramos
"Infelizmente não consegui ser o campeão, dei meu melhor. Eu estava focado no resultado da Copa Brasil, sabia que tinha que passar o Campano para ser campeão. Mas foi bacana, gostei do jeito que pilotei nas duas baterias. Na primeira, andei muito bem. No Brasileiro, estamos na luta. São 15 pontos de diferença. Então, é continuar trabalhando."
 
Jorge Balbi
"Eu estou satisfeito com o resultado. Em momento nenhum eu me encontrei com a pista. Em Indaiatuba (cidade paulista que foi sede da primeira etapa), eu consegui andar bem, lá eu tinha a mesma velocidade que o Campano e o Jean. Mesmo assim, esse final de semana, consegui andar bem. Fui o quarto, tirando o Cairoli, eu fui o terceiro e encerrei a Copa Brasil em terceiro."

Tony Cairoli
"Eu estava bem, mas na segunda bateria, um pouco cansado, acabei caindo, Sabia que se mantivesse a velocidade e a consistência, voltaria ao primeiro lugar. Tenho que reconhecer que os dois pilotos (Carlos Campano e Jean Ramos) são muito bons, andaram melhor do que quando foram aos GPs. Acho que eles elevaram o nível do Brasil no motocross."

MX2


Largada da categoria MX2

No início da MX2, parecia que as coisas iriam se complicar um pouco para Hector Assunção, que chegou à etapa com vantagem na classificação. Fábio dos Santos abriu caminho na primeira bateria e deixou o líder para trás, junto com Dudu Lima, outro piloto na disputa pelo título que não largou bem. Porém, a recuperação de Hector foi rápida. Mais ou menos na quinta volta ele já era o terceiro colocado, superando Pepê Bueno e João Pedro Ribeiro. Pouco depois, assumiu a vice-liderança e ficou ali até o final. Fábio assegurou a bateria com ótimo desempenho e uma vantagem tranquila. Dudu também se recuperou de forma exemplar e chegou em terceiro, seguido por João Pedro e Enzo Lopes, que herdou o quinto lugar apôs uma queda de Pepê.


Hector Assunção

Fábio dos Santos foi novamente o mais rápido na largada da segunda bateria, mas desta vez, Dudu Lima e Pepê Bueno colaram no adversário. Hector foi o quarto, mas passou à vice-liderança já na segunda volta. Lutando para defender. Ponta do forte concorrente, Fabinho acabou no chão e só conseguiu voltar à disputa em quinto lugar. Com isso, Hector aproveitou a oportunidade e cruzou a linha de chegada em primeiro conquistando o primeiro lugar na soma das baterias e também o título. Dudu foi o segundo, assegurou a mesma posição na classificação geral da etapa, e teve ao lado no pódio Fabinho, João Pedro e Enzo. No campeonato, Fábio ficou em segundo, Dudu em terceiro, João Pedro em quarto e Caio Lopes em quinto.
 

Dudu Lima

Hector Assunção

"Para o Brasileiro eu tinha que me preocupar com o Dudu, precisava chegar na frente dele nas duas baterias. Para a Copa Brasil, precisava chegar na frente do Fabinho e consegui. Foram duas provas boas. Infelizmente, na primeira bateria, acabei batendo com outro piloto na largada e fiquei sem o freio dianteiro. Desde a primeira volta, sem nada do freio dianteiro e isso acabou dificultando bastante, porque a pista tinha muita canaleta. Mesmo assim, consegui finalizar na segunda posição. Na segunda bateria, entrei um pouco mais sossegado. Podia chegar em terceiro para ser campeão. Infelizmente o Fabinho caiu, e daí consegui ficar na liderança."


Fábio Santos

MX3

A MX3 também teve vitória estrangeira. O esloveno Roman Jelen, recém-chegado ao Brasil e ainda em uma de suas primeiras provas no país, dominou a categoria para pilotos com mais de 35 anos e faturou o título. O europeu deu um show na pista e assumiu a frente logo no início sem dar espaço aos adversários. Duda Parise, Milton 'Chumbinho' Becker e Paulo Stédile se enfrentaram em busca da segunda posição e protagonizaram uma ótima disputa. Duda acabou se dando melhor. As demais posições foram as mesmas na prova e no campeonato. Duda em segundo, Chumbinho em terceiro, Paulo Stedile em quarto e Erivelto Nicoladelli em quinto lugar.


Roman Jelen

Roman Jelen
"Estou orgulhoso, sabe? Feliz por estar aqui, me divertindo. Não faço muita questão de vencer. Agora é mais para me divertir. Minha energia agora é para animar o público. Mas espero também aumentar o nível da prova. Eu sei que tenho experiências que os outros pilotos não têm. Vencer aqui para mim é mais questão de me divertir, do que de ser 'o cara'. O título é uma consequência e é bom para os patrocinadores e para minha equipe. Com certeza, é também para reconhecer meu amigo Wellington (Valadares) que me ajudou muito aqui."


Duda Parise

Duda Parise
"Acho que a prova foi legal. Não tive uma boa largada, mas consegui imprimir um ritmo bom. No início, o Roman e o Chumbinho estavam muito fortes. Então eu nem arrisquei porque eu ia ter que forçar muito. Eu fiquei controlando o Chumbo porque o meu foco é o Campeonato Brasileiro. Então, fiz uma corrida cabeça, administrei bem."
 
Júnior


Leonardo Cassarotti

A disputa da Júnior, válida somente pelo Campeonato Brasileiro, foi forte entre Leonardo Cassarotti e Leonardo de Almeida. Cassarotti saiu em primeiro, mas teve que lidar com a perseguição permanente do concorrente. Mesmo assim, foi consistente e chegou na frente, deixando o oponente em segundo. Thiago Brenner e Tallys Nathan também travaram uma bela disputa pelo terceiro lugar. Thiago tinha vantagem, foi ultrapassado por Tallys, que depois de uma queda não conseguiu segurar o posto.
 

Leonardo de Almeida

Leonardo Cassarotti
"Pensar em título agora não dá mais. Pois já caí fora da pista na primeira etapa, já acumulei muitos erros e um antidesportivo. Agora não é pensar em título, mas correr bem. Hoje (domingo) a corrida foi boa. Minha largada foi sensacional. Cheguei a acertar a canaleta para ultrapassar o segundo e fui abrindo até poder aliviar e evitar erros. O Léo Almeida chegou a pressionar um pouco. Mas, me foquei no que eu estava fazendo e não nele."

Disputas de sábado


Leonardo Limberger

Além das categorias realizadas no domingo, o evento teve a prova da Intermediária durante o sábado. A classe foi vencida por Leonardo Limberger que com isso faturou também o título da categoria, superando Jacson Keil pelo critério de desempate (melhor desempenho na última etapa) já que os dois somaram os mesmos pontos. Outra disputa do fim de semana foi o Holeshot Red Bull Enzo Lopes, uma batalha especial de largadas que teve o piloto gaúcho como anfitrião. Pepê Bueno venceu na MX2 e Lucas Gadotti na Intermediária.


Pepê Bueno

Agora os pilotos tem pouco mais de duas semanas de preparação até a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, prevista para os dias 7 e 8 de novembro em Tapejara, no Rio Grande do Sul.


Pódio da MX1


Yamaha comemorou dobradinha no campeonato da MX1


Honda festejou títulos da MX2 e MX3

Vídeos:





Resultados da etapa

Pos No. Soma MX1 R1. R2. Pontos Totais
1 222 Antonio Cairoli 25 25 50
2 1 Carlos Campano Jimenez 22 22 44
3 10 Jean Carlo Ramos 20 20 40
4 3 Antônio Jorge Balbi Jr 18 15 33
5 407 Adam Brian Chatfield 15 16 31
6 211 Paulo Alberto 12 18 30
7 920 Jetro David Salazar Montalvo 16 14 30
8 21 Wellington Garcia Matos 14 12 26
9 27 Thales Vilardi 11 13 24
10 5 Marcello Lima 13 10 23
11 116 Rafael Faria 10 11 21
12 101 Humberto Alejandro Martin Garaicoechea 8 9 17
13 111 Gustavo Pereira Do Amaral 9 7 16
14 700 Rodrigo Taborda 7 6 13
15 931 Rafael Zenni 2 8 10
16 87 Otávio Pelegrino 5 5 10
17 82 Lucas Basso 6 4 10
18 34 Lucas Dunka 3 3 6
19 720 Rodrigo Galiotto 4 0 4
P. No. MX1 Bateria 2 Voltas Diff M.V. Patrocinador
1 222 Antonio Cairoli 21 33:53.666 1:37.578 Red Bull/Ktm
2 1 Carlos Campano Jimenez 21 2,127 1:37.538 Yam/Geraçao/Asw/Pirelli/Alpines
3 10 Jean Carlo Ramos 21 5,633 1:38.243 Asw/Yamaha//Pirelli/ Jmr Esco
4 211 Paulo Alberto 21 40,797 1:39.670 Hon IMS Pirelli Mobil
5 407 Adam Brian Chatfield 21 1:13.546 1:40.160 Hon IMS Ipiranga Levorin
6 3 Antônio Jorge Balbi Jr 21 1:18.138 1:41.292 Pro Tork, Kawasaki, Rfix, Elemento
7 920 Jetro David Salazar Montalvo 21 1:18.596 1:41.715 Escuderia X
8 27 Thales Vilardi 21 1:29.591 1:41.632 Subs27/Motul/Wladas/ Rsmx/Ge
9 21 Wellington Garcia Matos 21 1:39.232 1:41.752 Hon, Ims, Mobil, Pirelli, Wg21, A
10 116 Rafael Faria 20 1 Volta 1:42.691 Ipiranga/Levorin/Ims/Honda/Edgers/
11 5 Marcello Lima 20 1 Volta 1:42.650 Emg Racing, Kaw, Rinaldi
12 101 Humberto Alejandro Martin Garaico 20 1 Volta 1:43.023 Moura Motos/Borilli Pneus/Belparts
13 931 Rafael Zenni 20 1 Volta 1:47.167 Zenni Racing/Cobreq/Fox Rodas/I
14 111 Gustavo Pereira Do Amaral 19 2 Voltas 1:48.921 Rota Do Mar/Sport Company/Briger J
15 700 Rodrigo Taborda 19 2 Voltas 1:50.312 Belparts/Adrenalinamx/Borilli/G-acti
16 87 Otávio Pelegrino 18 3 Voltas 1:51.113 Jn Ferramentaria, Borilli Raci
17 82 Lucas Basso 18 3 Voltas 1:54.031 Rinaldi/Pro Tork/Artcross/Biker/Lider
18 34 Lucas Dunka 15 6 Voltas 1:49.379 Artcross / Cross Shop / Labor
P. # MX1 Bateria 1 V Diff M.v. Equipe
1 222 Antonio Cairoli 21 34:20.956 1:39.177 Red Bull/Ktm
2 1 Carlos Campano Jimenez 21 13,102 1:39.401 Yam/Geraçao/Asw/Pirelli/Alpines
3 10 Jean Carlo Ramos 21 23,351 1:39.808 Asw/Yamaha//Pirelli/ Jmr Esco
4 3 Antônio Jorge Balbi Jr 21 1:14.873 1:42.891 Pro Tork, Kawasaki, Rfix, Elemento
5 920 Jetro David Salazar Montalvo 21 1:15.837 1:42.726 Escuderia X
6 407 Adam Brian Chatfield 21 1:17.015 1:42.260 Hon IMS Ipiranga Levorin
7 21 Wellington Garcia Matos 21 1:33.056 1:44.089 Hon, Ims, Mobil, Pirelli, Wg21, A
8 5 Marcello Lima 21 1:34.126 1:43.886 Emg Racing, Kaw, Rinaldi
9 211 Paulo Alberto 21 1:36.320 1:42.158 Hon IMS Pirelli Mobil
10 27 Thales Vilardi 20 1 Volta 1:44.391 Subs27/Motul/Wladas/ Rsmx/Ge
11 116 Rafael Faria 20 1 Volta 1:44.948 Ipiranga/Levorin/Ims/Honda/Edgers/
12 111 Gustavo Pereira Do Amaral 19 2 Voltas 1:49.618 Rota Do Mar/Sport Company/Briger J
13 101 Humberto Alejandro Martin Garaico 19 2 Voltas 1:44.582 Moura Motos/Borille Pneus/Belparts
14 700 Rodrigo Taborda 19 2 Voltas 1:54.069 Belparts/Adrenalinamx/Borilli/G-acti
15 82 Lucas Basso 18 3 Voltas 1:55.768 Rinaldi/Pro Tork/Artcross/Biker/Lider
16 87 Otávio Pelegrino 18 3 Voltas 1:54.326 Jn Ferramentaria, Borilli Raci
17 720 Rodrigo Galiotto 18 3 Voltas 1:57.495 Líder Mx, Borrili Racing, Martini Rac
18 34 Lucas Dunka 17 4 Voltas 1:52.486 Artcross / Cross Shop / Labor
19 931 Rafael Zenni 16 5 Voltas 1:47.875 Zenni Racing/Cobreq/Fox Rodas/I
P No. MX2 Soma das Baterias R1. R2. Pontos
1 1 Hector De Freitas Assunção 22 25 47
2 2 Eduardo Lima 20 22 42
3 987 Fabio Aparecido Do Santos 25 16 41
4 282 Joao Pedro Pinho Ribeiro 18 20 38
5 16 Enzo Lopes 16 18 34
6 134 Caio Lopes Fernandes 14 15 29
7 97 Pedro Henrique Rosa Bueno 15 14 29
8 127 Ismael Rojas 11 11 22
9 945 Leonardo De Souza 12 10 22
10 48 Jose Felipe Mombach 9 9 18
11 194 Leonardo Lizott 10 8 18
12 112 Endrews Armstrong Nhemihes 0 13 13
13 841 Paulo Vitor Cunha Guimarães 7 6 13
14 31 José Brayan Soares 13 0 13
15 58 Leandro Davids Araujo 0 12 12
16 32 Carlos Tavares Evangelista 5 7 12
17 121 Mateus Favero Basso 8 4 12
18 77 Diego Heinig Da Silva 6 5 11
19 117 Lucas Publio Ferreira Salviano 4 3 7
20 383 Augusto Caliman 3 0 3
21 12 Francisco Nadielson Salmito Alves Lima 0 2 2
22 55 João Pedro Fonseca De Oliveira 1 1 2
23 172 Joao Gabriel Da Veiga 2 0 2
P. No. MX2 Bateria 2 Voltas Diff M.V. Patrocinador
1 1 Hector De Freitas Assunção 20 33:31.859 1:42.120 Hon, Mobil, Ims, Pirelli, Yoshimur
2 2 Eduardo Lima 20 5,512 1:42.238 Emg Racing, Kaw, Rinaldi
3 282 Joao Pedro Pinho Ribeiro 20 8,818 1:42.359 Yam Geraçao Asw Pirelli Dragon
4 16 Enzo Lopes 20 9,872 1:42.325 Ktm/Dafra, Pirelli, Red Bull, F
5 987 Fabio Aparecido Do Santos 20 24,618 1:41.807 Yamaha/Grupo Geracao/Pirelli/Asw/1
6 134 Caio Lopes Fernandes 20 54,982 1:44.561 Ims-hon-levorin-ipiranga-gaiam
7 97 Pedro Henrique Rosa Bueno 20 1:01.066 1:42.820 Protork Jett, Troylee Desing,
8 112 Endrews Armstrong Nhemihes 20 1:26.562 1:44.609 Gringa Mx/Serginho Suspension/Le
9 58 Leandro Davids Araujo 19 1 Volta 1:48.440 Fazenda Rosinha / Jmr Escola De M
10 127 Ismael Rojas 19 1 Volta 1:48.325 Conti Cola/Big Power/Fox/Mrp
11 945 Leonardo De Souza 19 1 Volta 1:48.445 Escuderia X
12 48 Jose Felipe Mombach 18 2 Voltas 1:50.359 Supermercados Mombach/ Ims
13 194 Leonardo Lizott 18 2 Voltas 1:52.463 Borilli Racing/ Ims/ Motostyle/ Mrpr
14 32 Carlos Tavares Evangelista 18 2 Voltas 1:54.595 Equipe Dunas/Revista Dirt Action -
15 841 Paulo Vitor Cunha Guimarães 18 2 Voltas 1:53.714 Pv Industries/ Brasilata S/A / Rv Su
16 77 Diego Heinig Da Silva 18 2 Voltas 1:55.683 Fme Camboriu, Mx Center, Rbi
17 121 Mateus Favero Basso 17 3 Voltas 1:54.674 Rinaldi/Pro Tork/Artcross/Biker/Lider
18 117 Lucas Publio Ferreira Salviano 17 3 Voltas 2:00.859 Bubbaloo Meu Pai/Rinco/Lifeclub/
19 12 Francisco Nadielson Salmito 17 3 Voltas 1:59.539 Pai
20 55 João Pedro Fonseca De Olivei 17 3 Voltas 2:00.974 Oxxy Racing, Hss, M1tecnolog
21 172 Joao Gabriel Da Veiga 17 3 Voltas 2:02.458 Belgas/Tholokko/Mcr/Sanquinha Re
22 31 José Brayan Soares 12 8 Voltas 1:45.631 Kaiani Malhas, Borilli, Ims, Biogas, M
P. # MX2 Bateria 1 V Diff M.v. Equipe
1 987 Fabio Aparecido Do Santos 21 35:01.592 1:40.130 Yamaha/Grupo Geracao/Pirelli/Asw/1
2 1 Hector De Freitas Assunção 21 12,589 1:41.491 Hon, Mobil, Ims, Pirelli, Yoshimur
3 2 Eduardo Lima 21 15,414 1:41.532 Emg Racing, Kaw, Rinaldi
4 282 Joao Pedro Pinho Ribeiro 21 41,362 1:41.949 Yam Geraçao Asw Pirelli Dragon
5 16 Enzo Lopes 21 50,493 1:42.152 Ktm/Dafra, Pirelli, Red Bull, F
6 97 Pedro Henrique Rosa Bueno 21 1:03.600 1:39.735 Protork Jett, Troylee Desing,
7 134 Caio Lopes Fernandes 21 1:14.695 1:43.010 Ims-hon-levorin-ipiranga-gaiam
8 31 José Brayan Soares 21 1:29.405 1:43.622 Kaiani Malhas, Borilli, Ims, Biogas, M
9 945 Leonardo De Souza 20 1 Volta 1:46.033 Escuderia X
10 127 Ismael Rojas 20 1 Volta 1:47.702 Conti Cola/Big Power/Fox/Mrp
11 194 Leonardo Lizott 19 2 Voltas 1:50.882 Borilli Racing/ Ims/ Motostyle/ Mrpr
12 48 Jose Felipe Mombach 19 2 Voltas 1:51.374 Supermercados Mombach/ Ims
13 121 Mateus Favero Basso 19 2 Voltas 1:50.085 Rinaldi/Pro Tork/Artcross/Biker/Lider
14 841 Paulo Vitor Cunha Guimarães 19 2 Voltas 1:51.955 Pv Industries/ Brasilata S/A / Rv Su
15 77 Diego Heinig Da Silva 19 2 Voltas 1:52.108 Fme Camboriu, Mx Center, Rbi
16 32 Carlos Tavares Evangelista 19 2 Voltas 1:53.943 Equipe Dunas/Revista Dirt Action -
17 117 Lucas Publio Ferreira Salviano 18 3 Voltas 1:53.909 Bubbaloo Meu Pai/Rinco/Lifeclub/
18 383 Augusto Caliman 18 3 Voltas 1:58.874 Ims, Wg21, Açai Vitanaty
19 172 Joao Gabriel Da Veiga 18 3 Voltas 1:56.650 Belgas/Tholokko/Mcr/Sanquinha Re
20 55 João Pedro Fonseca De Olivei 17 4 Voltas 1:59.913 Oxxy Racing, Hss, M1tecnolog
21 43 Leonardo Rodrigo Dambrós 16 5 Voltas 1:51.887 Ims Racing, Campos Preparações, Ce
22 12 Francisco Nadielson Salmito 13 8 Voltas 1:57.114 Pai
P. # MX Junior V Diff M.v. Equipe
1 25 Leonardo Zequinao Cassarotti 14 25:36.538 1:52.621 Dunas Racing/Hon/Ims/Pireli/Dirt
2 62 Leonardo De Almeida Da Silva (leo 14 27,570 1:52.629 Hon/Pireli/Ims/Dunas/Dirti Action
3 24 Thiago Henrique Brenner 14 1:16.486 1:53.412 Yam Grupo Geração/Asw/Pirelli/
4 40 Bruno Fensterseifer Schmitz 14 1:48.030 1:57.459 Tbt/Suspensoes
5 11 Joaquim Antonio De Oliveira 13 1 Volta 2:02.643 Prefeitura Municipal De Sarze
6 101 Renato Costa Matos Paz 13 1 Volta 1:58.811  
7 777 Thiago Faitanin De Oliveira 13 1 Volta 2:05.483 Ktm Racing/Orange Bh/At Gasolina
8 17 Darlan Milversrtet 13 1 Volta 2:09.741 Nano Motos/Maiara Confecções/ Pr
9 183 Tallys Nathan Silva Brito 13 1 Volta 1:55.787 Rotulo Do Corpo/Arte/Tendas
10 788 Henrique Lapola De França Junior 12 2 Voltas 2:02.608 Protork/Stedile/Car5cinco Gráficos
11 2 Lays Lobato Cazadini 12 2 Voltas 2:09.382 Zanga Motos/Mrpro/Asw/Pixgraphic
12 14 Carlos Eduardo Bauer Baltazar 12 2 Voltas 2:09.517 Mala Motos/Motoshop
13 805 Bernardo Zappelini 12 2 Voltas 2:12.645 Rinaldi/Nitrix/Ims/Tbt/Geração Mot
14 96 Mateus Yan Montagna 12 2 Voltas 2:11.887 Mecanica Deno, Patico Motos Refor
15 910 Matheus Gabriel Da Silva 11 3 Voltas 2:24.688 Ims/Rudnick/Motopeças/Rilex
16 915 Bruno Vicente 10 4 Voltas 2:35.243  
P. # MX3 V Diff M.v. Equipe
1 912 Romain Jelen 14 24:35.001 1:45.869 Honda IMS Levorin Ipiranga Yoshim
2 992 Douglas Scartazzini Parise 14 41,949 1:49.890 Escuderiax, Borilli Racing,bsc, Mun
3 2 Milton Becker 14 54,408 1:50.984 Protork / Borilli / Tbt / Grifft
4 788 Paulo Cesar Stedile 14 1:33.175 1:52.856 Protork/ Mitas/ Motorsjans/ 5inco
5 932 Erivelto Nicoladelli 13 1 Volta 1:55.258 Chapam Moto Peças-meneghel
6 21 Willian Guimaraes 13 1 Volta 1:53.192 Pro Tork/Mega Mix/Agua De Coco Ob
7 731 Vagner Lachi 13 1 Volta 1:54.124 Protork/Freeway/Enzosusp/Renovagr
8 86 Leandro Schwindt 13 1 Volta 1:55.370 Prorace Suspesões
9 81 Mariana Nápoles Balbi 13 1 Volta 1:56.039 Protork Kawasaki Rfix Elementos
10 69 Anisio Roberto Clasen 13 1 Volta 2:01.285 Movelle
11 989 Amilton Antônio De Amorim Jr 13 1 Volta 1:57.022 Geração Yamaha Auto Clean Samsun
12 413 Lawrence Tasca 13 1 Volta 1:57.986 Alimentação Industrial Martini / Per
13 911 Rene De Albuquerque Rodrigu 13 1 Volta 2:02.601 Água Poá / Filé Preparações /
14 27 Gustavo De Oliveira Visoto 13 1 Volta 2:02.837 Visoto Equipamentos
15 98 Alessandri Pereira Dias 13 1 Volta 2:04.499 Mrp Racing/Asw
16 17 Markolf Berchtold 12 2 Voltas 1:57.486 Markolf Bikes
17 713 Marcos Cesar Benetatti 12 2 Voltas 2:04.186 Andrea/Supermarcado Chico/Recanto
18 8 Maiara Basso 12 2 Voltas 2:10.013 Rinaldi/Pro Tork/Artcross/Biker/Lider
19 929 Ricardo Franzini 12 2 Voltas 2:05.217 Escuderia X Hon
20 75 Fabiano Guimarães Ribeiro 12 2 Voltas 2:10.016 Loma Noivas - Borilli - Meiaoito -bike
21 49 Rogerio Antonio Schmitt 12 2 Voltas 2:12.113 Moto Shop
22 800 Alencar Krefta 12 2 Voltas 2:13.272 Protork, Griftt, Orma, R2, Jarva, Mu
23 444 Claudio Cesar De Camilo Diniz 12 2 Voltas 2:10.203 Camilo Diniz Advocacia
24 225 Tiago Benevides De Carvalho 12 2 Voltas 2:10.320 Bertato & Benevides
25 54 Carlos Gustavo Kettermann 12 2 Voltas 2:09.924 Real Impredimentos, Real Inco
26 222 Marcely Lobato Cazadini 12 2 Voltas 2:13.653 Mrpró/Zanga Motos/Ims.... Igual A
27 914 Luciano Luiz Farias 12 2 Voltas 2:08.770 Luciano Laminas /Rede Green / Sud
28 804 Angelo C. Mattos 11 3 Voltas 2:12.432 Ultralub Quimica / Sobre Rodas
29 118 Sandro Botero Silveira Da Rosa 11 3 Voltas 2:13.103  
30 556 Everson Luciano Silva 11 3 Voltas 2:09.804 Mais Engenharia

Classificação final da Copa Brasil de Motocross

Pos MX1 Pontos
1 Carlos Campano Jimenez 93
2 Jean Carlo Ramos 91
3 Antonio Jorge Balbi Junior 76
4 Paulo Jorge Alberto Ricardo 71
5 Jetro Salazar 63
6 Wellington Garcia Matos 57
7 Thales Vilardi 52
8 Adam Brian Chatfield 52
9 Marcello Lima (Ratinho) 46
10 Humberto Alejandro Martin Garaichoachea 42
11 Rodrigo Taborda 30
12 Rafael Zenni 30
13 Carlos Vicente Badiali Hernandez 27
14 Rafael Faria 23
15 Otávio Pelegrino Chicaroni (Tatá) 23
16 Gustavo Pereira do Amaral 18
17 Daniel da Silva Pessanha 13
18 Felipe Costa Camargo 13
19 Lucas Basso 12
20 Miguel Cordovez 10
21 Gelson Almeida Carlos 8
22 Lucas Dunka 8
23 Diego Clayton dos Reis Neves (Dieguinho) 6
24 Rodrigo Galiotto 5
25 Marcelo Henrique de Sousa 2
26 Thiago de Carvalho Farias 2
27 Hermínio Marcelino de Oliveira Filho 1
28 João Vitor Cardeli 1
Pos MX2 Pontos
1 Hector de Freitas Assunção 97
2 Fabio Aparecido do Santos 81
3 Eduardo Lima (Dudu) 78
4 João Pedro Pinho Ribeiro 74
5 Caio Lopes Fernandes 58
6 Enzo Lazaro Pedó Lopes 54
7 Pedro Henrique Rosa Bueno (Pepê) 49
8 Leonardo de Souza 45
9 Ismael Rojas 34
10 Jose Brayan Padilha Soares 30
11 Anderson Amaral 27
12 Frederico Molina Spagnol 27
13 José Felipe Mombach 26
14 Paulo Vitor Cunha Guimarães 24
15 Wilgner Francisco 24
16 Carlos Tavares Evangelista 21
17 Leonardo Lizott 18
18 Tauan Henrique Brenner 17
19 Endrews Armstrong Nhemihes 13
20 Leandro Davids Araujo 12
21 Mateus Basso 12
22 Diego Heinig da Silva 11
23 Gabriel Lucas Soares 9
24 Lucas Publio Ferreira Salviano 7
25 Vitor Almeida 7
26 João Pedro Fonseca de Oliveira 6
27 Lucas Fernando Bottcher Frazão 6
28 Rodrigo Lama 6
29 João Gabriel da Veiga 6
30 Augusto Caliman 3
31 Francisco Nadielson Salmito 2
Pos MX3 Pontos
1 Roman Jelen 25
2 Douglas Scartazzini Parise 22
3 Milton Becker (Chumbinho) 20
4 Paulo Cesar Stedile 18
5 Erivelto Donizete Rossi Nicodelli 16
6 Willian Aparecido Alves Guimarães 15
7 Vagner Lachi 14
8 Leandro Schwindt 13
9 Mariana Napoles Balbi 12
10 Anisio Roberto Clasen 11
11 Amilton Antônio de Amorim Junior 10
12 Lawrence Tasca 9
13 Renede Albuquerque Rodrigues 8
14 Gustavo de Oliveira Visoto 7
15 Alessandri Pereira Dias 6
16 Markolf Berchtold 5
17 Marcos Cezar Benetatti 4
18 Maiara Basso 3
19 Ricardo Franzini 2
20 Fabiano Guimarães Ribeiro 1
Pos Intermediária Pontos
1 Leonardo Seibert Limberger 36
2 Jacson Keil 36
3 Diego Rogério Tavares 30
4 Mateus Felipe Kunz 27
5 Rodrigo Marçal 25
6 Rodrigo Yamamura Guimarães 25
7 Vinícius Muniz Macarini 24
8 Marcos Roberto Roza de Moraes 22
9 Leonardo Dambrós 22
10 Daniel Filgueiras Mendes 18
11 Lucas Gadotti 18
12 Leonardo Melchert 17
13 Nicolas Eduardo Oliveira 16
14 Luís Felipe Fietz 13
15 Tallys Nathan Silva Brito 13
16 Murilo Tomazelli 12
17 Hugo Philippe 12
18 Markolf Berchtold 9
19 Lucas Marçal de Oliveira 9
20 Francisco Nadielson Salmito 8
21 Matheus Coradini Emilio 8
22 Matias Kay Enemark 6
23 Vinicius Ferreira Rangel 6
24 Rodrigo Galiotto 5
25 Alex Cavalca 5
26 Diego Heinig da Silva 4
27 Diogo Malheiro 4
28 Lawrence Tasca 3
29 João Paulo de Camargo 3
30 Renato Lehmkuhl 2
31 João Vitor Martins de Souza(Gardenal) 2
32 Osmair Cipriano 1
33 Edson de Angelis 1





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet