X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

Rally Dakar 2011 - 1ª e 2ª etapas - Buenos Aires (Victoria) / San Miguel
Publicado em: 03/01/2011

Cyril Despres sai na frente vencendo os dois primeiros dias
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes - Fotos: M. Maragni


Cyril Despres

1ª etapa (02/01) - Buenos Aires (Victoria) / Córdoba - Total do dia: 758km
Deslocamento: 566km
Especial: 192km


Ruben Faria
Em sua terceira passagem pela América do Sul, o Rally Dakar continua a explorar o continente, descobrindo novos caminhos rumo ao norte da Argentina e Chile. Levando os competidores a terrenos ainda mais variados que os enfrentados no ano passado, a edição 2011 do maior rali do mundo contará com um percurso total de mais de 9.500 quilômetros, 5.000 destes especiais, distribuídos pelos 13 dias de competição.

Segundo a organização, a dificuldade das etapas foi revisada para a 33ª edição da prova e deve exigir bastante dos pilotos durante a primeira metade da competição. Após o dia de descanso (08/01), os pilotos passam a encarar etapas de resistência, com percursos longos até chegarem de volta à Buenos Aires, no dia 15 de janeiro.

Mantendo uma de suas marcas registradas, o Dakar largou no primeiro dia do ano, contando apenas com um deslocamento de 377 km rumo à Victoria. De lá, o rali começaria de verdade no dia seguinte, enfrentando 192 quilômetros de especiais e mais 566 de deslocamentos com destino à Córdoba, onde se viu o domínio das KTM, que ocuparam as quatro primeiras posições.



Marc Coma


José Hélio
Foto: Speedbrain
Após vencer a última especial de 2010 e ajudar seu companheiro de equipe, Cyril Despres, a conquistar o título, Ruben Faria também fez o melhor tempo da etapa de abertura deste ano. O piloto português acabou não levando a vitória, pois foi penalizado em um minuto por ter excedido o limite de velocidade em um deslocamento, fato que o fez cair para a segunda posição. Despres, que continua como companheiro do português no time Red Bull KTM, herdou a primeira colocação.

Com o reajuste na classificação, os tempos ficaram ainda mais apertados, com Faria a apenas 31 segundos de Despres e o principal oponente do francês, o espanhol Marc Coma, em terceiro, 46 segundos atrás do líder. Juan Pedrero Garcia, escudeiro de Coma na equipe KTM MRW Rally, foi o quarto melhor colocado do dia, seguido pela BMW do também português Paulo Gonçalves, da Yamaha do norte americano Jonah Street e da Aprilia do chileno Francisco "Chaleco" Lopez, terceiro colocado da edição passada.

Apenas três brasileiros estão competindo nas motos neste ano e o melhor deles no primeiro dia foi José Hélio, com a oitava colocação geral. "Foi um bom começo e quero continuar nas primeiras colocações da lista até o final do Dakar", disse Zé Hélio, cujo objetivo é terminar entre os 10 primeiros. 


Juan Pedrero Garcia


Vicente De Benedictis
Foto: Maindru Photo
Retornando às motos, Jean Azevedo foi o 33º a largar, completando o dia com o 16º melhor tempo geral e em primeiro na sua categoria, a Super Production acima de 450cc. "Foi uma etapa dura, pois larguei bem atrás, na poeira dos outros. Consegui passar muitas motos e isso foi bom. Posso dizer que ainda estou me adaptando à moto, mas estou animado por conquistar posições rapidamente", afirmou Jean.

Vicente De Benedictis foi o 75º entre as 169 motos que largaram, completando o percurso em 2h25min54s. "Após deslocamento pela madrugada, a especial foi curta começando com calor e altas velocidades, terminando com chuva e bem travada. O mais importante hoje foi administrar as ultrapassagens devido ao pó, uma vez que largamos em duplas a cada 30 segundos", concluiu o brasileiro.

Para os Quadriciclos, o dia foi bastante movimentado, principalmente pelo abandono prematuro do campeão de 2010, Rafal Sonik. Depois de sofrer uma queda, o polonês deixou a prova já no primeiro dia, com uma fratura na mão. A etapa foi dominada pelos tchecos Josef Machacek e Martin Plechaty, primeiro e segundo, respectivamente, seguidos por três argentinos: Sebastian Halpern, Alejandro Patronelli e Tomas Maffei.

Resultado 1ª etapa

1 - Cyril Despres (FRA) - 01:58:31
2 - Ruben Faria (PRT) - 1:59:02
3 - Marc Coma (ESP) - 01:59:17
4 - Juan Pedrero Garcia (ESP) - 02:00:15
5 - Paulo Gonçalves (PRT) - 02:00:20
6 - Jonah Street (USA) - 02:01:09
7 - Chaleco Lopez (CHL) - 02:01:16
8 - José Hélio (BRA) - 02:01:25
9 - Jordi Viladoms (ESP) - 02:02:13
10 - Frans Verhoeven (HOL) - 02:02:25
16 - Jean Azevedo (BRA) - 02:07:06
75 - Vicente De Benedictis (BRA) - 02:25:54 


Jean Azevedo


Paulo Gonçalves
Foto: Speedbrain
2ª etapa (03/01) - Córdoba / San Miguel de Tucumán - Total do dia: 740km
Deslocamento: 440km
Especial: 300km 

Amanhecendo como líder depois da penalização de Ruben Faria, Cyril Despres teve a responsabilidade de abrir o caminho, sendo o primeiro a largar para os 300 quilômetros da especial da segunda etapa, que ligou Córdoba à San Miguel de Tucumán. O percurso foi inédito pois não fez parte das duas edições anteriores, passando por trechos de floreta e por uma antiga estrada cheia de saltos espetaculares.

Mostrando estar disposto a conquistar mais um título, Despres se manteve a frente desde a largada, vencendo a 25ª especial de sua carreira no Dakar. Com isto, ampliou a vantagem na classificação, colocando 1min e 49s sobre Marc Coma, que cruzou a linha de chegada em segundo. David Casteu, um dos destaques de 2010, voltou a figurar no pelotão da frente, finalizando o dia em terceiro, deixando Francisco Lopez em quarto e Ruben Faria em quinto. 


David Casteu
Foto: Divulgação


Frans Verhoeven
Foto: Speedbrain
Mesmo com o rali ainda no começo, parece que o já tradicional duelo entre Despres e Coma, voltará a se repetir. Após dois dias, 2 minutos e 35 segundos separam os rivais na classificação geral e parece que os dois estão adaptados ao novo regulamento que restringe a cilindrada das motocicletas em 450cc. A briga entre Aprilia, BMW e Sherco segue firme logo atrás e mostra que as marcas não pretendem ser apenas coadjuvantes às KTM, devendo brigar por vitórias nas próximas etapas.

Apesar de completar o dia atrás de Jean Azevedo, José Hélio segue como o melhor brasileiro na competição. Com a 12ª posição do dia, o piloto da BMW ocupa a 9ª colocação geral. Já Azevedo, mesmo enfrentando problemas com o pneu traseiro de sua moto quando faltavam 60 quilômetros para o fim da especial de hoje, foi o 11º na etapa, subindo quatro posições na classificação ele é o 15º colocado no total acumulado. De Benedictis ficou com a 84ª posição, figurando na 76ª colocação geral.

Alejandro Patronelli garantiu a vitória do país anfitrião nos quadris, depois de uma bela disputa com Josef Machacek. O tcheco, líder na classificação geral, ficou em segundo apenas 24 segundos atrás do argentino. 

Resultado 2ª etapa

1 - Cyril Despres (FRA) - 03:19:11
2 - Marc Coma (ESP) - 03:21:00
3 - David Casteu (FRA) - 03:22:57
4 - Chaleco Lopez (CHL) - 03:23:17
5 - Ruben Faria (PRT) - 03:24:53
6 - Olivier Pain (FRA) - 03:25:55
7 - Jonah Street (USA) - 03:26:47
8 - Paulo Gonçalves (PRT) - 03:26:50
9 - Helder Rodrigues (PRT) - 03:27:07
10 - Frans Verhoeven (HOL) - 03:27:23
11 - Jean Azevedo (BRA) - 03:27:42
12 - José Hélio (BRA) - 03:27:43
84 - Vicente De Benedictis (BRA) – 04:01:25

Classificação Geral após 2 etapas 

Pos. Name Mark Time Variation Penalty
1 2 DESPRES (FRA) KTM 05:17:42 00:00:00 -
2 1 COMA (ESP) KTM 05:20:17 00:02:35 -
3 11 FARIA (PRT) KTM 05:23:55 00:06:13 00:01:00
4 3 LOPEZ CONTARDO (CHL) APRILIA 05:24:33 00:06:51 -
5 17 GONCALVES (PRT) BMW 05:27:10 00:09:28 -
6 5 CASTEU (FRA) SHERCO 05:27:43 00:10:01 -
7 7 STREET (USA) YAMAHA 05:27:56 00:10:14 -
8 10 PEDRERO GARCIA (ESP) KTM 05:28:32 00:10:50 -
9 12 RODRIGUES FILHO (BRA) BMW 05:29:08 00:11:26 -
10 16 VERHOEVEN (BEL) BMW 05:29:48 00:12:06 -
11 4 RODRIGUES (PRT) YAMAHA 05:30:06 00:12:24 -
12 9 PAIN (FRA) YAMAHA 05:31:50 00:14:08 00:02:00
13 15 CODY (USA) HONDA 05:33:23 00:15:41 -
14 8 VILADOMS (ESP) YAMAHA 05:33:44 00:16:02 -
15 33 DE AZEVEDO (BRA) KTM 05:34:48 00:17:06 -
16 18 FARRES GUELL (ESP) APRILIA 05:38:37 00:20:55 -
17 25 SVITKO (SVK) KTM 05:39:12 00:21:30 -
18 39 GUASCH FONT (ESP) YAMAHA 05:41:05 00:23:23 -
19 47 DABROWSKI (POL) KTM 05:45:57 00:28:15 -
20 45 GYENES (ROU) KTM 05:46:17 00:28:35 -
21 113 SMITH (AUS) HONDA 05:46:29 00:28:47 -
22 28 KNUIMAN (NLD) KTM 05:47:06 00:29:24 -
23 21 CZACHOR (POL) KTM 05:48:35 00:30:53 -
24 35 BARROT (FRA) YAMAHA 05:49:13 00:31:31 -
25 43 JAKES (SVK) YAMAHA 05:49:47 00:32:05 -
26 19 BOANO (ITA) BETA 05:49:57 00:32:15 00:07:00
27 20 PISANO (FRA) HONDA 05:50:15 00:32:33 -
28 27 ZANOTTI (MAF) APRILIA 05:50:58 00:33:16 -
29 6 ULLEVALSETER (NOR) KTM 05:51:06 00:33:24 -
30 41 PROHENS (CHL) HONDA 05:52:49 00:35:07 -
31 24 STANOVNIK (SVN) KTM 05:53:36 00:35:54 -
32 50 SERRADORI (FRA) HONDA 05:54:23 00:36:41 -
33 32 BIANCHI PRATA (PRT) BMW 05:54:27 00:36:45 -
34 111 OLIVEIRA (PRT) YAMAHA 05:55:36 00:37:54 -
35 167 CASALE CATRACCHIA (CHL) YAMAHA 05:56:03 00:38:21 -
36 37 VISSER (NLD) KTM 05:56:11 00:38:29 -
37 29 PELLICER (ESP) YAMAHA 05:57:08 00:39:26 -
38 40 PROHENS (CHL) HONDA 05:58:42 00:41:00 -
39 86 BOUNDS (GBR) YAMAHA 05:58:47 00:41:05 00:02:00
40 59 PABISKA (CZE) YAMAHA 05:59:10 00:41:28 -
41 44 SANZ PLA-GILIBERT (ESP) HONDA 06:00:03 00:42:21 -
42 53 RODRIGUEZ (CHL) HONDA 06:00:53 00:43:11 00:02:00
43 74 ARREDONDO (GTM) KTM 06:02:49 00:45:07 -
44 22 BERGLUND (SWE) Husaberg 06:04:44 00:47:02 00:01:00
45 46 PUERTAS HERRERA (ESP) KTM 06:05:18 00:47:36 -
46 148 GOUET (CHL) HONDA 06:05:42 00:48:00 -
47 92 ROSA (PRT) YAMAHA 06:07:44 00:50:02 -
48 108 TAMM PLESCH (CHL) KTM 06:08:31 00:50:49 -
49 42 ARCARONS ARMENTERAS (ESP) HONDA 06:08:46 00:51:04 -
50 171 MAURICIO JAVIER (ARG) YAMAHA 06:09:17 00:51:35 00:01:00
76 87 VICENTE DE BENEDICTIS (BRA) HONDA 06:27:19 - -






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet