X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Mundial de SuperEnduro - 6ª etapa - Tours - França
Publicado em: 01/03/2014

Taddy Blazusiak conquista mais um título no Mundial de SuperEnduro
Redação MotoX.com.br - Fotos: Jonty Edmunds

Com mais uma vitória na França, durante a última etapa, polonês alcança pentacampeonato na competição


Taddy Blazusiak, pentacampeão mundial de SuperEnduro


Jonny Walker
O Campeonato Mundial de SuperEnduro chegou ao fim no último fim de semana de fevereiro, no Parc des Expositions de Tours, na França. O polonês Taddy Blazusiak encerrou uma excelente temporada na competição com o título, depois de vencer mais uma vez. Ele fechou o ano com 338 pontos, uma boa diferença para David Knight, que somou 274.

Na primeira corrida, Blazusiak triunfou na disputa com Mathias Bellino e ainda teve a companhia de seu parceiro na KTM, Jonny Walker, que já havia conquistado o melhor tempo na Superpole e começou as baterias com o terceiro lugar. Ele conseguiu uma grande vantagem sobre o veterano David Knight e sobre Danel Gibert-Gatell na disputa.

Já na segunda corrida, quando os pilotos largam na ordem inversa, Blazusiak e Walker tiveram que brigar para estar entre o grupo principal. Foi nesta hora que o português Joaquim Rodrigues, que no ano passado competiu no Brasil e conquistou o principal título nacional do Arena Cross, surpreendeu. O piloto não renovou seu contrato por aqui e neste início de ano teve o convite de uma equipe regional da KTM para tentar a sorte no SuperEnduro. Por ser sua primeira experiência na modalidade, o lusitano se saiu muito bem. Na segunda final, ele liderou a corrida por duas voltas antes de cair e deixar a liderança para Blazusiak. Rodrigues foi considerado uma grande surpresa e já é visto como um grande concorrente para a próxima temporada caso realmente migre para a competição.


Mathias Bellino


David Knight
Na segunda volta, o polonês já tinha o controle da prova e seguia em frente para garantir a segunda vitória da noite. Mas, depois de um erro nas pedras, ele abriu espaço para Walker ficar em primeiro, tendo que se contentar com o segundo posto. O espanhol Alfredo Gomez foi o terceiro. Joakim Ljunggren e Gibert-Gatell completaram a lista.

Com uma vitória de cada um, a terceira corrida seria para o desempate entre os pilotos KTM. Porém, a experiência de Blazusiak falou mais alto e o campeão garantiu mais uma vitória. Walker foi o segundo colocado, seguido por Bellino, Gomez e Knight.

Knight, que teve uma final apagada, comemorou o vice-campeonato como uma grande vitória para ele e para toda a equipe Sherco. "Fiquei decepcionado por não ter tido um resultado melhor na França. Durante a Superpole eu me senti muito bem, mas tive que me esforçar nos saltos, pois a moto estava lenta. Durante as corridas, também não foi muito diferente. No domingo, encontramos um problema no motor e tivemos muita sorte em terminar todas as três baterias", explicou. "Não posso reclamar muito. Aprendi muito para o próximo ano. Espero estar preparado para a primeira etapa e que possa brigar pelo título".


Alfredo Gomez

Alfredo Gomez lamentou não ter conseguido um resultado melhor. "Tive algumas semanas difíceis desde que tive que remover o apêndice. Não consegui me sair muito bem com a pista, mas estou feliz com o quarto lugar. E claro, que queria ter podido brigar com Walker pelo terceiro posto no campeonato, mas, considerando minha situação, estou feliz."

Outro que queria ter ido um pouco mais longe é Mathias Bellino, que foi terceiro na etapa. "Foi uma noite muito boa para mim, ainda mais porque nem tinha certeza se poderia correr. Tive um problema no pulso e não tenho conseguido treinar muito. Mas, estive bem. Terminar em terceiro no geral, que é meu primeiro pódio no SuperEnduro, é realmente especial. Me esforcei muito no início da etapa, tenho trabalhado duro e melhorado. Essa foi uma boa maneira de terminar o campeonato", concluiu.

Vídeos

Melhores momentos da prova:



Volta On Board no circuito:

Resultados

Resultado Final 1
1. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 6:50:899 min
2. Mathias Bellino (FRA), Husqvarna, +6.178 sec
3. Jonny Walker (GBR), KTM, +15.171
4. David Knight (GBR), Sherco, +35.997
5. Danel Gibert-Gatell (ESP), GasGas, +41.581

Resultado Final 2
1. Jonny Walker (GBR), KTM, 7:05:511 min
2. Taddy Blazusiak (POL), KTM, +3.993 sec
3. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, +23.367
4. Joakim Ljunggren (SWE), Husqvarna, +25.113
5. Danel Gibert-Gatell (ESP), GasGas, +25.586

Resultado Final 3
1. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 6:50:855 min
2. Jonny Walker (GBR), KTM, +7.235 sec
3. Mathias Bellino (FRA), Husqvarna, +19.597
4. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, +30.849
5. David Knight (GBR), Sherco, +33.035

Resultado geral da etapa
1. Taddy Blazusiak (POL), KTM
2. Jonny Walker (GBR), KTM
3. Mathias Bellino (FRA), Husqvarna
4. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna
5. David Knight (GBR), Sherco

Resultado Superpole
1. Jonny Walker (GBR), KTM
2. Taddy Blazusiak (POL), KTM
3. Mathias Bellino (FRA), Husqvarna
4. David Knight (GBR), Sherco
5. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna

Resultado final do campeonato
1. Taddy Blazusiak (POL), KTM, 338 pontos
2. David Knight (GBR), Sherco, 274
3. Jonny Walker (GBR), KTM, 259
4. Alfredo Gomez (ESP), Husqvarna, 224
5. Joakim Ljunggren (SWE), Husqvarna, 190


Pódio da etapa









© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet