X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Rally

6ª etapa - Rally dos Sertões 2010 - Palmas (TO) / São Félix (TO)
Publicado em: 17/08/2010

Felipe Zanol vence a etapa Maratona
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes


Felipe Zanol
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões

6ª etapa (16/08) - Palmas (TO) / São Félix do Tocantins (TO) - Total do dia: 438 km
Deslocamento: 108 km
Especial: 330 km
Deslocamento: 0 km


Marc Coma
Foto: Gabriel Barbosa / Divulgação Sertões
A sexta etapa do Rally dos Sertões, que ligou as cidades tocantinenses de Palmas e São Félix do Tocantins, foi disputada nesta segunda-feira (16/08). Foram 330 quilômetros de trechos cronometrados passando pelo temido Jalapão, uma região inóspita que exige muita habilidade em pilotagem e navegação, para enfrentar areia, erosão, trilhas estreitas, rios, estradas de alta velocidade e trechos sinuosos. O percurso foi considerado pela maioria dos competidores como o mais perigoso entre as etapas já realizadas nesta 18ª edição. 

Esta rodada foi realizada no formato maratona, ou seja, na chegada os veículos
foram abastecidos e levados a um parque fechado, onde não puderam receber qualquer tipo de manutenção das equipes de apoio, apenas dos próprios competidores.

Mesmo pensando em poupar seu equipamento, o mineiro Felipe Zanol foi o primeiro a completar a especial do dia, com o tempo 03h33min35s, três minutos à frente do espanhol Marc Coma, segundo colocado da etapa. O terceiro posto ficou com José Hélio, seguido pelo polonês Kuba Przygonski e o francês David Casteu, que passou a ocupar a terceira colocação entre os tempos acumulados, já que Deni Nascimento não conseguiu terminar a especial. 


José Hélio
Foto: Fábio Davini / Mundo Press


Sérgio Klaumann
Foto: Gabriel Barbosa / Divulgação Sertões
Zanol conquistou a terceira vitória - além de ter vencido também o prólogo - e se consolida na segunda posição geral, com mais de 30 minutos de vantagem sobre o terceiro colocado. "Larguei dois minutos atrás do Coma, mas ganhei bastante tempo nas travessias de rio, pois geralmente os pilotos não atravessam em cima, mas sim do lado da moto. Eu atravessei todas em cima. No reabastecimento, estava um minuto atrás do Coma. No final da especial cheguei no Coma e ele foi tranquilo, abriu passagem e seguimos praticamente juntos até o final. O mais importante é que a moto chegou 100%", comemorou.

O espanhol Marc Coma se preocupou apenas em conservar seu equipamento para a próxima especial. "Hoje foi um dia para ser mais tranquilo na condução, para conservar a parte mecânica da moto. Não tive problema nenhum. Amanhã será a maior especial de todas, então tenho que tomar muito cuidado. Hoje o dia foi bem legal, com um visual maravilhoso", declarou. 


Rafal Sonik
Foto: Gabriel Barbosa / Divulgação Sertões


Robert Nahas
Foto: Theo Ribeiro / Divulgação Sertões
Nos quadriciclos, Rafal Sonik também faturou sua terceira especial e se manteve na ponta da classificação geral. Por coincidência, nas três vezes em que Zanol venceu nas motos, Sonik foi o vencedor nos quadris. O polonês voltou a elogiar o visual do rali, "O visual de hoje foi simplesmente lindo e o traçado dificílimo. Meu quadri é muito potente e pesado, por isso tive de tomar cuidado com os trechos de areia. Se todos os dias forem assim, vou adorar. Uma competição com um visual como esse não vemos em nenhum outro lugar do mundo", afirmou.

Sérgio Klaumann foi o terceiro, seguido por Carlo Collet e Márcio Oliveira, que se mantém na segunda colocação geral. Já Robert Nahas, fechou o dia com o segundo melhor tempo: "O trajeto de hoje tinha muita poeira e erosão. Então foi meio traiçoeiro. Pegamos areia muito pesada, que exigia muito do quadri, por isso, mesmo em alguns trechos com longas retas, não pude acelerar ao máximo para poupar o equipamento", comentou Nahas, que pilota um protótipo.

O sétimo dia de rali (17/8), será o mais longo da competição, com um total de 520 quilômetros, onde apenas 34 deles serão de deslocamentos e os demais 485, de especiais. O percurso formado por areia pesada e savanas, ligará São Félix do Tocantins à cidade de Balsas, já no estado do Maranhão.

Resultados 6ª etapa - Motos:
1º - Felipe Zanol (BRA) - Honda - 03h33min35s8
2º - Marc Coma (ESP) - KTM - 03h36min00s6
3º - Zé Hélio (BRA) - BMW - 03h36min46s1
4º - Kuba Przygonski (POL) - KTM - 03h39min09s0
5º - David Casteu (FRA) - Sherco - 03h43min08s4
6º - Dário Júlio (BRA) - Honda - 03h45min36s1
7º - Jacek Czachor (POL) - KTM - 03h52min35s9
8º - Ramon Sacilotti (BRA) - Yamaha - 03h57min18s0
9º - Tiago Fantozzi (BRA) - KTM - 03h59min06s1
10º - Jaime Prohens (CHI) - Honda - 04h00min06s5
* Resultados extra oficiais

Resultados 6ª etapa - Quadris:
1º - Rafal Sonik (POL) - Yamaha - 04h06min04s7
2º - Robert Nahas (BRA) - Protótipo - 04h18min56s7
3º - Sérgio Klaumann (BRA) - Honda - 04h22min59s5
4º - Carlo Collet (BRA) - BRP - 04min23min29s7
5º - Márcio Oliveira (BRA) - KTM - 04h25min45s3
6º - Francinei Costa (BRA) - Yamaha - 04h27min54s7
7º - Rodrigo Varela (BRA) - Suzuki - 04h30min52s5
8º - Tom Rosa (BRA) - Yamaha - 04h32min25s9
9º - André Suguita (BRA) - KTM - 04h38min17s3
10º - Marcelo Medeiros (BRA) - Yamaha - 04h42min55s5
* Resultados extra oficiais

Classificação Geral Acumulada - Motos:
1º Marc Coma - 16h19min52s2
2º Felipe Zanol - 16h34min05s7
3º David Casteu - 17h01min58s1
4º Kuba Przygonski - 17h04min02s1
5º Dário Júlio - 17h06min14s8
* Resultados extra oficiais

Classificação Geral Acumulada - Quadris:
1º Rafal Sonik - 19h40min51s3
2º Márcio Oliveira - 20h09min32s5
3º Sérgio Klaumann - 20h37min56s1
4º Francinei Costa - 20h56min30s7
5º Rodolfo Brito - 22h24min10s8
* Resultados extra oficiais






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet