X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

10ª etapa - Rally dos Sertões 2010 - Sobral (CE) / Fortaleza (CE)
Publicado em: 23/08/2010

Marc Coma conquista primeiro título na prova. Felipe Zanol surpreende com vice-campeonato
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes


Marc Coma comemora seu primeiro título no Rally Internacional dos Sertões
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões

10ª etapa (20/08) - Sobral (CE) / Fortaleza (CE) - Total do dia: 390 km
Deslocamento: 43 km
Especial: 107 km
Deslocamento: 240 km


Estreante, Felipe Zanol foi o vice-campeão
Foto: Eliseo Miciu / Divulgação Sertões
Oitavo colocado na 10ª especial, disputada na sexta-feira (20/8), entre as cidades cearenses de Sobral e Fortaleza, Marc Coma sempre se manteve entre os três primeiros em todas as etapas da 18ª edição do Rally Internacional dos Sertões, vencendo três delas. O resultado foi mais que suficiente para conquistar o título inédito em sua carreira, com quase 18 minutos de vantagem sobre o brasileiro Felipe Zanol, que em sua estreia na competição, foi o vice-campeão e o mais rápido na última especial da competição.

"O rali foi bem longo. Agora é o momento de desfrutar a vitória. O Sertões tem características muito particulares, que você não encontra em lugar nenhum no mundo, só aqui no Brasil. As primeiras etapas foram muito difíceis para mim, pois uso uma moto pouco maior para as exigências deste tipo de rali", comentou Coma.

"Foi uma pena o problema que tirou o Zé Hélio da briga pela vitória, mas isso tornou as coisas um pouco mais fáceis para mim", continuou o espanhol, referindo-se ao problema que o pentacampeão do Sertões enfrentou logo na terceira etapa, quando uma pedra atingiu e furou a mangueira do radiador de óleo de sua BMW e ele não conseguiu terminar a especial. 


Rafal Sonik também fez sua primeira participação no rali e conquistou o título nos quadris
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões


O polonês Kuba Przygonski foi o terceiro colocado entre as motos
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões
"Tive que guiar com muita concentração, sem cometer erros e sempre com o objetivo de terminar as especiais entre os três primeiros. Para mim, particularmente, era muito importante vencer aqui. É o título que me faltava, o último a vencer. Não poderia ficar sem ser campeão do Sertões, ainda mais neste que foi o rali de despedida da minha atual moto, já que agora teremos um equipamento atualizado nas próximas competições. E espero estar de volta aqui no próximo ano", completou Coma.

Felipe Zanol foi a maior surpresa na categoria motos. O piloto mineiro desafiou a sua inexperiência em provas de rali, e foi o maior vencedor de trechos cronometrados, com quatro vitórias. Na terceira posição, o polonês Kuba Przygonski completou a relação dos três melhores nas duas rodas.

"O resultado foi muito bom. É a minha primeira vez em um rali", comentou o campeão de enduro. "Eu tinha pouco conhecimento de como funcionavam as coisas, como esta questão de trabalhar a tática para cada especial. O nível dos competidores foi altíssimo, e nossa equipe trabalhou muito bem. Meu mecânico virou madrugadas consertando a moto por causa de dois tombos nos primeiros dias do rali. Graças a Deus não me machuquei e isso me permitiu continuar lutando. Paguei pelos meus erros, mas a experiência adquirida aqui foi grandiosa, e, com certeza, vai me ajudar muito nas próximas competições. Ainda preciso aprender as malícias",
completou Zanol. 


David Casteu comemora com sua equipe a quarta posição geral no rali
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões


Sérgio Klaumann foi o terceiro entre os quadris
Foto: Stefan Susemihl / Divulgação Sertões
Para também conquistar o seu primeiro título entre os quadris no Rally dos Sertões, "Super Sonik", como também é conhecido em seu país de origem o polonês Rafal Sonik, venceu cinco das dez etapas disputadas e completou a prova com mais de duas horas de vantagem
sobre o vice-campeão. Nesta sexta-feira (20/8), quando foi disputada a décima e última especial, vencida pelo brasileiro Robert Nahas, Rafal completou na segunda colocação.

"Fui muito cuidadoso no início do rali, porque eu sabia que seria muito longo e difícil, um desafio enorme. Os obstáculos daqui são muito particulares, então eu lia e relia o road book diversas vezes. Estou extremamente feliz por ter disputado o Sertões pela primeira vez, e principalmente tê-lo vencido, correndo contra tantos pilotos experientes e rápidos. Um clima excelente, as paisagens de tirar o fôlego... O Sertões me trouxe muita adrenalina, fui muito bem recebido por todos", comentou o campeão.

"O Rally dos Sertões foi extremamente limpo. Havia muita competição nas especiais, mas depois que entregávamos o cartão de controle, todos eram amigos. Fiquei impressionado com isso. A organização aqui foi fantástica, e se aumentarem o trajeto em mais dois mil quilômetros, teremos um Dakar aqui, com certeza. É um evento que tem tudo para ser o melhor do mundo no seu segmento", elogiou o polonês. 


Assim como Zanol, o também mineiro e estreante Dário Júlio, foi uma das revelações do rali, finalizando com a quinta colocação geral nas motos
Foto: Márcio Machado / Vipcomm


Marc Coma durante a última especial da competição, que terminou na capital cearense, Fortaleza
Foto: Stefan Susemihl / Divulgação Sertões
A bordo de um Yamaha 700, o brasileiro Francinei Costa, que também disputou o Sertões pela primeira vez na carreira, foi o vice-campeão. Sérgio Klaumann, em terceiro, completou a relação dos três melhores entre os quadris da edição comemorativa de 18 anos da prova.

"Valeu demais ter disputado o meu primeiro Sertões. O rali foi ótimo e buscar o Sonik seria muito complicado, pois ele tem muita bagagem e um equipamento bem acertado. Estou com a sensação de dever cumprido. Gosto e tenho prazer de andar de quadri e o resultado é consequência. Por isso, o vice é uma vitória para mim. Superei as minhas próprias expectativas", disse Francinei, mais conhecido por Nei Costa.

A 18ª edição do Rally Internacional dos Sertões cumpriu o prometido apresentando aos competidores um dos roteiros mais difíceis de sua história. No duro percurso de 4.486 quilômetros por seis Estados - Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará - em dez dias de prova, muitos veículos enfrentaram dificuldades e não chegaram à capital cearense. Dos 155 que largaram no dia 11 de agosto , entre eles 70 motos, 60 carros, 15 quadris e 10 caminhões, 112 conseguiram chegar ao Beach Park, em Fortaleza, 47 motos, 45 carros, 12 quadris e 8 caminhões.

Resultados 10ª etapa - Motos:
1º - Felipe Zanol (BRA) - Honda - 01h15min01s4
2º - Kuba Przygonski (POL) - KTM - 01h15min32s5
3º - Dário Júlio (BRA) - Honda - 01h16min32s1
4º - Jacek Czachor (POL) - KTM - 01h19min14s6
5º - Norton Lopes (BRA) - Honda - 01h19min26s1
6º - David Casteu (FRA) - Sherco - 01h19min39s6
7º - Felipe Prohens (CHI) - Honda - 01h19min54s2
8º - Marc Coma (ESP) - KTM - 01h19min56s1
9º - Guto Klaumann (BRA) - Yamaha - 01h20min09s9
10º - Ramon Volkart (BRA) - BMW - 01h21min45s1
* Resultados extra oficiais

Resultados 10ª etapa - Quadris:
1º - Robert Nahas (BRA) - Protótipo - 01h22min51s2
2º - Rafal Sonik (POL) - Yamaha - 01h25min54s4
3º - Márcio Oliveira (BRA) - KTM - 01h27min10s9
4º - André Suguita (BRA) - KTM - 01h28min31s5
5º - Heronaldo Marinho (BRA) - Yamaha - 01h28min59s1
6º - Andrews Costa (BRA) - Yamaha - 01h29min14s8
7º - Marcelo Medeiros (BRA) - Yamaha - 01h29min47s9
8º - Rodrigo Varela (BRA) - Suzuki - 01h29min49s7
9º - Sérgio Klaumann (BRA) Honda - 01h30min14s5
10º - Francinei Costa (BRA) - Yamaha - 01h30min27s5
* Resultados extra oficiais

Classificação Final - Motos:
1º - Marc Coma - 25h52min42s3
2º - Felipe Zanol - 26h10min07s8
3º - Kuba Przygonski - 26h32min26s8
4º - David Casteu - 26h44min00s1
5º - Dário Júlio - 26h49min08s3
6º - Jacek Czachor - 27h40min39s0
7º - Guto Klaumann - 27h58min59s2
8º - Ramon Sacilotti - 28h36min02s7
9º - Ramon Volkart - 28h59min01s3
10º - Norton Lopes 29h15min44s2
* Resultados extra oficiais

Classificação Final - Quadris:
1º - Rafal Sonik - 30h18min11s1
2º - Francinei Costa - 32h33min38s6
3º - Sérgio Klaumann - 33h08min33s4
4º - André Suguita - 34h31min12s0
5º - Márcio Oliveira - 35h04min41s1
6º - Rodolfo Brito - 35h20min36s1
7º - Carlo Collet - 38min25h18s7
8º - Rodrigo Varela - 40h07min40s7
9º - Tom Rosa - 40h43min08s5
10º - Robert Nahas - 41h29min00s2
* Resultados extra oficiais



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet