X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

Rally Dakar - 8ª etapa - Uyuni - Iquique
Publicado em: 12/01/2015

Mistura de sal e água causa problemas para vários pilotos na segunda parte da etapa maratona
Redação MotoX.com.br - Carolina Arruda - Fotos: DPPI/ F. Le Floch/ M. Maragni/ Vipcomm/ V. Eleutério

Joan Barreda termina o dia rebocado e Marc Coma assume a liderança


Oitavo estágio foi marcado por abandonos e problemas mecânicos causados pelo tempo ruim

Depois desta segunda-feira (12), o Rally Dakar 2015 não será mais o mesmo, ao menos no trecho que correspondeu a oitava etapa. A rota de retorno da Bolívia ao Chile, saindo de Uyuni em direção a Iquique, que contaria com a especial de 784 km teve a parte cronometrada reduzida praticamente pela metade. Devido as más condições do tempo, a organização determinou a alteração do estágio com a especial dividida em dois trechos, de 378 km e 38km, intercalados por 368 km de deslocamento. Além disso foi criada uma rota alternativa.

Neste estágio, houve também uma despedida maciça à competição: a junção da última parte da etapa maratona com o tempo ruim arruinou a participação de alguns pilotos. Alessandro Botturi, Michael Metge e Jordi Viladoms deixaram o rali por conta de problemas mecânicos, enquanto Daniel Gouet, da Honda, foi retirado da prova com hipotermia.


Joan Barreda

O dia também não terminou bem para Joan Barreda, até então líder. Depois de partir o guidão ao meio durante o domingo e conseguir o equipamento do argentino Demián Guiral, o espanhol teve novos problemas (provavelmente elétricos) e passou a segunda-feira sendo rebocado pelo companheiro de equipe Jeremias Israel Esquerre. Barreda não só ficou com a 74ª colocação, logo à frente de Esquerre, como deixou o caminho livre para Marc Coma assumir a liderança. Agora, com o 16º lugar na classificação geral, Barreda segue na prova sem chances de título.


Pablo Quintanilla

A pergunta que fica é para quem o dia foi positivo. Bem, para um grupo seleto de pilotos a segunda-feira foi motivo de alegria. Entre os sortudos está Pablo Quintanilla. O chileno adicionou ao currículo sua primeira vitória no Dakar e agora está na terceira posição no ranking geral a cerca de 11 minutos do líder.

"Foi um dia muito, muito complicado. Ontem (domingo) enfrentamos um estágio com muita água e lama. Nesta manhã, por causa da chuva durante a noite, o chão estava cheio de água e o Salar de Uyuni também. Então, houve uma pequena confusão sobre a questão da segurança dos pilotos, mas a largada aconteceu", contou o chileno. "A moto sofreu bastante e o circuito elétrico também. Agora vou olhar a moto junto com os mecânicos para ter certeza se está tudo em boas condições. Estou feliz com a minha corrida, estou tentando manter o ritmo e seguir os líderes, mas Coma e Barreda são rápidos", adicionou Quintanilla, da KTM.


E a Yamaha finalmente pode ver uma moto azul entre as ponteiras. Juan Pedrero foi o segundo colocado e perdeu o estágio por apenas 11 segundos. "Cheguei tão perto da vitória! No final do leito do rio, eu parei para limpar o radiador, que estava completamente cheio de sal. Então, quando parei no posto de controle e vi motos quebradas por todos os lados, soube que foi um tempo bem gasto. No fim da segunda parte da especial, o Quintanilla me passou. Tentei acompanhar, mas minha moto começou a trepidar. De qualquer forma, foi um dia excelente pra mim", relatou o espanhol.


Laia Sanz

Na terceira posição, chegou Stefan Svitko seguido por Toby Price, em quarto. A surpresa ficou por conta de Laia Sanz. No dia que tinha tudo para dar errado, por conta das situações extremas, a espanhola foi a quinta colocada e mostrou seu potencial.

"Para mim, foi um dia ótimo, mas de manhã, teria escolhido não largar. As condições não eram para uma corrida e minhas mãos praticamente congelaram. A altitude, o frio e a falta de visibilidade... As motos passaram por tanto sal e por tanta água também. Estava muito perigoso, mas decidimos que tinhamos que passar por isso e largamos", revelou Sanz. "No começo eu estava entre os primeiros e fui capaz de ditar o ritmo. Foi uma pena Price e Quintanilla terem me passado, mas não valia a pena arriscar tudo para melhorar de posição. É um grande resultado, especialmente em condições como essas", completou a piloto da Honda.


 Deserto de sal coberto pela água criou imagens incríveis

Sobre a participação da espanhola, houve um comentário especial por parte de David Casteau: "Acho que está surgindo uma nova geração muito forte no Dakar, mas hoje foi possível ver o quanto experiência conta. No reabastecimento, a maioria dos pilotos eram os mais velhos, exceto por uma moça que deixou a maioria de nós para trás. No leito do rio, era ela a líder do pelotão! É uma ótima piloto!".


Marc Coma

Xavier de Soultrait também estava entre os sortudos que cruzaram a linha de chegada com saldo positivo, ocupando o sexto lugar seguido de Alain Duclos. Em oitavo, Hans Vogel terminou a frente de Marc Coma, o novo líder da competição. "As condições eram bastante complicadas, para mim além do limite. Correr sobre o sal e a água foi como jogar cimento na moto e foi muito estressante tentar preservar o equipamento. Chegar ao final hoje é como uma vitória. Estou feliz pela liderança, mas ainda temos mais cinco dias pela frente e cada dia é uma surpresa. É preciso ir um quilômetro de cada vez", desabafou Coma.


Ruben Faria

Ruben Faria, da KTM, completou os dez primeiros. David Casteu foi o 11º, acompanhado de Oliver Pain em 12º, e avaliou o dia: "Foi difícil. Pelos primeiros 50km estava ok, mas no meio do caminho começou a ter muita água. Mesmo assim chegamos a correr a 140, 150 km/h e em alguns lugares a camada de água chegava a ter mais de 10 cm. A moto estava voando sobre a água. Mas não acho que Etienne (organizador da competição) deva se arrepender, foi incrível para os pilotos. Isso é o Dakar: você precisa saber como lidar com a corrida, com os reparos, com o terreno, com o clima... Se é apenas para vir correr nas Dunas, você pode vir com os amigos e se divertir. Essa é a corrida mais difícil do mundo e acho que os organizadores estavam certos em manter a etapa", disse Casteau.


Paulo Gonçalves

O dia foi complicado para Paulo Gonçalves, que depois da vitória na etapa anterior, foi somente 15º. Quem também ficou para trás, foi Matthias Walkner, 54º colocado.

O brasileiro Jean Azevedo ficou com a 51ª posição e no acumulado está em 28º. “Estava bem na etapa. Mas o radiador da minha moto começou a acumular muito sal. Misturado com água, ele fica sólido, duro e parece pedra. O radiador esquentou demais e explodiu. Saiu muito vapor. Como sou precavido, eu tinha Durepoxi para vedar a tampa. Tive que quebrar as pedras de sal com a chave de fenda. Caso contrário, eu estaria lá no meio do trecho até agora. Perdi mais de uma hora para resolver o problema”, contou o paulista.


Jean Azevedo

Jean também falou sobre as condições climáticas extremas também para os pilotos: “Na noite passada, vários competidores chegaram a Uyuni com hipotermia, pois estávamos a quase 4.000 metros de altitude e fazia muito frio. Pela manhã, alguns não conseguiam ligar a moto devido à baixa temperatura. Sem contar a chuva, que deixou parte do trecho com barro. Até pensei que a organização pudesse cancelar a etapa”.

Nos quadriciclos, a vitória ficou com Jeremias Gonzalez seguido de Ignacio Casale, líder na classificação geral. O uruguaio Sergio Lafuente fez o terceiro tempo. Rafal Sonik foi somente o oitavo colocado.

Nesta terça-feira, o trajeto vai de Iquique e Calama, com um deslocamento 88 km e o trecho cronometrado de 450 km.

Vídeos




Resultados

P. Resultado da Etapa Mark Time variation Penalty
1 31 QUINTANILLA(CHL) KTM 02:56:19 - -
2 10 PEDREROGARCIA (ESP) YAMAHA 02:56:30 00:00:11 -
3 18 SVITKO (SVK) KTM 02:56:31 00:00:12 -
4 26 PRICE (AUS) KTM 02:57:00 00:00:41 -
5 29 SANZPLA-GIRIBERT (ESP) HONDA 02:58:55 00:02:36 -
6 44 DE SOULTRAIT(FRA) YAMAHA 03:02:55 00:06:36 -
7 14 DUCLOS (FRA) SHERCO TVS 03:03:01 00:06:42 -
8 37 VOGELS (NLD) KTM 03:03:53 00:07:34 -
9 1 COMA (ESP) KTM 03:03:56 00:07:37 -
10 11 FARIA (PRT) KTM 03:04:03 00:07:44 -
11 9 CASTEU (FRA) KTM 03:04:20 00:08:01 -
12 3 PAIN (FRA) YAMAHA 03:04:34 00:08:15 -
13 22 PIZZOLITO(ARG) HONDA 03:04:44 00:08:25 -
14 15 VERHOEVEN(NLD) YAMAHA 03:06:41 00:10:22 -
15 7 GONCALVES(PRT) HONDA 03:08:36 00:12:17 -
16 160 KLYMCIW (CZE) KTM 03:08:52 00:12:33 -
17 25 PLANET (FRA) SHERCO TVS 03:08:57 00:12:38 -
18 79 ARANA COBEAGA(ESP) YAMAHA 03:11:24 00:15:05 -
19 8 PRZYGONSKI(POL) KTM 03:12:32 00:16:13 -
20 32 CECI (ITA) KTM 03:13:44 00:17:25 -
21 38 BERGLUND (SWE) KTM 03:14:08 00:17:49 -
22 35 STANOVNIK(SVN) KTM 03:16:45 00:20:26 -
23 40 PATRAO (PRT) SUZUKI 03:20:12 00:23:53 -
24 53 PISANO (FRA) KTM 03:22:11 00:25:52 -
25 45 DA COSTA (FRA) YAMAHA 03:25:22 00:29:03 -
26 34 PABISKA (CZE) KTM 03:25:34 00:29:15 -
27 151 ENGEL (CZE) KTM 03:26:57 00:30:38 -
28 69 PAYEN (FRA) YAMAHA 03:33:25 00:37:06 -
29 21 JAKES (SVK) KTM 03:35:03 00:38:44 -
30 49 GYENES (ROU) KTM 03:43:38 00:47:19 -
31 65 VAN DENGOORBERGH (NLD) KTM 03:47:55 00:51:36 -
32 59 CHUNCHUNGUPPESHIVASHANKAR (IND) KTM 03:48:12 00:51:53 -
33 73 ERRAZURIZ(CHL) HUQSVARNA 03:50:50 00:54:31 -
34 51 MEERU (EST) HONDA 03:51:32 00:55:13 -
35 46 GOMEZ (ARG) YAMAHA 03:52:50 00:56:31 -
36 144 UDRY (CHE) KTM 03:55:32 00:59:13 -
37 109 LACUNZA (ARG) KTM 03:57:31 01:01:12 -
38 152 GAJDOSECH(ARG) YAMAHA 04:00:46 01:04:27 -
39 78 PASCUAL (ARG) KTM 04:00:46 01:04:27 -
40 68 VESELY (CZE) KTM 04:03:33 01:07:14 -
41 96 ROMERO FONT(ESP) KTM 04:04:59 01:08:40 -
42 97 GIMENO GARCÍA(ESP) KTM 04:05:00 01:08:41 -
43 63 CARILLON (FRA) KTM 04:08:09 01:11:50 -
44 102 URQUIA (ARG) YAMAHA 04:11:23 01:15:04 -
45 61 ONTIVEROS(ARG) BETA 04:12:19 01:16:00 -
46 80 SARMIENTOCERON (COL) YAMAHA 04:18:17 01:21:58 -
47 126 VAN HEERTUM(NLD) KTM 04:19:32 01:23:13 -
48 127 FERNANDEZ(ESP) KTM 04:24:00 01:27:41 -
49 128 FERNANDEZMENDEZ (ESP) KTM 04:24:17 01:27:58 -
50 107 TOIA (ITA) KTM 04:27:31 01:31:12 -
51 24 DE AZEVEDO(BRA) HONDA 04:30:55 01:34:36 -
80 2 BARREDA BORT(ESP) HONDA 07:22:02 04:25:43 01:20:00
81 12 ISRAELESQUERRE (CHL) HONDA 07:22:07 04:25:48 01:20:00

P. Classificação Geral Mark Time variation Penalty
1 1 COMA (ESP) KTM 28:51:12 - -
2 7 GONCALVES(PRT) HONDA 29:00:23 00:09:11 -
3 31 QUINTANILLA(CHL) KTM 29:02:23 00:11:11 -
4 26 PRICE (AUS) KTM 29:07:08 00:15:56 -
5 18 SVITKO (SVK) KTM 29:17:42 00:26:30 -
6 11 FARIA (PRT) KTM 29:25:46 00:34:34 -
7 14 DUCLOS (FRA) SHERCO TVS 29:49:20 00:58:08 00:15:00
8 9 CASTEU (FRA) KTM 30:02:00 01:10:48 -
9 29 SANZPLA-GIRIBERT (ESP) HONDA 30:10:03 01:18:51 -
10 21 JAKES (SVK) KTM 30:38:59 01:47:47 -
11 10 PEDREROGARCIA (ESP) YAMAHA 30:57:31 02:06:19 00:11:02
12 37 VOGELS (NLD) KTM 30:57:58 02:06:46 -
13 3 PAIN (FRA) YAMAHA 31:06:50 02:15:38 -
14 44 DE SOULTRAIT(FRA) YAMAHA 31:23:09 02:31:57 -
15 25 PLANET (FRA) SHERCO TVS 31:36:42 02:45:30 00:15:00
16 8 PRZYGONSKI(POL) KTM 31:43:13 02:52:01 -
17 15 VERHOEVEN(NLD) YAMAHA 31:52:47 03:01:35 00:05:00
18 5 RODRIGUES(PRT) HONDA 32:16:53 03:25:41 -
19 32 CECI (ITA) KTM 32:19:16 03:28:04 -
20 79 ARANA COBEAGA(ESP) YAMAHA 32:23:20 03:32:08 -
21 160 KLYMCIW (CZE) KTM 32:46:15 03:55:03 -
22 38 BERGLUND (SWE) KTM 32:48:58 03:57:46 -
23 34 PABISKA (CZE) KTM 33:02:00 04:10:48 -
24 2 BARREDA BORT(ESP) HONDA 33:02:50 04:11:38 01:20:00
25 49 GYENES (ROU) KTM 33:13:25 04:22:13 -
26 45 DA COSTA (FRA) YAMAHA 33:26:57 04:35:45 -
27 35 STANOVNIK(SVN) KTM 33:34:05 04:42:53 -
28 24 DE AZEVEDO(BRA) HONDA 33:38:53 04:47:41 -
29 22 PIZZOLITO(ARG) HONDA 34:00:07 05:08:55 00:05:00
30 27 WALKNER (AUT) KTM 34:18:07 05:26:55 00:40:00
31 151 ENGEL (CZE) KTM 34:18:22 05:27:10 -
32 161 LOPEZ JOVE(ARG) KAWASAKI 34:24:51 05:33:39 00:15:00
33 12 ISRAELESQUERRE (CHL) HONDA 34:47:32 05:56:20 02:00:00
34 69 PAYEN (FRA) YAMAHA 35:13:43 06:22:31 -
35 60 CABRERA (CHL) KAWASAKI 36:38:47 07:47:35 01:15:00
36 103 REEVE (ZMB) KTM 36:39:06 07:47:54 -
37 65 VAN DENGOORBERGH (NLD) KTM 36:43:20 07:52:08 -
38 46 GOMEZ (ARG) YAMAHA 37:15:30 08:24:18 -
39 53 PISANO (FRA) KTM 37:26:31 08:35:19 -
40 63 CARILLON (FRA) KTM 37:31:41 08:40:29 -
41 40 PATRAO (PRT) SUZUKI 38:15:00 09:23:48 02:15:00
42 59 CHUNCHUNGUPPESHIVASHANKAR (IND) KTM 38:16:55 09:25:43 -
43 78 PASCUAL (ARG) KTM 38:57:03 10:05:51 -
44 51 MEERU (EST) HONDA 39:35:22 10:44:10 00:05:00
45 73 ERRAZURIZ(CHL) HUQSVARNA 40:06:35 11:15:23 00:16:00
46 68 VESELY (CZE) KTM 40:24:30 11:33:18 00:02:00
47 109 LACUNZA (ARG) KTM 40:29:45 11:38:33 -
48 80 SARMIENTOCERON (COL) YAMAHA 40:55:14 12:04:02 00:06:00
49 61 ONTIVEROS(ARG) BETA 41:10:38 12:19:26 -
50 54 ARREDONDO(GTM) KTM 41:13:58 12:22:46 -








© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet