X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

4ª etapa - Mundial de Enduro - Torres Vedras - Portugal
Publicado em: 15/05/2012

A etapa portuguesa foi cheia de surpresas no primeiro dia, porém, no segundo, os líderes da temporada voltaram a dominar
Redação MotoX.com.br - Malu Souza - Fotos: Jonty Edmunds e Divulgação


Torres Vedras foi sede do Mundial de Enduro em Portugal


Assista os melhores momentos na MotoX TV
O GP de Portugal teve uma série de surpresas como novos vencedores emergindo e candidatos ao título que deixaram a prova no sábado. O francês Johnny Aubert quebrou o jejum nesta temporada vencendo no primeiro dia na Enduro 2. Rodrig Thain conseguiu seu primeiro triunfo na Enduro 1, enquanto entre as mulheres Ludivine Puy deixou para trás sua companheira de equipe Laia Sanz, da Gas Gas. A exceção foi Christophe Nambotin que seguiu imbatível na Enduro 3.  Já no segundo dia, outros favoritos voltaram ao topo. Antoine Meo, Pierre-Alexandre Renet e Nambotin voltaram a liderar em suas respectivas categorias, assim como Laia Sanz no Campeonato Feminino.

Assista 3 vídeos na MotoX TV:
- Melhores momentos do primeiro dia
- Melhores momentos do segundo dia
- On Board no Enduro Teste com Giovanni Sala


O primeiro dia de disputa também foi marcado por importantes baixas. A retirada do líder da Enduro 1, Antoine Meo, deu o que falar no início da prova em solo português. Com problemas na moto já na primeira volta, o francês da KTM foi obrigado a parar. O italiano Simoni Albergoni foi o próximo a seguir os passos de Meo, caindo no segundo Cross Test. Enquanto na Enduro 2, o espanhol Ivan Cervantes terminou seu dia bem cedo, na primeira volta, com problemas na sua Gas Gas.

Enduro 1



Rodrig Thain

Tirando vantagem da saída de Meo e Albergoni, Rodrig Thain alcançou a ponta da Enduro 1 no final da primeira volta no sábado. Com alguns momentos impressionantes no tecnicamente exigente Extreme Test, o piloto Honda bateu o finlandês Eero Remes para vencer o primeiro dia. “Eu tenho esperado por este momento durante todo o ano”, comentou Thain. “Quando Meo e Albergoni saíram, eu sabia que precisava atacar e tirar proveito da situação. Estou tão feliz por finalmente vencer uma corrida. Foi um grande alívio.”


Antoine Meo
Remes também estava disposto a tirar proveito da saída dos adversários. No entanto, ficou a apenas cinco segundos da vitória e teve que se contentar com o segundo lugar. Após uma dura batalha com o francês Fabien Planet pelo terceiro lugar, o finlandês Matti Seistola obteve sua melhor performance na temporada para reivindicar o terceiro lugar no pódio. Com o melhor tempo no Super Teste, Planet terminou em quarto, apenas dois segundos atrás de Seistola, enquanto o francês Jeremy Joly garantiu o quinto posto.

No segundo dia, Meo deixou a decepção para trás para conquistar sua sétima vitória na competição. Ao terminar em segundo no primeiro Cross Teste da manhã, ele rapidamente começou a trabalhar na pista seca e empoeirada. “Foi uma pena não terminar ontem, mas hoje eu precisava reparar o meu erro”, comentou Meo. “Eu estava um pouco inseguro com as condições da primeira volta, então tomei cuidado para não cometer erros. Depois que consegui acelerar com força, pude vencer facilmente.”

Depois de encontrar o Cross Teste a seu gosto, Matti Seistola esteve em sua melhor forma no segundo dia. Desfrutando de uma dura batalha com o francês Rodrig Thain, o finlandês bateu seu rival para conquistar o segundo lugar do dia, com menos de um segundo de diferença. Thain terminou com o terceiro lugar. Apesar de tentar competir com Seistola e Thain pela manhã, Eero Remes acabou ficando com o quarto lugar. Jeremy Joly completou os cinco primeiros.

Enduro 2


Johnny Aubert

Johnny Aubert, finalmente, carimbou com autoridade uma vitória, no primeiro dia da Enduro 2. Com um bom início pela manhã, o piloto da KTM rapidamente abriu uma vantagem de dez segundos no final da segunda volta. Além disso, ele foi o mais rápido no Cross Teste confirmando uma incontestável vitória. “Foi tudo excelente hoje. Eu me senti muito confortável com a moto e fui capaz de liderar a corrida desde o início. É bom, finalmente, conseguir minha primeira vitória na temporada.”


Pierre-Alexandre Renet
Depois de sua dupla vitória há apenas uma semana na Espanha, Pierre-Alexandre Renet terminou 20 segundos atrás de Aubert. Incapaz de acompanhar o ritmo definido pelo adversário, ele manteve a liderança da categoria. Em sua segunda corrida de 2012, o francês Jeremy Tarroux já conquistou seu primeiro pódio terminando com o terceiro lugar. Juha Salminen foi o quarto com pouco mais de um segundo de diferença. O espanhol Cristobal Guerrero terminou apenas dois centésimos de segundo atrás e fechou na quinta colocação.

Pierre-Alexandre Renet retornou para o topo da classificação no domingo. Ao conseguir uma vantagem inicial após o primeiro Enduro Teste da manhã, ele manteve seu ritmo todo o dia para garantir uma vitória com oito segundo sobre Johnny Aubert. Com a quarta vitória no ano, ele agora possui uma vantagem de 15 pontos na Enduro 2, passada a metade do campeonato. “Foi uma corrida difícil”, disse Renet. “Consegui estabelecer um ritmo rápido no início e foi suficiente para deixar Johnny para trás e ampliar minha liderança no campeonato.”

Mesmo sem vencer no domingo, Johnny terminou o GP de Portugal com um pódio ao concluir nove segundos atrás do vencedor. O espanhol Cristobal Guerrero melhorou seu resultado do primeiro dia para fechar em terceiro. Depois de uma batalha feroz com Guerrero, o italiano Alex Salvini terminou cinco segundos atrás do espanhol e subiu ao quarto lugar do pódio. Jeremy Tarroux fechou o fim de semana em quinto.

Enduro 3


Christophe Nambotin


Oriol Mena
O francês Christophe Nambotin mais uma vez liderou a categoria. No sábado, ele venceu todas as especiais e completou com uma vantagem de um minuto e meio à frente de Sebastien Guillaume. “É ótimo vencer novamente, mas foi uma corrida dura para mim”, comentou Nambotin. “Eu lutei para encontrar um ritmo confortável no Cross Test, que estava muito seco e cheio de poeira. Mas no Extreme Teste eu consegui acelerar bem. Quero também agradecer ao meu companheiro de equipe, David Knight por sua generosa ajuda. Atolei a moto na travessia do rio e se não fosse por sua ajuda, eu não poderia ir até o fim.” Guillaume conquistou o segundo lugar na categoria, com um tempo muito rápido no Cross Teste final do dia.

Voltando a estar entre os três primeiros desde a etapa do Chile, o estoniano Aigar Leok terminou dois décimos de segundo atrás de Guillaume. O espanhol Oriol Mena foi o quarto, enquanto o finlandês Joakin Ljjungren completou os cinco primeiros.

No segundo dia em Portugal, Nambotin cravou sua oitava vitória consecutiva na temporada. Ao dominar as especiais secas e escorregadias, o francês permaneceu invicto durante todo o dia e ainda abriu uma diferença de 67 segundos. “Estou muito feliz com meu resultado hoje, principalmente por ter ganhado todas as especiais”, confirmou Nambotin no final. “Embora eu tenha uma vantagem de 50 pontos no campeonato, meu objetivo é manter o foco e a cada dia tentar fazer o melhor que posso. Na Itália eu vou continuar lutando pela vitória.”

O espanhol da Husaberg, Oriol Mena, liderou uma batalha para terminar em segundo lugar. Leok finalizou o dia em terceiro, menos de dez segundos atrás de Mena. Ao terminar o dia em quarto, Ljunggren subiu para o segundo lugar na classificação da categoria, com apenas um ponto à frente de Leok.

Júnior


Mathias Bellino

No primeiro dia, provando estar em sua melhor forma, o francês Mathias Bellino registrou mais uma vitória na Enduro Júnior. Pela primeira vez no pódio, o italiano Rudi Moroni venceu o espanhol Mario Roman para terminar em segundo lugar. Roman foi o terceiro com o britânico Danny McCanney garantindo outro forte resultado para terminar em quarto. O argentino Kevin Benavides completou o Top cinco.

Bellino voltou a vencer no domingo com o primeiro lugar em todas as nove especiais do dia. Após um início lento na parte da manhã, Vitor Guerrero deixou para trás Danny McCanney na última volta para assegurar o segundo posto. Rudi Moroni e Jonathan Manzi foram quarto e quinto, respectivamente.

Feminino


Ludivine Puy


O Mundial de Enduro agora segue para a Itália
Ludivine Puy reencontrou uma maneira de vencer para conquistar o topo entre as mulheres, batendo sua rival e companheira de equipe Laia Sanz por menos de três segundos na primeira etapa portuguesa. Sanz terminou em segundo com Blandine Dufrene em terceiro. Juliette Berrez foi a quarta e Audrey Rossat completou o pódio.

A sorte mudou para Laia Sanz no segundo dia. Ela começou o domingo determinada, batendo Ludivine Puy em todas as especiais do dia e assim, garantiu sua terceira vitória na temporada. Puy foi a segunda, com Audrey Rossat em terceiro. A dupla australiana Jessica Gardiner e Jemma Wilson completou o pódio.

O Mundial de Enduro retorna com a quinta etapa em Castiglion Fiorentino, na Itália, nos dias 30 de junho e 1º de julho.

Resultados

Enduro 1 Primeiro Dia
1. Rodrig Thain
2. Eero Remes
3. Matti Seistola
4. Fabien Planet
5. Jeremy Joly

Enduro 1 Segundo Dia
1. Antoine Meo
2. Matti Seistola
3. Rodrig Thain
4. Eero Remes
5. Jeremy Joly

Enduro 2 Primeiro Dia
1. Johnny Aubert
2. Pierre-Alexandre Renet
3. Jeremy Tarroux
4. Juha Salminen
5. Cristobal Guerrero

Enduro 2 Segundo Dia
1. Pierre-Alexandre Renet
2. Johnny Aubert
3. Cristobal Guerrero
4. Alex Salvini
5. Jeremy Tarroux

Enduro 3 Primeiro Dia
1. Christophe Nambotin
2. Sebastien Guillaume
3. Aigar Leok
4. Oriol Mena
5. Joakim Ljunggren

Enduro 3 Segundo Dia
1. Christophe Nambotin
2. Oriol Mena
3. Aigar Leok
4. Joakim Ljunggren
5. Sebastien Guillaume

Classificação geral

Enduro 1
1. Antoine Meo, 140
2. Rodrig Thain, 109
3. Eero Remes, 93
4. Simone Albergoni, 83
5.
Matti Seistola, 83

Enduro 2
1. Pela Renet, 133
2. Cristobal Guerrero, 118
3. Juha Salminen, 99
4. Johnny Aubert, 98

5. Ivan Cervantes, 91

Enduro 3
1. Christophe Nambotin, 160
2. Aigar Leok, 109
3. Joakim Ljunggren, 108
4.
David Knight, 105
5. Oriol Mena, 100





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet