X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Paulista de Motocross

5ª etapa - Piracicaba - SP
Publicado em: 30/09

Piracicaba Sediou a 5ª etapa com nova pista
Texto e fotos: Ronaldo Sampaio


Largada MX2


Uma nova pista foi construída em Piracicaba para a realização da quinta etapa do Campeonato Paulista de Motocross, que aconteceu nos dias 24 e 25. O local da prova, o Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, contribuiu com a boa estrutura  disponibilizada pela organização que contava com lanchonete, banheiro com chuveiros e ótimas arquibancadas, de onde se tinha uma visão previlegiada de quase toda a pista. 


Daniel Macieira
Aliás, falando da pista, um traçado muito rápido (com uma extensão de aproximadamente dois mil metros a volta dos melhores pilotos girava em torno de 1’18’’). No sábado a opinião dos pilotos era de que a pista não oferecia muitas dificuldades técnicas, estava bem seca e em alguns pontos com bastante poeira. 

Mas para o domingo a coisa mudou, uma forte chuva caiu durante a madrugada, o dia amanheceu chuvoso e a pista estava bastante pesada para os primeiros treinos do dia. Aos poucos foi secando, ficando com ótima aderência para as provas, mas os duracos e canaletas que se formaram deixaram a pilotagem bem difícil, e acelerar forte agora dependia de muita técnica e perícia.

Bem, voltando ao sábado, na categoria Mini A já tivemos emoção, disputas e surpresas nos dez minutos de prova dos menores pilotos do Brasil. Na largada Daniel "Mamo Mamo" Macieira assumiu a ponta e trouxe com ele Djalminha Brito e Gilberto Sogominha, que pressionou seu adversário, forçando-o a apertar o ritmo. Dijalminha conseguiu escapar da pressão de Sogominha e ainda assumiu a liderança na quarta volta. Djalminha conseguiu uma vantagem que lhe dava tranquilidade, mas aos sete minutos de bateria o pilotinho se descuidou e caiu, perdendo assim três posições. Mamo Mamo confirmou a merecida vitória e vai para a última etapa em uma posição bem tranquila, bem perto de ser o campeão da temporada. Final: Mamo Mamo, Sogominha, Raul Salmazo, Djamilnha e Denis Martins. 


Stefany Serrão



Fábio Aleixo
Mini B  
Com uma excelente largada Gustavo Pessoa liderou a primeira volta da bateria, até ser ultrapassado pela líder do campeonato, Stefany Serrão. Já a segunda posição Gustavo vendeu bem mais caro, segurou os ataques de Plínio Reche até os dez minutos de prova. Plínio bem que tentou, mas Stefany tinha uma distância segura e sua posição não pôde ser ameaçada. Os três primeiros, Stefany, Plínio e Gustavo, chegaram isolados em suas posições. Com o resultado Stefany Serrão é a primeira campeã da temporada, com uma etapa de antecedência. Houve briga pela quarta colocação entre Ricardo Klinkerfuss e André Paschoal. Ricardo confirmou o quarto posto e André ficou com a quinta colocação.

Over 40
No domingo pela manhã poucos pilotos se atreveram a fazer o warm up, e a Over 40 foi a primeira categoria e largar, com um número pequeno de corajosos participantes, que pegaram uma pista bastante pesada, e com alguns pontos de alagamento. Edu Pinheiro largou bem e aproveitou para se distanciar dos demais pilotos. Marcos de Moraes e Douglas Pessoa ocupavam a segunda e terceira posições na segunda volta, mas Douglas caiu e perdeu terreno. Fábio Aleixo largou mal, mas em algumas voltas já ocupava a segunda posição. Aos dez minutos já estava colado ao líder. Edu não ofereceu muita resistência, e depois de assumir a ponta, Aleixo abriu vantagem até receber a bandeirada quadriculada vencendo a bateria. Edu Pinheiro, Marcos de Moraes, Douglas Pessoa e Valter Pinho completaram o pódio chegando isolados em suas posições.


André Stocovich
Intermediária 125cc

A Intermediária já pegou a pista bem melhor, e com um número maior de pilotos a bateria teve mais disputas, e surpresas para os espectadores. Thales Vilardi, de novo ele, largou na frente, e a exemplo de Indaiatuba, teve André Stocovich, desde a primeira volta na segunda posição, num ritmo um pouco menor. Thales manteve constância na pilotagem e dessa forma conseguiu ampliar sua vantagem em relação ao segundo colocado. Sem ser incomodado pelos adversários durante toda a bateria, Thales já podia comemorar a vitória, mas ele caiu na última curve e sua moto apagou... assim o degrau mais alto do pódio ficou com André Stocovich que comemorou bastante sua primeira vitória no estadual. 

Muitas trocas de posições marcaram essa bateria. Lucas Viana andou na terceira posição no início da bateria, mas perdeu o posto para Chico Giannetti, piloto local, e Pedrinho Ramos. Enquanto Thales e Stocovich se isolavam nas primeiras posições, Giannetti ocupava a terceira colocação, Pedro Ramos abandonava a prova, e um grande pelotão se formava para disputar a quarta e quinta posições. Nesse pelotão estavam Lucas Viana, Leandro Mattos, Thales Pereira, Guilherme Piva, Theo Trevisani, Murillo Tomazelli, Eduardo Mantovani e William Salmaso. Esses oito pilotos aceleraram forte e correram próximos durante várias voltas. Lucas perdeu rendimento e foi ficando pra trás, Leandro Mattos assumiu a posição e logo estava isolado. Theo Trevisani manteve o ritmo e foi superando seu oponentes até garantir seu lugar no pódio. Depois do abandono de Thales, o quinto posto ficou com Guilherme Piva. Final: André Stocovich, Chico Giannetti, Leandro Mattos, Theo Trevisani e Guilherme Piva.


Rogério Nogueira
Over 34
Luciano Manganaro pulou na frente quando o gate caiu para a categoria Over 34, mas duas curvas depois quem caiu foi Manganaro que deixou a liderança com Guilherme Lima. Ricardo Raspa assumiu a liderança aos cinco minutos de prova, ao passar Gui Lima. Rogério Nogueira teve problemas no início da prova e largou em último, durante a primeira metade da prova ele veio tirando a diferença e passando seus adversários, até chegar no ponteiro, e repetir a mesma disputa da etapa anterior, em Indaiatuba. 

Na briga pela ponta os dois primeiros se distanciam dos demais competidores, e Nogueira só consegue a liderança aos dezesseis minutos de prova. Manganaro consegue excelente recuperação e até o final da prova estava na terceira posição. Gui Lima também caiu quando ocupava a terceira posição, e ficou fora dos cinco primeiros. Ricardo “Kaphê” e Marcos "Mugão" estiveram próximos durante boa parte da bateria, e foram quarto e quinto respectivamente. Com a vitória Rogério sagrou-se campeão da categoria, e mostrou que mesmo dividido entre as pistas e a vida política consegue ser competitivo e colher ótimos resultados. 


Leandro Caniato



Denis Schiavetti
Tornado A e B
Valmir Polaco pulou na dianteira quando o gate caiu para a prova da Tornado A e Tornado B, mas sua liderança não durou muito, pois Denis Schiavetti não perdeu tempo e passou Polaco ainda na primeira volta. Em três voltas de bateria a liderança já havia tocado de mãos três vezes, e agora era a vez de Leandro Caniato liderar. 

Depois de assumir a ponta Caniato não foi mais importunado, e venceu com uma vantagem de doze segundos sobre Luis Carlo Vaz, segundo colocado depois de uma má largada. Vaz largou na oitava posição, e alcançou o terceiro colocado, Valmir Polaco, aos dezessete minutos de prova. Vaz passou Polaco e ainda teve tempo de tirar a segunda posição de Denis, que com a terceira posição geral, mas confirmou a vitória na Tornado B. Final Tornado A: Leandro Caniato, Luis Carlos Vaz, Valmir Polaco, Fernandes Lemos e Amauri Correa. Final Tornado B: Denis Schiavetti, Nivaldo Viana, Thiago Pioli, Felipe Bonaventura e Ralph Francoso.


Hector Assunção
65 cc

Hector de Freitas Assunção largou na frente na prova da 65cc, e trouxe com ele Felipe de Simoni e Gustavo Takahashi. Hector conseguiu se destacar na ponta e a briga da prova foi concentrada pela segunda colocação. Gustavo vinha próximo e se aproveitou de um erro de Felipe para assumir a vice-liderança da prova. Ao longo da bateria os dois se alternaram mais vezes entre a segunda e terceira posição. Gustavo era o segundo colocado e obteve tranquilidade aos dezessete minutos de prova, quando Felipe caiu e perdeu contato com seu adversário. A prova terminou com Hector na primeira posição, Gustavo na segunda e Felipe em terceiro, Netinho foi o quarto e Raul Faustino o quinto. 




Thales Vilardi

85 cc
Dessa vez Thales não deixou a vitória escapar, e liderou todas as voltas da 85cc até receber a bandeirada quadriculada. Gustavo Amaral assumiu a segunda posição ainda na primeira volta e se manteve lá até receber a bandeirada quadriculada. Dudu Lima venceu a disputa que travou com Pedrinho Ramos e confirmou a terceira posição. Anderson Cidade completou o pódio. Com a quinta vitória Thales conquista o campeonato e vai para a última etapa tentando manter a invencibilidade.


Leandro Silva
MX2

Marcelo “Ratinho” Lima foi o mais rápido na largada da MX2, mas no final da primeira volta Leandro Silva já era o líder. Leandro dominou a bateria e se manteve sempre com uma pequena vantagem em relação a Ratinho. Um susto para o líder acontece na última volta: Leandro aparece na segunda posição, logo atrás de Ratinho. Os dois primeiros vinham lado a lado na última curva, um retardatário atrapalhou Ratinho e foi tudo que Leandro precisava para recuperar a ponta e comemorar a vitória. Terceira, quarta e quinta posições tinha vários candidatos. Lucas de Moraes, Rafael Helal, Edson Bertos, Rafael Zenni, Felipe Grimberg e Ranan Bunij: todos aceleraram muito forte. Lucas, voltando de uma contusão, rodou num ritmo excelente, e ocupou a terceira posição durante algum tempo, até Zenni conseguir a ultrapassagem, terminando a bateria isolado nessa posição. 

Os demais pilotos permaneceram juntos, e a pressão era grande. Grimberg e Bunij surpreenderam, e nos minutos finais pularam para a quarta e quinta colocações. Bunij ainda tentou passar Grimberg e, enquanto Ratinho e Leandro disputavam a primeira posição, ele corria lado a lado com Grimberg, mas sem conseguir a ultrapassagem. Final: Leandro Silva, Marcelo Lima, Rafael Zenni, Felipe Grimberg e Renan Bunij. Uma das grandes disputas da última etapa acontecerá na MX2. Ratinho e Zenni estão emparelhados, com apenas um ponto de vantagem para o piloto da Honda. 


Roosevelt Assunção



Cristiano Lopes
MX1 e ProX
Roosevelt Assunção e Massoud Nassar continuam sendo o centro das atenções na MX1. Roosevelt assumiu a ponta e teve Massoud pressionando por toda a bateria. A primeira posição trocou de mãos aos dez minutos de prova, mas na volta seguinte Roosevelt deu o troco em Massoud, seguiu líder até receber a bandeirada quadriculada na frente. Rafael Ramos, estrela do Arena Cross, fez excelente prova, garantiu a terceira posição depois de ocupá-la por toda a prova. 

Cristiano Lopes bem que tentou, pressionou Rafinha, mas não conseguiu a posição. Com a quarta posição, Cristiano confirmou a vitória da Pró-X. Kristofer Florenzano foi o quinto colocado. Final MX1: Roosevelt, Massoud, Rafael Ramos, Florenzano e Nato Peres. Final Pró-X: Cristiano Lopes, Ricardo Raspa, Marcio Joanita e Luciano Manganaro. Mesma situação da MX2 se encontra a MX1, Roosevelt tem apenas um ponto de vantagem sobre Massoud, e não dá para arriscar quem será o campeão. Na Pró-X Cristiano Lopes precisa de apenas um ponto na etapa final para confirmar mais um título em sua carreira.

A próxima etapa já está marcada para dias 5 e 6 de Novembro, outra vez em Indaiatuba. As principais categorias com certeza levantarão o público, pois ainda não estão definidas. Venha assistir de perto, e sentir toda a emoção das disputas da 6ª etapa do maior estadual do país. Um grande abraço, nos vemos lá pessoal!! 

O Campeonato Paulista de Motocross tem o patrocínio de Honda e Mobil com o apoio de Red Bull. A promoção é da Beilstrein Eventos e a supervisão da Federação Paulista de Motociclismo.

Veja também a Galeria de Imagens da prova.

Resultados

P. 50A Equipe
1 98 Daniel Fernandes Macieira Filho General Motos , Orbital
2 88 Gilberto De Sa Cavalcanti Filho So Goma Alimentos
3 20 Raul Rodrigues Salmazo -
4 18 Djalma Carvalho De Brito -
5 278 Dennis Martins Aurafi -
6 47 Iuri Nitole -
7 33 Guilherme Torres Da Costa -
8 23 Renato Costa Matos Paz -
P. 50 B Equipe
1 7 Stefany Goncalves Serrao General Motos, ktm
2 15 Plinio Martinez Reche Junior Juninho Motos
3 3 Gustavo Pessoa De Souza Itamaraca Rodas, asw, pneus Gt, rodas Mangelis, lemi, jo Pne
4 105 Andre Paschoal Da Silva -
5 99 Ricardo Tadeu Jurca -
6 34 Luan Moraes -
7 50 Lucas Gomes Dos Santos -
8 27 Joao Pedro Zaina Refitica Master
9 70 Douglas Soares Bueno Cas Controle, Automacao E Sistema Ltda
10 9 Alberto Simao Lawant Oceanave
P. Over 40 Equipe
1 85 Fabio Aleixo Dos Santos Directlink, cm Racing
2 400 Eduardo De Andrade Madeiras Pinheiro
3 482 Marcos E. Moraes -
4 100 Douglas Branco De Souza Itamaraca, big Rodas, asw, lem Motos, jo Pneus, Rodas Mange
5 418 Valter Pinho -
6 160 Celestino Flaire Junior -
7 996 Ricardo De Andrade Madeiras Pinheiros
8 223 Fernando Ricardo Neves -
P. Intermediaria 125 Equipe
1 27 Andre Stocovich Moto Snob, Duboy, Monaco, master, Circuit
2 181 Francisco Giannetti Neto Paulo Motores, fagi
3 811 Leandro Campolino Mattos Asw, shift, ktm, kids Team, motul
4 77 Theo Trevisani -
5 169 Guilherme Piva Wv Racing, ims, sementes Ouro Verde
6 917 Murilo Tomazelli Scisci Colegio Objetivo, ims
7 141 Thales Cirilo Pereira 3p Transportes
8 188 Gustavo Basilio Fazendas Basilio
9 162 Jose Roberto Van Cleef Hit Airharas Polanaprotege
10 38 Eduardo Ferreira Lima Vaz, yamaha, kr, zelao, pro Circuit, motul
P. Over 34 Equipe
1 212 Rogerio Nogueira -
2 29 Ricardo Raspa Hon, mobil, pirelli, fox, ric Raspa Mx, sx Scholl
3 63 Luciano Manganaro Pruden Sport
4 48 Ricardo Sebbe Emg Suspension, raid Lubrificantes, shift, mitas, monaco
5 58 Marco Antonio Paz Hon
6 144 Guilherme Cury Lima Motoaction, twinxy, honda
7 191 Jose Gazzetta Neto Duboy Racing, fitex Fios Texteis, double X
8 102 Ricardo Kazumi Sato -
9 90 Alessandri Pereira Dias -
10 120 Carlos A.terlizzi De Vasconcellos -
P. Tornado Equipe
1 1 Leandro Carlos Caniato -
2 11 Luis Carlos Vaz Moraes Junior Ellenco, polaco, mr, saron Motos
3 4 Valmir Marcelino Targino America Sports, Polaco Preparacoes
4 2 Fernandes Lemos Prensa Jundiaim Motosfrigeriimsmotoranipico Rodas
5 35 Amuri Correa -
6 7 Rubens Curti Tassinari Bm Motos
7 28 Marcos De Moraes -
8 25 Francisco Jose Marino Mila Motos, reebok, asw
9 17 Mauricio Alexandre Cavicchiolli Motos Nobi, duboy Racing, 220v
10 14 Roger William Roger William -
P. Tornado B Equipe
1 70 Denis Hobert Schiavetti Posto Fadel, biofarma, gatobil
2 53 Nivaldo Jose Viana Samelhondacomando Segurancamontini Motos
3 92 Thiago Augusto De O. Piolli Lm Preparacoes, mechanical Motos, skf Rolamentos
4 89 Felipe Vieira Bonaventura Takahashi Tech 2, doublex, circuit
5 77 Ralph Carlos Francoso Junior Constar Hon-kambara Cosm-globalcross.com.br-acad.acti
6 98 Ivan De Oliveira Mila Moto De Itatiba, vip Munck
7 57 Florindo Zatti Neto Essey Tec Mec, posto 1000, zatti Auto Mec
8 99 Joao Henrique De Barros Moto Garra Consecionaria Hon
9 80 Pedro Cavalcanti Tranchesi Decisaohrasp
10 61 Tiago Antonio De Assis Ramos Motos
P. 65 Equipe
1 1 Hector Freitas Assuncao Asw, pro Racing, mika, riffel
2 97 Gustavo Vieira B.takahashi Circuit, juninho Motos, colegio Senemby, shelter
3 7 Felipe Rejes De Simoni Acerbis, rexon, general, vsx
4 33 Francisco Martins De Araujo Neto Mx Tech
5 67 Raul Faustino Raquel Brum, daniela Gate, center Motos
6 18 Luiz Henrique Noal Figueiredo Equipe Whoops
7 6 Guilherme Guarnieri Tatu Duboy Racing, rm Inst.hid., retifica Master
8 51 Felippe Simoes -
9 39 Gabriel Francisco Pereira Marques Bmcd, plasfer
10 5 Lucas De Faria Pessoa Gomes Frigeri, viacao Jundiaiense
P. 85 Equipe
1 7 Thales Villardi Felix Da Silva Hon, mobil, fox, mx-tech, orbital, wiseco
2 5 Gustavo Amaral -
3 8 Eduardo Ferreira Lima Vaz, yamaha, kr, zelao, pro Circuit, motul
4 13 Pedro Ramos Danny, Car Veiculos, fox, Cti
5 10 Anderson Cidade Hon, mobil, pirelli, did, ngk, acerbis, moto Shop, exp.joaca
6 6 Raphael Rejes De Simoni Acerbis, rexon, general, vsx
7 23 Rodrigo Ranieri Plena Saude, previma, ceam, apaben, orbital
8 481 Maycon Roberto Duraes -
9 91 Eduardo Naufal Neto -
10 33 Renan Schwambach Tesch Superm.schwambachall Jarreau Jeansaswfox
P. Mx2 Equipe
1 14 Leandro Nunes Da Silva Hon, fox, pro Tork
2 5 Marcello Ferreira Lima Vaz, yamaha, kaerre, toyomatic, motul, zelao, pro Circuit
3 1 Rafael Zenni Hon, mobil, did, ngk, pro Tork, ims, wv Racing, real Sup., al
4 359 Felipe Grimberg -
5 27 Renan Perini Buniy Dunas Racing, mrp, acerbis, alpinestar, cti2, asw
6 97 Rafael Helal -
7 671 Edson Luiz Bertos D Motor, wv, tmm, purina, ting
8 36 Lucas de Moraes -
32 Cristiano Vecchi Castro Lopes Bm Motos, prensa Jundiai, olimpus, wv Racing
10 189 Elievan Alves Da Silva Hon, fox, protork
P. MX1 Equipe
1 8 Roosevelt De Freitas Assuncao Jr Honmobilcircuitoakleydid gkpirellipro Performa
2 6 Massoud Nassar -
3 19 Rafael Ferreira Ramos Yam, control Flex, oakley, protork88, riffel, fox, cti2
4 12 *kristofer Florenzano Yam, protork, asw, motul
5 449 Renato Peres -
6 146 Joao Henrique Guedes Respar, guerreiro, circuit
7 145 Danilo Toribio -
8 23 Mauricio Carvalho De Arruda Orbital, vaz, shift, jps, acad.antares, icat Ignicoes
9 540 *evandro Bacchin -
10 90 Alessandri Pereira Dias -
P. ProX Equipe
1 32 Cristiano Vecchi Lopes Bm Motos, prensa Jundiai, olimpus, wv Racing
2 29 Ricardo Raspa Hon, mobil, pirelli, fox, ric Raspa Mx, sx Scholl
3 60 Marcio Rogerio Do Nascimento Asw, rinaldi, zelao, frigeri, perf.academia, est.joanita, Orbital
4 63 Luciano Manganaro Pruden Sport



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet