fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Regional

Copa MTM de Arenacross Amador - 6ª etapa - Águas de Santa Bárbara - SP
Publicado em: 19/09/2015

Final teve disputa equilibrada pelo título da categoria AX Pró
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada das categorias MX4 e MX5


Alessandro Didão Marfin
Apesar de algumas categorias já terem definido seus campeões antecipadamente, a última etapa da Copa Arena MTM de Arenacross Amador 2015, disputada no domingo (13), em Águas de Santa Bárbara (SP), contou com muita emoção, principalmente na classe AX Pró, que ainda precisava definir o vencedor.

Veja mais fotos na galeria de imagens do evento

Márcio Vieira entrou na última prova do ano com a liderança e uma diferença de 11 pontos em relação ao segundo colocado, Fabrício Schincariol. Com 50 pontos em jogo, o título da categoria estava totalmente aberto e eles foram para a disputa da primeira bateria.

Márcio pulou na frente na largada, seguido de Alessandro "Didão" Marfin, Éderson Gabriel e Fabrício Schincariol. Didão logo começou a pressionar Márcio e, após um toque, assumiu a ponta. Márcio ainda tentou recuperar a liderança, mas sofreu uma pequena queda que o desconcentrou totalmente. Nessa altura, com Didão com certa folga, Fabrício passou a mirar a segunda posição, o que fez com que a diferença entre os dois caísse para dois pontos antes da última e decisiva bateria. Mantendo um bom ritmo, apesar de estar afastado um tempo devido a uma lesão, Rodrigo Guedes terminou em terceiro, Victor Mantovani ficou com o quarto posto e Éderson em quinto.


Rodrigo Guedes


Fabrício Schincariol
Na segunda bateria, quem chegasse na frente entre Márcio Vieira e Fabrício Schincariol seria o campeão. Rodrigo Guedes, que não estava na briga, largou em primeiro, com Fabrício em segundo e Márcio em terceiro. Vendo que mantinha Márcio atrás, Fabrício começou a fazer uma corrida visando o título e não forçou o ritmo. Ele assumiu o segundo posto após a queda de Victor Mantovani e passou a perseguir o líder. Já Márcio chegou a perder a terceira posição para Didão, mas a recuperou após a queda do adversário. Porém, ele não conseguia se aproximar de Fabrício, que na metade da prova pulou para o primeiro lugar. Já no finalzinho e vendo que seria muito difícil que Márcio tentasse um ataque, Fabrício não se esforçou muito para sustentar a primeira posição e abriu caminho para a vitória de Rodrigo. Didão fechou a corrida em quarto e Victor em quinto.

Ao final da prova, Fabrício contou que foi avisado sobre a confortável distância em relação ao adversário ao título e, por isso, pensando no campeonato, não defendeu com muito afinco a primeira posição, deixando o caminho livre para Guedes. O campeão ficou um ponto à frente de Márcio na AX Pró, uma disputa equilibradíssima pelo título da categoria principal.


Gabriel Sanciani


Leonardo Marfin
Fabrício Schincariol assegurou na etapa anterior o título da categoria AX3, mas não deixou que ninguém carimbasse a sua faixa na grande final. Rodrigo Guedes tentou vencer e lutou até o fim, sustentando na maior parte da prova a primeira posição. Porém, na última volta, Guedes teve que passar no Joker Lane (caminho fora do traçado principal que os pilotos são obrigados a passar uma vez na prova) e aí, Fabrício assumiu o primeiro lugar e venceu. Nelson Moraes assumiu o terceiro posto no começo e não teve dificuldades durante a bateria. Marcelo Moraes ficou com o quarto lugar e Luciano Panhozzi foi o quinto.

Outro piloto que chegou à final com o título já garantido foi Gabriel Sanciani na AX Nacional. Na bateria da categoria, que contou também com a participação dos pilotos da 85/150cc e Júnior, Gabriel andou forte e venceu com certa tranquilidade, com José Henrique em segundo.

Gabriel Pilegi ganhou a 85/150cc e conquistou o título da categoria, Bruna Stefanin ficou em segundo. A Júnior teve vitória de Leonardo Marfin. Com a segunda posição, Gabriel Pilegi fez o suficiente para ser campeão. Bruna Stefanin ficou em terceiro e Lucas Mantovani em quarto.


Gabriel Pilegi


Gilberto Cobus Filho
Na AX2, já tendo sido campeão antecipado, Victor Mantovani terminou a bateria na terceira posição. Marcelo "Buri" Moraes saiu na frente, mas não conseguiu segurar o primeiro lugar por muito tempo e logo foi ultrapassado por Alessandro "Didão" Marfin, que ditou um ritmo forte no começo, resultando em uma boa vantagem do segundo colocado Nelson Moraes. Buri completou em quarto e Otavio Stefanin em quinto.

Luciano Panhozzi entrou para disputar a bateria que reuniu as categorias AX4 e AX5 com o título entre os cinquentões já garantido. Na AX4, sua vantagem era grande e ele precisava só marcar três pontos nos 50 em disputa. Porém, quem surpreendeu nas duas baterias foi o curitibano Gilberto Cobus Filho, que venceu ambas. Na primeira corrida, Aristeu "Chaveirinho" Gonçalves surpreendeu Panhozzi na última volta e ficou com o segundo posto, mas com o terceiro lugar ele ainda sagrou-se campeão da AX4 com ampla margem. Em uma corrida constante, Alexandre Suadi ficou com o quarto posto e Maurício Travessi em quinto.


Largada da categoria AX Pró

Na segunda bateria, Chaveirinho largou na ponta e perdeu a posição na metade para Gilberto Cobus. A partir daí, Chaveirinho travou um belíssimo duelo com Luciano Panhozzi pelo segundo lugar que durou até o final. Já na fase decisiva Chaveirinho caiu e Luciano não perdeu a oportunidade de ficar em segundo. Principla adversário de Panhozzi na disputa do título da AX4, Luiz Pilegi terminou essa bateria em quarto. Alexandre Suadi ficou em quinto.

Campeão antecipado da AX Intermediária, Lucas Santos não compareceu para a última etapa. Na primeira bateria, Leonardo Marfin e Maurício Bertola dominaram, com Leonardo andando muito forte, sem dar chances para o adversário se aproximar e tentar algo. Em corrida de recuperação, Gabriel Sanciani terminou em terceiro lugar. Otávio Stefanin andou forte na metade final e foi recuperando posições para chegar em quarto lugar, deixando o quinto posto para Luiz Porto.

Na segunda bateria, Gabriel imprimiu um forte ritmo já no começo e abriu muito dos demais. Leonardo Marfin ficou com o segundo posto e venceu na classificação geral das baterias. Maurício Bertola ficou em terceiro na bateria. Jorge Elias imprimiu um bom ritmo e faturou o quarto lugar deixando Alexandre Suadi em quinto.

A Copa MTM de Arenacross Amador teve apoio da prefeitura Municipal de Águas de Santa Bárbara e organização de Luiz Meda. No dia 22 de novembro a Arena MTM será sede de sua última prova do ano, o Arenacross das Nações, com disputa por equipes em formato inspirado na famosa prova mundial. Para mais informações acesse o site oficial do evento.

Vídeo



Resultados

P. AX Pró Moto 1
1 23 Alessandro "Didão" Marfin
2 300 Fabricio Schincariol
3 152 Rodrigo Guedes
4 100 Victor Mantovani
5 21 Ederson Gabriel
6 37 Marcelo Renato Moraes
7 94 Marcio Vieira
P. AX Pró Moto 2
1 152 Rodrigo Guedes
2 300 Fabricio Schincariol
3 94 Marcio Vieira
4 23 Alessandro "Didão" Marfin
5 100 Victor Mantovani
6 89 Mauricio Bertola
P. AX2
1 23 Alessandro "Didão" Marfin
2 215 Nelson Moraes
3 100 Victor Mantovani
4 37 Marcelo Renato Moraes
5 955 Otavio Stefanin
6 76 Gustavo Veguin
7 15 Rodrigo Guedes "Guedinho"
P. AX3
1 300 Fabricio Schincariol
2 152 Rodrigo Guedes
3 215 Nelson Moraes
4 37 Marcelo Moraes
5 251 Luciano Panhozzi
6 76 Gustavo Veguin
7 505 Julio Barros
8 169 André Sbegui
9 236 Pirulito
10 172 Jorge Leandro
P. 85/150
1 92 Gabriel Pilegi
2 855 Bruna Stefanin
P. Nacional
1 595 Gabriel Sanciani
2 603 Jose Henrique
P. Júnior
1 223 Leonardo Marfin
2 92 Gabriel Pilegi
3 855 Bruna Stefanin
4 100 Lucas Mantovani
P. AX4/AX5 Moto 1
1 398 Gilberto Jair Cobus Filho
2 234 Aristeu Gonçalves
3 251 Luciano Panhozzi
4 501 Alexandre Suadi
5 3 Mauricio Augusto Travessi
6 280 Luiz Henrique Pilegi
7 19 Carlos Coelho
8 15 Luiz Antonio
9 90 Nene Mantovani
10 25 Adilson Moura
P. AX4/AX5 Moto 2
1 398 Gilberto Jair Cobus Filho
2 251 Luciano Panhozzi
3 234 Aristeu Gonçalves
4 280 Luiz Henrique Pilegi
5 501 Alexandre Suadi
6 15 Luiz Antonio
7 3 Mauricio Augusto Travessi
8 19 Carlos Coelho
9 90 Nene Mantovani
10 25 Adilson Moura
P. Intermediária Moto 1
1 223 Leonardo Marfin
2 89 Mauricio Bertola
3 595 Gabriel Sanciani
4 955 Otavio Stefanin
5 6 Luiz Guilherme Porto
6 501 Alexandre
7 172 Jorge Leandro G Elias
8 169 Andre Sbegui
9 236 Pirulito
10 90 Lucas Mantovani
P. Intermediária Moto 2
1 595 Gabriel Sanciani
2 223 Leonardo Marfim
3 89 Mauriciobertola
4 172 Jorge Leandro G Elias
5 501 Alexandre Suadi
6 6 Luiz Guilherme Porto
7 169 Andres Begui
8 505 Julio Barros
9 236 Pirulito
10 90 Lucas Mantovani

Campeões da temporada

AX 85/150 Equipe Pts
Gabriel Pilegi Mouramotos 92 129
Renan Mouramotos 104 94
AX2 Equipe Pts
Victor Mantovani Ofnene Mantovani 100 90
Marcelo "Buri"   37 62
AX3 Equipe Pts
Fabricio Schin   300 120
Luciano Panhozzi   251 68
AX Mini Motos Equipe Pts
Renan Mouramotos 104 100
Cardoso Mouramotos 227 88
AXN Equipe Pts
Gabriel Gabi   595 175
Jose Henrique   603 130
AX Junior 16 Anos Equipe Pts
Gabriel Pilegi   92 118
Renan   104 91
AX  Intermediária Equipe Pts
Lucas Santos   17 202
Luiz Guilherme   6 178
AX5 Equipe Pts
Luciano Panhozzi   251 244
Carlos Coelho   19 218
AX4 Equipe Pts
Luciano Panhozzi   251 224
Luiz Henrique Pilegi   280 166
AX Pró Equipe Pts
Fabricio Schin   300 219
Marcio Vieira Agrovieira 94 218






Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet