X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

Red Bull Romaniacs 2012 - Sibiu - Romênia
Publicado em: 22/06/2012

Graham Jarvis conquista sua terceira vitória no evento
Redação MotoX.com.br - Lucídio Arruda - Fotos: Mihai Stetcu / Predrag Vuckovic / Dmytro Vakulka


O Prólogo já faz parte do calendário oficial de Sibiu 


Assista a seis vídeos do evento na MotoX TV
Os especialistas no Enduro Extremo nem tiveram tempo de se recuperar do massacrante Enduro de Erzberg, na Áustria, e três dias depois já se apresentaram para a largada do Red Bull Romaniacs em Sibiu, Romênia.

Em ambas as provas os competidores enfrentam terrenos que desafiam o físico e a alma, mas as similaridades acabam aí. Enquanto no Erzberg a prova final é uma arrancada de pouco mais de duas horas, no Romaniacs são quatro dias de 'pauleira' com trechos cronometrados entre 4h e 5h30m. Isso se você for um dos ponteiros.

Entre os pretendentes à vitória o neozelandês Chris Birch (campeão em 2010), o alemão Andreas Lettenbichler (campeão em 2008), o espanhol Xavier Galindo e o estreante com nome de uísque Jonny Walker. O britânico Walker, mais jovem do pelotão da frente, chegou com o embalo de quem venceu o Erzberg.

Quem também chegou com motivação extra graças ao Erzberg foi Graham Jarvis, mas por motivos opostos. Jarvis ficou "mordido" por perder a prova austríaca num erro de percurso que o fez pular um posto de controle. Todos sabiam que o britânico, bi-campeão em 2008 e 2011, viria com a faca nos dentes.

Prólogo


Jonny Walker voando no Prólogo


Obstáculos que fazem parte dos pesadelos dos pilotos das categorias amadoras.
Antigamente o prólogo não contava tempo. Era apenas uma grande festa nas ruas de Sibiu que definia a ordem de largada para o dia seguinte, quando, aí sim, a competição começava para valer. O organizador e 'maluco' de plantão Martin Freinademetz achou que poderia apimentar as coisas e agora os pilotos recebem uma penalização em tempo conforme a posição na chegada. O primeiro obviamente não é penalizado, o segundo ganha um minuto, o terceiro dois e assim por diante até o limite de 10 minutos.

Se antes havia pilotos que se poupavam nos obstáculos artificiais para sair no dia seguinte com a vantagem de seguir a trilha dos outros, não mais. E todos aceleraram em obstáculos com nomes sugestivos como "massagem nos rins", "guilhotina" e "campo minado"!


Chris Birch


 
Walker destacou-se no prólogo vencendo a classificatória com boa margem. Na final, o espanhol Galindo saiu na frente apenas para ficar preso no segundo obstáculo. Walker, que passou 'voando' por ali, aproveitou a deixa e faturou a corrida com maestria. "Esse é o meu jogo", comentou Walker que considerava uma desvantagem sair na frente no primeiro dia de trilhas. "Agora só quero esperar meu voo de volta para casa... é a primeira vez que vou usar um GPS", revelou.

Martin 'tranquilizou' o jovem: "Você só vai precisar do GPS se baixar neblina, caso contrário pode confiar no trabalho dos nossos sinalizadores. Se algo realmente der errado o pior que pode acontecer é um urso te comer."

1º Dia


Xavier Galindo e Andreas Lettenbichler aguardam a largada para o primeiro dia de trilhas


A sina da classe Hobby: percorrer boa parte do percurso empurrando a motocicleta 
Walker largou pela manhã com uma coisa em mente: não se perder. Mesmo assim saiu do rumo algumas vezes e no segundo posto de controle a liderança era de Lettenbichler. A primeira fase foi praticamente toda de campos abertos sem nenhum trecho realmente técnico. Assim o alemão ganhou a companhia de Jarvis, Birch e Galindo. Os quatro andaram juntos até a hora do almoço.

Na segunda fase do dia os competidores encontraram realmente as trilhas íngremes que fizeram a fama do Romaniacs e aí foi a vez de Jarvis se destacar. Com o ritmo apertado completou o dia em 4:22:07, dezessete minutos mais rápido que Letti (vou chamá-lo pelo apelido porque escrever "Lettenbichler" toda vez está queimando meus neurônios) que por sua vez abriu apenas 6 segundos de Birch.

Com as idas e vindas Walker ainda marcou o quarto tempo, mas já com uma desvantagem de meia-hora em relação ao líder. Descobriu porque a experiência conta tanto na prova. Xavier Galindo ficou com a quinta posição.


Extremamente rápido e técnico, Graham Jarvis não se afoba nem nos piores sufocos

2º Dia


Normalmente as coisas começam a complicar no segundo dia

Historicamente o segundo dia é o mais difícil do Romaniacs e aquele onde acontecem o maior número de desistências. A seção devastadora do estágio foi chamada de 'aperitivo'. O desafio era simplesmente subir uma cachoeira com muitas pedras.

O grande perdedor do dia foi Chris Birch. Com o pé machucado no dia anterior, não se saiu muito bem nos obstáculos mais exigentes, enquanto a turma com experiência no Trial ganhou tempo e abriu vantagem.

Jarvis dominou o dia novamente, desta vez com pouco menos de quatro minutos sobre Letti. Walker, já mais adaptado à navegação, foi o terceiro seguido de Galindo e por outro espanhol, Melcior Faja. Erwin Kavacs defendeu a honra dos pilotos locais com a sexta posição.

Em sétimo e com mais 38 minutos de desvantagem (1h4m no acumulado), Birch praticamente deu adeus as suas chances de vitória apesar de ainda permanecer em quarto na classificação geral, praticamente empatado com Galindo, o quinto.

3º Dia


 Kendall Norman tomou mais de dez horas dos líderes, mas completou os mais de 600km


Altus de Wet encara uma das terríveis ladeiras
Ainda doloridos do dia anterior devastador, os pilotos alinham às 5h55 para a largada do terceiro dia. O principal obstáculo do dia é uma escalada direta de 1000 metros adequadamente chamada de 'Please no Rain'. Sabe por que, né? Se chover, fuuuuu...

Apesar das subidas (e descidas) matadoras, o dia foi recheado também com estradinhas rápidas cortando os campos romenos. Enquanto os líderes torceram o cabo até o limite, os pilotos mais desgastados aproveitaram para recuperar o fôlego e a turma das classes Hobby simplesmete curtiu calmamente a fantástica paisagem.

O domínio de Jarvis não foi surpresa. Inesperado foi o fato dele aparecer no último 'checkpoint' 15 minutos antes do tempo estimado. "Foi praticamente um dia solitário para mim hoje. Os únicos que ví foram dois caras da classe Hobby", disse o cada vez mais confiante líder da competição.

Chris Birch chegou em segundo, a quase 20 minutos de Jarvis e voltou a ter esperanças de pódio. No acumulado ficou a apenas sete minutos de Walker que sofreu uma queda, machucou o ombro e completou o dia na sexta posição.

O alemão Letti se complicou no 'Please no Rain'. Perdeu quase 20 minutos por causa de uma embreagem errante e viu Jarvis abrir 45 minutos no acumulado.


Belas paisagens, para acalmar o espírito dos competidores

4º Dia - Final


Letti comemora o segundo lugar na competição


Essa ladeira apavorou os competidores pouco antes da chegada
Com tempo bom durante todos os estágios de competição, o Romaniacs 2012 chega ao final com um recorde de 80% dos participantes cruzando a linha de chegada, contra uma média de menos de 50% na maioria das edições.

O percurso do último dia foi mais tranquilo que os anteriores, apesar das mais de cinco horas de trechos cronometrados. Exceto o final. O local da chegada foi marcado num vai e vem de subidas e descidas. O desafio final foi a maior pirambeira que acharam por lá, digna das mais difíceis competições de Subida de Montanha.

Como se esperava, Jarvis apoiou-se na vantagem conquistada nos dias anteriores e, com toda a cautela, foi o quarto mais rápido do dia. Walker voltou a vencer com seis minutos de vantagem para Letti. Parece que o jovem já está se ambientando com a navegação e as condições do Romaniacs. Birch foi o terceiro do dia, a sete segundos do alemão. Mesmo assim não foi o suficiente para o pódio geral, foi a primeira vez que o neozelandês ficou fora dele.

Em quatro dias os pilotos passaram por pouco mais de 660km pelas mais fantásticas e exuberantes trilhas dos Montes Cárpatos. Graham Jarvis tornou-se o primeiro piloto a vencer por três vezes o Red Bull Romaniacs e definitivamente virou o homem a ser batido na competição. Letti, sem conseguir ameaçar Jarvis, foi o segundo colocado com uma prova consistente apesar dos problemas mecânicos. O jovem Walker estreou muito bem. Um pódio neste evento, definitivamente, não é para qualquer um. Em termos de técnica e velocidade está no mesmo nível do campeão Jarvis, com a experiência adquirida torna-se uma das ameaças nos próximos anos.


Scott Bouverie

Veja também os vídeos do evento:

- Prólogo Romaniacs
1:22
- Romaniacs 1º Dia - Graham Jarvis sai na frente 4:49
- Romaniacs 4º Dia - Depoimentos dos vencedores 2:00


Pódio Romaniacs 2012 com Letti, Jarvis e Walker
Veja mais fotos do evento


Resultados

P. # Piloto Bike Prol Day 1 Day 2 Day 3 Day 4 Total
1 1 Graham Jarvis Hub 300 03:00 4:25:07 4:12:56 5:02:11 5:20:33 19:03:47
2 3 A. Lettenbichler Hus 300 02:00 4:42:44 4:16:44 5:27:05 5:19:10 19:47:43
3 15 Jonny Walker KTM 300 EXC 00:00 4:55:39 4:34:32 5:28:45 5:13:12 20:12:08
4 2 Chris Birch KTM 300 05:30 4:42:50 4:58:06 5:19:26 5:19:27 20:25:19
5 5 Xavier Galindo Hub TE 300 01:00 5:05:07 4:40:26 5:28:05 5:34:17 20:48:55
6 4 Melcior Faja KTM EXC 250 05:00 5:25:36 4:49:19 5:27:10 5:42:30 21:29:35
7 29 Erwin Kovacs KTM 300 EXC 04:00 5:32:46 4:53:00 5:46:29 5:41:10 21:57:25
8 18 Altus de Wet KTM 300 EXC 07:15 6:07:59 5:01:20 6:03:59 5:49:48 23:10:21
9 6 Darryl Curtis KTM 300 EXC 07:45 5:39:50 5:15:45 6:06:27 6:51:03 24:00:50
10 16 Rienk Tuinstra Hub TE 300 10:00 5:26:01 5:10:32 6:44:01 6:35:55 24:06:29
11 14 Philipp Scholz KTM 07:00 5:56:46 5:30:49 6:36:05 6:07:35 24:18:15
12 24 Scott Bouverie KTM 300 10:00 6:00:39 5:23:06 6:16:15 6:35:33 24:25:33
13 13 Paul Fratila KTM 350 EXC-F 04:30 6:12:46 5:49:03 6:32:05 6:45:38 25:24:02
14 12 Riaan van Niekerk KTM 300 07:30 6:23:37 5:42:48 6:31:59 6:55:21 25:41:15
15 23 Kevin Wilson Archer KTM 350 EXC 06:45 6:52:48 5:32:22 6:40:37 6:38:35 25:51:07
16 20 Graham Hedgcock KTM 300 EXC 10:00 6:24:24 5:24:55 7:19:33 6:57:47 26:16:39
17 8 Emanuel Gyenes KTM 300 EXC 08:00 7:03:09 5:53:01 6:34:17 8:44:46 28:23:13
18 17 Phillip Cheater KTM 300 EXC 10:00 7:04:01 6:10:16 8:22:31 8:01:32 29:48:20
19 27 Kendall Norman KTM 300 06:30 7:38:21 6:15:26 9:07:46 7:16:41 30:24:44
20 19 Dougy Herbert KTM300 EXC 10:00 7:55:23 7:17:08 8:44:28 8:25:03 32:32:02

Todos os vencedores do Romaniacs

2004 Cyril Despres
2005 Cyril Despres
2006 Michel Gau
2007 Michel Gau
2008 Graham Jarvis
2009 Andreas Lettenbicler
2010 Chris Birch
2011 Graham Jarvis
2012 Graham Jarvis
 
Imagens Relacionadas:

Jonny Walker

Red Bull Romaniacs 2012

Andreas Lettenbichler

Red Bull Romaniacs 2012

Rajko Ljumovic

Red Bull Romaniacs 2012

Gery Nolf

Red Bull Romaniacs 2012

Xavier Galindo

Red Bull Romaniacs 2012

Holger Dettmann

Red Bull Romaniacs 2012

O grego Andreas Gklavas

e sua rara Beta de enduro

Martin Postl

Red Bull Romaniacs 2012

Chris Birch

Red Bull Romaniacs 2012

Glenn Toner

mostra que nem só os prós têm estilo

Hora de comemorar

Red Bull Romaniacs 2012

Pódio ROmaniacs 2012

Andreas Lettenbichler, Graham Jarvis e Jonny Walker





© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet