X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Internacional

Motocross de Lacapelle Marival - França
Publicado em: 02/03/2011
Clique e saiba mais

Steve Ramon garante vitória seguido por Tommy Searle e Clemente Desalle
Redação MotoX.com.br - Fotos: Divulgação 


Steve Ramon ficou com o primeiro lugar graças ao bom desepneho na última bateria

Steve Ramon, da equipe Rockstar Energy Suzuki, foi o grande vencedor do Motocross de Lacapelle Marival 2011, neste domingo (28), uma semana depois que seu companheiro de equipe, Clement Desalle faturou o Motocross de Valence, também na França. Ramon chegou com tudo à competição no nordeste de Toulousse e nas três baterias da prova, conseguiu um sexto, um terceiro e um primeiro lugar, respectivamente. A somatória deu a ele o título da competição. Na sequência, terminaram Tommy Searle, da Kawasaki, e Clement Desalle. A prova foi mais um dos desafios dos pilotos antes do início da temporada.


Ken De Dycker tinha tudo para vencer, mas acabou abandonando a prova decisiva com dores nas costas
Após uma semana de treinamentos na região francesa, o belga conseguiu cumprir seu objetivo. Ramon derrotou vários rivais do Campeonato Mundial no circuito apertado e de céu nublado, mas seco, se comparado ao frio e à chuva de Valence no fim de semana anterior. O vencedor do Enduro de Le Touquet 2011 foi aumentando constantemente sua velocidade durante o dia e, quando Desalle escorregou na última bateria, o antigo campeão mundial MX1 de 2007, seguiu em frente para terminar com a vitória.

Outro piloto que começou bem o evento foi Ken De Dycker, que entrou para a última bateria como líder e favorito após um segundo e um primeiro lugar nas provas iniciais. Na segunda bateria ele marcou voltas impressionates, dois segundos mais rápidas que os rivais. No momento decisivo no entanto, faltou sorte ao belga. De Dycker estava na briga pela liderança com Desalle, quando sentiu uma contusão nas costas. "Estou feliz com minha pilotagem e com o progresso que fizemos nos ajustes da moto. Em termos de velocidade com certeza foi um fim de semana positivo. O dia terminou com um infortúnio, a contração no meu músculo das costas. Ainda acho que não é nada muito sério, então tenho esperança de deixar isto para trás, depois de visitar meu fisioterapeuta", analisou o piloto da Honda, que não completou a prova.  


Uma escorregada na terceira bateria acabou com o plano de Clement Desalle de repetir o desempenho da semana passada, quando venceu em Valence
Desalle, que fechou as duas primeiras corridas na primeira e na segunda posição, estava determinado a repetir o resultado de Valence, mas com a má sorte no sprint final, teve de se contentar com o terceiro lugar assistindo a vitória do companheiro de equipe. O diretor da equipe Suzuki, Sylvain Geboers disse que o esforço para o treinamento valeu à pena. "Permanecemos na França depois de Valence e tivemos dois dias para experimentar várias opções. Trabalhamos o chassi da moto de Steve e o motor de Clemente", disse.

"Para Steve ainda está faltando alcançar a velocidade de Clemente, mas a equipe como um todo continua fazendo um bom trabalho. A pista estava muito boa, com areia e um monte de pedras pequenas. Nós recebemos as motos 2011 do Japão e elas estão sendo preparadas. Faremos nossa primeira sessão de fotos oficial e, em seguida, vamos nos preparar para a primeira corrida com a nova RM-Z450s, em Howkstone Park", revelou Geboers, referindo-se à prova que será disputada no dia 20 de março, no Reino Unido.

O segundo colocado, Tommy Searle, vinha de um período de treinamento nos Estados Unidos e também aproveitou para fazer alguns testes antes da prova francesa. Para sua primeira corrida na Europa depois de dois anos, Tommy teve um bom resultado, excelente se considerarmos que ele pilotava uma 250cc diante das poderosas 450cc. Seu melhor desempenho foi na bateria final. Terceiro e quinto nas duas primeiras baterias, ele chegou bem perto da vitória na terceira, terminando em segundo, atrás de Ramon, após um início fora dos dez primeiros. "Eu estava décimo segundo após a largada e passei todos os meus rivais, exceto Ramon. De qualquer forma é um bom resultado e estou ansioso as próximas corridas", analizou. Porém, o segundo posto no pódio entre Ramon e Desalle, foi de bom tamanho para o piloto Kawasaki.

Resultados

1ª Bateria: 1. Clément Desalle; 2. Ken De Dycker; 3. Tommy Searle; 4. Joel Roelants; 5. Arnaud Tonus; 6. Steve Ramon; 7. Matthis Karro; 8. Nicolas Aubin; 9. Loic Larrieu; 10. Jordi Tixier

2ª Bateria: 1. Ken De Dycker; 2. Clément Desalle; 3. Steve Ramon; 4. Shaun Simpson; 5. Tommy Searle; 6. Arnaud Ton Us; 7. Max Anstie; 8. Nicolas Aubin; 9. Matthis Karro; 10.Julien Bill

3ª Bateria: 1. Steve Ramon; 2. Tommy Searle; 3. Arnaud Tonus; 4. Shaun Simpson; 5. Joel Roelants; 6. Matthis Karro; 7. Julien Bill; 8. Nicolas Aubin; 9. Loic Larrieu; 10. Kevin Fors

Classificação Final
1. Steve Ramon
2. Tommy Searle
3. Clement Desalle
4. Arnaud Tonus
5. Ken De Dycker
6. Joel Roelants
7. Matthis Karro
8. Nicolas Aubin
9. Shaun Simpson
10. Loic Larrieu






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet