fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

> Competição > Rally

Rally dos Sertões - 7ª etapa - Umuarama (PR) - Foz do Iguaçu (PR)
Publicado em: 09/08/2015

Após 10 anos, Jean Azevedo retoma a coroa no Rally dos Sertões
Redação MotoX.com.br - Fotos:
Ricardo LeizerRicardo Leizer
Sanderson Pereira, Ricardo Leizer, Marcelo Machado, Marcelo Maragni/Foto Arena/Vipcomm

Veterano de 41 anos conquistou sexto título nas motos


Jean Azevedo festeja o hexacampeonato

A etapa final do Rally dos Sertões, com 346,15 km sendo apenas 120,54 de especial cronometrada, entre Umuarama (PR) e Foz do Iguaçu (PR), foi sem surpresas e, como esperado, não mudou o panorama na disputa pelos títulos da 23ª edição da prova. Jean Azevedo encontrou o equilíbrio entre velocidade e precisão na navegação para conquistar mais um troféu na categoria Moto, o sexto da sua carreira que conta também com os canecos de 1995, 2000, 2002, 2004 e 2005.

No total foram 2.855,79 quilômetros rodados, sendo 1.508,60 km de trechos cronometrados em um percurso inédito passando pelos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. Jean dominou a maior parte das especiais e teve Ramon Sacilotti como maior ameaça ao reinado. Ao redor da metade da disputa, o piloto da Kawasaki venceu dois trechos, mas depois assistiu a reação do competidor da Honda Mobil até a confirmação do hexacampeonato na sétima e última rodada, vencida por Adrien Metge. O francês foi o terceiro vencedor de etapas - assim como Ramon ganhou duas, enquanto o campeão faturou as outras três - e no final descontou perigosamente a diferença esquentando a pela segunda posição. Tiago Fantozzi, da X Rally Team, foi o segundo colocado da sétima etapa, que teve ainda Guilherme Cascaes, da Yamaha Grupo Geração Rally Team, em terceiro e Tunico Maciel, também da Honda Mobil, em quarto.


Jean Azevedo

Jean completou o rali com o tempo total de 15h51min38s, terminando com 12min31s de vantagem sobre Ramon, que por sua vez teve pouco mais de dois minutos e meio de folga sobre Metge. "Estou muito contente com esse título. Quando voltei para as motos, após uma temporada nos carros, tinha esse objetivo. Nos anos anteriores, o campeonato valia pelo mundial, então havia muitos pilotos estrangeiros com equipamentos melhores, mas sempre fui o melhor brasileiro. Mas nesse ano, em condições iguais, finalmente consegui esse hexa que tanto eu queria", lembrou o multicampeão de 41 anos. Além do título na geral, Jean levou a categoria Super Production. "Foi uma edição diferente. Uma prova muito rápida, com muita lomba. Eu consegui fazer uma prova bem pensada, com estratégia. Não dava para forçar todos os dias. Ataquei quando tinha que atacar e deu certo", completou.


Ramon Sacilotti

Na etapa final Ramon foi penalizado em seis minutos por excesso de velocidade em uma zona de radar, com isso acabou o dia apenas em sexto, uma posição atrás de Jean, que evitou riscos e administrou a vantagem na classificação. Satisfeito com a posição de protagonista, o vice-campeão já pensa na próxima edição da prova. "Ganhei duas etapas e estive na briga pelo título todos os dias. Estou muito feliz, sem dúvidas essa performance motiva ainda mais para voltar no Rally dos Sertões no ano que vem", disse Ramon.


Adrien Metge

Metge foi o terceiro na classificação geral, mas ainda teve outro motivo para comemoras: o título da categoria Production Aberta. "Como primeiro rali, foi muito bom. Aprendi muito após erros e acertos. O Dário (Júlio) me ajudou muito ao longo dos dias e estou muito feliz com o resultado", destacou o estreante na prova.

Quarto colocado na classificação geral, Tiago Fantozzi teve um ótimo retorno após quatro anos distante da competição. "Fizemos uma escadinha: o primeiro objetivo era garantir a participação, depois passou a ser terminar cada etapa, aí a acelerar mais um pouquinho, ir sentido o rali aos poucos, e acho que pude manter uma constância que me permitiu estar sempre entre os primeiros. Terminar em terceiro é sensacional. Na minha cabeça eu pensava em um top-10 há uma semana em Goiânia. É muito bom. Agora vou trabalhar mais, me preparar mais, para voltar bem mais forte em 2016", destacou.


Tiago Fantozzi

Fechando os cinco primeiros, Guilherme Cascaes ressaltou o bom resultado. “Travei briga intensa com o francês Adrien Metge pela taça da Production Aberta e ainda fiquei em quinto na geral, o que foi melhor que o planejado. Esta foi apenas a minha terceira participação no Sertões, andando ao lado de pilotos muito experientes em ralis, e fiquei muito feliz com o desempenho”, garantiu o catarinense.

Outros campeões das duas rodas nesta edição foram Tunico Maciel, da Equipe Honda Mobil, primeiro na Marathon, Júlio Zavatti Bissinho, da Vendramini Rally, líder da CRF 230F além de nono colocado na geral com o modelo nacional, e Norton Lopes, da Brasil Moto Tour, que confirmou a condição de mais rápido entre os veteranos da Over 45.


Guilherme Cascaes

Nos quadriciclos o maranhense Marcelo Medeiros manteve o ritmo até o final vencendo pela sexta vez. O bicampeonato foi conquistado com mais de 40 minutos de margem sobre o segundo colocado Pedro Costa.

"Estou feliz por ter completado o Sertões, porque é um rali muito difícil. Foram sete dias longos, estressantes. Então, o fato de completar é maravilhoso e ainda ser campeão, não tem explicação", afirmou o piloto da Taguatur Racing, que também venceu a categoria em 2012.


Marcelo Medeiros

Nos UTVs, o piloto Bruno Sperancini e o navegador Lourival Roldan festejaram o título. A dupla venceu a primeira etapa e depois apostou na regularidade com resultados sempre entre os cinco primeiros. Funcionou e a conquista veio com uma vantagem de mais de 16 minutos sobre os vice-campeões Gabriel Varela e Gabriel Morales.

"Nossa, é muito bom vencer o Sertões. Nos últimos dois anos que perdi no penúltimo dia, fico me lembrando todos os dias. Como o (Felipe) Zanol disse uma vez, que havia chegado a hora dele, agora minha hora chegou de novo", disse o piloto da Prominas Racing, também campeão em 2012.

Confira abaixo a classificação final completa nas três categorias.


Bruno Sperancini e Lourival Roldan

Vídeo:



Classificação final:

Pos Moto Especial 7 Parcial Penalidade Total Dif 1º
1 Jean Azevedo 01:14:27.4 15:51:38.1   15:51:38.1 -
2 Ramon Sacilotti 01:11:11.0 15:58:09.1 00:06:00.0 16:04:09.1 00:12:31.0
9 Adrien Metge 01:11:58.0 15:59:42.1 00:07:00.0 16:06:42.1 00:15:04.0
21 Tiago Fantozzi 01:12:03.4 16:18:31.6 00:01:00.0 16:19:31.6 00:27:53.5
7 Guilherme Cascaes 01:12:36.1 16:20:56.7 00:05:00.0 16:25:56.7 00:34:18.6
16 Tunico Maciel 01:14:18.8 16:26:51.4 00:01:00.0 16:27:51.4 00:36:13.3
15 Dario Julio 01:15:39.1 16:47:26.3 00:15:00.0 17:02:26.3 01:10:48.2
11 Marcos Finato 01:24:26.4 17:55:51.6 00:02:21.0 17:58:12.6 02:06:34.5
4 Julio Zavatti 01:26:38.6 18:12:28.3   18:11:38.3 02:20:00.2
10º 14 Flavio Cota 01:23:20.6 18:23:35.1 00:17:00.0 18:40:35.1 02:48:57.0
11º 19 Norton Lopes 01:23:44.8 18:42:23.1 00:01:00.0 18:43:23.1 02:51:45.0
12º 39 Rafael Milan 01:23:33.3 18:57:04.2 00:03:21.0 19:00:25.2 03:08:47.1
13º 30 Luis Arena 01:27:42.0 19:11:16.6 00:00:42.0 19:11:58.6 03:20:20.5
14º 23 Marcos Colvero 01:26:03.5 19:11:58.4 00:04:00.0 19:15:58.4 03:24:20.3
15º 27 Kassiano Burtett 01:20:40.5 19:32:30.9 00:01:12.0 19:33:42.9 03:42:04.8
16º 29 Eduardo Gouvea 01:23:51.5 19:08:35.2 00:31:18.0 19:39:53.2 03:48:15.1
17º 38 Clodoaldo Uemura 01:23:22.8 19:47:05.7 00:07:33.0 19:53:51.7 04:02:13.6
18º 17 Ronie Von 01:29:15.9 19:52:16.7 00:03:39.0 19:55:55.7 04:04:17.6
19º 18 Wagner Jovenal 01:28:24.4 19:48:54.3 00:08:00.0 19:56:54.4 04:05:16.3
20º 33 Andre Assumpcao 01:27:09.8 19:53:30.0 00:10:39.0 20:04:09.0 04:12:30.9
21º 10 Moara Sacilotti 01:31:23.3 20:05:12.3 00:01:00.0 20:06:12.3 04:14:34.2
22º 25 Vicenti Benedictis 01:31:29.4 21:28:05.9 00:02:48.0 20:42:55.9 04:51:17.8
23º 28 Eligio Schimitt 01:29:06.6 20:01:36.4 00:54:36.0 20:56:12.4 05:04:34.3
24º 8 Adhemar Pereira 01:33:45.5 19:55:18.0 01:15:00.0 21:06:30.0 05:14:51.9
25º 36 Igor Verdum 01:25:19.2 20:21:07.8 00:48:00.0 21:08:31.8 05:16:53.7
26º 40 Alexandre Durigan 01:40:28.8 21:36:33.0 00:17:12.0 21:50:49.1 05:59:10.1
27º 6 Gregorio Caselani 01:22:42.1 17:30:24.0 06:38:00.0 24:08:24.0 08:16:45.9
28º 26 Rodrigo Montemor 01:24:46.3 19:34:29.3 07:03:36.0 26:36:54.4 10:45:16.3
29º 31 Elvis Bittencourt 01:30:59.8 23:16:58.7 23:35:00.0 46:04:27.7 06:12:49.6
30º 20 Dimas Matos 01:28:27.4 20:35:30.8 26:55:00.0 47:30:30.8 07:38:52.7
31º 34 Christian Costantini 01:44:39.3 22:50:46.4 40:00:15. 62:26:26.4 22:34:48.3
Pos Quadriciclo Especial 7 Parcial Penalidade Total Dif 1º
100 Marcelo Medeiros 01:23:10.2 18:34:25.5 00:05:57.0 18:37:12.5 -
103 Pedro Costa 01:25:40.2 19:19:15.2 00:02:18.0 19:21:33.2 00:44:20.7
102 Geison Belmont 01:33:23.6 21:08:59.3 00:08:33.0 21:17:32.3 02:40:19.8
101 Italo Santiago 02:03:44.2 22:03:09.5 01:07:51.0 23:11:00.5 04:33:48.0
105 Roberto Licio 01:27:42.8 20:54:35.3 10:24:15.0 31:18:50.3 12:41:37.8
Pos UTV Especial 7 Parcial Penalidade Total Dif 1º
210 Bruno Sperancini/Lourival Roldan 01:23:48.4 17:50:10.5 00:01:00.0 17:51:10.5 -
219 Gabriel Varela/Gabriel Morales 01:20:02.9 18:07:54.0   18:07:54.0 00:16:43.5
229 Bruno Varela/Mayckon Padilha 01:21:30.6 18:16:18.4 00:04:15.0 18:15:28.4 00:24:17.9
203 Elsinho Cascao/Elson Menezes 01:23:15.0 18:22:41.6 00:00:33.0 18:23:14.6 00:32:04.1
201 Vinicius Mota/Rafael Schimuk 01:34:55.9 18:46:08.9   18:46:08.9 00:54:58.4
207 Rodrigo Varela/Joao Arena 01:19:01.1 18:31:20.1 00:35:06.0 19:06:26.1 01:15:15.6
222 Jose Sawaya/Marcelo Haseyama 01:25:43.6 19:08:37.5   19:08:37.5 01:17:27.0
212 Lucas Barroso/Lauro Sobreira 01:20:13.8 19:18:58.8 00:01:00.0 19:19:58.8 01:28:48.3
205 Gustavo Lapertosa/Marcello Neves 01:24:04.5 19:19:53.3 00:09:00.0 19:28:53.3 01:37:42.8
10º 226 Adriano Benvenutti/Tony Faria 01:43:04.9 19:35:55.3 00:10:18.0 19:46:13.3 01:55:02.8
11º 204 Leandro Torres/Erley Ayala 01:26:14.8 19:56:39.1 00:02:21.0 19:59:00.1 02:07:49.6
12º 230 Rodrigo Carvalho/Marcelo Conceicao 01:44:14.9 21:28:25.9   21:28:25.9 03:37:15.4
13º 221 Glauber Fernandes/Claudia Grandi 01:37:49.8 21:21:42.8 00:07:00.0 21:28:42.8 03:37:32.3
14º 217 Gabriel Paiva/Andrews Costa 01:25:16.1 21:24:29.5 03:08:18.0 24:32:47.5 06:41:37.0
15º 228 Euclides Benvenuti/Maarcos Panstein 01:35:07.9 21:43:06.3 03:50:06.0 25:33:12.3 07:42:01.8
16º 208 Carlo Collet/Marco Gouvea 01:20:29.1 19:44:54.6 06:11:54.0 25:56:48.6 08:05:38.1
17º 220 Deni Nascimento/Emilio Rockenbach 01:19:04.6 21:20:22.0 04:54:51.0 26:15:13.0 08:24:02.5
18º 202 Henrique Gutierrez/Weidner Moreira 01:18:41.0 19:52:18.1 06:49:00.0 26:41:18.1 08:50:07.6
19º 216 Marcelo Gastaldi/Claudio Rizer 01:25:18.8 20:34:23.5 06:14:18.0 26:47:27.5 08:56:17.0
20º 218 Wander Ribeiro/Sergio Avallone 01:23:13.5 20:21:42.4 07:27:06.0 27:48:48.4 09:57:37.9
21º 231 Vinicius Silva/Rafael Arena 01:32:07.7 21:29:49.7 07:29:00.0 28:58:49.7 11:07:39.2
22º 211 Carlos Ambrosio/Cadu Sachs 01:34:38.9 20:08:01.8 11:38:00.0 31:46:01.8 13:54:51.3
23º 209 Jose Helio/Edmilson Camargo 02:00:00.0 19:25:12.8 12:55:00.0 32:20:12.8 14:29:02.3
24º 227 Erik Donatto/Rodrigo Faiad 01:33:57.7 21:15:45.8 17:16:45.0 38:32:30.8 20:41:20.3
25º 223 Richard Vaders/Edgar Polswut 01:32:00.9 21:42:21.3 18:08:03.0 39:50:24.3 21:59:13.8
26º 215 Denisio Casarini/Eduardo Shiga   18:32:39.8 19:54:00.0 38:26:39 21:59:17
27º 225 Dalger Junqueira/Marcelo Sousa 01:31:28.6 21:19:24.7 18:50:00.0 40:09:24.7 22:18:14.2
28º 206 Andre Sawaya/Daniel Spolidorio 01:19:09.4 20:35:53.8 23:32:00.0 44:07:53.8 02:16:43.3
29º 224 Vinicius Rosa/Rodrigo Taboada   20:46:54.1 36:46:12. 57:33:06 17:05:44








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet