X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

Rally dos Sertões - 1ª etapa - Goiânia (GO) - Rio Verde (GO)
Publicado em: 03/08/2015

Jean Azevedo lidera início da 23ª edição do Rally dos Sertões
Redação MotoX.com.br - Atualizada em 5/8 às 11h38 - Fotos: Doni Castilho, André Chaco,
Victor Eleuterio
Marcelo Machado, Victor Eleuterio e Magnus Torquato/Foto Arena/Vipcomm


Dário Júlio venceu o prólogo disputado sobre o asfalto do Autódromo Internacional de Goiânia

O fim de semana marcou o início da 23ª edição do Rally dos Sertões. E a prova de 2015 chegou cheia de novidades, a começar pelo percurso inédito, com a largada em Goiânia (GO) e a chegada em Foz do Iguaçu (PR). No total serão percorridos 2.855km, sendo 1.508 de especiais cronometradas - aquelas que efetivamente acumulam tempo para definir os campeões - passando por quatro estados: Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná.

O prólogo, disputado no Autódromo Internacional de Goiânia, pela primeira vez foi no asfalto. Para os 185 competidores (38 nas motos, 7 nos quadriciclos, 30 nos UTVs e 40 nos carros) era importante dosar o ímpeto e a aceleração nos 1.900 metros do anel interno do circuito, já que arriscar demais no pequeno trecho não se justificava: o tempo apenas definiu a ordem de largada da primeira etapa, sem peso no acumulado geral da prova. Um acidente neste primeiro desafio representaria um prejuízo muito maior do que a vantagem de largar no primeiro pelotão. Desta forma, a maior parte dos competidores foi cautelosa na disputa em formato 1x1, mesmo assim houve quem passasse do ponto. O UTV do piloto José Sawaya e do navegador Marcelo Haseyama, por exemplo, acabou capotando em uma das curvas.

Dário Júlio, da Equipe Honda Mobil, conquistou o melhor tempo nas motos. "Foi muito inesperado. Nenhum de nós tem experiência de correr contra o relógio no modo de rali no asfalto. Hoje pela manhã, Tunico e eu fizemos um treinamento no estacionamento do autódromo, fazendo curvas, para tirar a cera do pneu. Dei sorte porque larguei junto com o Tunico, um empurrou o outro, e consegui vencer", destacou o mineiro.

Nos quadriciclos, Marcelo Medeiros conquistou a melhor marca. "A tradição do Sertões é inovar, é uma diferença. Não estamos acostumados, foi bem diferente, mas foi bacana", disse o piloto sobre o trecho no asfalto. "Quando você larga na frente em relação aos quadriciclos é uma vantagem, pois fazemos muita poeira. Como serei o primeiro, será bom, pois poderei controlá-la", completou Medeiros.


Jean Azevedo lidera a prova após a primeira etapa

Denísio Casarini e Eduardo Shiga faturaram o primeiro lugar nos UTV´s. "Andamos bem na boa, não procuramos forçar. O primeiro lugar foi uma surpresa, nós imaginávamos ficar entre os cinco. Como é um rali de sete dias, precisamos andar as primeiras etapas com cautela. Vamos andar no limite do carro, dos nossos limites, e tentar levar o carro para vitória", lembrou Casarini. "Como navegador é a minha terceira vez, sendo a segunda com o Denísio. Temos uma parceria boa, esperamos chegar até o final e, se tudo der certo, chegar com um bom resultado", contou Shiga.

No domingo, com a primeira etapa entre as cidades de Goiânia (GO) e Rio Verde (GO), foi a vez de todos finalmente acelerarem na terra, a verdadeira especialidade dos pilotos da modalidade. A disputa teve 361,14 quilômetros, com 205,74 km de trechos cronometrados, passando por fazendas onde predominou o piso com cascalho e piçarra.


Gregório Caselani ocupa a segunda posição

O experiente Jean Azevedo, cinco vezes campeão da prova, já mostrou porque é um dos grandes favoritos e garantiu a segunda vitória da Equipe Honda Mobil nas motos. "Foi um dia legal, com uma quilometragem boa, trechos travados no começo e depois mais rápidos. Havia muitas lombas, como a organização disse no briefing, e muita poeira. Como larguei mais para trás, peguei um pouco, mas consegui fazer uma boa etapa", disse o piloto que foi o quinto a partir.

Segundo colocado, Gregório Caselani começou bem, mesmo considerando ter adotado uma postura comedida neste início. "A etapa começou extremamente travada, mas depois do km 30 ela abriu, que foi quando eu me perdi rapidamente, em torno de 40 segundos. Depois de tantos conselhos, vim suave, administrando até o final. Tive que conservar a moto para os outros dias de competição".


Estreando no Rally dos Sertões, francês Adrien Metge é o terceiro na classificação

O francês Adrien Metge, que disputa a prova pela primeira vez, garantiu o terceiro lugar. "Eu gostei muito do começo da especial, estava confiante. Até o 150 km estava muito bem, mas tive um problema. Mesmo assim, foi um bom resultado para esta estreia", analisou. Ramon Sacilotti e Guilherme Cascaes, quarto e quinto colocados, respectivamente, completaram os mais rápidos do dia.

Nos quadriciclos, Marcelo Medeiros venceu com folga e já conta com quase 17 minutos de vantagem sobre o vice-líder Pedro Costa. "Mesmo com a confiança e bem equipado, não dá pra falar que o Sertões está tranquilo. Ele é imprevisível. Hoje foi tudo bem, não tive nenhum problema no quadriciclo", garantiu o vencedor.


Marcelo Medeiros já conta com vantagem significativa nos quadriciclos

A disputa nos UTVs teve um início bem mais equilibrado. O piloto Bruno Sperancini e o navegador Lourival Roldan superaram os atuais campeões da prova, Vinícius Mota e Rafael Schimuk, por 42 segundos. "Hoje (domingo) nós passamos por mais ou menos 600 lombas. É sempre assim, o primeiro dia do Sertões é uma fase de adaptação para os pilotos. Estou até preocupado com o que vem por aí, porque foi um dia duro", afirmou Sperancini.

Nesta segunda-feira, a promessa da organização é de um percurso bem travado e sinuoso, com muitas lombas e lombadas, passando entre plantações de milho. No total serão 334,97km, sendo 156,73km de trechos cronometrados.


Bruno Sperancini e Lourival Roldan ocupam a ponta nos UTVs

Vídeos:





Classificação após a primeira etapa

Pos Motos Penalização Tempo total Dif Líder
1 Jean Azevedo   2:13:52 -
6 Gregorio Caselani   2:16:13 00:02:21
9 Adrien Metge   2:17:57 00:04:05
2 Ramon Sacilotti   2:18:31 00:04:39
7 Guilherme Cascaes   2:19:30 00:05:38
21 Tiago Fantozzi   2:19:36 00:05:44
16 Tunico Maciel   2:19:42 00:05:50
15 Dario Julio   2:22:12 00:08:20
5 Guilherme Piva   2:26:03 00:12:11
10º 3 Ricardo Martins 00:08:06.0 2:26:47 00:12:55
11º 22 Daniel Crema   2:28:27 00:14:35
12º 12 Marco Pereira 00:06:00.0 2:31:32 00:17:40
13º 11 Marcos Finato   2:32:35 00:18:43
14º 4 Julio Zavatti   2:35:26 00:21:34
15º 14 Flavio Cota   2:39:36 00:25:44
16º 19 Norton Lopes 00:01:00.0 2:44:14 00:30:22
17º 39 Rafael Milan   2:45:25 00:31:33
18º 23 Marcos Colvero   2:46:02 00:32:10
19º 29 Eduardo Gouvea 00:03:12.0 2:47:05 00:33:13
20º 20 Dimas Matos   2:47:52 00:34:00
21º 8 Adhemar Pereira Indio   2:48:53 00:35:01
22º 26 Rodrigo Montemor 00:06:00.0 2:48:59 00:35:07
23º 34 Christian Costantini 00:02:15.0 2:49:54 00:36:02
24º 10 Moara Sacilotti   2:49:54 00:36:02
25º 18 Wagner Jovenal   2:50:28 00:36:36
26º 17 Ronie Von 00:02:39.0 2:56:29 00:42:37
27º 38 Clodoaldo Uemura 00:01:33.0 2:58:40 00:44:48
28º 25 Vicenti Benedictis 00:01:42.0 2:59:30 00:45:38
29º 27 Kassiano Burtett 00:00:21.0 3:01:44 00:47:52
30º 33 Andre Assumpcao 00:06:18.0 3:03:36 00:49:44
31º 36 Igor Verdum   3:04:19 00:50:27
32º 30 Luis Arena 00:00:42.0 3:10:39 00:56:47
33º 28 Eligio Schimitt 00:20:54.0 3:16:32 01:02:40
34º 13 Rodrigo Marques 00:06:21.0 3:20:28 01:06:36
35º 40 Alexandre Durigan 00:03:30.0 3:23:03 01:09:11
36º 35 Jose Scipiao 00:38:45.0 3:49:03 01:35:11
37º 31 Elvis Bittencourt 01:20:00.0 4:50:00 02:36:08
38º 32 Rodrigo Vendramini 01:30:00.0 5:00:00 02:46:08





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet