X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Rally

Rally dos Sertões - 6ª etapa - Euclides da Cunha (SP) - Umuarama (PR)
Publicado em: 07/08/2015
Clique e saiba mais

Líderes tem uma mão na taça do Rally dos Sertões
Redação MotoX.com.br - Fotos: Doni Castilho, Marcelo Maragni e Gustavo Epifanio/Foto Arena/Vipcomm

Competição chega ao fim neste sábado com vencedores praticamente definidos


Adrien Metge

Falta apenas uma etapa para o fim da edição 2015 do Rally dos Sertões e os líderes estão cada vez mais próximos do título. A regularidade, como sempre, tem sido uma arma, principalmente para Jean Azevedo, que desponta no geral entre as motos. Nesta sexta-feira, durante a segunda parte da etapa maratona, ele não venceu, mas conquistou segundo lugar, resultado suficiente para se manter na ponta. A primeira posição ficou com o francês Adrien Metge, que cumpriu o trecho cronometrado entre Euclides da Cunha Paulista (SP) e Umuarama (PR) em 2h01min05s. Foram 316,12 km, sendo 199,32 de especial.

Mesmo com a vitória, Adrien não é principal adversário do pentacampeão na briga pelo título, por isso, o segundo lugar de Jean ainda foi bastante vantajoso. O principal concorrente, Ramon Sacilotti, terminou em terceiro e não conseguiu diminuir a diferença para o ponteiro, que confessa ter feito uma prova com cautela. "Hoje foi o dia de navegação mais complicado do rali, andamos o dia todo em um canavial. Toda hora um entra e sai. Como ontem abri uma boa vantagem para o segundo colocado, hoje o meu objetivo era navegar bem, não errar nada, sem ter penalização, para manter o resultado no acumulado e para levar amanhã até a parte final", disse o também líder da Super Production, que concluiu o percurso 38 segundos depois de Metge.


Jean Azevedo

Com 3min21s de desvantagem com relação ao primeiro colocado do dia, Ramon lamentou o fato de ter perdido a chance de se aproximar de Jean e sabe que será bem difícil arrancar o título do multicampeão. "Foi um pouco abaixo da minha expectativa, bati numa erosão e quebrou o suporte do meu tanque traseiro. Preferi me cuidar para terminar bem. A diferença (para o Jean) não foi tão grande, mas complicou a disputa pelo título."

Adrien tem poucas chances de alcançar o ponteiro no geral, mas segue forte na liderança da categoria Production Aberta e comemorou o resultado. "Andei em um ritmo bom, não errei nada, sem penalizações, e estou muito feliz. Agora é manter esse ritmo para tentar melhorar minha posição na geral", diz o competidor.


Ramon Sacilotti

Guilherme Cascaes foi o quarto colocado e Tiago Fantozzi o quinto. "O dia de hoje foi bem interessante. A organização permitiu que eu colocasse um escape novo (a peça se quebrou na quinta-feira) por ser um item de segurança mas, em troca dessa permissão, tomei uma penalização de cinco minutos. No balanço, achei melhor trocar e tomar o penal do que ir com a moto sem escape, pois seria muito arriscado e perderia rendimento. Andei forte para recuperar estes cinco minutos e deu certo. Agora vamos para o último dia 100% bem. A vantagem para o sexto colocado é de 12seg, então tenho que manter o ritmo para segurar o quinto lugar", comentou Cascaes.

Nas demais categorias das duas rodas, os líderes também já aparecem. Na Marathon, Tunico Maciel segue em primeiro. Júlio Zavatti Bissinho lidera a 230. Na Over 45, a vitória de hoje foi do experiente Dimas Mattos, porém, a liderança é de Norton Lopes.


Guilherme Cascaes

Entre os quadriciclos, Marcelo Medeiros está praticamente com as duas mãos no troféu. Ele venceu mais uma vez hoje ao completar a prova em 2h28min37s e abriu mais de 40 minutos de diferença para Pedro Costa, o segundo colocado no geral. O vencedor também destacou a necessidade de muita atenção com a navegação. "A segunda etapa da maratona começou bem diferente das outras. Havia muita navegação, muita referência, uma atrás da outra, e parecia que era tudo a mesma coisa. Mas fui bem, não errei nada. Cheguei bem aqui em Umuarama e agora é preparar para a especial final", contou.

Pedro Costa teve um dia complicado, inclusive, tendo sofrido um acidente, mas ainda assim, garantiu o segundo lugar da etapa. "Hoje eu só quero chegar a Foz. No final da etapa, faltando sete quilômetros, sofri um acidente, foi bem doído. Mas estou bem e agora é completar a especial", lamentou. O terceiro colocado era o uruguaio Roberto Lício, mas com uma penalização da organização hoje, acabou caindo para quinto. Quem pulou para terceiro foi Geison Belmont. Italo Santiago é o quarto.


Prova está na reta final

Bruno Sperancini e Lourival Roldan, líderes no acumulado nos UTVs, também têm o troféu praticamente garantido. A dupla possui 20min29s de vantagem sobre os vice-líderes Gabriel Varela e Gabriel Morales, que desta vez não se saíram tão bem, terminando em quarto, logo a frente dos adversários. A primeira posição na sexta etapa  ficou com a dupla André Sawaya e Daniel Spolidoro.
André Sawaya/Daniel Spolidoro

"Tínhamos uma vantagem e fizemos uso dela. Fomos muito cautelosos, fazendo as curvas devagar. A diferença praticamente se manteve", destacou Sperancini, quinto colocado no trecho. "Não há nada definido, se quebrar uma roda se gasta tempo demais. É necessário ser mais cauteloso até chegar", disse precavido.


Marcelo Medeiros


Mesmo sem conseguir diminuir a diferença para os primeiros, a dupla adversária parece satisfeita. "Foi um dia que estávamos esperando bastante tempo. Foram quase mil quilômetros sem manutenção. Foi difícil, mas não tivemos nenhum problema com o Can-Am, fizemos até o final com o pé embaixo. Estamos em segundo no geral e na categoria. Então é continuar assim até amanhã", programou Gabriel Varela.

A última etapa do Sertões, neste sábado será disputada entre as cidades de Umuarama (PR) e Foz do Iguaçu (PR), em um trajeto de 346,15 km, sendo apenas 120,54 km cronometrados. Os competidores podem esperar um cenário deslumbrante, já que a chegada será em Itaipu, um dos pontos turísticos mais conhecidos e visitados do Brasil. Porém, até chegar lá, os pilotos terão muita aventura pela frente, com estradas com trechos sinuosos, em um piso de cascalho bem escorregadio e traiçoeiro, alternando com trechos de terra vermelha. Além disso, o trajeto conta com pequenas propriedades rurais e trechos de pedra.

Vídeos:







Resultado da sexta etapa (extraoficial) - Motos
(Posição/Nome/nº/veículo/equipe/tempo)

1º Adrien Metge (FRA) #9 Honda/Honda Mobil 2h01min05s
2º Jean Azevedo #1 Honda/Honda Mobil +38s
3º Ramon Sacilotti #2 Kawasaki/Sacilotti Rally +3min21s
4º Guilherme Cascaes #7 Yamaha/Yamaha Geração Rinaldi Rally Team +4min45s
5º Tiago Fantozzi #21 Protótipo 500/Bianchini Rally/X Rally Team +6min27s

Classificação geral após seis etapas:

Pos Motos Esp1 Esp2 Esp3 Esp4 Esp5 Esp6 Parcial Final Penalidade Total Diferença do 1º
1 Jean Azevedo 02:13:52.0 01:19:54.1 03:02:24.4 02:53:08.6 03:06:07.1 02:01:44.5 14:37:10.7   14:37:10 -
2 Ramon Sacilotti 02:18:31.7 01:21:50.5 02:59:36.2 02:50:57.8 03:11:34.3 02:04:27.6 14:46:58.1   14:46:58 00:09:47
9 Adrien Metge 02:17:57.2 01:19:00.8 03:04:18.6 02:57:03.3 03:08:18.5 02:01:05.7 14:47:44.1 00:07:00.0 14:54:44 00:17:33
21 Tiago Fantozzi 02:19:36.0 01:23:04.3 03:10:08.9 02:57:47.1 03:08:18.4 02:07:33.5 15:06:28.2 00:01:00.0 15:07:28 00:30:17
7 Guilherme Cascaes 02:19:30.0 01:23:18.6 03:04:47.1 02:57:09.6 03:17:44.3 02:05:51.0 15:08:20.6 00:05:00.0 15:13:20 00:36:09
16 Tunico Maciel 02:19:42.7 01:24:30.5 03:05:45.9 02:58:07.4 03:15:50.3 02:08:35.8 15:12:32.6 00:01:00.0 15:13:32 00:36:21
15 Dario Julio 02:22:12.0 01:23:02.6 03:07:38.5 03:06:27.6 03:19:01.6 02:13:24.9 15:31:47.2 00:15:00.0 15:46:47 01:09:36
11 Marcos Finato 02:32:35.1 01:33:30.8 03:21:26.9 03:17:09.3 03:26:38.8 02:20:04.3 16:31:25.2 00:02:21.0 16:33:46 01:56:35
4 Julio Zavatti 02:35:26.1 01:37:33.9 03:19:56.0 03:14:23.1 03:38:21.1 02:20:09.5 16:45:49.7   16:44:59 02:07:49
10º 14 Flavio Cota 02:39:36.0 01:31:58.2 03:26:16.0 03:23:23.4 03:32:43.5 02:26:17.4 17:00:14.5 00:17:00.0 17:17:14 02:40:03
11º 19 Norton Lopes 02:43:14.6 01:37:08.6 03:31:59.3 03:25:01.6 03:33:38.5 02:27:35.7 17:18:38.3 00:01:00.0 17:19:38 02:42:27
12º 39 Rafael Milan 02:45:25.3 01:52:25.8 03:27:45.8 03:18:26.6 03:40:50.3 02:28:37.1 17:33:30.9 00:03:21.0 17:36:51 02:59:41
13º 30 Luis Arena 03:09:57.1 01:40:27.2 03:31:16.3 03:17:53.6 03:33:58.7 02:30:01.7 17:43:34.6 00:00:42.0 17:44:16 03:07:05
14º 23 Marcos Colvero 02:46:02.2 01:40:45.0 03:40:05.6 03:27:32.4 03:38:50.6 02:32:39.1 17:45:54.9 00:04:00.0 17:49:54 03:12:44
15º 27 Kassiano Burtett 03:01:23.8 01:56:28.4 03:27:11.9 03:46:20.7 03:37:10.4 02:23:15.2 18:11:50.4 00:01:12.0 18:13:02 03:35:51
16º 29 Eduardo Gouvea 02:43:53.1 01:40:18.7 03:42:35.5 03:27:40.3 03:43:54.6 02:26:21.5 17:44:43.7 00:31:18.0 18:16:01 03:38:51
17º 17 Ronie Von 02:53:50.5 01:43:30.4 03:44:05.5 03:35:49.4 03:46:42.4 02:39:02.6 18:23:00.8 00:03:39.0 18:26:39 03:49:29
18º 18 Wagner Jovenal 02:50:28.6 01:38:36.4 03:52:27.8 03:39:01.2 03:41:20.2 02:38:35.7 18:20:29.9 00:08:00.0 18:28:29 03:51:19
19º 38 Clodoaldo Uemura 02:57:07.7 01:48:19.6 03:54:12.0 03:35:45.4 03:40:19.0 02:27:59.2 18:23:42.9 00:07:33.0 18:30:28 03:53:18
20º 10 Moara Sacilotti 02:49:54.8 01:46:48.3 03:41:02.0 03:44:57.5 03:54:02.7 02:37:03.7 18:33:49.0 00:01:00.0 18:34:49 03:57:38
21º 33 Andre Assumpcao 02:57:18.2 01:44:47.6 03:46:06.1 03:35:47.4 03:45:04.8 02:37:16.1 18:26:20.2 00:10:39.0 18:36:59 03:59:48
22º 25 Vicenti Benedictis 02:57:48.3 01:52:10.7 03:53:09.1 04:45:18.7 03:49:32.0 02:38:37.7 19:56:36.5 00:02:48.0 19:11:26 04:34:15
23º 28 Eligio Schimitt 02:55:38.0 01:38:47.6 03:31:33.4 03:49:27.8 03:57:42.2 02:39:20.7 18:32:29.8 00:54:36.0 19:27:05 04:49:55
24º 8 Adhemar Pereira 02:48:53.1 01:46:22.0 03:41:56.9 03:43:40.1 03:40:09.4 02:40:31.0 18:21:32.5 01:15:00.0 19:32:44 04:55:33
25º 36 Igor Verdum 03:04:19.6 01:44:22.7 03:51:20.5 04:00:00.0 03:42:28.9 02:33:16.9 18:55:48.6 00:48:00.0 19:43:12 05:06:01
26º 40 Alexandre Durigan 03:19:33.5 01:54:29.9 03:59:47.2 03:50:53.7 04:05:27.1 02:45:52.8 19:56:04.2 00:14:12.0 20:07:20 05:30:09
27º 6 Gregorio Caselani 02:16:13.0 01:28:59.5 03:01:14.1 04:00:00.0 03:09:17.1 02:11:58.2 16:07:41.9 06:31:00.0 22:38:41 08:01:31
28º 26 Rodrigo Montemor 02:42:59.3 02:30:00.0 03:34:33.1 03:24:07.6 03:32:15.1 02:25:47.9 18:09:43.0 07:03:36.0 25:12:08 10:34:57
29º 31 Elvis Bittencourt 03:30:00.0 02:30:00.0 03:54:48.1 04:36:27.3 04:30:00.0 02:44:43.5 21:45:58.9 23:35:00.0 44:33:27 05:56:17
30º 12 Marco Pereira 02:25:32.6 01:24:48.1 03:08:46.0 03:04:50.6 04:30:00.0 03:30:00.0 18:03:57.3 26:59:00.0 45:02:57 06:25:46
31º 20 Dimas Matos 02:47:52.7 01:42:40.1 03:42:32.2 04:00:00.0 04:30:00.0 02:23:58.4 19:07:03.4 26:55:00.0 46:02:03 07:24:52
32º 3 Ricardo Martins 02:18:41.3 01:32:04.5 05:00:00.0 04:00:00.0 04:30:00.0 03:30:00.0 20:50:45.8 37:48:06. 58:38:51 20:01:41
33º 34 Christian Costantini 02:47:39.4 02:02:23.5 04:16:04.2 04:00:00.0 04:30:00.0 03:30:00.0 21:06:07.1 40:00:15. 60:41:47 22:04:36








© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet