X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Enduro

1ª etapa - Mundial de Superenduro 2012 - Gênova - Itália
Publicado em: 30/11/2011

Mundial de Enduro Indoor muda de nome, mas o domínio de Taddy Blazusiak continua
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes - Fotos: Off Road Pro Racing e Jonty Edmunds


Largada da Superenduro


Assista as emoções desta difícil prova na MotoX TV
Apenas uma semana após a final do campeonato norte-americano de Endurocross, foi dada a largada da versão europeia da modalidade. A cidade italiana de Gênova recebeu na noite deste sábado, 26 de novembro, a etapa de abertura do novo campeonato mundial de Superenduro 2012, conhecido até este ano como Mundial de Enduro Indoor. Não é preciso ser nenhum 'expert' no assunto para saber quem foi o vencedor na classe principal. Sim, foi ele mesmo, Taddy Blazusiak. O polonês, atual bicampeão mundial e especialista neste tipo de prova, dominou o evento com vitórias nas três baterias do evento.

Apesar do novo nome, o Superenduro se mantém igual ao formato dos anos anteriores, mas em contrapartida possui algumas diferenças em relação ao AMA Endurocross. A principal delas é em relação ao circuito, mesmo ambos utilizando os mesmos tipos de obstáculos como pedras de diversos tamanhos, toras de madeira, pneus, muita água e lama. Nos EUA, as pistas são bem mais travadas, enquanto na prova de Gênova foi montado um circuito de alta velocidade, com 'pulos' bem maiores e muita areia.


Ilustração do circuito montado em Gênova, Itália


Johnny Walker
Estas características acabaram gerando várias quedas e tirando alguns grandes nomes do enduro mundial dos eventos principais. Mika Ahola foi um deles, caindo forte na bateria classificatória, acabou de fora das finais. Ivan Cervantes foi mais um que não deu sorte. Apesar de completar todas as baterias, uma queda no primeiro evento principal não deixou o piloto da Gas Gas obter um resultado melhor que a nona colocação geral. O veterano norte-americano, Cody Webb também esteve presente, mas com uma performance muito aquém do normal, finalizando a noite na sétima posição.

Intercalada entre as corridas da categoria principal da noite, foi realizada a 'Race of Legend', prova dividida em duas baterias para pilotos convidados da 'velha guarda' do enduro italiano, pilotando motos antigas. Com uma vitória e uma segunda colocação, Gualtiero Brissoni levou sua moto Fantic à vitória. Alesandro Tramelli foi o mais regular na categoria, segundo e terceiro, respectivamente, garantindo o segundo posto geral. Já Giorgio Grasso, mesmo depois de um péssimo resultado na bateria inicial, finalizando em oitavo, conseguiu dar a volta por cima vencendo a segunda prova para ocupar a terceira colocação final.


Taddy Blazusiak


Xavier Galindo
Pela classe principal, a Superenduro, Blazusiak mostrou sua superioridade já nos treinos classificatórios marcando o melhor tempo. Com a vantagem de escolher a melhor posição no gate, o polonês saiu na frente da primeira bateria e logo se distanciou dos demais. Com o líder abrindo cada vez mais, as atenções se voltaram para as belas disputas pelas demais posições de destaque. Joakim Ljunggren, que venceu uma das baterias neste mesmo local, um ano atrás, fazia de tudo para se recuperar de uma má largada, mas conseguiu avançar até a sexta posição apenas.

Mais à frente, Xavier Galindo, vinha bem no segundo posto até seu compatriota Cristobal Guerrero o alcançar e superá-lo. Logo em seguida, Galindo passou a receber a pressão do britânico Johnny Walker, que também o ultrapassou e partiu para a busca do segundo colocado. As voltas finais foram emocionantes, com Guerrero fazendo de tudo para segurar Walker. Com sacrifício, o espanhol conseguiu manter a segunda colocação, com uma vantagem mínima de apenas 15 centésimos.


Joakim Ljunggren


Pódio Superenduro
A segunda prova teve a ordem de escolha do gate invertida e mesmo teoricamente Blazusiak ficando com a pior delas, já que foi o último a escolher, novamente o holeshot foi dele. Com sua tocada forte característica, principalmente nos trechos de pedra, logo abriu seis segundos na frente para mais uma vitória de ponta a ponta. Pela segunda posição, Joakim Ljunggren viu Alex Salvini se aproximar rapidamente, empurrado por sua torcida. O italiano acompanhou o piloto da Husaberg por mais de meia prova, até que um erro de Ljunggren facilitou a ultrapassagem. Com o resultado, Salvini fez sua melhor prova da noite e Ljunggren, em terceiro, abria caminho para a segunda colocação geral.

Blazusiak começou a bateria final exatamente da mesma maneira que as outras duas anteriores, na frente. Sem cometer erros novamente, o piloto da KTM não teve adversários, alcançando sua terceira vitória na noite e começando com o pé direito sua jornada ao terceiro título consecutivo. Suas três conquistas nesta noite lhe renderam logo de cara um total de 60 pontos, vinte a mais que o segundo colocado.


Cristobal Guerrero


Alex Salvini
“Acredito que o mais importante esta noite foram as largadas. Foram muito boas. Me senti no controle da situação e pude forçar meu limite ao máximo. Estas boas largadas tornaram meu trabalho muito mais fácil, pude abrir vantagem sobre os demais e fazer minha própria corrida”, analisou Blazusiak. Sobre sua KTM 350cc quatro tempos, o vencedor teve apenas uma palavra. “Incrível!."

O sueco Ljunggren continuou subindo de produção, terminando em segundo tanto na bateria final, como na classificação geral da etapa. Xavier Galindo recebeu a bandeirada em terceiro, mas ficou em quarto na classificação final. Separado por apenas um ponto de seu compatriota Cristobal Guerrero, que somou 34 pontos contra 33 de Galindo.

Promovido pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo), o Mundial de Superenduro 2012 tem, pelo menos até o momento, apenas mais duas etapas programadas. A próxima será ainda este ano, em 10 de dezembro, na terra natal de Blazusiak, a Polônia, na cidade de Lotz. A terceira rodada, será no dia 5 de fevereiro de 2012, em Barcelona, Espanha.


Pódio da prova 'Race of Legend'

Resultados


Classificação Geral Superenduro
1 - 111 - Taddy Blazusiak - POL - KTM
2 - 2 - Joakim Ljunggren - SWE - Husaberg
3 - 96 - Cristobal Guerrero - ESP - KTM
4 - 81 - Xavier Galindo - ESP - Husaberg
5 - 22 - Johnny Walker - GBR - KTM
6 - 9 - Alex Salvini - ITA - Husqvarna
7 - 42 - Cody Webb - USA - Beta
8 - 4 - Alfredo Gomez - ESP - Husaberg
9 - 25 - Ivan Cervantes - ESP - Gas Gas
10 - 61 - Dani Gibert - ESP - Husaberg

Classificação Geral Race of Legend
1 - 3 - Gualtiero Brissoni - Fantic
2 - 6 - Alessandro Tramelli - Kramer
3 - 2 - Giorgio Grasso - KTM
4 - 16 - Giorgio Goldoni - KTM
5 - 15 - Cristian Cavalieri - KTM
6 - 582 - Giuseppe Castelli - Moto
7 - 28 - Enrico Pesenti - Gilera
8 - 11 - Ivano Mattalini - Puch
9 - 13 - Maurizio Giacomelli - Fantic
10 - 19 - Alfredo Bottarelli - Kramer



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet