X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Supercross

15ª etapa - Seattle - WA
Publicado em: 29/04/2010

Etapa atípica coloca Windham no topo do pódio e Dungey como campeão oficial
Redação MotoX.com.br - Lucídio Arruda - fotos: www.supercross.com e divulgação Suzuki


A equipe Suzuki comemora o título

Com Ryan Villopoto fora da disputa, o título 2010 já era do piloto da Suzuki Ryan Dungey, mas para receber oficialmente a placa de nº 1 do AMA Supercross ele ainda precisava elimininar todas as chances matemáticas.


Ryan Dungey
A quarta posição em Seattle confirmou o título de Dungey em seu primeiro ano na categoria principal. Feito só realizado antes no longínquo ano de 1993 pelo então novato Jeremy McGrath, que nos anos seguintes dominou de forma absoluta a modalidade com recordes de títulos e vitórias que se mantém de pé até hoje.

Mesmo com tudo a seu favor o novo campeão não escondeu o nervosismo antes e durante a prova. A pista de Seattle foi construida com areia escura e não demorou muito para o circuito encher de canaletas. Não apenas simples canaletas, mas valetas onde os eixos e pedaleiras agarravam no solo.

Na final as seções de costelas eram apenas emaranhados de sulcos onde a maioria dos pilotos passava com os pés para fora "pedalando" em busca de equilíbrio. Foi um espetáculo estranho, numa etapa onde a chuva não esteve presente.

"A pista estava terrível" - disse Dungey após a chegada da final onde sofreu duas quedas - " Muito exigente e cheia de canaletas. Foi um temporada incrível. É algo que você sonha quando criança, tem a esperança de um dia chegar aquí. E todo o trabalho duro deu resultado. Estou super feliz".


Kevin Windham procura o melhor caminho rumo à sua primeira vitória na temporada


Thomas Hahn
Quem também não escondia a felicidade era o veterano Kevin Windham. Aos 32 anos de idade tornou-se o terceiro piloto mais "idoso" a conquistar uma vitória no AMA Supercross. Ficou atrás de John Dowd, por apenas alguns meses e Mike LaRocco que conquistou sua última vitória aos 34 anos em seu estado natal, pista de Indianápolis, Indiana.

Windham usou a experiência e estratégia para conquistar novamente o topo do pódio. Desde os treinos, quando marcou o segundo melhor tempo, e das classificatórias, onde venceu sua bateria, o piloto da Honda sentiu que a noite era sua.

Na largada da final disparou na liderança e mesmo sem arriscar muito na tocada foi abrindo vantagem enquanto o pelotão atrás cometia erros e mais erros.

"O jejum acabou e foi aqui em Seattle. Encerrei 2008 forte aqui e estou feliz em conseguir novamente. E vou te dizer: quanto mais velho, mais difícil as coisas ficam. Hoje o negócio era sobreviver e estou feliz por permanecer de pé", comentou o piloto que nas voltas finais foi ovacionado pelo público.


Justin Brayton

Dois estreantes no pódio também aproveitaram as dificuldades das principais estrelas para conquistar seus melhores resultados na temporada. Thomas Hahn foi o segundo colocado 22 segundos atrás de Windham e Justin Brayton o terceiro.

David Millsaps caiu nas costelas durante a primeira volta recuperou-se até a quinta posição. O favorito no inicio da temporada Chad Reed, caiu na largada e ficou com a oitava posição.

Lites Leste


Broc Tickle


Jake Weimer
Nas motos de 250cc o campeonato voltou finalmente para a Região Oeste após 8 etapas do lado Leste. Quem saiu na frente foi Trey Canard, principal oponente na briga ao título contra o líder na pontuação Jake Weimer.

Mas a alegria de Canard durou apenas até a segunda curva, quando foi ultrapassado por Blake Wharton e caiu ao tocar sua roda traseira. Weimer herdou a segunda posição, mas também caiu logo em seguida na seção de costelas "canaletadas".

Broc Tickle se mostrou a vontade no terreno arenoso e assumiu a liderança na terceira volta para liderar até a bandeirada e conquistar sua primeira vitória no Supercross profissional.

Wil Hahn foi o segundo colocado e Jake Weimer o terceiro, posição excelente na briga pelo título já que Canard completou a prova apenas na 11ª posição cedendo o segundo lugar na pontuação para Hahn.

Na próxima etapa Weimer precisa apenas da 14ª posição para garantir o título.

Resultados 

450 Supercross Results
1. Kevin Windham HON
2. Thomas Hahn SUZ
3. Justin Brayton YAM
4. Ryan Dungey SUZ
5. Davi Millsaps HON
6. Nick Wey KAW
7. Michael Byrne YAM
8. Chad Reed KAW
9. Andrew Short HON
10. Kyle Chisholm YAM
11. Matt Boni HON
12. Jason Lawrence YAM
13. K Cunningham YAM
14. J Keeney KAW
15. C Blose HON
16. Troy Adams SUZ
17. J Browne KAW
18. R Clark HON
19. Josh Hill YAM
20. Kyle Patridge KAW
250 West Results
1. Broc Tickle YAM
2. Wil Hahn HON
3. Jake Weimer KAW
4. Blake Wharton HON
5. Ryan Morais SUZ
6. Josh Hansen KAW
7. Cole Seely HON
8. P Nicoletti KTM
9. Max Anstie YAM
10. H Hewitt SUZ
11. Trey Canard HON
12. T Baker YAM
13. Jeff Alessi YAM
14. R Kiniry SUZ
15. J Canada KAW
16. S Borkenhagen KTM
17. Chris Gosselaar HON
18. C Howell YAM
19. J Ruminer KAW
20. R Abrigo HON
Classificação Geral

450 Supercross Results
1. Ryan Dungey 320
2. Ryan Villopoto 266
3. Kevin Windham 248
4. Davi Millsaps 231
5. Josh Hill 227
6. Justin Brayton 211
7. Ivan Tedesco 183
8. Nick Wey 174
9. Thomas Hahn 161
10. Kyle Chisholm 147
11. Michael Byrne 145
12. Andrew Short 114
13. Trey Canard 103
14. Chris Blose 101
15. Jason Thomas 69
16. Matt Boni 67
17. Grant Langston 66
18. Jason Lawrence 62
19. James Stewart 51
20. Chad Reed 51
250 West Results
1. Jake Weimer 155
2. Wil Hahn 136
3. Trey Canard 131
4. Broc Tickle 125
5. Blake Wharton 107
6. Cole Seely 90
7. Josh Hansen 75
8. Max Anstie 75
9. Phil Nicoletti 69
10. Jeff Alessi 64
11. Travis Baker 63
12. Ryan Morais 58
13. Robert Kiniry 51
14. Hunter Hewitt 46
15. C Gosselaar 35
16. S Borkenhagen 35
17. Antonio Balbi 33
18. Ryan Clark 32
19. Gautier Paulin 30
20. PJ Larsen 29






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet