X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

Rally Dakar - 5ª etapa - Copiapó - Antofagasta
Publicado em: 08/01/2015

Marc Coma vence etapa pela primeira vez nesta edição 
Redação MotoX.com.br - Carolina Arruda - Fotos: M. Maragni/ RallyZone Barni/ Bauer/ Vinícius Branca/ R. Ribeiro/ Vipcomm

Em segundo no trecho, Joan Barreda segue líder da classificação geral


Marc Coma

Nesta quinta-feira (8), 131 motos deixaram Copiapó em direção a Antofagasta (ambas no Chile) e apenas 112 completaram a quinta etapa do Rally Dakar com sucesso. Nos 458 km de trecho cronometrado, de um total de 697, a voz da experiência falou mais alto e o vencedor foi Marc Coma.

"Estou feliz com o resultado, mas a verdade é que Barreda ainda tem uma vantagem bastante grande. Ainda tem muita corrida pela frante. Essa segunda parte do rali é mais longa com os estágios maratonas e será uma batalha diferente a cada dia", reconheceu o espanhol da KTM. Sobre a etapa, o defensor do título revelou que foi um dia difícil, uma vez que as trilhas não o deixaram tranquilo para acelerar. "Tinha que prestar muita atenção. Depois de 30 km, estava na frente e abri o caminho de novo. Tentei liderar com um bom ritmo, mas sem me arriscar muito", explicou.


Joan Barreda

Sem dar tempo para Coma descansar, Joan Barreda foi o segundo colocado, com apenas cerca de dois minutos de diferença e, assim, consolida sua liderança com uma vantagem ainda bastante confortável. E claro, o espanhol não deixou de comentar os duelos constantes com o tetracampeão da prova. "Agora, com mais experiência, eu sei que quando Marc Coma acelera, acelera durante o dia inteiro. Ele é muito rápido, então é impossível ultrapassar, é mais fácil tentar acompanhar", confessou Barreda.

Em sua terceira participação no Dakar e com dois abandonos no currículo , Pablo Quintanilla começou a despontar nas etapas mais recentes. Nesta o chileno foi o terceiro colocado. "Bem, hoje foi um estágio bastante duro. Me senti muito bem, mas nos últimos quilômetros eu cansei", revelou. Com o resultado, o piloto da KTM chega à quarta posição na classificação geral.


Paulo Gonçalves

O eslovaco Stefan Svitko ficou com o quarto lugar, à frente de Paulo Gonçalves. "Foi um estágio cansativo, cheio de pedras, buracos e areia por todos os lados. Larguei da 12ª posição, então tinha muita poeira pelo caminho e tive que ser cuidadoso. Isso me fez perder tempo até o km 100. Na parte final, tive um pouco de dificuldade em encontrar alguns dos checkpoints e perdi mais tempo", revelou o português da Honda.


Helder Rodrigues

Para a alegria da fábrica japonesa, mais motos vermelhas participaram do top 10: os pilotos Helder Rodrigues e Israel Esquerre foram sexto e sétimo colocados, respectivamente. "Comecei em 20º. Tinha muita poeira e ultrapassagens eram impossíveis. Depois do reabastecimento, tentei alcançar outros pilotos e aumentar o passo, sempre atacando. Tem mais uma semana e preciso manter o ritmo até o final", avaliou Rodrigues.


Matthias Walkner

O estreante Matthias Walkner ainda não conquistou mais vitórias, mas continua chamando muita atenção com seu desempenho. Nesta quinta-feira, o austríaco foi dono do oitavo melhor tempo à frente de Alain Duclos, nono colocado.

O francês da Sherco desabafou: "Sinceramente, este estágio foi como um castigo: odiei. Esperava que fosse ser assim. Meus braços doem e não tenho mais força nas minhas mãos. Estou no limite. Não tinha espaço para respirar. Você tinha que se segurar em cima da moto do começo ao fim, porque as pistas eram abertas e podia acelerar bastante, mas em alguns trechos era como andar em minas terrestres! Por melhor que minha suspensão tenha funcionado, meus braços, juntas e costas estão acabados. Mas estou feliz de ter terminado inteiro". Com o resultado, Duclos caiu duas posições no ranking geral e agora ocupa o 11º lugar.


Toby Price

A décima colocação ficou para Toby Price à frente de Jordi Viladoms, que se perdeu no início do estágio. A Yamaha ainda não firmou nenhum de seus pilotos entre os líderes, a moto azul mais rápida foi de Pedrero Garcia, na 12ª posição - apesar de estar com o tanque de gasolina furado.
 

Juan Pedrero

"Não tive recompensado o tempo que parei para ajudar um piloto caído ontem (7). Então comecei da 31ª posição. Parece que o tempo será reduzido da classificação geral. Então começar de trás, significa que eu estava correndo com pilotos mais lentos à minha frente e eu estava impaciente para ultrapassá-los. Perto do km 16, na travessia de um rio, eu bati numa pedra que furou meu tanque! Simplesmente, o tanque não segurava mais combustível. Então, depois do reabastecimento, eu estava ficando sem gasolina e vi algumas pessoas assistindo a corrida, disse a elas que era amigo de Chaleco Lopez (piloto chileno) e eles me deram um pouco de combustível. Foi um azar ter furado o tanque, mas fui muito sortudo de ter chegado até o final e recuperado algum tempo!", relatou Pedrero.


Jean Azevedo

O brasileiro Jean Azevedo foi o 37º colocado e ocupa o 28º lugar na classificação geral.


Entre os quadriciclos, Rafal Sonik venceu novamente. Ignacio Casale foi o segundo colocado seguido do argentino Gonzalez Ferioli. A rota do sexto estágio, que acontece nesta sexta-feira (9), dará um descanso aos pilotos, pelo menos, visualmente: será possível ver o mar, enquanto algumas das paisagens do trajeto de Antofagasta a Iquique passam por montanhas e dunas. Serão 319 km de trecho cronometrado e mais 369 de deslocamento.


Acampamento das equipes foi palco de homenagem às vítimas do ataque terrorista à sede da revista Charlie Hebdo, localizada em Paris

Também nesta quinta-feira, a organização do Dakar convidou as cerca de três mil pessoas participantes do evento, desde esportistas à jornalistas e visitantes, para uma manifestação em apoio e solidariedade às vítimas do ataque terrorista à sede da revista Charlie Hebdo, localizada em Paris. O atentado deixou 12 mortos e vários feridos. O centro do acampamento das equipes, costumeiramente usado para coletivas de imprensa, local de alimentação e encontro entre pilotos deu lugar à homenagem as vítimas da intolerância. O acontecimento chocou a imprensa mundial também por representar um ataque a liberdade de expressão.

O Rally Dakar já foi alvo de ações terroristas quando acontecia no continente africano, fato que provocou a mudança da competição para América do Sul.

Vídeos



Resultados da etapa

Pos. Piloto - País Mark Time variation Penalty
1 1 COMA (ESP) KTM 04:38:16 - -
2 2 BARREDA BORT(ESP) HONDA 04:40:32 00:02:16 -
3 31 QUINTANILLA(CHL) KTM 04:40:56 00:02:40 -
4 18 SVITKO (SVK) KTM 04:42:10 00:03:54 -
5 7 GONCALVES(PRT) HONDA 04:42:53 00:04:37 -
6 5 RODRIGUES(PRT) HONDA 04:44:51 00:06:35 -
7 12 ISRAELESQUERRE (CHL) HONDA 04:45:26 00:07:10 -
8 27 WALKNER (AUT) KTM 04:45:40 00:07:24 -
9 14 DUCLOS (FRA) SHERCO TVS 04:48:13 00:09:57 -
10 26 PRICE (AUS) KTM 04:48:21 00:10:05 -
11 4 VILADOMS (ESP) KTM 04:52:04 00:13:48 -
12 10 PEDREROGARCIA (ESP) YAMAHA 04:52:41 00:14:25 -
13 22 PIZZOLITO(ARG) HONDA 04:55:05 00:16:49 -
14 21 JAKES (SVK) KTM 04:55:11 00:16:55 -
15 11 FARIA (PRT) KTM 04:55:40 00:17:24 -
16 9 CASTEU (FRA) KTM 04:56:03 00:17:47 -
17 20 VAN NIEKERK(ZAF) KTM 05:01:08 00:22:52 -
18 19 BOTTURI (ITA) YAMAHA 05:01:47 00:23:31 -
19 29 SANZPLA-GIRIBERT (ESP) HONDA 05:05:02 00:26:46 -
20 17 METGE (FRA) YAMAHA 05:07:20 00:29:04 00:04:00
21 16 GOUET (CHL) HONDA 05:10:15 00:31:59 -
22 60 CABRERA (CHL) KAWASAKI 05:10:56 00:32:40 -
23 49 GYENES (ROU) KTM 05:13:23 00:35:07 -
24 3 PAIN (FRA) YAMAHA 05:13:30 00:35:14 -
25 37 VOGELS (NLD) KTM 05:13:45 00:35:29 -
26 25 PLANET (FRA) SHERCO TVS 05:13:52 00:35:36 -
27 79 ARANA COBEAGA(ESP) YAMAHA 05:20:31 00:42:15 -
28 8 PRZYGONSKI(POL) KTM 05:21:03 00:42:47 -
29 45 DA COSTA (FRA) YAMAHA 05:21:26 00:43:10 -
30 15 VERHOEVEN(NLD) YAMAHA 05:22:10 00:43:54 -
31 40 PATRAO (PRT) SUZUKI 05:23:06 00:44:50 -
32 34 PABISKA (CZE) KTM 05:25:04 00:46:48 -
33 161 LOPEZ JOVE(ARG) KAWASAKI 05:26:08 00:47:52 -
34 32 CECI (ITA) KTM 05:26:29 00:48:13 -
35 35 STANOVNIK(SVN) KTM 05:27:44 00:49:28 -
36 44 DE SOULTRAIT(FRA) YAMAHA 05:28:25 00:50:09 -
37 24 DE AZEVEDO(BRA) HONDA 05:29:47 00:51:31 -
38 62 SOUVIGNET(FRA) KTM 05:31:05 00:52:49 -
39 160 KLYMCIW (CZE) KTM 05:31:15 00:52:59 -
40 48 RIOS (PER) KTM 05:31:40 00:53:24 -
41 71 VAYSSADE (FRA) SHERCO 05:33:06 00:54:50 -
42 30 GUASCH (ESP) YAMAHA 05:34:23 00:56:07 -
43 103 REEVE (ZMB) KTM 05:35:53 00:57:37 -
44 38 BERGLUND (SWE) KTM 05:37:36 00:59:20 -
45 36 PIATEK (POL) KTM 05:42:44 01:04:28 -
46 53 PISANO (FRA) KTM 05:43:01 01:04:45 -
47 151 ENGEL (CZE) KTM 05:46:43 01:08:27 -
48 69 PAYEN (FRA) YAMAHA 05:48:20 01:10:04 -
49 65 VAN DENGOORBERGH (NLD) KTM 05:50:05 01:11:49 -
50 83 DAMDINKHORLOO(MNG) KTM 05:50:56 01:12:40 -

Classificação geral após cinco etapas

Pos. Piloto - País Mark Time variation Penalty
1 2 BARREDA BORT(ESP) HONDA 17:51:05 - -
2 1 COMA (ESP) KTM 18:01:38 00:10:33 -
3 7 GONCALVES(PRT) HONDA 18:13:55 00:22:50 -
4 31 QUINTANILLA(CHL) KTM 18:22:11 00:31:06 -
5 4 VILADOMS (ESP) KTM 18:27:28 00:36:23 -
6 11 FARIA (PRT) KTM 18:29:18 00:38:13 -
7 27 WALKNER (AUT) KTM 18:29:41 00:38:36 -
8 26 PRICE (AUS) KTM 18:30:59 00:39:54 -
9 18 SVITKO (SVK) KTM 18:33:10 00:42:05 -
10 5 RODRIGUES(PRT) HONDA 18:34:29 00:43:24 -
11 14 DUCLOS (FRA) SHERCO TVS 18:35:17 00:44:12 -
12 12 ISRAELESQUERRE (CHL) HONDA 18:50:15 00:59:10 -
13 10 PEDREROGARCIA (ESP) YAMAHA 18:55:19 01:04:14 -
14 9 CASTEU (FRA) KTM 18:55:32 01:04:27 -
15 20 VAN NIEKERK(ZAF) KTM 19:02:09 01:11:04 -
16 19 BOTTURI (ITA) YAMAHA 19:02:40 01:11:35 -
17 29 SANZPLA-GIRIBERT (ESP) HONDA 19:03:37 01:12:32 -
18 21 JAKES (SVK) KTM 19:04:23 01:13:18 -
19 17 METGE (FRA) YAMAHA 19:07:47 01:16:42 00:04:00
20 3 PAIN (FRA) YAMAHA 19:26:57 01:35:52 -
21 16 GOUET (CHL) HONDA 19:33:31 01:42:26 -
22 37 VOGELS (NLD) KTM 19:40:35 01:49:30 -
23 25 PLANET (FRA) SHERCO TVS 19:49:34 01:58:29 -
24 8 PRZYGONSKI(POL) KTM 19:50:26 01:59:21 -
25 44 DE SOULTRAIT(FRA) YAMAHA 20:04:18 02:13:13 -
26 15 VERHOEVEN(NLD) YAMAHA 20:19:45 02:28:40 00:05:00
27 30 GUASCH (ESP) YAMAHA 20:26:46 02:35:41 -
28 24 DE AZEVEDO(BRA) HONDA 20:28:42 02:37:37 -
29 79 ARANA COBEAGA(ESP) YAMAHA 20:29:48 02:38:43 -
30 32 CECI (ITA) KTM 20:37:05 02:46:00 -
31 34 PABISKA (CZE) KTM 20:37:11 02:46:06 -
32 62 SOUVIGNET(FRA) KTM 20:37:56 02:46:51 00:01:00
33 40 PATRAO (PRT) SUZUKI 20:49:04 02:57:59 -
34 38 BERGLUND (SWE) KTM 20:56:13 03:05:08 -
35 160 KLYMCIW (CZE) KTM 20:58:07 03:07:02 -
36 60 CABRERA (CHL) KAWASAKI 20:58:08 03:07:03 01:00:00
37 49 GYENES (ROU) KTM 21:03:34 03:12:29 -
38 161 LOPEZ JOVE(ARG) KAWASAKI 21:06:40 03:15:35 -
39 45 DA COSTA (FRA) YAMAHA 21:08:51 03:17:46 -
40 35 STANOVNIK(SVN) KTM 21:21:46 03:30:41 -
41 36 PIATEK (POL) KTM 21:46:49 03:55:44 -
42 65 VAN DENGOORBERGH (NLD) KTM 21:53:01 04:01:56 -
43 69 PAYEN (FRA) YAMAHA 21:57:33 04:06:28 -
44 151 ENGEL (CZE) KTM 21:59:49 04:08:44 -
45 46 GOMEZ (ARG) YAMAHA 22:03:02 04:11:57 -
46 48 RIOS (PER) KTM 22:03:06 04:12:01 -
47 103 REEVE (ZMB) KTM 22:03:56 04:12:51 -
48 129 VAN GERVEN(NLD) KTM 22:33:48 04:42:43 -
49 113 BRIOSCHI (ITA) KTM 22:41:41 04:50:36 -
50 22 PIZZOLITO(ARG) HONDA 22:42:32 04:51:27 00:05:00



 
 



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet