X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Rally

3ª, 4ª e 5ª etapas - Rally dos Sertões - Porangatu (TO) / Lizarda (TO)
Publicado em: 14/08/2011
Clique e saiba mais

Cyril Despress descontou a diferença e assumiu a ponta. Zanol caiu para terceiro
Redação MotoX.com.br -  Malu Souza - Fotos: Divulgação


Cyril Despres venceu a etapa maratona no domingo e pulou para a liderança na classificação geral
Foto: Theo Ribeiro

Até então sem vencer no Rally dos Sertões 2011, o francês Cyril Despres descontou a desvantagem neste domingo, 14, ao superar todos os adversários na quinta etapa da competição, entre Porto Nacional e Lizarda, no Tocantins. Com toda sua experiência em terrenos arenosos, ele se mostrou imbatível com sua KTM e, ainda por cima, levou consigo outro francês, David Casteu, na segunda colocação.

"Dia louco e difícil, navegação, trechos travados, e finalmente alguma areia, que para nós significa deserto, rali... foi um bom dia e me diverti. É verdade que também tive uma motivação extra porque é o dia dos pais aqui, e hoje é o primeiro aniversário da minha filha, o que funciona como um tipo de motivação a mais”, confessou Despres.

O dia não foi dos brasileiros, definitivamente. Felipe Zanol não conseguiu um de seus melhores desempenhos e foi superado também por Paulo Gonçalves, que terminou em terceiro. Com o quarto lugar, Zanol acabou deixando a liderança entre as motos para o vencedor da etapa e caiu para terceiro, com Casteu também à frente. O mineiro completou a prova de hoje em 3h50min22, enquanto Despres chegou com 3h3757. A sorte do brasileiro foi por água abaixo quando ele caiu próximo ao final da prova e teve a parte traseira da moto empenada.

"Tomei um chão e precisei vir com mais cautela para evitar mais danos. Ainda temos amanhã mais uma especial inteira pela frente. Não é agradável sair líder e cair na pontuação geral, então preciso trabalhar para recuperar o que perdi", disse, lembrando que esta noite, somente os pilotos poderão fazer a manutenção das motocicletas por se tratar da etapa maratona. As equipes de apoio devem seguir direto para o final da fase de amanhã, que será disputada entre Lizarda e Balsas (MA).

Ike Klaumann, que vinha perseguindo Zanol na classificação com a vice-liderança, caiu para sexto, enquanto Paulo Gonçalves e Dário Júlio subiram para quarto e quinto, respectivamente.


O português Paulo Gonçalves conquistou a vitória na quarta etapa
Foto: Marcelo Maragni

4ª etapa - No sábado, o trecho entre Gurupi e Porto Nacional, ambos no Tocantins, parecia ser mais fácil para os competidores. A especial muito mais curta exigia mais velocidade onde nos pisos de piçarras e poucas pedras era possível tirar alguma vantagem dos concorrentes. E foi isso que o português Paulo Gonçalves fez durante os 142 quilômetros de trechos cronometrados. Em apenas 1h26min11, ele ultrapassou o brasileiro Dário Júlio e garantiu sua primeira vitória no Sertões.

"Etapa bem ao meu gosto. Com menos navegação tive oportunidade de fazer o que eu gosto, acelerar. Nos primeiros dias o road book tinha cinco referências a cada quilômetro. No Dakar temos uma referência a cada cinco quilômetros, por isso hoje me senti bem à vontade. É a minha primeira participação no Sertões e estou gostando muito do que vejo”, analisou.

Zanol ainda mantinha à frente no geral, mesmo completando a prova na sexta colocação, após fazer uma corrida mais conservadora. Como largou em primeiro lugar, teve que abrir os caminhos e, por isso, perdeu um certo tempo. Mesmo à frente, a diferença para o segundo colocado no geral, Ike Klaumann diminuiu para dois minutos, fazendo com que a preocupação com a liderança crescesse.

Marcelo Medeiros encostou na liderança geral entre os quadriciclos com mais uma vitória. Aproveitando-se dos trechos rápidos, o maranhense teve um de seus melhores dias, completando a prova em 1h43min55. Mesmo com o quarto lugar, Tom Rosa seguiu na frente, mas agora muito mais pressionado pelo adversário.


Felipe Zanol venceu na sexta, mas caiu para terceiro colocado na classificação geral após as disputas do final de semana
Foto: Ricardo Liezer

3ª etapa - Percursos travados são a especialidade de Felipe Zanol e ele se aproveitou desta qualidade para conseguir outra vitória na terceira etapa, disputada na sexta-feira entre Porangatu e Gurupi (TO). Assim como no dia anterior, a pista trouxe bastante dificuldade aos competidores, incluindo áreas de buritizal, sempre alagadas e difíceis de cruzar. Zanol cumpriu a etapa em 4h10min22 e, com isso, tirou mais uma vez a vantagem que Ike Klaumann conseguiu no dia anterior ao vencer o segundo dia. Como Klaumann completou a prova em 4h13min10, Zanol fiou à frente 2min45s, assim como estava a 6 minutos à frente do francês Cyril Despres, terceiro colocado.

Entre os quadriciclos, a vitória foi mais uma vez de Marcelo Medeiros que passou a ocupar o quarto lugar na classificação geral. A liderança até então era de Tom Rosa, quarto colocado na etapa.

Resultados

Geral Motos - Após cinco etapas
1º Cyril Despres - 15:06:33
2º David Casteu - 15:07:13
3º Felipe Zanol - 15:08:02
4º Paulo Da Silva Goncalves - 15:13:42
5º Dario Julio Souza - 15:21:14
6º Ike Klaumann - 15:21:18
7º Juan Pedrero - 15:40:01
8º Guto Klaumann - 15:56:51
9º Daniel Gouet - 16:12:21
10º Ramon Sacilotti - 16:24:16
5ª etapa
1º Cyril Despres - 3:37:57
2º David Casteu - 3:38:42
3º Paulo D. S. Goncalves - 3:49:10
4º Felipe Zanol - 3:50:22
5º Dario J. Souza - 3:52:20
6º Juan P. Garcia - 3:59:09
7º Guto Klaumann - 4:01:52
8º Ike Klaumann - 4:02:37
9º Juca Bala - 4:07:15
10º Marco A. Pereira - 4:07:40
4ª etapa
1º Paulo Goncalves - 1:26:11
2º Ike Klaumann - 1:28:36
3º David Casteu - 1:29:31
4º Cyril Despres - 1:30:08
5º Juan P. Garcia - 1:30:21
6º Felipe Zanol - 1:30:26
7º Dario Souza - 1:30:54
8º David Fretigne - 1:31:32
9º Aristides M. Junior - 1:33:27
10º Ramon Sacilotti - 1:33:41
3ª etapa
1º Felipe Zanol - 4:10:22
2º Ike Klaumann - 4:13:10
3º Cyril Despres - 4:13:34
4º Dario J. Souza - 4:16:30
5º Paulo D. S. Goncalves - 4:16:44
6º David Casteu - 4:20:13
7º Juan P. Garcia - 4:22:40
8º Guto Klaumann - 4:28:37
9º David Fretigne - 4:29:56
10º Ramon Sacilotti - 4:33:00






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet