X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

5ª e 6ª etapas - Rally dos Sertões - Carolina (TO) /Alto Parnaíba (MA)
Publicado em: 25/08/2012

Pilotos passaram pela fase mais difícil cruzando o Jalapão em mais uma etapa maratona
Redação MotoX.com.br


Felipe Zanol - Foto: DFotos / Vipcomm

Lá se foram mais dois dias de disputa no Rally dos Sertões. Os pilotos passaram da metade da prova e seguem agora para a reta final. Felipe Zanol se mantém na frente com pouco mais de 27 minutos de vantagem para o segundo colocado Jean Azevedo. Mas para isso, o mineiro enfrentou todo tipo de obstáculo nos mais variados terrenos e teve de usar toda a experiência - que o concorrente também tem de sobra. Este último dia passou pelo temido Jalapão e foi o início de mais uma etapa maratona, quando os competidores não podem fazer manutenção mecânica. Pouco a pouco, as motos que largaram há seis dias, têm ficado pelo caminho. Das 38 iniciais, apenas 28 conseguiram concluir a sexta etapa. 


Jean Azevedo - Foto: Doni Castilho / D Fotos
O percurso desta quinta-feira entre Palmas (TO) e Alto Parnaíba (MA) foi considerado o mais difícil até aqui e o mais longo de todas as edições do Sertões, com 468 quilômetros, muita areia do deserto do Jalapão e navegação por GPS. Mais uma vez, a disputa ficou entre Zanol e Jean Azevedo e a diferença de tempo foi mínima novamente com um grande duelo entre os dois. O mineiro chegou na frente com o tempo total de 5h56min14, 1min26 à frente do adversário. A segunda colocação, no entanto, foi bastante lucrativa para Jean que assumiu a vice-liderança no acumulado geral. 

“Tive que ter atenção redobrada nesta prova. É muito difícil acelerar no Jalapão. Além de ser um lugar complicado, tivemos o início da segunda maratona. O Jean é um cara extremamente experiente, e hoje tivemos uma parte importante de navegação por GPS e o ultrapassei umas duas vezes. Depois tentei ficar o mais próximo possível dele para que fizéssemos essa navegação juntos. Foi uma etapa bem disputada e difícil, quase 500 quilômetros de desafios, e o Jalapão mais uma vez se supera mostrando várias e várias dificuldades. Na zona de navegação por GPS eu nunca tinha visto um terreno parecido: uma mistura de areia de dunas com mato, vegetação queimada, uma mistura grande. Mas são as dificuldades do Jalapão, e estou aprendendo com isso cada vez mais”, contou Zanol.

Jean considerou a etapa desgastante. "Foi a maior especial desta edição do Sertões, e que exigiu muito do preparo físico, da concentração, da navegação e da pilotagem. Muito calor, muita areia, enfim, uma especial completa. Foi uma disputa bem legal. Larguei primeiro, o Zanol me passou, passei de novo e assim seguimos numa disputa bem interessante. A gente já conhece o Jalapão há algum tempo, então temos uma ideia do que vamos enfrentar e nos preparamos para isso. Foi um dia cansativo, mas temos que pensar que amanhã serão mais de 300 quilômetros pela frente", lembrou o vice-líder.

Mesmo com a vantagem, o líder usa muita cautela e espera dias mais complicados. "A oitava etapa está sendo apontada como a especial dos 20 anos do Rally dos Sertões, certamente os competidores serão colocados à prova. Tem muita coisa por vir e é preciso manter o ritmo”, ponderou Zanol.


Nielsen Bueno - Foto: DFotos / Vipcomm

Nielsen Bueno, que não havia ido muito bem na quinta etapa, garantiu a terceira colocação, deixando Dário Júlio em quarto. Guto Klaumann também imprimiu uma boa velocidade e garantiu o quinto lugar, mas seu irmão Ike não pode comemorar da mesma forma, já que teve de parar no meio da etapa com superaquecimento na moto. 

Marcelo Medeiros já tem quase três horas de vantagem para o segundo colocado Marcelo Dias, à frente dos quadriciclos, depois de chegar em primeiro mais uma vez na sexta etapa. Paulo Roberto Kitagawa foi o segundo e Ernesto Jun Watashi o tereiro.


Na quinta etapa os pilotos partiram de Carolina (MA) e seguiram até Palmas (TO)
- Foto: DFotos / Vipcomm
Nos UTVs, Bruno Sperancini/Thiago Vargas assumiram a liderança depois de vencer a etapa. Já Heronaldo Segundo/Guga Costa tiveram problemas em ficaram somente com o sétimo lugar. Na segunda posição do dia terminaram Carlos Collet/Eduardo Shiga e na terceira Cacá Clauset/Rosrigo Khezam. 

Na quinta etapa, disputada na quinta-feira, entre Carolina (MA) e Palmas (TO) o mais rápido foi Jean Azevedo, com 2h35min28, mesmo com a grande pressão do líder Zanol que ficou apenas três segundos atrás do vencedor. O percurso com 472 quilômetros, sendo 238 km de especial teve muita areia, por isso, a velocidade foi a tônica do dia, assim como a habilidade de navegação exigida. Dário Júlio ficou cerca de três minutos atrás de Zanol e faturou o terceiro lugar da etapa. Os irmãos Ike e Guto Klaumann fizeram a dobradinha na quarta e quinta colocações. 

"Foi uma etapa muito boa, com pistas rápidas e sinuosas ao longo do percurso. Teve uma parte um pouco perigosa, pois tinha um trecho rápido com muitas erosões, então tive que redobrar a atenção", contou o experiente Jean Azevedo, que depois de seis anos disputando a competição entre os carros, retornou às duas rodas. "Estou feliz de novo, pilotando com uma margem de segurança boa e contente por conseguir atingir estes resultados".

Marcelo Medeiros garantiu outra vitória nos quadriciclos, com 3h1min52. Ernesto Jun Watashi foi o segundo colocado, seguido por Marcelo Dias. Entre os UTVs, Bruno Sperancini/Thiago Vargas chegaram na frente. Heronaldo Segundo/Guga Costa terminaram em segundo, com Edgley Sobrinho/Rodolfo Brito em terceiro.


Marcelo Medeiros - Foto: Theo Ribeiro / Fotoarena

Neste sábado, os competidores partem para o complemento da segunda maratona, de Alto Parnaíba (MA) a Bom Jesus (PI), cidade que pela primeira vez recebe a competição. O trajeto total é de 368 quilômetros, sendo 277 de cronometrados.

Resultados

Acumulado após seis etapas
1. FELIPE ZANOL 20:26:31
2. JEAN AZEVEDO 20:53:36
3. DARIO JULIO SOUZA 21:00:17
4. NIELSEN BUENO 21:39:57
5. GUTO KLAUMANN 22:55:35
6. DIMAS MATTOS 22:58:15
7. RICARDO MARTINS 23:22:35
8. RICARDO MEDEIROS 24:36:56
9. LEANDRO SILVEIRA 24:37:41
10. ALEXANDRE PISMEL 24:49:54

6ª etapa
1. FELIPE ZANOL 5:56:14
2. JEAN AZEVEDO 5:57:40
3. NIELSEN BUENO 6:06:44
4. DARIO JULIO SOUZA 6:13:51
5. GUTO KLAUMANN 6:26:45
6. GUILHERME PIVA 6:33:41
7. RICARDO MARTINS 6:36:37
8. DIMAS MATTOS 6:43:16
9. LEANDRO SILVEIRA 6:47:14
10. ALEXANDRE PISMEL 7:08:14

5ª etapa
1. JEAN AZEVEDO 02h35min28s
2. FELIPE ZANOL 02h35min31s
3. DARIO JULIO SOUZA 02h38min35s
4. NIELSEN BUENO 02h38min46s
5. IKE KLAUMANN 02h38min46s








© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet